31 outubro, 2018

Uma versão imaginária de Nova Iorque

Desde 2004, Nick Carr trabalha como observador de locações de filmes em Nova Iorque. Ele anda por toda a cidade em busca de ambientes e lugares para filmar cenas de filmes e programas de televisão. Carr conversou sobre o seu trabalho com Nate Berg, repórter do CityLab.
Carr: Eu diria que trabalhei em mais filmes com a versão imaginária de Nova Iorque do que com a versão real. A grande coisa que sempre me pedem para encontrar são becos úmidos e decadentes, e a cidade tem 5 ruelas assim. Talvez quatro. Você não pode filmar em três delas. Então, o que acontece é que há um beco em Nova Iorque, Cortlandt Alley, que todo mundo filma porque é o último lugar. Eu tento enfatizar de maneira educada a esses cineastas que Nova Iorque não é uma cidade de becos. Boston é uma cidade de becos. Filadélfia tem becos. Não conheço ninguém que use o "atalho do velho beco" para ir para casa. Não existe aqui. Mas esse é o filme que você vê. Sua impressão de Nova Iorque é que é a cidade dos becos, e então cineastas virão aqui, eles viram filmes de Nova Iorque e querem que seus filmes tenham becos. Essa é a versão fictícia autoperpetuadora de Nova Iorque... (trecho da entrevista)



Há tão poucos becos reais na cidade que todos acabam filmando exatamente o mesmo local.

Dos sonhos

"Tudo vem dos sonhos. Primeiro sonhamos, depois fazemos." ~ Monteiro Lobato

Kekulé e a estrutura molecular do benzeno
O químico alemão August Kekulé (1829-1896), durante uma noite do ano de 1865, após uma década pesquisando as ligações dos átomos de carbono, adormeceu defronte à lareira sonhando com uma cobra que mordia o próprio rabo, a Ouroboros. Essa visão onírica serviu-lhe de inspiração para o entendimento da estrutura molecular do hidrocarboneto benzeno.
http://blogdopg.blogspot.com.br/2017/01/cobra-e-macacos-em-quimica-organica.html

Mitsugi Ohno e a garrafa de Klein
Após vários dias tentando, construir a garrafa de Klein com uma única abertura, Mitsugi afirmou que o objeto seria impossível de fabricar em vidro. Mas, algum tempo depois, a solução do problema revelou-se a ele num sonho, e Mitsugi foi ao laboratório para soprar o vidro e fabricá-la. Essa foi a mais complexa obra de Mitsugi ao longo de sua carreira como soprador de vidro.

Watson e o modelo do código genético
James D. Watson, que apresentou o modelo da estrutura do código genético em 1953, juntamente com Francis Crick, teve a ideia do formato de dupla hélice do DNA depois de um sonho. Durante o episódio, Watson visualizou duas serpentes entrelaçadas e com as cabeças voltadas para lados opostos, embora existam boatos que afirmem que, na verdade, o cientista sonhou com uma escadaria dupla, e não com répteis.
https://blogdopg.blogspot.com/2018/09/uma-medalha-no-leilao.html

Mendeleiev e a tabela periódica
Reza a lenda que, durante um cochilo, Mendeleiev sonhou com a tabela periódica e logo ao acordar passou tudo para o papel. O próprio Mendeleiev lidava com esse boato com ironia. "Fiquei pensando na tabela por cerca de 20 anos e vocês dizem: 'sentou-se e, de repente, está pronto'", disse certa vez.
http://blogdopg.blogspot.com.br/2016/05/fatos-curiosos-ou-nao-sobre-mendeleiev.html

Ramanujan e a fórmula exótica
O autodidata matemático indiano Srinivasa Ramanujan disse que sua fórmula veio a ele em um sonho.
https://blogdopg.blogspot.com/2018/06/o-homem-que-sonhou-o-infinito.html

30 outubro, 2018

Uma família ajustável

É HORA DO ALMOÇO!
MAMÃE CHAVE INGLESA ALIMENTA SEUS FILHOTES

Otimismo

Cada vez mais eu estou a admirar a resiliência.
Não a simples resistência de um travesseiro, cuja espuma retorna repetidamente à mesma forma, mas a tenacidade tenebrosa de uma árvore: encontrando a luz recentemente bloqueada de um lado, ela se transforma em outra...

