31 dezembro, 2020

2020: uma odisseia neste espaço

Créditos
roteiro: Stephen King
direção: Quentin Tarantino
trilha sonora: Yoko Ono
Foi f***


Este artigo sobre 2020 é um esboço. Você pode ajudar não o expandindo.

O primeiro Ano-novo

Dale Irvin
Era o primeiro Natal e Belém estava cheia de entusiasmo pelo novo nascimento. Havia cantos, louvores e alguns dias de folga do trabalho.
Eventualmente, um dos vereadores da cidade disse: "Senhores, temos um problema. Até agora, todos os nossos anos foram rotulados antes de Cristo. Mas agora que ele está aqui, temos que mudar todos para AD, que é em latim". O que me surpreende é que ninguém viu isso acontecer. Depois de todos os números de anos em declínio, 25 BC, 24 BC, 23 BC, você pensaria que alguém teria descoberto que 1 foi o último da série BC.
Então, o conselho da cidade decidiu que eles precisavam imprimir novos calendários para o Ano-novo a ser comemorado uma semana depois. Eles montaram um palco na praça da cidade, em que explodiriam balões feitos de bexigas de ovelhas, e convidaram todo mundo para comparecer.
Enquanto a multidão se reunia, alguém disse: "Quanto tempo temos até a meia-noite?" O que levou a uma resposta de "O que é meia-noite?" Naquela época, os únicos instrumentos do tempo que possuíam eram os relógios de sol que são muito imprecisos à noite. É como 16h, 17h, 18h, escuridão, 6h, 7h e 8h.
Nesse ponto, um membro do conselho disse: “Ei, eu tenho uma ampulheta que ganhei como presente de Natal, deixem-me ir em casa para pegá-la, e faremos meia-noite em uma hora".
Enquanto isso, as pessoas se reuniram para festejar e ouvir as bandas de Guy Lombardo e do Royal Corinthians. Quando a ampulheta chegou, era hora da contagem regressiva. Dick Clark subiu ao palco, ele era apenas uma criança naquela época, e disse a todos: “Contem comigo, X, IX, VIII, VII, VII, VI, V, IV, III, II, I... Feliz Ano-novo!
E houve uma grande alegria, danças e cravou o leite de camelo e todos ficaram acordados até o dia raiar e fizeram resoluções. Então, na manhã seguinte, houve um grande desfile com cabras, camelos e ovelhas, todos cobertos de pétalas de flores. Eles desfilaram pelas ruas e terminaram no campo de atletismo, onde os fariseus enfrentaram os saduceus no primeiro Manna (Maná) Bowl.
No dia seguinte, todo mundo voltou a trabalhar com um novo calendário e pôde ir às compras da White Friday de janeiro em Bedouin, Bath and Beyond.
E agora que vocês conhecem a história do primeiro Ano-novo, tenham uma ótima festa e nos vemos ... ano que vem!

30 dezembro, 2020

Árvore dos desejos

Com a virada do ano se aproximando surge aquela inevitável reflexão sobre os objetivos que não cumprimos.Tortos caminhos tomamos pelos quais pusemos as culpas nos outros.
Se jogou fora a árvore dos desejos que fez no ano anterior, aqui temos as dicas de como fazer outra.


Fazer o Q?
Meme pode. No tocante a isto, o Matrix é uma fonte inesgotável.
Mas não repita aquela piada infame de "esta é a última foto de Marjorie Estiano".

Esperteza

Um pai de família, já nos seus 70 anos, liga para o filho na antevéspera do Ano-novo e lhe diz:
– Emir, sinto muito ter que estragar seu dia, mas tenho que lhe dizer que sua mãe e eu vamos nos divorciar, depois de 45 anos de convivência.
O filho fica indignado:
– Papai, o que você está dizendo?!
– Não conseguimos mais nem nos olhar um para a cara do outro - disse o pai. E completou: - Vamos nos separar e acabou. Ligue para a sua irmã Jade e conte a ela.
O rapaz então liga para a irmã, que explode ao telefone.
– De jeito nenhum! Meus pais não irão se divorciar!! Vou ligar para papai agora!
Quando o velho atendeu, ela disse, quase gritando:
– Não façam nada até nós chegarmos aí amanhã. Eu e Emir vamos comprar as passagens e estaremos aí amanhã mesmo, ouviu?! E bateu o telefone sem deixar o pai responder.
O pai desliga o telefone, vira para a mulher e diz sorridente:
– Pronto, Zoraide. Eles virão para o Ano-novo e não teremos que pagar as passagens!!!

Fonte: TudoPorEmail.

29 dezembro, 2020

O Relógio do Juízo Final

O Relógio do Juízo Final (Doomsday Clock) é um símbolo que representa a probabilidade de uma catástrofe global causada pelo homem. Mantido desde 1947 pelos membros do Boletim dos Cientistas Atômicos (Bulletin of the Atomic Scientists), o Relógio é uma metáfora para as ameaças dos avanços científicos e técnicos não controlados à humanidade.

O Relógio representa a hipotética catástrofe global como sendo "meia-noite". Em janeiro de cada ano, o Boletim avalia sobre quão perto o mundo encontra-se da catástrofe global em "minutos para meia-noite".
Os principais fatores que influenciam o Relógio são o risco nuclear e o aquecimento global (mudança climática). O Boletim também monitora novos desenvolvimentos nas ciências da vida e na tecnologia que podem infligir danos irrevogáveis à humanidade.
A configuração original do relógio em 1947 era de sete minutos para meia-noite. Foi definido para trás e para frente 24 vezes desde então, com o maior número de minutos até a meia-noite sendo 17, em 1991, e os menor número sendo 1:40 (100 segundos), em janeiro de 2020.

Clique para o Gráfico do Relógio, 1947–2020
Os pontos mais baixos no gráfico representam uma maior probabilidade de catástrofe induzida tecnologicamente ou ambientalmente, e os pontos mais altos representam uma menor probabilidade.

Ora direis, ouvir cães



O PENINKULMA
(etimologia: peni, cão + kuulua, ser audível)
É uma unidade obsoleta de distância usada na Finlândia, baseada na maior distância em que um cão latindo ainda pode ser ouvido.
Quando a Finlândia adotou o sistema métrico em 1880, o peninkulma foi redefinido para 10 quilômetros.
https://twitter.com/EntreMentes/status/1215973183586820097

Bônus
NOITES DE CÃO (conto)

28 dezembro, 2020

Energias renováveis

Por que as energias renováveis se tornaram tão baratas tão rápido? E o que podemos fazer para usar essa oportunidade global de crescimento verde?
por Max Roser, Our World in Data
RESUMO
01/12/2010 - Para que o mundo faça a transição para a eletricidade de baixo carbono (low-carbon), a energia dessas fontes precisa ser mais barata do que a eletricidade proveniente de combustíveis fósseis.
Os combustíveis fósseis dominam o fornecimento global de energia porque, até muito recentemente, a eletricidade proveniente de combustíveis fósseis era muito mais barata do que a eletricidade proveniente de fontes renováveis. Isso mudou dramaticamente na última década. Na maioria dos lugares do mundo, a energia de novas fontes renováveis é agora mais barata do que a energia de novos combustíveis fósseis.
O driver fundamental dessa mudança é que as tecnologias de energia renovável seguem curvas de aprendizado, o que significa que, a cada duplicação da capacidade instalada cumulativa, o preço cai na mesma fração. O preço da eletricidade proveniente de fontes de combustível fóssil, entretanto, não segue as curvas de aprendizado, de modo que devemos esperar que a diferença de preço entre os combustíveis fósseis caros e as renováveis baratas se torne ainda maior no futuro.


Este é um argumento para grandes investimentos na ampliação de tecnologias renováveis na atualidade. O aumento da capacidade instalada tem a conseqüência positiva extremamente importante de baixar o preço e, assim, tornar as fontes de energia renováveis mais atraentes, ainda mais cedo. Nos próximos anos, a maior parte da demanda adicional por nova eletricidade virá de países de baixa e média renda; temos a oportunidade agora de garantir que grande parte do novo fornecimento de energia será fornecido por fontes de baixo carbono.
A queda dos preços da energia também significa que a renda real das pessoas aumenta. Os investimentos para aumentar a produção de energia com energia elétrica barata de fontes renováveis são, portanto, não apenas uma oportunidade para reduzir as emissões, mas também para alcançar mais crescimento econômico - especialmente para os lugares mais pobres do mundo.

Grato a Nelson José Cunha que me sugeriu a leitura deste trabalho (de republicação livre).

