31 maio, 2022

Austrália é ilha ou continente?

Não me preocupo nem um pouco com o dilema da Austrália e sim com o da Nova Zelândia.

Mapas sem NZ

Ora, se ser uma pessoa invisível aos olhos da sociedade já é algo extremamente ruim, imagine o que é ser um país que vive na mesma situação.

30 maio, 2022

Vislumbres do futuro

Hoje quero falar sobre esses momentos em que o futuro cai em nosso colo, sem avisar ou pensar se estamos prontos para enfrentá-lo. Trabalhando com tecnologia, todos nós temos momentos em que parece que o véu foi levantado e temos um vislumbre do que está por vir. Esses momentos são pessoais, mas tenho certeza de que todos vocês podem pensar em alguns por experiência própria. Um exemplo da minha vida é a primeira vez que experimentei wi-fi. Não parecia grande coisa no início - por que eu não poderia simplesmente usar um cabo Ethernet de dez metros e aproveitar a velocidade de conexão mais rápida?
Mas da primeira vez que verifiquei meu e-mail do sofá, sem fios entrando no computador, entendi. De agora em diante, a Internet não seria algo que eu usasse em algum lugar. Estaria ao nosso redor, como o éter, preenchendo todos os espaços (exceto esta sala). Eu sabia que isso não aconteceria imediatamente, mas iria acontecer. E adorei essa sensação de saber o que aconteceria a seguir. Esses vislumbres podem ser viciantes. Para alguns de nós, a sensação de ter um pé no futuro foi o que primeiro nos atraiu para a tecnologia, ou ficção científica. Vocês, pessoas da Nova Zelândia, são especialmente sortudos por estarem mais perto do amanhã do que qualquer outra pessoa.
Mas esses vislumbres também enganam. Se você não tomar cuidado, você acaba como esse pobre coitado, o profeta digital da AOL. Sempre que tentamos prever como realmente será viver naquele futuro, qual será o sabor do futuro, invariavelmente falhamos, e das maneiras mais ridículas. É como uma estranha lei da natureza. Podemos ver as tecnologias chegando, mas esse conhecimento de alguma forma torna o futuro menos previsível.


Talvez possamos prever o Roomba com cem anos de antecedência, mas o colocamos em um mundo onde as mulheres ainda usam espartilhos de crinolina e osso de baleia. Ou então predizemos corretamente que a Enciclopédia Britânica um dia caberá na cabeça de um alfinete, nunca imaginando que a própria Britannica se tornará uma relíquia, substituída por algo livre, colaborativo e extenso chamado Wikipedia. Essas previsões não estão erradas, "nem mesmo estão erradas", elas erram o ponto básico. O futuro torna todos nós tolos.

OUR COMRADE THE ELECTRON (NOSSO CAMARADA, O ELÉTRON) - 2.ª parte desta palestra, que Maciej Ceglowski proferiu em 14/02/2014, na Webstock, em Wellington, Nova Zelândia.

29 maio, 2022

Hino da Independência

Com sons do trabalho dos operários na reforma do Museu do Ipiranga.

Orquestra Brasil Jazz Sinfônica

A confirmação da Teoria da Relatividade Geral

Em 1919, Sobral, no Estado do Ceará, Brasil, junto com a Ilha do Príncipe, em São Tomé e Príncipe, foram palcos de uma importante confirmação da física. A Expedição Britânica do Eclipse Solar, liderada por Arthur Eddington, se deslocou para os dois lugares a fim de comprovar (graças ao eclipse solar de 29 de maio de 1919) a distorção que a luz sofre para chegar ao planeta Terra. Com tal confirmação, Albert Einstein pôde ver comprovada sua Teoria da Relatividade.
No dia do eclipse, a Ilha do Príncipe apresentou mau tempo, o que prejudicou e muito o trabalho. O céu estava bastante nublado, fazendo com que apenas duas das várias fotografias efetuadas apresentassem imagens de estrelas. Já em Sobral as condições meteorológicas foram muito melhores. Nesta cidade, foram obtidas sete boas imagens do fenômeno.
Como lembrança de tal fato, foi construído na praça da Igreja de Nossa Senhora do Patrocínio um monumento e, posteriormente, um museu, chamado de Museu do Eclipse, que homenageia a cidade e os físicos e astrônomos que participaram da descoberta.