(extraído de "Optimism", de Jane Hirshfield)


29 outubro, 2018

Pílulas do cometa


Em 1910, a Terra passou pela cauda do Cometa de Halley, o contato mais íntimo entre a Terra e qualquer cometa na história registrada.
O evento foi antecipado com terríveis previsões. Como alguns anos antes os astrônomos haviam encontrado o cianogênio (gás venenoso) em um cometa, supunha-se que, ao passar a Terra pela cauda do cometa, todos morreriam. Os astrônomos explicaram que as moléculas desse gás na cauda eram tão rarefeitas que, absolutamente, nenhum efeito negativo seria notado. No entanto, a ignorância criou oportunistas que vendiam as "comet pills" (pílulas do cometa) para a parte do público em pânico, supostamente para combater os efeitos do gás cianogênio. (*)

Cobertura do NY Times
HALLEY’S COMET BRUSHES EARTH WITH ITS TAIL (COMETA DE HALLEY ESCOVA A TERRA COM SUA CAUDA, a manchete do jornal); 350 astrônomos americanos mantêm vigília; Reações de medo e oração repetidas; Todos os cultos noturnos realizados em muitas igrejas; 1881 terríveis profecias lembradas pelo medo do cometa.
[http://pballew.blogspot.com.br/2018/05/on-this-day-in-math-may-19.html#links]


(*) Em 20 de maio, depois que a Terra passou pela cauda do Halley, ​​todos ainda estavam vivos  tendo ou não tomado as pílulas!

Slideshow O ENCONTRO MARCADO

Habemus Ducem


"As pessoas enlouquecem rapidamente e em bandos. Mas recuperam a lucidez lentamente e um a um." @EntreMentes

28 outubro, 2018

Marcianita

Um sucesso musical da década de 60.
Aqui interpretado por Mauricio Redolés, poeta, compositor e cantor chileno. Após o golpe de 1973, Redolés foi detido e torturado durante dois anos pela ditadura Pinochet. Exilou-se no Reino Unido até 1985, ano em que ele retornou a Santiago do Chile.



(Galvarino Villota e José Imperatore)
Ignorada marcianita,
Aseguran los hombres de ciencia
Que en 10 años más, tú y yo
Estaremos tan cerquita
Que podremos pasear por el cielo
y hablarnos de amor.
Yo que tanto te he soñado
Voy a ser el primer pasajero
Que viaje hasta donde estás
En la tierra no he logrado
Que lo ya conquistado
Se quede conmigo no más.
Quiero una chica de Marte
que sea sincera,
Que no se pinte, ni fume,
Ni sepa siquiera lo que es rock and roll.
Marcianita, blanca o negra
Espigada, pequeña, gordita, delgada
Serás, mi amor.
La distancia nos acerca
y en el año 70 felices seremos los dos.
(Versão brazuca)
Esperada, marcianita,
Asseguram os homens de ciência
Que em dez anos mais, tu e eu
Estaremos bem juntinhos
E nos cantos escuros do céu
falaremos de amor.
Tenho tanto te esperado,
Mas serei o primeiro varão
A chegar até onde estás
Pois na terra sou logrado
Em matéria de amor
Eu sou sempre passado pra trás.
Eu quero um broto de Marte
que seja sincero
Que não se pinte, nem fume
Nem saiba sequer o que é rock and roll.
Marcianita, branca ou negra,
Gorduchinha, magrinha, baixinha, gigante
Serás, meu amor.
A distância nos separa,
Mas no ano 70 felizes seremos os dois.

No Brasil, "Marcianita" foi gravada por Sergio Murilo, Bobby di Carlo, Raul Seixas, Caetano Veloso, Mutantes, Gal Costa, Leo Jaime etc.

Ele não!

Cercado por muita expectativa, em função da proibição de manifestação política, o músico Roger Waters deixou seu recado sobre as eleições presidenciais no Brasil, durante show da turnê em Curitiba.
Em um intervalo da apresentação de ontem, pouco antes das 22 horas — horário em que qualquer atividade que pudesse ser classificada como propaganda passaria a ser proibida — o fundador da banda Pink Floyd projetou no telão as seguintes frases:

"Nos disseram que não podemos falar sobre eleição depois das 10 da noite."

"Temos 30 segundos."

"Essa é a nossa última chance de resistir ao fascismo antes de domingo."


"São 10:00. Obedeçam a lei."

Icônica

a poesia mallarmaica
a câmara anecoica
a grande mídia farisaica
a classe média mesozoica
a justiça paranaica
a resistência heroica

Poema gráfico com que o poeta, tradutor, ensaísta e crítico de literatura Augusto de Campos, de 87 anos, reforça em seu estilo inconfundível a coletânea Lula Livre / Lula Livro.
(O título é um atrevimento de minha parte.)