Ponto de exclamação e outros pontos

1
No grego antigo (grego, de qualquer época, para mim é grego!) não existia o sinal de exclamação.
Reza a lenda que, cansado de ler textos sem este recurso gráfico, Aristófanes de Bizâncio (250 -180 a.C.), criou os primeiros sinais de pontuação.
Sua origem, porém, ainda é incerta. Uma das hipóteses é que tenha surgido da palavra latina "lo" (não confunda com "lol"), uma interjeição que significa "viva!" muito usada em aclamações. Na qual, para formar o ponto de exclamação, a letra "l" se sobrepôs" à letra "o" (confira neste vídeo do Nexo Jornal).
O ponto de exclamação foi chamado de "ponto de admiração" até o século XVII. Curiosamente, a Bíblia impressa no português incluiu o ponto de exclamação, pela primeira vez, em meados do século dezoito, em 1748.
É também o símbolo do fatorial na Matemática.
(respondendo a uma pergunta no Quora)
2
Leia abaixo a última estrofe do poema "O Navio Negreiro":
Fatalidade atroz que a mente esmaga!
Extingue nesta hora o brigue imundo
O trilho que Colombo abriu nas vagas,
Como um íris no pélago profundo!
Mas é infâmia demais!... Da etérea plaga
Levantai-vos, heróis do Novo Mundo!
Andrada! arranca esse pendão dos ares!
Colombo! fecha a porta dos teus mares!

Observe quanto o autor, o poeta abolicionista Castro Alves, utilizou-se dos pontos de exclamação para expressar a infâmia do tráfico de escravos.
3
Mesmo com o advento do ponto de exclamaçao, as línguas europeias continuam carentes de sinais de pontuação que expressem algumas emoções ou deem novos sentidos às frases. Luís Fernando Veríssimo, por exemplo, sempre se queixou da falta do "ponto de ironia". E o "kkkkk", como sugeriu Nelson Motta, não pode ser considerado um recurso similar.
Na verdade, o tal "ponto de ironia" já foi inventado por Alcanter de Brahm, no século XIX:
Alcanter de Brahm, pseudônimo de Marcel Bernhardt, foi um poeta francês.

27 dezembro, 2020

Controle do peso - 9

Como perder calorias enquanto dorme:


1, 2, 3, 4, 5, 6, 7 e 8 desta série.

Billie Jean (Michael Jackson)



O produtor Quincy Jones não queria que essa faixa fosse incluída no álbum Thriller, de 1983, mas Jacko ganhou a briga, foi o segundo single do álbum e um de seus maiores sucessos. Ele também insistiu em manter o título, apesar de Jones argumentar que as pessoas podiam acreditar que era dedicado à tenista Billie Jean King e preferir o nome Not My Lover (para o refrão, "Billie Jean is not my lover, she’s just a girl who claims that I am the one, but the kid is not my son"). Na verdade, a música não é sobre a tenista que ganhou 39 títulos de Grand Slam, mas é um retrato genérico das groupies que costumavam assediar o Jackson 5, segundo relatou o cantor: "Billie Jean é anônima. Representa muitas garotas que eram chamadas de groupies nos anos 60. Elas ficavam te esperando nos bastidores e queriam ter um relacionamento com todas as bandas que fossem até a cidade delas. Escrevi essa canção pensando nessa experiência com meus irmãos quando eu era pequeno. Havia muitas Billie Jeans, garotas que diziam que tinham um filho de um dos meus irmãos ". Mas seu biógrafo J. Randy Taraborrelli garantiu que Billie Jean não era nada fictícia, mas uma mulher muito real que assediou o rei do pop durante anos, pelo correio, reclamava a paternidade de seu filho e até chegou a lhe enviar uma arma. Depois disso, acabou sendo internada em uma clínica psiquiátrica.

Ana Fernández Abad, para El País. Disponível em: http://brasil.elpais.com/smoda/2020-06-13

26 dezembro, 2020

Cobertura

Mude-se para esta casa que tem todas as vantagens de um apartamento: portaria, academia, piscina, churrasqueira, salão de jogos, playground, quadra de esportes, salão de festas etc.
Além da segurança, claro.

De googol a Google e vice-versa

Googol (leia-se gúgol), trata-se de um número 1 seguido de 100 zeros — ou, como preferem os matemáticos, 10 elevado a 100 (10^100).
É aproximadamente 70! (o fatorial de 70).
Tem a notação científica 1e+100 (o resultado que aparece na calculadora do Google ao ser digitado 10^100).


Em 1920, o matemático Kasner recorreu à ajuda de seu sobrinho Milton Sirotta, de 9 anos, e pediu que ele batizasse o número. A única condição era que ele tivesse muitas letras "o" para representar a sequência de zeros. Se por um lado, o nome googol provou seu objetivo de divulgação e segue conhecido 100 anos depois, por outro, explica Aramayona que ele "não tem uma utilidade prática concreta".
Em sua opinião, "possivelmente, grande parte da fama do termo googol se deve ao fato de ele ter servido de inspiração para o nome Google".A difusão generalizada da palavra ocorre através do nome Google, com este nome sendo um erro acidental de ortografia de "googol" pelos fundadores da empresa, ao ter sido por eles escolhido para significar que o mecanismo de pesquisa do Google pretendia fornecer grandes quantidades de informação. Em 2004, membros da família de Kasner, que haviam herdado o direito ao seu livro, estiveram considerando processar o Google por usar o termo googol; no entanto, nenhum processo foi aberto.
O que é1e100.net, segundo o Google
1e100.net é um nome de domínio de propriedade do Google usado para identificar os servidores em nossa rede. Seguindo a prática padrão da indústria, garantimos que cada endereço IP tenha um nome de host correspondente. Em outubro de 2009, começamos a usar um único nome de domínio para identificar nossos servidores em todos os produtos do Google, em vez de usar domínios de produtos diferentes, como youtube.com, blogger.com e google.com. Fizemos isso por dois motivos: primeiro, para manter as coisas mais simples e, segundo, para melhorar proativamente a segurança, protegendo contra ameaças em potencial, como ataques de script entre sites.

25 dezembro, 2020

Fora do contexto



A citação fora do contexto é uma falácia em que uma passagem removida da matéria circundante, intencionalmente ou não, distorce o seu significado.

O Pássaro Osbick

Em "The Osbick Bird", Edward Gorey conta em versos a história do pássaro osbick - uma criatura surgida de sua imaginação selvagem e maravilhosa - que um dia pousa no chapéu de coco solitário e digno de Emblus Figby. Como que vindo do nada, ou melhor, do espaço negativo que existe no céu das minimalistas paisagens em preto e branco do autor.
E então, assim, Emblus Figby e o pássaro osbick começam uma vida juntos - como se a vida sempre tivesse que ser vivida nesse conjunto em particular; como se cada um tivesse sido feito para ser a rima do outro. Apesar das discussões ocasionais, os dois prosseguem amigos firmes.
Nessa vida compartilhada, charmosa e excêntrica, que os versos brincalhões de Gorey descrevem, eis que um dia o rolo se esgota (spoiler: Emblus Figby morre). E, após um período de luto apropriado, o pássaro osbick segue em frente. Voando para fora no último quadro (tal como havia voado para dentro no primeiro), em uma consonância milagrosa do improvável com o inevitável.

24 dezembro, 2020

Natal na Bossa

NOVA: BORN IN BRAZIL, MADE IN LA
"A Bossa Nova Christmas" - Álbum Completo em pseudovídeo
00:00 - White Christmas
02:26 - Let It Snow
04:48 - The Christmas Song
07:42 - Have Yourself A Merry Little Christmas
11:02 - Christmas Time Is Her
14:18 - Santa Claus Is Coming To Town
16:38 - Deck The Halls
19:27 - Jingle Bells
22:32 - Rocking Around The Christmas Tree
24:58 - Frosty The Snowman
27:07 - Last Christmas



Laura Vall, natural de Barcelona, Espanha, é uma artista, cantora, compositora e produtora de música, aclamada pela crítica e com vários prêmios. Desde muito jovem, Laura canta bossa nova e jazz, entre outros estilos. O amor de Laura pela bossa nova começou muito jovem e, a partir desse amor, ela fundou seu primeiro trio de bossa nova em Barcelona, quando tinha apenas 15 anos. A banda tocava os clássicos da bossa nova por toda a Catalunha e Ilhas Baleares, antes de Laura se mudar permanentemente para os EUA. Lá, Laura fundou a NOVA com o baterista Mike Papagni em 2011, enquanto ambos estudavam no Musicians Institute em Hollywood, CA.
David Irelan nasceu em Portland, Oregon e começou a tocar violão por volta dos 10 anos. Ele se interessou por jazz e guitarra brasileira durante o ensino médio no norte da Califórnia e fez um teste com sucesso na banda de jazz americana durante seu último ano. Ele completou seus estudos de jazz na New School for Jazz and Contemporary Music em NY, onde estudou guitarra e jazz com Vic Juris e música brasileira com Richard Boukas. David conheceu Mike em Los Angeles através de jam sessions locais, onde se tornaram amigos, e Mike convidou David para se juntar à NOVA em 2012. Nos últimos 8 anos, David conseguiu explorar sua paixão pela bossa nova e pela música brasileira tocando como guitarrista da NOVA. Ele se esforça para inovar, seja organizando músicas pop modernas ou clássicos de Natal no estilo bossa nova.
Thomas Hjorth é um guitarrista, baixista, cantor, compositor, programador e produtor musical nascido na Dinamarca. Hjorth é conhecido por criar paisagens sonoras e aprimorar músicas com sua experiência em efeitos e sons. com seu baixo impecável, Thomas mantém a solidez rítmica da NOVA, onde ele toca desde 2018, embora esteja envolvido com a banda desde o início. Como fotógrafo e cinegrafista experiente, ele é responsável por fotografar, dirigir e editar todas as fotos e performances de vídeo ao vivo da NOVA desde a formação da banda em 2011.
Mike Papagni foi criado em Ventura, Califórnia e é um baterista, percussionista, compositor, produtor e engenheiro de múltiplos talentos. Ele tocou seu primeiro groove de bateria na 8ª série e não parou mais. Logo estava fazendo shows localmente no Condado de Ventura, assim como em Los Angeles em várias bandas. Inicialmente focado em rock e funk, ele logo se interessou por jazz e bossa nova.