Após a guerra, Eddington partiu para São Tomé e Príncipe, onde um eclipse solar total seria visível em 29 de maio de 1919. Segundo a relatividade geral, uma estrela visível nas proximidades do Sol deveria aparecer em uma posição ligeiramente mais afastada deste porque sua luz deveria ser ligeiramente desviada pela ação da gravidade do Sol. Esse efeito somente pode ser observado durante um eclipse total do Sol, pois senão a luminosidade do Sol impede a visibilidade da estrela em questão. A relatividade geral predizia um desvio duas vezes maior do que o predito pela gravitação newtoniana.
As condições meteorológicas não eram boas na Ilha do Príncipe, e as placas fotográficas revelaram-se de péssima qualidade e difíceis de medir. Mesmo assim, Eddington anotou em seu caderno:
… uma placa que medi confirmava as predições de Einstein.
Porém, uma outra equipe da expedição que estava na cidade de Sobral, no Brasil, liderada pelo astrônomo britânico Andrew Crommelin, pôde observar o eclipse sob boas condições meteorológicas. As placas fotográficas registradas por essa equipe permitiram a Eddington medir uma deflexão da luz de 1,98".
Esse resultado, cuja exatidão foi discutida posteriormente, foi aclamado como uma prova conclusiva da Relatividade Geral sobre o modelo newtoniano; a notícia foi publicada em jornais em todo o mundo como uma importante descoberta. Ela também é a origem da história de que somente três pessoas entendiam a Relatividade; quando perguntado por um repórter que sugeriu isso, Eddington replicou brincando "Oh, who's the third?" (Oh, quem é a terceira?). Outra história conta que Einstein, ao ser questionado por um repórter sobre o que ele teria feito se as medidas efetuadas por Eddington não estivessem de acordo com as predições da teoria Geral da Relatividade, teria respondido: "Eu diria que o bom Deus está enganado".

28 maio, 2022

Uma noite no Beco das Garrafas

14/05/2021 - Tendo morado em 1972 na rua Prado Júnior (Ed. Corumbá), em Copacabana, é quase injustificável que eu não tenha conhecido à época o Beco das Garrafas.
Amante amantíssimo da bossa nova que eu era.
Fui algumas vezes à boate "Plaza", onde me lembro de ter sido sorteado com um relógio "roscofe", e frequentei os bailões do "Jaboatão", na avenida Princesa Isabel, no Leme. E até mesmo cheguei a aboletar-me num dos bancos do Beco da Fome para pegar um rango.
Dizem que o Beco das Garrafas ganhou esse nome por causa das garrafas atiradas por moradores de um prédio vizinho que se sentiam incomodados pelas jam sessions e/ou pelas discussões entre os frequentadores de suas boates (Little Club, Bottle's e Bacarat). Enquanto isso, a bossa nova rolava solta no apartamento da Nara Leão, sem que alguém fosse lá para avisar que já era madrugada.
Agora descubro que o Beco das Garrafas continua impávido em seu lugar de sempre na Duvivier, 37. Fiel à sua antiga missão, que é a de congregar os brasileiros aficionados em bossa e jazz.
Estava eu hospedado no Copa Sul, quando liguei para o "Bottle's Bar" (968008683 e 25432962). Atendeu-me o Sr. Alberto que, me confirmou para a noite, às 21 horas, o show de Dan Sebastian, e reservou-me uma mesa.
Elba e eu no Bottle's Bar
Um bar ao melhor estilo para um "pocket show" - com palco, sistema de som e iluminação. Com as paredes cobertas de fotos históricas que testemunham a importância da casa para a música brasileira (Elis Regina, sexteto Sérgio Mendes, Wilson Simonal, Dóris Monteiro, Tamba Trio, Bossa 3 e Jorge Ben, entre outros, apresentaram-se por lá). E com suas mesas e cadeiras que remontam ao ano de 1953, segundo acrescenta o prestativo Sr. Alberto.
Como chegamos cedo flagramos os músicos e cantor executando a passagem de som no palco. Um quarteto constituído por um tecladista, um baixista (baixo acústico), um baterista e o saxofonista Dan Sebastian, que é também cantor.
O show
O que se ouviu a seguir foi uma grande apresentação de músicos virtuosos e criativos. Dan Sebastian, um claro admirador do cool jazz do trumpetista Cheat Baker, é exímio em seu saxofone e nas vocalizações. Inclusive quando ele incursiona no repertório nacional (que ali esteve representado por canções de Billy Blanco, Carlos Lyra, Djavan e Geraldo Pereira).
Ao final de um show que durou duas horas, Dan Sebastian circulou entre as mesas para cumprimentar os clientes.
Atrás de um vistoso balcão, o Sr. Sergio de Martino comandava o movimento do "Bottle's Bar". Ele é o proprietário dessa casa desde 1972 e se prepara para abrir um segundo espaço no Beco.
Em nossa permanência no bar, consumimos: Cuba libre, taças de espumante, queijo provolone à milanesa e pasteis. E pagamos dois couverts artísticos de R$ 40,00, ficando toda a despesa muito aquém do deleite que nos foi proporcionado.
Paulo Gurgel, blog EM
Site: http://becodasgarrafas.mus.br/

27 maio, 2022

Sem escolha

Nascemos sem escolher, de pais que não escolhemos, em corpos e fronteiras que não escolhemos, para existirmos em uma região do espaço-tempo que não escolhemos por um período que não escolhemos.
Como os físicos sabem, não escolhemos os átomos particulares que constelam nosso eu particular ou as configurações neurais que acionam nossa consciência.
Em consequência, como James Baldwin sabia, nem mesmo escolhemos quem amamos.