27 outubro, 2018

Programa de desgoverno

Ou: como destruir um país
Tal e qual a sopa de pedras, aprenda como fazer um Plano de Governo bem leve. Tão leve que desmancha no ar.
Pegue várias pedaços de propostas de governo ditatorial na internet. De esquerda, direita, de lado, do outro lado, liberal, anarquista, conservador, em cima do muro e outras doideiras do gênero.
Separe e descarte as que podem exigir explicações de esquerda, direita, de lado, do outro lado, liberal, anarquista, conservador, em cima do muro e outras doideiras do gênero.
Separe e descarte as que você sabe que podem exigir algum estudo mais aprofundado, tais como: porque os carneiros defecam em bolinhas e os corruptos falam que são contra a corrupção...
Evite colocar na receita problemas mais complexos, tais como: esquentar água no microondas e ficar muito tempo ao celular.
Deixe no pau de arara por alguns segundos.
Mude os ingredientes de sabor mais forte. Quem manda mesmo pode não gostar.
Deixe no pau de arara por mais alguns segundos.
Mude o molho copiado da república velha. Copie tudo da república nova e da recente ditadura.
Deixe em cima de um fio descascado por mais alguns segundos.
Mude algum ingrediente copiado da política antiga. Sem ninguém ver, copie tudo de novo.
Deixe em cima de um fio descascado por mais alguns segundos.
Observe o efeito de Coriolis. Se, no ralo, roda da esquerda para a direita ou da direita para a esquerda. Ou vice-versa. Ou tanto faz. (*)
Deixe mergulhado com saco plástico por mais alguns segundos.
Mude de vasilha.
Deixe mergulhado com saco plástico por mais alguns segundos.
Mude a vasilha de lugar.
Dê choque elétricos na água por mais alguns segundos.
Mude o método de arrancar sabor.
Deixe pendurado no teto por mais alguns segundos.
Esqueceu onde estava???
Não?!?!?
Deixe pendurado no teto por mais alguns segundos.
Sim!!!!
Então, está pronta a receita.
Fácil, não? Agora, vamos falar de como tornar abobrinhas com chuchu o prato principal.
Comece falando apenas abobrinhas...
Fernando Gurgel Filho
N. do E.
(*) Efeito de Coriolis: que é isto?
http://blogdopg.blogspot.com/2015/07/a-influencia-da-forca-de-coriolis-sobre.html
Em 2014, o cientista político Fernando Gurgel Filho alertou para o efeito da força de Coriolis no preparo de uma Marinada.
http://blogdopg.blogspot.com.br/2014/09/marinada.html

O acesso à internet no Brasil

Em tempos de internet na palma da mão, menos de 40% dos brasileiros têm acesso à rede mundial de computadores a um preço acessível.
O ideal é que a pessoa gaste no máximo 2% da renda para ter acesso à internet. 
Para 126 milhões de pessoas, principalmente nas periferias das grandes cidades do Brasil, o custo para o acesso mostra-se proibitivo, é o que revela um estudo internacional.
São dados da Alliance for Affordable Internet (Aliança para uma Internet Acessível), uma iniciativa criada para facilitar o acesso à internet em todo o mundo:

No Brasil, os mais ricos gastam menos de 0,6% da renda, enquanto os mais pobres consomem 9,4% da renda com essa conexão.
E o país vem perdendo posições no ranking dos países de renda média / baixa.
1916 ⟿ 2.º lugar
1917 ⟿ 6.º lugar
1918 ⟿ 13.º lugar

"À medida que a revolução digital continua a desenvolver-se, com mais serviços sendo passados para elas, as populações marginalizadas vão sendo ainda mais excluídas das oportunidades que a internet e o acesso aos serviços nas plataformas digitais podem trazer." ~  Sônia Jorge, da A4AI

Vídeo: globoplay

26 outubro, 2018

Belchior, 72 anos

Aniversário
O cantor/compositor cearense Belchior (1946 – 2017), reconhecido como um dos principais ícones da música brasileira, completaria hoje 72 anos. Em comemoração ao aniversário do artista, a Prefeitura de Fortaleza, por meio do Instituto Iracema, oferece uma programação especial e gratuita nesta sexta-feira (26/10), no Centro Cultural Belchior.
O evento traz na programação debate, intervenções, lançamento de livro e shows musicais.
Serviço
Data: Sexta-feira (26/10)
Hora: A partir das 17 horas
Local: Centro Cultural Belchior (Rua dos Pacajús, 123 – Praia de Iracema)


Recordando Belchior no blog EM.