Nostalgia de Natal

Outro Natal chegou e, com o passar dos anos, eles parecem estar chegando cada vez mais rápido. É difícil acreditar que este blog EM terá 15 anos em 2021. Eu não fazia ideia de que ainda estaria vivo depois de todos esses anos. Aliás, eu mal tinha ideia de que estava vivo quando comecei.
Conheci pessoas inteligentes e orgulho-me de ter aqui cultivado novas amizades. Quer nos encontremos pessoalmente ou apenas nos conheçamos através do blogsite ou do Facebook, quero agradecer por terem vindos aqui com textos, sugestões de pauta e tomando parte de nosso pequeno bairro mundial.
Feliz Natal!

WHITE CHRISTMAS
Desenho animado c/ papai Noel e suas renas
http://blogdopg.blogspot.com/2009/12/feliz-natal-todos.html

BLUE CHRISTMAS
Clipe c/ Elvis Presley e Martina McBride
http://blogdopg.blogspot.com/2010/12/blue-christmas.html
Tudo normal, se Martine não houvesse nascido alguns anos após o vídeo original.

23 dezembro, 2020

Fazer o Q?

Do ano passado para cá, a fábrica de brinquedos de Papai Noel teve que passar por uma reengenharia organizacional. Era isto ou não sobreviver.

Os rios voadores da Amazônia

A maior floresta tropical do mundo apresenta dimensões e encantos superlativos, mas seus 5,5 milhões de km² estão cada vez mais ameaçados de destruição pela ação humana – em 2020, o desmatamento atingiu o nível mais alto dos últimos 12 anos. Nas imagens deste especial da Folha de SP, o principal fotógrafo da atualidade, Sebastião Salgado, revela as belezas do relevo e dos rios voadores do bioma que ocupa metade do território brasileiro.

Vista da Serra Curicuriari, chamada de "Serra da Bela Adormecida" pelos habitantes de São Gabriel da Cachoeira (AM), em foto de Sebastião Salgado.

"A Amazônia tem tanta água nos céus quanto nos rios que cruzam o território. São um furo jornalístico as imagens que Sebastião Salgado produziu mostrando com nitidez os chamados 'rios voadores', fenômeno que a ciência brasileira vem estudando nas últimas décadas. Esses “rios” transportam uma enorme quantidade de água do Atlântico para o continente em um corredor de ventos que atravessa as Guianas e a região norte do Brasil. Quando sobre terra firme, eles banham a floresta ao mesmo tempo em que se alimentam da 'evapotranspiração' gerada pelas quase 600 bilhões de árvores da Amazônia. Árvores com copas de 10 a 20 metros de diâmetro 'suam' entre 300 e 1.000 litros de água por dia que são levados pelos ventos a uma altura entre 2 e 4 mil metros. O curso desses ventos alísios segue desde o norte até chocar-se com a Cordilheira dos Andes. Ali, em um movimento circular, vão em direção ao norte da Argentina, ao Uruguai e ao sul e sudeste brasileiros. A quantidade de água em movimento é avaliada em cerca de 20 bilhões de litros." ~ Leão Serva

Grato a Jaime Nogueira por me trazer à lembrança esta reportagem especial.

22 dezembro, 2020

Por merecimento

TAPINHAS AQUI VÃO BEM
SE ELE FIZER POR MERECER

Quatro estações

→ Do meu outono os desfolhos,
Os astros do teu verão,
A languidez de teus olhos
Inspiram minha canção...
Álvares de Azevedo(1831-1852)

→ Zefa, chegou o inverno!
Formigas de asas e tanajuras!
Chegou o inverno!
Lama e mais lama
chuva e mais chuva, Zefa!
Vai nascer tudo, Zefa,
Vai haver verde,
verde do bom,
verde nos galhos,
verde na terra,
verde em ti, Zefa,
que eu quero bem!
Jorge de Lima (1895-1953)

→ É primavera de novo.
A Terra é como uma criança
que conhece os poemas de cor.
Rainer Rilke (1875-1926)

→ Agora já passa da hora
Está lindo lá fora
Larga a minha mão
Solta as unhas do meu coração
Que ele está apressado
E desanda a bater desvairado
Quando entra o verão.
Chico Buarque

21 dezembro, 2020

2020: a grande conjunção

Hoje, estamos sendo brindados com uma visão rara e espetacular no céu: a grande conjunção. (*)
É uma sobreposição visual de Júpiter e Saturno - os dois maiores planetas de nosso sistema solar, no céu noturno. As imagens dos planetas quase se sobreporão como se fossem a de um único astro, um evento que não é facilmente visível desde a Idade Média - quase 800 anos atrás.
Este fenômeno celestial pode ser testemunhado de qualquer lugar do globo!


Com base em suas órbitas, de nosso ponto de vista aqui na Terra, Júpiter e Saturno se cruzarão a 0,1 grau um do outro. Mas as aparências enganam, já que os dois gigantes gasosos na verdade estarão a uma vasta distância entre si, de aproximadamente 725 milhões de quilômetros.

(*) É também popularmente chamada de "Estrela de Belém", em alusão ao evento bíblico que anuncia o nascimento de Jesus Cristo aos três reis magos, segundo a tradição cristã.

Doodle: Celebrating Summer 20202 and the Great Conjunction (Southern Hemisphere)

Saltimbancos e Trapalhões

1977
"I Musicanti" (Os Músicos), musical para crianças, de Luis Enríquez Bacalov (músicas) e Sergio Bardotti (letras), inspirado em "Os músicos da cidade de Bremen", dos irmãos Grimm. Em 1977, ganhou sua versão brasileira, "Os Saltimbancos", com músicas adicionais de Chico Buarque.

1981
"Os Saltimbancos Trapalhões", filme inspirado na peça "Os Saltimbancos". É um verdadeiro clássico do cinema nacional, chegando a figurar no livro "Os 100 Melhores Filmes Brasileiros", organizado pela Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema). Dirigido por J.B. Tanko, o longa metragem une a obra de Bacalov, Bardotti e Chico com "Os Trapalhões", o quarteto mais divertido do audiovisual nacional, (Didi, Dedé, Mussum e Zacarias), no auge de sua carreira.

Spoiler - Os Trapalhões trabalham num circo onde de empregados marginalizados passam a ser a maior atração. Didi (Renato Aragão) é o líder do grupo. Ingênuo, está apaixonado por Karina (Lucinha Lins), filha do dono do circo, o Barão (Paulo Fortes). Dedé (Dedé Santana), lúcido e amigo, protege Didi das muitas trapalhadas em que ele se mete, enquanto Mussum e Zacarias, como dois bons malandros, reclamam do regime de escravidão imposto pelo Barão, mas tiram partido de qualquer situação. O Barão é um nobre arruinado, avarento e brutal. Com a ajuda do sócio, o mágico Assis Satã (Eduardo Conde), tenta juntar uma grande fortuna para reviver o fausto que a família teve no passado e obter para a filha um casamento milionário. Mas Karina não aprova os planos do pai. Amiga dos humildes trapalhões, está apaixonada pelo Frank, o acrobata (Mário Cardoso), disputando com a domadora de feras Tigrana (Mila Moreira) o amor do rapaz. Frank, apesar de apaixonado por Karina, critica o Barão, mostrando aos Trapalhões o quanto eles são explorados. Sem eles o circo iria à falência. Satã, com ciúmes de Tigrana, e o Barão, querendo afastar Frank de Karina, armam um plano para eliminar o acrobata, deixando-o prisioneiro numa masmorra junto com o King - um leão faminto e feroz. Depois que Frank desaparece, os Trapalhões, revoltados, convencem Karina a fugir do circo e juntos tentarem uma vida nova na grande cidade. Mas descobrem que a esperança de um mundo melhor na grande cidade não significa a liberdade desejada. Retornam ao circo. Libertam Frank. E, todos juntos, lutam contra aqueles que os exploravam. Vencido, o Barão entrega o circo para os Trapalhões. Didi fica triste quando descobre que Karina está apaixonada por Frank. Apesar disto, ele conseguiu realizar outro sonho: transformar o circo numa comunidade feliz em que todos têm os seus direitos garantidos.