Without choosing, The Marginalian

26 maio, 2022

A ciência funcionando como deve funcionar (2)

Gretchen (para Fausto):
(cantando) Minha massa em repouso é zero.
Minha carga é a mesma.
Você é meu herói.
Neutrino é meu nome.
A paródia de Fausto em Copenhague
Os neutrinos no Cassino da Urca

Um empate é possível para os neutrinos. Desde que os fótons lhes ofereçam alguma vantagem (handicap quântico).
Por que é impossível ultrapassar a velocidade da luz?

A equação famosa de Einstein tem uma parte "menos lembrada", que descreve como a massa de um objeto muda em função do movimento. Na verdade, a equação completa é E² = (mc²)² + (pc)². A parte final é a que descreve como a massa do objeto muda quando há movimento envolvido. Se até os links e os provérbios podem ser encurtados.
Vídeo:



A ciência funcionando como deve funcionar (1)

25 maio, 2022

Mãos ao alto

Durante um assalto, os ladrões de banco ordenam aos caixas que mantenham as mãos levantadas para que não possam reagir.
Em 1921, o inventor de San Francisco, Harry McGrath, ofereceu esta solução: o caixa usa uma pistola carregada debaixo do braço, com um fio passando pela manga do casaco até a palma da mão. Assim, quando seus braços estão levantados, ele ainda pode disparar a arma.
A patente não diz nada sobre mirar, mas "para tornar a arma perfeitamente segura, um cartucho vazio pode ser colocado no carregador para ser disparado primeiro, seguido por um cartucho de verdade".
Não sei se o próprio McGrath era caixa de banco. Espero que não.

24 maio, 2022

Confissão de uma maldade

😖😖

Sei que não deveria ter feito isso, mas já sou idoso e fiz!
Estava eu na fila do McDonald's Drive-Thru, quando uma jovem atrás de mim começou a buzinar e me xingar porque eu estava demorando muito para fazer o pedido. Então, quando cheguei à janela do caixa, resolvi pagar a compra dela junto com a minha. A funcionária do caixa deve ter contado para ela o que eu tinha feito, pois ao receber a notícia do caixa ela ficou acenando para mim e dizendo "Obrigada...desculpe". Obviamente, envergonhada por eu ter retribuído sua grosseria com uma gentileza.
Quando cheguei à terceira janela do Drive-Thru, mostrei os dois recibos e levei a comida dela comigo! Agora ela vai ter que voltar para o final da fila e começar tudo outra vez.
Não duvide da capacidade dos idosos, eles estão no mundo há mais tempo!
(história repassada por Elba Macedo)

😂😂

23 maio, 2022

Madeira endurecida como alternativa renovável ao aço e ao plástico

Destaques
  • Materiais de madeira natural são processados em madeira endurecida (hardened wood, HW) com um aumento de 23 vezes na dureza
  • O HW pode ser processado em diferentes formas para várias aplicações
  • Uma faca de mesa HW pode ser quase 3 vezes mais afiada do que a maioria das facas de mesa comerciais
  • Um prego HW pode ser tão funcional quanto um prego de aço com desempenho comparável
Resumo
Os materiais duros estão em alta demanda em aplicações de engenharia. Os materiais duros amplamente usados como, por exemplo, ligas e cerâmicas, geralmente não são renováveis e são caros. Sua produção requer alto consumo de energia e muitas vezes leva a impactos ambientais negativos. Demonstramos um potencial material duro sustentável e de baixo custo feito de madeira natural. Por meio de uma abordagem simples e eficaz, a madeira natural pode ser processada em uma madeira endurecida (HW) com um aumento de 23 vezes na dureza. Para demonstrar as aplicações potenciais do HW, mostramos que uma faca de mesa HW pode ser quase três vezes mais afiada do que as facas de mesa comerciais. Um prego HW pode ser tão funcional quanto um prego de aço e com desempenho comparável. Além disso, é imune à ferrugem, um motivo fundamental de falha nos pregos de aço.


Artigo: Hardened wood as a renewable alternative to steel and plastic, Matter 
Publicado em 20 de outubro de 2021.
DOI: https://doi.org/10.1016/j.matt.2021.09.020

22 maio, 2022

Dia do Abraço, 2022 (retornando...)

Painel do Dia
  • 2018 ("pedaços quebrados")
  • 2019 ("maos ao alto!")
  • 2020 ("gimme a hug, bro")
  • 2021 (meio que virtual: "A Cortina do Abraço")
A duração média de um abraço entre duas pessoas é de 3 segundos. 
Quando o abraço dura mais tempo (20 segundos, por exemplo) produz um efeito terapêutico no corpo e na mente. 
A razão é que um abraço principalmente sendo sincero produz um hormônio chamado "ocitocina", também conhecido como hormônio do amor. 
Esta substância traz benefícios para nossa saúde física e mental, ajuda a relaxarmos, a nos sentirmos confiantes e a acalmarmos de nossos medos e ansiedade. 
Este maravilhoso tranquilizante é oferecido gratuitamente.

- Escultura "O abraço - o retorno", de Bruno Bruni, Hamburgo 1980

21 maio, 2022

Paraquedista


Segundo Ricardo Cravo Albin, "Paraquedista" foi lançado em 1946 pela Orquestra Tabajara, tendo sido José Leocádio (que foi membro da citada orquestra) o autor do choro-gafieira. E o cantor, compositor e sanfoneiro Waldick Soriano relançou-a pela "Chantecler" em 1962 (CH-3038). É a segunda faixa do lado 1 do LP "Sua Majestade a 8 baixos, com Waldik Soriano e seu Conjunto". 

Nos últimos dias, "Paraquedista" e "Seu Libório" (de 1936), esta outra de Braguinha e Alberto Ribeiro (https://youtu.be/P30utOB6Eck) andaram "chicleteando" em minha cabeça. Essas duas músicas apresentam trechos musicalmente coincidentes na segunda parte, quando elas mudam para a dominante do relativo menor. Apesar da repetição de suas linhas melódicas em vários compassos, não estou a afirmar que houve plágio musical.


20 maio, 2022

República de Lakotah

Para se tornar um país, segundo a Convenção de Montevidéu (1033), uma região precisa ter território definido, população permanente, um governo e a capacidade de estabelecer relações diplomáticas com outros países.
Com 100 mil habitantes e encravada na região central dos EUA, a República de Lakotah é um exemplo da luta pela recuperação da soberania por uma população indígena.
A causa teve início no século 18, e em 1868 os Sioux tinham assinado um acordo com o governo americano, que inclusive prometera posse indefinida das Colinas Negras pela tribo. Porém, os índios não contavam com a descoberta de ouro na região, o que fez o governo esquecer rapidamente do compromisso enquanto garimpeiros de todos os cantos dos EUA invadiam a região.
Os Lakota precisaram esperar outro século para receber um simples pedido de desculpas. Em 1998, a Suprema Corte Americana julgou o caso como um dos mais desonestos negócios na história do país e determinou indenização de US$ 600 milhões. Os Lakota, porém, recusaram o dinheiro.
Os índios disseram que aceitar o dinheiro seria concordar com um crime. Em vez disso, em 2007 uma delegação foi até Washington declarar sua "saída dos EUA", e desde então os Lakota têm buscado sua independência na Justiça.
Fonte: Dê uma volta ao mundo nos países que 'não existem', BBC News

19 maio, 2022

Princípio de Pareto

Formulado nos anos 1950 pelo engenheiro e especialista em controle de qualidade americano Joseph Moses Juran, o Princípio de Pareto diz que, para muitos fenômenos, 80% das consequências advêm de 20% das causas, o que também é conhecido como Regra dos 80/20. (*) Seu nome é uma homenagem ao economista italiano Vilfredo Pareto (1848 - 1923), que no fim do século 19 observou que 80% das terras da Itália eram de propriedade de apenas 20% da população do país.
Em 1897, Pareto estava mexendo em seu jardim, quando fez uma descoberta interessante. Ele percebeu que aproximadamente 80% das ervilhas eram produzidas por 20% das vagens. Pareto tinha uma mente matemática. Ao contrário de muitos economistas da época, suas publicações científicas e livros eram preenchidos com equações. E as ervilhas colocaram seu cérebro matemático para funcionar.
E se esta distribuição também estivesse presente em outras áreas da vida?
Na época, Pareto também estudou a distribuição de riqueza em vários países europeus. Como era italiano, ele começou seus estudos analisando a distribuição de renda na Itália. Para sua surpresa, ele descobriu que aproximadamente 80% das terras na Itália eram propriedade de apenas 20% da população. De maneira similar às vagens no seu jardim, a maior parte dos recursos era controlada por uma pequena porção das pessoas.


Pareto então seguiu a sua análise com outros países, e em pouco tempo um padrão similar começou a ser observado.