2014
"Os Saltimbancos Trapalhões - O Musical", peça montada por Charles Möeller e Claudio Botelho. É uma adaptação do musical anterior, "Os Saltimbancos", especialmente criada para a atuação de Renato Aragão e Dedé Santana.

2017
"Os Saltimbancos Trapalhões - Rumo a Hollywood", 36 anos depois do filme de 1981 e sem Mussum (1941-1994) e Zacarias (1934 - 1990). Roteirizado por Mauro Lima, é o último longa de Renato Argão (o eterno Didi) e Dedé Santana, que lutam para reconquistar o prestígio de "O Grande Circo Sumatra", que enfrenta uma grave crise financeira desde a proibição de animais em seus espetáculos. Inclui a atuação de Marcos Frota (em cujo circo foram realizadas filmagens), Roberto Guilherme (o Sargento Pincel), Alinne Moraes, Letícia Colin e a participação especial de Dan Stulbach. Este último interpreta Tom Hanks em uma cerimônia de premiação em Los Angeles, com direito a trocadilhos do tipo Vin Gasolina, em lugar de Vin Diesel. O filme não se trata de um remake, mas sim de um reboot.


O remake se propõe a refazer um filme ou série de TV, mantendo personagens, eventos, ou mesmo toda a história. Um reboot vai mais além. É uma versão completamente nova de um filme já lançado, sem considerar o background apresentado anteriormente. É um recomeço, a história e seus personagens não estão mais relacionados com a obra anterior. Enquanto o remake basicamente repete o que já foi feito, o reboot oferece novas narrativas.

20 dezembro, 2020

Te alui, criatura

Te alui, criatura é uma expressão utilizada no Ceará para advertir alguém que precisa mudar de atitude.
Confesso: sou da terrinha e não conhecia esta gíria. Fui aprendê-la num tuíte do Governo do Ceará.

(http://twitter.com/GovernoDoCeara/status/1256988360691847169)

Bom para o DBF, o Dicionário Brasileiro de Frases.

Com amor, Van Gogh

Auvers-Sur-Oise - Domingo, 27 de julho, Van Gogh, 37 anos, pintor holandês, residindo em Auvers, atirou em si mesmo com um revólver no campo, mas apenas se feriu e retornou a seu quarto, onde morreu dois dias após.
L'Echo Pontoisien

Sinopse
1891. Um ano após o suicídio de Vincent Van Gogh, Armand Roulin encontra uma carta por ele enviada ao irmão Theo, que jamais chegou a seu destino. Após conversar com o pai, carteiro que era amigo pessoal de Van Gogh, Armand é incentivado a entregar ele mesmo a correspondência. Desta forma, ele parte para a cidade francesa de Arles na esperança de encontrar algum contato com a família do pintor falecido. Lá, inicia uma investigação com as pessoas que conheceram Van Gogh, no intuito de decifrar se ele realmente se matou.

Trailer


O longa-metragem (1:34:44) com 65.000 frames foi inteiramente pintado à mão por uma equipe de 115 artistas. Reproduzindo o estilo das pinturas do gênio holandês, assistir a ele (não está mais disponível no YouTube) é como se estivéssemos entrando no universo pictórico de Van Gogh.

19 dezembro, 2020

O diabo na encruzilhada


Sinopse
Adaptação para o cinema de um romance homônimo, escrito em 666, que conta a história do lendário instrumentista RR Suárez.  O filme (Espanha, remasterizado) detalha os mistérios que envolvem o enigmático músico de Toledo que, no início da carreira, desapareceu misteriosamente e quando voltou mostrou habilidades impressionantes em tocar o alaúde, superando os melhores de sua época. Como Suárez ficou bom assim tão rápido neste instrumento da família dos cordotones? Diz a lenda que ele foi para uma encruzilhada, onde se ajoelhou e ofereceu a alma ao Diabo. Reforça essa versão ter o sumiço dele acontecido ano ano da Besta.

O tropeço do policial

Em todo o mundo, podemos encontrar milhares de estátuas, a maioria delas localizadas em lugares públicos para comemorar um evento ou homenagear a uma pessoa. Muitas outras têm finalidades artísticas ou políticas. Embora grande parte das estátuas permaneçam fieis aos estilos acadêmicos mais conservadores, algumas não seguem essa tendência. Confira este exemplo:

(http://www.tudoporemail.com.br/content.aspx?emailid=4232)

Descrição rápida: "De Vaartkapoen", (*) do artista belga Tom Frantzen, é uma estátua bem-humorada de um policial sendo desequilibrado por um homem escondido em um bueiro de esgoto. Criada em 1985, a estátua está localizada em Sint-Jans-Molenbeek, em Bruxelas.
(http://www.waymarking.com/waymarks/WMQKPA_De_Vaartkapoen_Brussels_Belgium)

Título encurtado: "Oops!".

18 dezembro, 2020

Fim de uma era de piadas

FOLHAPRESS - Rubens Barrichello, 48, resolveu devolver com bom humor as piadas que parte do público faz a respeito de sua carreira na Fórmula 1. Quando defendia a Ferrari, o piloto quase sempre tinha que deixar a dianteira com o colega Michael Schumacher, que acabaria se tornando o primeiro heptacampeão da categoria.
A internet, que não perdoa, tratou logo de transformar a situação em meme. É comum, quando alguém se manifesta sobre algo em que aconteceu ou vai acontecer atraso, uma figura de Rubinho logo aparecer nos comentários.
POR CAUSA DE UM MÍSERO SEGUNDO COMO CHEGAR EM SEGUNDO LUGAR NUMA CORRIDA DE FÓRMULA-1 SEGUNDO RUBENS BARRICHELLO
Onde posso encontrar este ensaio?
Dizem que é muito longo e incompreensível, mas eu não tenho pressa... (Paulo Gurgel)
http://blogdopg.blogspot.com/2011/12/segundo.html
Com a pandemia, parece que o jogo virou. O piloto, que hoje corre na Stock Car, lembrou que deve tomar a vacina contra a Covid-19 antes que a maior parte dos brasileiros o faça, já que mora nos Estados Unidos. Vale lembrar que a vacinação nos Estados Unidos já começou, enquanto no Brasil a campanha ainda vai demorar.


Fim de uma era de piadas. Será?

Tristeza no céu

Carlos Drummond de Andrade
No céu, também, há uma hora melancólica
Hora difícil em que a dúvida penetra as almas
Por que fiz o mundo?
Deus se pergunta e se responde: “Não sei”


Os anjos olham-no com reprovação e plumas caem
Todas as hipóteses
A graça, a eternidade, o amor, caem
São plumas

Outra pluma, o céu se desfaz
Tão manso, nenhum fragor denuncia
O momento entre tudo e nada
Ou seja, a tristeza de Deus

Referência:
ANDRADE, Carlos Drummond de. Tristeza no céu. In: __________. Antologia poética: organizada pelo autor. 48. ed. Rio de Janeiro, RJ: Record, 2001. p. 275.

17 dezembro, 2020

Lei de Newton Barber

Se a velocidade do crescimento de um indivíduo for igual à do crescimento de seu cabelo, o cabelo não mudará de altura.
Corolário
Nem haverá necessidade de cortá-lo.

Cometas no céu de Paris

A previsão de que haveria o reaparecimento de um grande cometa em 1857 causou uma onda de pânico na Europa, particularmente em Paris. As razões para isso eram um tanto obscuras. Algum tempo antes, alguns astrônomos haviam se convencido de que os cometas brilhantes que haviam sido vistos pelas gerações anteriores, em 1264 e 1556, eram de fato o mesmo (o "Charles-Quint"), e que esse cometa reapareceria em algum momento, no final da década de 1850. Mais tarde, um jornal francês evidentemente pegou uma previsão obscura, aparente e originalmente feita pelo alemão (ou belga) Laensberg, em seu Liege Almanac. Em sua edição da semana que começou em 15 de junho de 1857, Laensberg havia advertido: "a essa altura, espere um cometa". Através dos caprichos das reportagens, isso acabou sendo entendido como uma previsão específica de que não apenas o cometa apareceria naquela data, como também colidiria com a Terra e que isso resultaria no fim do mundo.
Embora essa previsão tenha sido tratada com desprezo por muitos, também foi levada muito a sério por grande parte da população. Observou-se com ironia na imprensa que, como resultado do pânico, "as mulheres abortaram, as colheitas foram negligenciadas, as vontades foram atendidas, as roupas à prova de cometas foram inventadas e uma companhia de seguros de vida cometária (prêmios com pagamento antecipado) tinha sido criada" .O eminente, mas propenso a erros, físico/astrônomo Jacques Babinet tentou conter o pânico, declarando - notavelmente pouco convincente - que o impacto do cometa não afetaria a estabilidade da Terra "mais do que um trem entrando em contato com uma mosca".

Cenário
Fig. 1: Honoré Daumier, "O astrônomo alemão lança um famoso canard", ilustração para Le Charivari, 17 de março de 1857.
Tudo isso foi um campo fértil para satiristas como o caricaturista francês Honoré Daumier. Ele zombou gentilmente da obsessão dos parisienses por cometas em uma série de desenhos publicados em Le Charivari, ao representar o prognosticador alemão como um mágico fazendo o truque de soltar um pato semelhante a um cometa. A piada, é claro, era que em francês "canard" (pato) também significa "embuste". Como era de se esperar, o tão temido cometa não chegou - nas palavras de Owen Gingerich, tornou-se "o Grande Cometa que nunca veio". Mas esse não foi o fim da história.


Cenário
Fig 2: Honoré Daumier, "Sr. Babinet, avisado por sua concierge da chegada do cometa", ilustração para Le Charivari, 22 de setembro de 1858.
Por coincidência, no ano seguinte, um cometa extraordinariamente brilhante foi avistado. Infelizmente para os preditores originais, não teve nada a ver com os cometas de 1264 ou 1556 e Daumier foi capaz de voltar ao seu tema com um famoso desenho mostrando o erudito Monsieur Babinet olhando atentamente para os céus com a ajuda de seu telescópio, enquanto a humilde  concierge (governanta) bate-lhe animadamente no ombro. Em um triunfo do senso comum sobre o aprendizado obscuro, ela está a apontar o cruelmente óbvio - o cometa real é claramente visível em outra posição no céu.

Extraído de: http://www.artinsociety.com/comets-in-art.html, por Philip McCouat

2014 http://blogdopg.blogspot.com/2014/10/in-cauda-venenum.html
2017 http://blogdopg.blogspot.com/2017/07/o-cometa-halley.html
2018 http://blogdopg.blogspot.com/2018/10/pilulas-do-cometa.html
2019 http://blogdopg.blogspot.com/2019/02/observacoes-cometarias-no-seculo-16.html
         http://blogdopg.blogspot.com/2019/05/pilulas-do-cometa-2.html
         http://blogdopg.blogspot.com/2019/10/a-figura-excepcional-de-halley.html
         http://blogdopg.blogspot.com/2019/11/a-visita-de-borisov.html

16 dezembro, 2020

Restauradores da Espanha destacando-se por suas intervenções hilárias

Cecilia Giménez, uma anônima professora de trabalhos manuais, em Navarra, e um anônimo restaurador de móveis. 
Com as seguintes obras restauradas:
1 - "Ecce Homo", do santuário de Nossa Senhora da Misericórdia, em Borja, Espanha.
http://blogdopg.blogspot.com/2012/08/a-pior-restauracao-do-mundo.html
2 - "São Jorge", do século 16, da igreja São Miguel, em Estella, Espanha.
http://blogdopg.blogspot.com/2018/06/a-malsucedida-restauracao-de-uma.html
Agora esta:
3 - "Imaculada Conceição do Escorial", do acervo de um colecionador espanhol.
Segundo o jornal espanhol "El Diario", um colecionador de obras da Espanha contratou um restaurador de móveis para recuperar a famosa pintura "Imaculada Conceição do Escorial", do artista barroco Bartolomé Esteban Murillo. O resultado, entretanto, não saiu conforme o esperado.
http://twitter.com/i/events/1275460652107042816


No que se refere a restauradores, há quem diga que a Espanha é o maior celeiro do mundo.

Donald no País da Matemágica

Filme de animação da década de 1950.
Não vi isto nem quando criança. Uma segunda hipótese é a de que já não me lembro.



Highlights
Pitágoras, o pai da matemática e da música.
O pentagrama: na ⛤matemática e na 𝄞música.
Amei a parte do bilhar.
O pensamento matemático abriu as portas às aventuras empolgantes da ciência.

La mathematica è l'alfabeto nel quale Dio ha scritto l'universo. A matemática é o alfabeto com o qual Deus escreveu o universo. (Galileo Galilei)

15 dezembro, 2020

A parábola do muro

Um homem estava sobre um muro, indeciso. Ele não sabia para que lado deveria descer a fim de continuar seu trajeto.
Então, avistou um anjo, em um dos lados, que dizia com grande insistência:
- Vem, vem, desce logo para cá.
Do outro lado, estava o diabo que nada dizia.
Intrigado com o comportamento silencioso do demônio, o homem resolveu lhe perguntar:
- Por que você, diabo, não pede nada?
- É que o muro é meu.
(fazendo a ronda na internet; reescrita)

No Preblog: EM CIMA DO MURO

Plutão é penta

Olhei as trends e achei que Plutão tinha sido engolido por um Buraco Negro. Então, falei "Ah, pronto!"

Achei que ele tinha explodido e um pedaço vinha vindo para salvar a Terra.

O Pluto do Mickey foi inspirado em Plutão, recém descoberto na época (1930), mas o que eu acho extremamente sobrenatural é a foto de 2015 de Plutão ter uma mancha que lembra a cabeça do Pluto. Valdisney era um iluminatus reptiliano, só pode.


Resumidamente, na mitologia romana Proserpina foi raptada por Plutão, levada para o submundo e obrigada a se casar com ele.

Cara, isso um dia vira escultura. Autor: Bernini; período: barroco; material: mármore. Um bloco cheio para a Lei Maria da Penha.

A Nova Zelândia é o Plutão da Terra. Volta e meia é excluída do mapa.
http://blogdopg.blogspot.com/2020/05/mapas-sem-nz.html

Vamos falar do coração de Plutão!
A região se chama Sputnik Planitia, é uma bacia congelada. O gelo que cobre essa bacia é feito basicamente de nitrogênio e metano.
http://blogdopg.blogspot.com/2015/07/o-coracao-de-plutao.html

Além de craque em hashtag, Plutão é bom de lua. Possui cinco.
http://blogdopg.blogspot.com/2013/07/plutao-e-bom-de-lua-conclusao.html

14 dezembro, 2020

Qual é a altura oficial do Monte Everest?


China e Nepal, os dois países que compartilham a montanha mais alta do mundo, estabeleceram em conjunto a altura do Everest (foto) em 8.848,86 metros, apenas 86 centímetros acima dos 8.848 metros tradicionalmente aceitos, medidos pela Índia em 1955.
Esta é a primeira vez que o Nepal mede a altura da montanha. Não é o caso da China, que o fez pela última vez em 2005, fixando-o em 8.844,43 metros, argumentando que a medida indiana incluía os mais de três metros de neve no cume.
Cientistas chineses usaram a mais recente tecnologia de satélite de navegação global de seu sistema Beidou, bem como radares e outros avanços técnicos para calcular a altura do topo. O Nepal, por sua vez, já havia iniciado suas medições com sistemas de navegação em 2017 e as completou dois anos depois.
Pelo resultado final, com 86 centímetros de diferença em relação ao comumente aceito, a China parece ter dado boa parte da razão à medição nepalesa e indiana.
"A altura do Monte Everest é de 8.848,86 metros", anunciaram na terça-feira (8) o ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, de Pequim, e seu colega nepalês, Pradeep Kumar Gyawali, de Katmandu, em um evento virtual transmitido pela internet.


A carta de Solimão, o Magnífico

"Eu, que sou o sultão dos sultões, o soberano dos soberanos, o distribuidor de coroas aos monarcas da face da Terra, a sombra de Deus na Terra, o sultão e senhor soberano do Mediterrâneo e do Mar Negro, da Rumélia e Anatólia, da Karamânia e da terra de Rum, da Zulkadria, Diyarbakir, do Curdistão, do Azerbaijão, da Pérsia, Damasco, Cairo, Aleppo, de Meca e Medina, de Jerusalém, de toda Arábia, do Iêmen e de muitas outras terras, as quais meus nobres antepassados e meus gloriosos ancestrais - que Deus ilumine suas tumbas - conquistaram pela força dos seus braços e pelas quais minha augusta majestade as fizeram submissas à minha espada flamejante e sua vitoriosa lâmina, eu, Sultão Solimão, a tu, Francisco, o Rei da Província Francesa, blá, blá, blá..."
Com uma carta que começava nos termos acima, o sultão Solimão fez ciente o rei Francisco I, da França de que estava a caminho para livrá-lo do imperador Carlos V, do Sacro Império.
Se considerado um cara muito prolixo em sua correspondência, no campo de batalha, ao contrário, Solimão foi direto ao ponto. Em apenas duas horas, derrotou o imperador húngaro Luís II, aliado de Carlos V e por este patrocinado, o que transformou imediatamente os otomanos em vizinhos diretos do Sacro Império Romano, de Carlos V. Com isso, ele aliviou a pressão de Carlos V sobre o rei francês e a famosa aliança franco-otomana foi formada, durando mais de três séculos. É mole?