Em engenharia de software, Lowell Arthur expressou um corolário: "20% do código contém 80% dos erros. Encontre-os e conserte-os."Por exemplo, a Microsoft notou que, ao corrigir os primeiros 20% dos bugs mais relatados, 80% dos erros e panes relacionadas em um dado sistema seriam eliminados.(WIKI)

A seguir, mais alguns fatos que ilustram o Princípio de Pareto:
80% do total de vendas estão relacionados com 20% dos produtos;
80% dos lucros estão relacionados com 20% dos clientes;
80% dos acidentes de trânsito são causados por 20% dos motoristas;
80% dos recursos de saúde são utilizados por 20% dos pacientes;
80% dos usuários de computador usam apenas 20% dos recursos disponíveis;
80% do tempo estamos usando 20% de nossas roupas;
80% das pessoas preferem 20% dos sabores ou cores disponíveis;
80% dos resultados são obtidos por 20% dos funcionários.
80% dos novos casos de Covid-19 têm como origem 20% dos infectados (negacionistas).
80% das mortes em terremotos são causadas por 20% dos grandes abalos sísmicos.
(*) Na realidade, quando dois conjuntos de dados relativos a causa e efeito são relacionados e examinados, o resultado mais esperado é que exista um padrão de desigualdade. Esse padrão pode ser 65/35, 70/30, 75/25, 80/20, 99/1, ou qualquer outro número entre eles. Na realidade, eles nem mesmo precisam somar 100.

18 maio, 2022

Museus do futuro

Transcrevo Pedro Paulo A. Funari:

"O futuro aparece, cada vez com maior frequência, associado aos museus. Isso contrasta tanto com o sentido popular e pejorativo de museu como sinônimo de velho, como com a trajetória de instituições voltadas para a preservação. No entanto, a própria criação e expansão dos museus contava com o futuro, com a preservação hoje para as pessoas que virão depois. Neste sentido, passado, presente e futuro estão e estiveram sempre no cerne da instituição museológica."

In: O futuro e os museus

Vídeo


OS MUSEUS NA ERA DIGITAL, por Jonei Bauer

Nesta quarta-feira, 18 de maio, é celebrado o Dia Internacional dos Museus.

17 maio, 2022

Pé que é um leque

Estar com o pé que é um leque (gíria gaúcha) = Diz-se de uma pessoa está a fim de ir a algum lugar (a uma festa, por exemplo).

Bom para o DBF, o Dicionário Brasileiro de Frases.

16 maio, 2022

Mata-leão em Einstein

Ao término de uma aula que não apreciou, Einstein precisou ser contido pelos colegas Hawking e Tyson:

Uma das versões da origem da expressão mata-leão, vem da mitologia. Baseia-se numa representação de Hércules estrangulando o Leão de Nemeia, que ficou desacordado com o golpe. Depois de estrangulá-lo, Hércules extraiu o couro do animal com as próprias garras, uma vez que nenhuma arma de ferro o conseguia cortar ou perfurar. A partir daí, Hércules passou a usar sua pele como um manto protetor, com a cabeça do leão servindo-lhe de elmo

15 maio, 2022

O visionário Manfredo Fest

Manfredo Irmin Fest nasceu em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, e faleceu aos 63 anos em Tampa Bay, Flórida. Descendente de alemães, seu pai era um pianista de concerto da Alemanha que lecionava na Universidade de Porto Alegre.
Legalmente cego de nascença, o tecladista, compositor e maestro brasileiro Manfredo Fest aprendeu a ler música em Braille e começou a estudar música clássica ainda jovem. Aos 17 anos, ele se apaixonou pelo jazz (particularmente pela música do pianista cego George Shearing) antes de se envolver no emergente movimento da bossa nova no Rio nos anos sessenta. Mudando-se para os Estados Unidos em 1967, onde passaria a trabalhar com o conterrâneo Sergio Mendes, Fest gravou e lançou em 1976 o Brazilian Dorian Dream (stream completo do álbum com 39:26 de duração), contando com Thomas Kini (baixo), Alejo Poveda (bateria, percussão) e Roberta Davis (vocal).
Discografia: Bossa nova, nova bossa (1963), Alma brasileira (1966), Bossa Rio (1966), Bossa rock blues (1972), Brazilian Dorian Dream (1976), Brasileira (1987), Amazonas (1997), Só Jobim (1998), entre outros títulos.



Como um passeio de elevador intergaláctico turboalimentado, o Brazilian Dorian Dream baseia-se no princípio das escalas diatônicas modais do modo dórico, com influências de ritmos brasileiros, jazz e funk norte-americanos, e música da época barroca e romântica europeia. A união desses estilos intergeracionais e intercontinentais, juntamente com o uso visionário do Fender Rhodes, Clavinet, Arp e Moog (além de uma grande quantidade de unidades de efeitos), faz um álbum anos-luz à frente de seu tempo. Os vocais milagrosos sem palavras da cantora de jazz norte-americana Roberta Davis são pregados tão firmemente ao lado das teclas de Manfredo e dos sintetizadores alucinantes que soam quase estranhos.

13/05/2022 - Manfredo Fest é homenageado hoje com Doodle do Google.


14 maio, 2022

Esquisitice sobre rodas

Você pode encontrar muitos tipos diferentes de veículos nas ruas e estradas: caminhões, conversíveis, carros esportivos ou hatchbacks. A maioria desses carros é comum e até mesmo banal. Afinal, a maioria dos proprietários usa o veículo para ir de um lugar para outro e não tem a intenção de expressar sua personalidade por meio do carro que dirige.