Batalha de Mohács (29 de agosto de 1526) ((Quora))

13 dezembro, 2020

Bugs em domínios

Quanto custou a Sanmay Ved para comprar o domínio mais movimentado do mundo?
Apenas 12 dólares.
Obviamente, essa história não é senão uma história curiosa, pois a propriedade do domínio "google.com" durou para Sanmay não mais que um minuto, o tempo necessário para o Google Domains desfazer a operação. A razão por que o domínio se tornou brevemente disponível é desconhecida, se foi por um erro do sistema ou se foi porque, naquele momento, deveria acontecer – o que realmente pode ter acontecido, a data de renovação do domínio "google.com" que, para o Google, se dá em meados de setembro.
(Guarde esse detalhe, leitor.)
http://blogdopg.blogspot.com/2015/10/o-cara-que-foi-proprietario-do.html

O Google não foi o primeiro a ter problemas do tipo.
Em 2003, a Microsoft não renovou seu endereço "hotmail.co.uk" na Web e alguém o comprou.
Enquanto, no caso do Google, em que o "google.com" foi comprado do próprio Google e cancelado rapidamente, a Microsoft teve que pedir ao comprador para devolvê-lo.
http://www.businessinsider.com/this-guy-bought-googlecom-from-google-for-one-minute-2015-9

Talvez para recompensá-lo por ter encontrado um "bug" ou por não fazer nada prejudicial naquele minuto, ou talvez como um simples presente, o Google decidiu recompensar Sanmay com US $ 6.006,13, que é a grafia numérica do Google.


No final, a empresa decidiu dobrar o valor para cerca de US $ 12.000,00. Ao saber que Sanmay Ved pretendia doar toda a recompensa para uma instituição indiana dedicada à educação das famílias carentes.

O primeiro encontro de Dominguinhos com Luiz Gonzaga

01:31 - 02:21
Desde menino José Domingos de Morais já se interessava por música, por influência do pai que lhe deu de presente uma sanfona de oito baixos. Aos seis anos de idade aprendeu a tocar o instrumento e começou a se apresentar em feiras livres e portas de hotéis para ganhar algum dinheiro, junto com dois de seus irmãos, Morais e Valdomiro, formando o trio "Os Três Pinguins". No início da formação, tocava triângulo e pandeiro, passando depois a tocar sanfona. Praticava o instrumento por horas a fio e tornou-se um exímio sanfoneiro, quando passou a ser conhecido em Garanhuns como Neném do Acordeon. O nome artístico só lhe seria dado por Luís Fernando em 1957, já no Rio de Janeiro.

03:06 - 03: 41
Conheceu Luiz Gonzaga quando tocava no hotel em que o Rei do Baião estava hospedado em Garanhuns. O nome do hotel era Tavares Correia, e o trio que sempre tocava na porta foi convidado naquele dia a tocar dentro do hotel para Gonzaga e seus acompanhantes. Gonzaga se impressionou com a desenvoltura do menino e o convidou a ir para o Rio de Janeiro onde morava. Essa viagem aconteceria anos mais tarde pois, algum tempo depois deste encontro em 1948, Neném do Acordeon foi para Recife estudar.
Ulysses Gaspar. Transcrição: PGCS



Que dia é hoje?

12 dezembro, 2020

O padre, a mulher e o diabo



Padre: Vim lhe tirar o demônio.

Mulher: Não chamei ninguém.

Diabo: Eu o chamei, padre.


Com mulher de bigode nem o diabo pode.

Com paciência e cuspe

Um destaque da coleção da galeria de arte do Mannheim, a pintura a óleo "A execução do imperador Maximiliano do México", de Édouard Manet, está sendo cuidadosamente limpa com uma fórmula inesperada para leigos: uma solução de água destilada e saliva (artificial).

Katrin Radermacher, chefe do departamento de restauração, trabalhando com máscara e luvas no quadro de Manet.

Não houve um tal Mr. Bean, no final dos anos 90, que deu à pintura "Arranjo em cinza e preto nº 1", de James McNeill Whistler, um tratamento especial com saliva? (*)
Bem, o que a princípio soa como uma piada é, segundo Radermacher, um "método completamente sensível e sensível", desde que o material processado permita sua utilização. "A saliva é perfeitamente adequada porque contém enzimas especiais (como a α-amylase) que quebram a contaminação da superfície", explica a restauradora de Mannheim.


(*) O episódio da restauração mal-sucedida do "Whistler's Mother" é uma situação isolada. Contudo, levanta a hipótese de que usar a saliva não seja muito apropriado (assim como o Thinner, claro) para o caso de um restauro pós-espirro.

Relacionadas
18/09/2018 O poder de limpeza da saliva humana
22/ 11/2019 O valor do cuspe no mundo das artesl

11 dezembro, 2020

⚡Raio e vulcão (2)

Vulcões podem criar seus próprios raios (como se vê nesta fotografia do vulcão Calbuco, tirada em 24 de abril de 2015).
A colisão no ar de rochas fragmentadas, cinzas vulcânicas e água pode criar uma carga estática.
O raio não desce das nuvens, mas tem origem na própria coluna de erupção, quando esta descarrega a energia estática através de um processo chamado separação de carga.

Foto: Francisco Negroni

O vulcão Calbuco está localizado na região dos lagos, ao sul de Santiago, no Chile. Após mais de 40 anos de inatividade, em abril de 2015 o vulcão entrou em erupção lançando mais de 200 milhões de toneladas de cinzas e causando a evacuação de cerca de 2.000 pessoas.

Raio e vulcão (1)

O jogador de xadrez turco

O jogador de xadrez turco de Maelzel era uma máquina que realmente existia. Construída em 1769, por Wolfgang von Kempelen, foi exibida nos séculos XVIII e XIX em feiras e teatros em Paris, Viena, Londres e Nova Iorque.
Em 1783, em seu hotel em Paris, Benjamin Franklin recebeu uma carta de Wolfgang von Kempelen,  convidando-o a ver e jogar com o autômato que jogava xadrez turco, além de caso quisesse inspecionar a máquina.
Franklin aceitou o desafio e, alguns dias depois, jogou xadrez turco com a máquina no Café de la Regence e perdeu. Embora Franklin fosse um amante do xadrez, ele não mencionou esse evento em nenhuma de suas correspondências, talvez, alguns explicam, porque ele era conhecido como sendo um mau perdedor.  [Tom Standage, The Turk, 2002 Walker Publishing]
Quando Von Kempelen morreu, seu filho vendeu a máquina para Nepomuk Maelzel, um violinista de Viena que também inventou dispositivos musicais como o metrônomo.
Edgar Allan Poe testemunhou uma demonstração do funcionamento da máquina e escreveu o ensaio "Maelzel's Chess Player"  para demonstrar que era uma fraude.[EA Poe: histórias curtas completas (tradução por J. Cortázar), Alianza Editorial, Madri, 2002]
Os aficionados por Poe notaram que o artigo tem um tom, uma voz notavelmente semelhante ao discurso de Dupin em "Os assassinatos na rua Morgue". Na verdade, existem muito mais interseções entre o artigo e o conto. Vários elementos em comum levam a acreditar que houve uma transposição de um para o outro:
Nos dois casos, temos uma sala trancada. Na história, a polícia não sabe explicar como o assassino poderia ter entrado ou saído do local, já que todas as portas e janelas estavam trancadas por dentro. No artigo, o objetivo de Poe é determinar se, dentro da máquina, um ser humano estavria escondido ou se ela continha, como Maelzel gostaria de que sua audiência acreditasse, apenas mecanismos.
Poe descreve em detalhes o ato de Maezel no palco: antes de fazer a máquina jogar xadrez, ele andava pelo palco rolando o autômato à sua frente, enquanto abria e fechava compartimentos e gavetas na máquina para mostrar que ela continha apenas elementos mecânicos. Ele propõe que Maelzel abria e fechava esses compartimentos e gavetas em uma ordem precisa, que permitia que uma pessoa no interior da máquina deslizasse um painel interno e se movesse no momento certo, e assim permanecer oculta. E conclui que, apesar da mecânica da máquina sempre à vista, sempre havia um espaço trancado em seu interior.
Este painel deslizante interno constitui parte da solução de Poe para a farsa no artigo. Ele é transposto para o conto, onde se torna uma janela deslizante que também constitui parte da solução para o mistério da sala trancada de Dupin. Descobre-se que o orangotango entra no apartamento por uma janela e, por acaso, um prego na moldura da janela trava a janela ao sair. O animal, em outras palavras, como a suposta pessoa dentro da máquina, se move graças a um mecanismo deslizante e, portanto, permanece oculto aos vizinhos que chegam ao local no momento em que o assassinato estava ocorrendo. [http://epistemocritique.org/why-an-ourang-outang/]
De fato, como foi mostrado mais adiante, não era a máquina que jogava xadrez, já que havia uma pessoa dentro dela - o jogador de xadrez francês Jacques Mouret - que era quem realmente a controlava.