O resultado da fusão de uma van Volkswagen vintage com um ônibus de dois andares em Londres ***


http://www.tudoporemail.com.br/content.aspx?emailid=16524

13 maio, 2022

A reputação do gato preto - 2

Em muitas culturas ocidentais, os gatos pretos têm má reputação. Como muitas superstições, acredita-se que o medo de gatos pretos se originou na época medieval. As pessoas acreditavam que os gatos pretos transmitiam a peste e outras doenças infecciosas, o que é profundamente irônico porque os felinos erradicam os ratos - o verdadeiro reservatório da praga.
Mais tarde, os felinos negros também foram associados às bruxas, seja como seus ajudantes ou como as próprias bruxas disfarçadas em animais. Desnecessário dizer que essa associação entre gatos pretos e bruxas "colou" mesmo, como você certamente deve ter notado ao ver isso nas histórias de conteúdo imaginário.


"Uh, gato preto cruzou na estrada / Passou por debaixo da escada."

Um gato preto cruzando seu caminho é sinal de azar em muitos, mas não em todos os países do mundo. Na verdade, as pessoas no Japão, Inglaterra, Irlanda e Escócia ficariam maravilhadas em encontrar um gato preto.
Na Escócia, acredita-se que um gato preto à sua porta seja um sinal de prosperidade e, em muitas partes da Inglaterra e da Irlanda, um gato preto atravessando a rua em frente a você trará boa sorte. No Japão, os gatos pretos são animais queridos, especialmente por mulheres solteiras em busca de um cônjuge, já que ter por lá um gato preto aumenta o número de pretendentes.
Na Alemanha, as coisas são um pouco mais complicadas porque um gato preto cruzando a rua da direita para a esquerda é um presságio de má sorte, mas quando cruza o seu caminho da esquerda para a direita, ele lhe trará boa sorte.
(https://www.tudoporemail.com.br/content.aspx?emailid=16785)

A reputação do gato preto - 1

12 maio, 2022

Amarelo Indiano

A história do Amarelo Indiano (Indian Yellow) diz que as pessoas na aldeia de Mirzapur, em Bihar, na Índia, alimentavam suas vacas exclusivamente com folhas de manga para deixar a urina dos animais com um tom amarelo e brilhante, ideal para transformar em corante. Vendido na forma de esferas do tamanho de bolas de golfe, seu processo conta apenas com uma testemunha ocular em 1883 que descreveu exatamente como o pigmento era produzido.
Apesar da referência delicada, uma análise química mais recente também mostra que há metabólitos de animais e plantas no pigmento, acrescentando mais evidências científicas ao relato.

Fonte: A breve história (louca) por trás das 8 cores mais raras do mundo, FTC

Eis aqui 50 curiosidades sobre a cor amarela. Vale a pena ler!

11 maio, 2022

O fogo no espaço

Na Terra, o fogo tem a forma de... bem, de fogo por causa da gravidade. No espaço, não é nada parecido com isto. A NASA fez uma pesquisa sobre combustão e mostrou que o fogo é esférico na microgravidade.


Em seus experimentos, os pesquisadores descobriram que a chama na Terra é diferente da chama no espaço. Graças a uma menor quantidade de força gravitacional no espaço, as chamas tendem a parecer esféricas.
Também é interessante notar como a gravidade afeta o fogo. De acordo com a NASA, na Terra, os gases quentes da chama sobem enquanto a gravidade puxa o ar mais frio e denso para o fundo da chama. Isso cria a forma conhecida da chama e também seu efeito de oscilação. Na microgravidade, esse fluxo não ocorre. Isso reduz as variáveis ​​em experimentos de combustão, tornando-os mais simples e criando chamas de formato esférico.

http://www.neatorama.com/2021/10/11/Spherical-Flame-in-Microgravity-More-Neat-Posts/
http://pictojam.com/p/a-fires-flame-is-spherical-in-microgravity

10 maio, 2022

Aranhas-de-alçapão

São aranhas que pertencem ao gênero Cyclocosmia, descrito pela primeira vez por Anton Ausserer em 1871. Em abril de 2019, o gênero continha dez espécies.
Não tecem teias, em vez disso cavam tocas. Elas têm abdomes abruptamente truncados que terminam em um disco endurecido.
Quando ameaçadas, elas utilizam-se do disco abdominal para fechar a entrada do seu lar subterrâneo -- um método defensivo chamado fragmose (quando o animal usa o próprio corpo como barreira), que é também observado em formigas, pulgões e rãs.


Apelido: aranha oreo

09 maio, 2022

A primeira foto da Terra obtida do espaço

Em 24 de outubro de 1946, não muito depois do fim da Segunda Guerra Mundial e anos antes do satélite Sputnik inaugurar a era espacial, um grupo de militares e cientistas no deserto do Novo México viu algo novo e maravilhoso - as primeiras imagens da Terra como vistas do espaço.

Vista da Terra de uma câmera no V-2 # 13 lançado em 24/10/1946. 
(White Sands Missile Range / Applied Physics Laboratory)

As fotos granuladas em preto e branco foram tiradas de uma altitude de 105 quilômetros por uma câmera cinematográfica de 35 milímetros montada em um míssil V-2 lançado do White Sands Missile Range. Capturando um novo quadro a cada segundo e meio, a câmera do foguete subiu direto, em seguida, caiu de volta à Terra minutos depois, colidindo no solo a cerca de 550 quilômetros por hora. A própria câmera foi destruída, mas o filme, protegido em uma fita de aço, saiu ileso.
Antes de 1946, as fotos mais altas já tiradas da superfície da Terra eram as do balão Explorer II, que havia ascendido 22 quilômetros em 1935, alto o suficiente para discernir a curvatura da Terra. As câmeras V-2 atingiram quase cinco vezes essa altitude, onde mostravam claramente o planeta em contraste com a escuridão do espaço.

https://www.airspacemag.com/space/the-first-photo-from-space-13721411/

07 maio, 2022

As dentaduras do candidato

Em período de eleição um candidato viaja até uma cidadezinha do interior, onde ele espera angariar votos. 
Dentre os eventos programados está um jantar beneficente, após o qual ele discursará. Mas ele acaba se atrasando e sai apressado do hotel com as folhas do discurso na mão.
Chegando ao restaurante, é recebido pelos correligionários e senta-se na cadeira que lhe foi reservada. No entanto, ele fica desesperado; pois logo percebe que, na pressa, esqueceu a dentadura no hotel, (*) e não poderia comer sem ela, e muito menos fazer o discurso. 
Como conseguiria votos dessa forma?
Ao seu lado está um senhor, a quem ele conta o que aconteceu.
O homem diz:
— Não se preocupe. Eu resolvo seu problema.
E o senhor tira de sua pasta uma dentadura e entrega ao político, dizendo:
— Experimente esta. Acho que vai servir.
Impressionado com a sorte que teve, o político experimenta a dentadura.
— Que azar! Está muito folgada.
— Experimente outra, então – diz o senhor, entregando-lhe uma segunda dentadura que levava na pasta.
O político experimenta.
— Agora ficou pior, está muito apertada.
Para a surpresa dele, eis que o homem entrega-lhe uma terceira dentadura.
— Ainda tenho esta. Tenho certeza de que agora vai servir.
— Ah, esta ficou perfeita! Vou ficar com ela – responde o político.
E tudo correu perfeitamente bem. O jantar foi um sucesso, inclusive o discurso do candidato. 
Ao terminar os compromissos na cidade, ele se dirige ao senhor, agradecendo-lhe: 
— Muito obrigado por ter me ajudado. Eu estava mesmo precisando de um bom dentista e acho que encontrei o profissional de que preciso.
O senhor responde:
— Não precisa me agradecer não, eu não sou dentista. Sou apenas o coveiro da cidade.

http://www.tudoporemail.com.br/content.aspx?emailid=7525 (reescrita)

(*) As dentaduras estão entre os objetos mais deixados em hotéis, segundo o Travelodge.

06 maio, 2022

O museu das rãs


Froggyland, um museu em Split, Croácia, descreve seus tesouros:
"A coleção consiste em 507 rãs empalhadas de uma espécie comum de rã europeia (lat. Rana esculenta). As rãs foram recheadas de forma muito exigente, utilizando uma técnica de taxidermia pela boca, o que é um processo extremamente complexo e demorado, pelo que as peças expostas estão desprovidas de quaisquer incisões externas. Comparando a coleção de Ferenc Mere com coleções semelhantes feitas por outros autores, é evidente que Ferenc Mere foi um mestre artesão da taxidermia de pequenos animais. Esta coleção é composta por 21 exposições que mostram rãs organizadas por temas que retratam as várias situações da vida cotidiana."
N. do E.
Vendo a imagem da postagem, percebo que as rãs estão inseridas nas situações da vida cotidiana de outra espécie. Pelo menos, estas aí.
(http://www.improbable.com/2021/08/17/some-stuff-about-the-stuffed-frogs-in-split/)

05 maio, 2022

Círculo dos quadrados perfeitos

Os números 1 a 32 são colocados ao longo da circunferência de um círculo sem repetir qualquer número e ainda assim a soma de quaisquer dois números adjacentes neste círculo é um quadrado perfeito.
Archimedes Lab Project

04 maio, 2022

A Taça de Licurgo

O objeto da Roma Antiga conhecido como a "Taça de Licurgo", que está atualmente no Museu Britânico e tem mais de 1.600 anos de história, é conhecida por uma peculiaridade: quando é iluminada pela frente, tem a cor verde jade. Quando iluminada por trás, parece ser vermelho-sangue. A história sobre a revelação da "mágica" deste cálice que muda de cor foi publicada na edição de setembro de 2013 da revista "Smithsonian".