10 dezembro, 2020

Viva Paint (2)

"A criatividade é a inteligência se divertindo." (Albert Einstein)
Viva Paint (1)
— Meu apego ao Paint só pode ser comparada ao que eu sinto ao Comic Sans.

Radium Girls

Nos Estados Unidos, no início do século XX, tornaram-se comuns o uso de relógios que brilhavam no escuro.
Para fazer com que os relógios brilhassem, os fabricantes usavam um material à base de rádio em pó, goma arábica e água. Em três diferentes fábricas da Radium Corporation, mulheres encarregavam-se de pintar os mostradores desses relógios.
Os pincéis eram feitos de pelos de camelo. Quando as pontas desses instrumentos começavam a ficar rombas, as operárias eram recomendadas que "afinassem" as pontas com a boca. Por diversão, muitas trabalhadoras também pintavam suas unhas, rosto e dentes com a tinta radioluminescente.
(Enquanto isso, familiarizados com os efeitos prejudiciais do rádio, proprietários e químicos evitavam cuidadosamente qualquer exposição a ele.)


As consequências vocês podem imaginar. Expostas a um elemento radioativo, muitas trabalhadoras passaram a apresentar anemia, fraturas ósseas e necrose da mandíbula, uma condição que é conhecida como mandíbula de rádio.
Aquelas que ingressaram na justiça com processos por indenizações trabalhistas ficaram conhecidas como Radium Girls.

09 dezembro, 2020

Múmias de animais de estimação no Antigo Egito

Um projeto da Universidade de Manchester usou raios-X e tomografias computadorizadas para examinar 800 dos milhões de múmias de animais descobertas por escavadeiras - algumas delas datando de 1.000 a.C. Mas cerca de um terço não continha restos de animais - o que levou a BBC, que acompanhou o progresso dos pesquisadores, a chamá-lo de "escândalo de 3.000 anos no coração da indústria de múmias de animais do Egito Antigo".
Segundo a emissora, a teoria atual é que os embalsamadores egípcios antigos foram forçados a cortar custos diante de uma demanda muito alta.
Enquanto animais de estimação eram mumificados e enterrados com seus donos, e outros animais eram adorados e recebiam túmulos intrincados quando morriam, a maioria dos animais mumificados eram "ofertas votivas", disse Lidija McKnight, egiptologista, ao Washington Post.

(Gato de Scrödinger? Não abra esta caixa.)

"Eles eram presentes que seriam dados aos deuses com uma oração, como um cristão hoje acende uma vela em uma igreja", ela disse ao The Post. "Você pegava uma dessas múmias e pedia que levasse uma mensagem em seu nome aos deuses, esperando que os deuses fizessem algo em troca. O que era típico do sistema de crenças religiosas do Egito Antigo, e é por isso que achamos tantos delas. Era quase um tipo de indústria que surgiu na época e continuou por mais de mil anos".
Estima-se que existam 70 milhões de múmias de animais.
Nesse contexto, faz sentido que os fornecedores as substituiram por "coisas especiais que estavam próximas dos animais" - cascas de ovos, materiais de ninhos etc. - quando ficavam sem os animais de verdade, disse McKnight à BBC. Portanto, não é provável que os embalsamadores estivessem enganando seus clientes.
"Provavelmente, há uma explicação muito mais inocente para o que estava acontecendo", acrescentou ela.

Fonte: http://nationalpost.com/news/world/a-3000-year-old-mystery-why-are-so-many-of-ancient-egypts-animal-mummies-empty

Ver também: http://blogdopg.blogspot.com/2020/06/competicao-de-esconde-esconde.html

O vendedor de refrescos

Chaves (ipsis litteris):
"A que parece de limão, é de groselha e tem gosto de tamarindo. A que parece de groselha, é de tamarindo com sabor de limão. E a que parece de tamarindo, é de limão com sabor de groselha."
Simples assim.


Quico toma o de tamarindo (Tamarindus indica).



Qual é o correto: Quico ou Kiko?
Para poder continuar se apresentando como Quico, Carlos Villagrán registrou o nome do seu personagem com outra grafia, "Kiko", já que os direitos autorais do Quico pertencem a Roberto Bolaños, o Chaves.

08 dezembro, 2020

Só para homens

Vi no Bits and Pieces com o título de "Essa é uma maçaneta ou você apenas está feliz em me ver?"


Essa maçaneta me faz lembrar de uma das pendências do meu Autorretrato falado:
De modo indevido, já ostento a tal barriga da prosperidade. Em sua parte inferior, a barriga se afunila numa espécie de apêndice. Cabisbaixo ou não, ele pende sempre para a esquerda.
Only for men
In its lower region, man's abdomen is funneled into a kind of appendix that always hangs to the left.
(Em sua região inferior, o abdome do homem se afunila numa espécie de apêndice que pende sempre para a esquerda.)

Papagaio no leilão 🦜

Um homem comprou o papagaio num leilão em que a disputa tinha sido muito acirrada.
"Suponho que essa ave fala", disse ele.
"Se fala..." respondeu o leiloeiro. "Quem você acha que estava dando os lances mais altos até você arrematar?".

Piadas de cruzamento
Cruzou um papagaio com uma paca e obteve uma ave que fala pacas.

07 dezembro, 2020

Wayback Machine


Wayback Machine é um arquivo digital da World Wide Web, fundado pelo Internet Archive, uma organização sem fins lucrativos com sede em San Francisco. O arquivo permite que o usuário volte no tempo e veja como eram os sites no passado. Seus fundadores, Brewster Kahle e Bruce Gilliat, desenvolveram o Wayback Machine com a intenção de fornecer "acesso universal a todo conhecimento", preservando cópias arquivadas de páginas da web extintas.
Desde o seu lançamento em 2001, mais de 452 bilhões de páginas foram adicionadas ao arquivo. O serviço também gerou controvérsia sobre se a criação de páginas arquivadas sem a permissão do proprietário constitui violação de direitos autorais em certas jurisdições.
Os fundadores do Internet Archive lançaram a Wayback Machine em 2001 para resolver o problema de o conteúdo do site desaparecer sempre que ele é alterado ou desligado. O serviço permite que os usuários vejam versões arquivadas de páginas da Web ao longo do tempo, que o arquivo chama de "índice tridimensional". Kahle e Gilliat criaram a máquina na esperança de arquivar toda a Internet e fornecer "acesso universal a todo conhecimento".
O nome Wayback Machine foi escolhido como referência à "WABAC machine", um dispositivo fictício de viagem no tempo usado pelos personagens Mister Peabody e Sherman, em "The Rocky and Bullwinkle Show", um desenho animado em que estes personagens usavam rotineiramente a máquina para testemunhar, participar e frequentemente alterar eventos famosos da história.

Site: web.archive.org

A Sala de Âmbar

Você já ouviu falar da Oitava Maravilha do Mundo? Pois, certa vez, ela existiu mesmo, na forma da Sala de Âmbar - uma obra-prima de design complexo e um dos artefatos mais valiosos da Rússia. Originalmente projetado e construído no início do século XVIII, a Sala de Âmbar trocou algumas mãos antes de desaparecer em 1945.
Origem
A Sala de Âmbar é o resultado de uma colaboração entre o escultor barroco alemão Schluter e o artesão dinamarquês Gottfried Wolfram. Embora esteja associada principalmente à Rússia Imperial, a sala foi originalmente construída para a Monarquia Prussiana em 1701 e abrigada no Palácio de Charlottenburg, em Berlim. Em 1716, a sala foi presenteada ao czar russo Pedro, o Grande, como parte de uma aliança entre a Rússia e a Prússia contra a Suécia. Os painéis de âmbar que decoravam as paredes foram desconstruídos, colocados em grandes caixas e transferidos para o Palácio de Inverno na recém-fundada cidade de São Petersburgo. Em 1755, a sala foi realocada novamente, a pedido de Elizabeth, filha do czar, para o Palácio de Catarina em Tsarkoye Selo.​
Foi nesse local que a sala foi ampliada e, em sua conclusão em 1770, alcançou um total de pouco mais de 54 metros quadrados, adornado com mais de 6 toneladas de âmbar e outras pedras preciosas. Os historiadores estimam que o valor atual da sala seria de aproximadamente US $ 176 milhões. Nos dois séculos seguintes, a grandiosa sala deslumbrou visitantes da Rússia e do resto da Europa, seu esplendor excedendo até as próprias expectativas de Schluter.