O mistério só foi revelado em 1990, quando pesquisadores analisaram em microscópio pequenos fragmentos quebrados do vidro. Eles descobriram que o vidro continha partículas de prata e de ouro tão pequenas que seria preciso mil delas para alcançar o diâmetro de um grão de sal refinado. As partículas tinham, mais precisamente, 50 nanômetros de diâmetro, o que faz dos antigos romanos os pioneiros da nanotecnologia.

A taça, que foi adquirido pelo Museu Britânico na década de 1950, tem esse nome porque retrata uma cena da suposta vida do rei Licurgo da Trácia.

03 maio, 2022

Céu sorridente

Júpiter, Vênus e a Lua se alinhariam para formar um rosto sorridente. Um acontecimento belo (e não tão frequente) que maio de 2020 estaria nos reservando, chegou a ser anunciado.
Havia ocorrido pela última vez, sabem quando? Em 2008.
Mas quem disse, Berenice?
Era FAKE.

02 maio, 2022

O "Novo Mundo" antes da chegada de Colombo

Quando Cristóvão Colombo chegou ao outro lado do Atlântico em 12 de outubro de 1492, o "Novo Mundo" era um lugar complexo, diverso e fascinante.
Ao contrário do que fizeram parecer muitos relatos de europeus na época, o continente era muito povoado e abrigava sociedades dinâmicas, cuja sofisticação, em muitos casos, não tinha paralelo na Europa.
Nas Américas viviam entre 40 e 60 milhões de pessoas, segundo estimativas mais recentes. Elas falavam cerca de 1.200 idiomas diferentes, agrupados em 120 famílias linguísticas, disse à BBC News Brasil Charles C. Mann, autor do livro "1491 - Novas revelações das Américas antes de Colombo".
Desde estruturas sociais quase democráticas, passando pelo manejo de florestas e o domínio da engenharia e da matemática, os povos originários da região ajudaram a criar grande parte do mundo que vivemos hoje, mesmo que não tenham recebido o crédito. Um exemplo disso é o milho, [1] uma criação mesoamericana que revolucionou a alimentação humana e se tornou um componente essencial na dieta mundial.
"A domesticação e a manipulação genética de plantas é a tecnologia mais impressionante desenvolvida pelos indígenas na América", disse à BBC Brasil o arqueólogo americano Kurt Anschuetz, especialista na agricultura de povos pré-colombianos da América do Norte.
Os nativos também tinham "uma dieta mais equilibrada e mais nutritiva” do que em outras partes do mundo na época, graças não somente ao milho, mas também ao cultivo da batata, [2] do abacate, do tomate e das abóboras, entre outros. Diferentemente do que ocorría no "Velho Mundo", não havia evidência de períodos de fome prolongada entre eles, segundo Charles C. Mann.
Extraído de: Como realmente era a América antes da chegada de Colombo? - BBC News


N. do E.
[1] Em 15 de novembro de 1492, dois mensageiros de Colombo, que regressaram de uma exploração em Cuba, declararam haver visto "una clase de grano que llamam maíz de buen sabor cocinado, seco y en harina". Tinham visto o milho, o qual foi sendo encontrado sucessivamente em toda América - do Chile ao Canadá. Ainda que os conquistadores não chegassem a dar conta disso, este grão dourado nativo da América se tornaria mais importante para o mundo do que todo o ouro e toda a prata do México e do Peru.
[2] A batata é nativa da Cordilheira dos Andes, onde, quando os europeus chegaram, ela se tornou a principal cultura de um império tão grande e provavelmente mais grandioso do que qualquer outro na Europa. "Era como pão na França, ou arroz no sul da China", diz Charles C. Mann, autor de "1491: New Revelations of the Americas Before Columbus" (1491: Novas Revelações das Américas Antes de Colombo). Nos Andes há milhares de variedades de batatas e muitos métodos de preparação que ainda são essencialmente desconhecidos em outros lugares, embora a batata seja agora uma cultura global.

01 maio, 2022

Uma guirlanda para o 1.º de maio


A figura alegórica da mulher em "A Garland for May-Day", de Walter Crane está em delicado contrapposto oferecendo ostensivamente a beleza da natureza para os operários pobres de cujas vidas a natureza foi tirada à força. É uma imagem destinada a incitar a ação política, mas também a evocar uma figura maternal pacífica, brincalhona - não muito diferente de uma fada benigna ou guardiã de um conto infantil ou história clássica.

The ILLUSTRATED WORLD
Thread de @jacobinmag

O contrapposto (it.) clássico é um termo italiano utilizado em escultura para assinalar uma forma de representação humana que busca a naturalidade, em contraposição às representações rígidas e artificiais presentes na escultura até então.