Desaparecimento
A Sala de Âmbar sobreviveu à Revolução de 1917. Porém, quando a Alemanha nazista invadiu a então URSS em 1941, nenhum tesouro nacional no país estava seguro. Os curadores soviéticos sabiam que a valiosa Sala de Âmbar estava em grande perigo e tentaram protegê-la realocando-a para longe do front. No entanto, ao tentar realizar a tarefa, o curador Anatoly Kuchumov descobriu que os painéis de âmbar haviam-se tornado frágeis ao longo dos anos e a realocação poderia causar muitos danos. Em vez disso, ele ordenou cobrir as paredes da sala com papel de parede fino, na esperança de que os nazistas passassem por ela sem perceber.
Infelizmente, esse plano falhou. Hitler conhecia bem a história da Sala de Âmbar e a via como propriedade alemã que deveria ser devolvida à sua terra natal. Em apenas 36 horas, os nazistas descobriram os painéis preciosos e desmontaram a sala completamente. Os painéis foram enviados para a Alemanha e a sala foi reconstruída no Castelo Konigsberg. Lá permaneceu em exibição para povo alemão por dois anos. Em 1943, quando os ventos da guerra começaram a virar em favor dos aliados, Hitler ordenou que todas as posses saqueadas e guardadas em Konigsberg fossem realocadas. Mais uma vez a sala foi parar em grandes caixas e posta em movimento, desta vez, para nunca mais ser vista.
Teorias da conspiração
Siga lendo:
http://www.tudoporemail.com.br/content.aspx?emailid=15728
http://br.rbth.com/arte/historia/2017/07/08/onde-encontrar-a-verdadeira-camara-de-ambar_794480
A nova Sala de Âmbar
Em 1979, o governo soviético ordenou que uma réplica da sala fosse reconstruída onde a original ficava no Palácio de Catarina. O projeto levou 25 anos para ser concluído e custou US $ 11,3 milhões. Sua inauguração em 2003 marcou o 300.º aniversário de São Petersburgo. Embora seja uma reprodução, se você já estiver na área, vale a pena visitar a "nova Sala de Âmbar".
O barão Eduard von Falz-Fein, empresário de origem russa do Liechtenstein, passou 30 anos de sua vida à procura da famosa sala. Em 2004, ele declarou que, embora a câmara original tivesse perdida para sempre, a nova versão era um substituto digno. "Eu vi a Câmara de Âmbar antiga quando tinha cinco anos, e vi a nova. A nova é ainda melhor", disse von Falz-Fein à revista russa "Argumenti i Fakti".

06 dezembro, 2020

Perdidos no espaço

O astronauta americano Thomas Kenneth Mattingly II mantém uma incrível distinção.
Não é o de ter sido escalado para voar na Apolo 13 e, ao contaminar-se inadvertidamente com caxumba (o que mais tarde se provou falso), não poder embarcar naquele voo para a Lua. Ken Mattingly foi no último minuto substituído.
Isso acontece, e ele teve nova chance para voar em outra missão. Quando Ken Mattingly foi o piloto  do módulo de comando e serviço da Apollo 16, lançada em 16 de abril de 1972.
Então, qual é a distinção que este astronauta não compartilha com nenhuma outra pessoa, viva ou morta?
Mattingly é a única pessoa que já perdeu seu anel de casamento no espaço.

Arquivo
Na missão Gemini VIII, em 1966, Neil Armstrong perdeu uma luva no espaço.


Les Klaxons

O comediante canadense Michel Lauzière tem um número chamado Les Klaxons, que ele apresenta em um traje com buzinas. Você não precisa entender francês para acompanhar, enquanto ele executa - - com os movimentos do corpo - - um pot-pourri de várias músicas eruditas e populares, no Plus Grand Cabaret Du Monde de Patrick Sébastien.



Pot-pourri ("vaso podre", em francês), um termo originalmente utilizado para se referir a um jarro com uma mistura de pétalas de flores secas e especiarias que se utiliza para perfumar o ar.

05 dezembro, 2020

A gente

É uma locução pronominal com valor semântico de nós.

A gente é ...
(segundo o preenchimento automático do Google)
mau
parecido
ou somos
junto ou separado

Ô xente! É melhor a gente parar por aqui.

Pitacos na teledramaturgia nacional

Qual foi a novela mais absurda da televisão brasileira?
Imagino ter sido "Anastácia,a Mulher sem Destino" (1967). um folhetim de capa e espada escrito pelo ator Emiliano Queiroz.


A protagonista era uma moça pobre que descobria ser filha do czar russo e se refugiava em uma ilha vulcânica. A novela ficou confusa (pela inserção progressiva de muitos personagens) e prestes a naufragar. A Globo, então com dois anos, chamou Janete Clair para assumir o texto. Ela promoveu um terremoto na ilha, deixando apenas sete atores.

De uma telenovela, assista ao primeiro e ao último capítulo. Os demais não interessam, principalmente se o merchandising andar em alta.

É exatamente o contrário do que eu penso com relação a uma disciplina. À primeira aula não se assiste e a última não se dá.

04 dezembro, 2020

A corrida da vida e a vida corrida

"A corrida da vida", sétimas de Bráulio Bessa

A vida é uma corrida
que não se corre sozinho.
E vencer não é chegar,
é aproveitar o caminho
sentindo o cheiro das flores
e aprendendo com as dores
causadas por cada espinho.

Aprenda com cada dor,
com cada decepção,
com cada vez que alguém
lhe partir o coração.
O futuro é obscuro
e, às vezes, é no escuro
que se enxerga a direção.

"A vida corrida", por Orlando Pedroso, Tumblr


Rubem Alves:
- Resta quanto tempo?
- Não sei. O relógio da vida não tem ponteiros.

Histórias que têm apenas seis palavras (2)

São elas uma categoria de narrativa? 
O professor de literatura comparada da Universidade Hebraica de Jerusalém, David Fishelov, acredita que sim. Em seu ensaio sobre o assunto, "The Poetics of Six-Words Stories" (*), Fishelov considera até mesmo as histórias por websites. 
(*) O título do ensaio tem seis palavras. Desde que você ignore o hífen, contando "Six-Words" como duas palavras. Em vez de apenas uma palavra hifenizada.
Quem foi o criador das histórias de seis palavras? 
Alguns afirmam que foi Ernest Hemingway. Com seu famoso conto: "For sale: baby shoes, never worn" (À venda: sapatos de bebê, nunca usados), que Ernest, diz Penned, escreveu em um guardanapo. Mas é possivelmente uma história apócrifa.

http://www.improbable.com/2019/11/04/stories-that-only-have-six-words-a-valid-category-of-narrative-genre/
http://quoteinvestigator.com/2013/01/28/baby-shoes/
http://blogdopg.blogspot.com/2020/05/historias-que-tem-apenas-seis-palavras.html


Existe um texto alternativo popular baseado em outro item vinculado a bebês: "Para venda, carrinho de bebê, nunca usado". Que tem o mesmo formato de um anúncio classificado.
O leitor deve cooperar na construção da narrativa mais ampla, obliquamente delimitada por essas palavras, que implica aborto espontâneo ou morte súbita do bebê.

03 dezembro, 2020

Como funciona o apontador de lápis


Oops! Meu lenhador não é tão bom como esse. Vive bêbado, e o lápis sempre sai quebrado.

Sharpen GIFs (galeria)


Discutindo as formas

É um mapeamento não arbitrário entre os sons da fala e a forma visual dos objetos.
Este efeito foi observado, pela primeira vez, pelo psicólogo alemão-americano Wolfgang Köhler, em 1929. Em um experimento psicológico, conduzido pela primeira vez na ilha de Tenerife (onde o idioma principal é o espanhol ), Köhler, após haver mostrado as formas abaixo, perguntou aos participantes "Qual dessas formas é baluba e qual é takete?". Ao final dessa pesquisa, Köhler concluiu que havia uma forte preferência em emparelhar a forma ponteaguda com takete e a forma arredondada com baluba.


Em 2001, Vilayanur S. Ramachandran e Edward Hubbard repetiram o experimento de Köhler usando as palavras kiki e bouba e perguntaram aos universitários americanos e aos falantes de tâmil na Índia "Qual dessas formas é bouba e qual é kiki?". Nos dois grupos, 95% a 98% selecionaram a primeira forma como kiki e a segunda como bouba, sugerindo que o cérebro humano de alguma forma atribui significados abstratos aos sons e formas de uma maneira consistente.

Pesquisa do blog EM: Você chamaria esta forma de Wiki?