O corretor automático de texto

O corretor automático tem seus pontos fracos bem documentados, mas ele é muito bom para transformar os termos sem sentido que você digita no computador em algo compreensível. E, por isso, temos que agradecer a um homem chamado Bill Vignola.
O corretor automático, no início, tinha problemas com os palavrões. E a Microsoft não podia sugerir ao usuário a palavra "motherfucker", por exemplo! Então, a tarefa de extirpar as palavras vulgares do dicionário esteve nas mãos de Christopher Thorpe, na época um estagiário de 19 anos.
1
Como Thorpe diz à Wired, tudo foi inspirado por um cara que enviou um e-mail a Bill Gates reclamando que seu sobrenome era corrigido para algo, digamos, anatômico. Sempre que Bill Vignola digitava seu próprio nome no MS Word, explicava o e-mail para Gates, ele era automaticamente alterado para Bill Vaginal. Acredita-se que Vignola notou isso às vezes, mas não sempre… Seu e-mail passou pela cadeia de comando até chegar a Thorpe. E Bill Vaginal não foi o único a reclamar: Thorpe lembra que o banco Goldman Sachs estava irritado, pois o Word alterava o nome para "Goddamn Sachs" (Maldito Sachs).
[https://gizmodo.uol.com.br/criador-corretor-automatico/]
2
Dizem que eu não gosto dos computadores, mas são os computadores que não gostam de mim. Um dia uma moça foi me ajudar com um trabalho e levou um computador. Agora eles têm um recurso que corrige palavras. Então a moça foi digitar meu nome. Meu nome completo é Ariano Vilar Suassuna. "Ariano" passou sem problemas. Aí, quando a moça digitou "Vilar", o computador sugeriu "Vilão". E "Suassuna", talvez pelo número de "esses", virou "Assassino"! "Ariano Vilão Assassino"! É por isso que eu digo, são os computadores que não gostam de mim...
– Ariano Suassuna, em uma entrevista no "Programa do Jô".
[https://blogdopg.blogspot.com/2007/06/ariano-e-os-computadores.html]
3
Escrevia-se a autobiografia de um modo absolutamente solitário - sem a "peruação" de estranhos. Os originais eram escritos à pena (molhando o bico na tinta frequentemente), com a caneta ou numa máquina de escrever.
Mas isso, antigamente.
Hoje, sabe o que acontece quando alguém mal começa a digitar a autobiografia?
 O Clippy aparece!
[http://blogdopg.blogspot.com/2011/11/autobiografia.html]
4
Lembrando Clippy...
"Como é que eu não sei sobre isso? Eu perdi Clippy (por razões óbvias), e nunca entendi o ódio que algumas pessoas tinham por ele (ela? Eu não sou muito bom em sexagem de clipes)." ~ Linus Torvalds
Os nostálgicos podem agora adicionar Clippy (ou qualquer um de seus amigos) em suas páginas na internet. Clippy me passou seu endereço, o do "retiro dos artistas" em que ele curte seu ócio com dignidade.
[https://www.smore.com/clippy-js]

25 outubro, 2018

CARTA. De Planck para Hitler

Em outubro de 1944, Max Planck escreve a Hitler para defender a vida de seu filho, Erwin. Na carta, o descobridor da energia quântica defende a vida de seu filho, que esteve envolvido na tentativa de matar Hitler três meses antes. Max Planck já havia perdido seu filho mais velho, que foi morto na Batalha de Verdun, durante a Primeira Guerra Mundial.
Aqui está uma tradução da CARTA:

Meu Führer!
Estou profundamente abalado com a mensagem de que meu filho Erwin foi condenado à morte pelo Tribunal Popular.
O reconhecimento por minhas realizações a serviço de nossa pátria, que você, meu Führer, expressou para mim de maneira repetida e mais honrosa, me faz confiante de que você dará ouvidos a um suplicante senhor de 87 anos de idade.
Como gratidão do povo alemão pelo trabalho da minha vida, o qual se tornou uma riqueza intelectual eterna para a Alemanha, estou a lhe implorar pela vida do meu filho.
Max Planck

Esse pedido, aparentemente escrito a partir da casa bombardeada da família Planck em um subúrbio de Berlim, foi ignorado pelas autoridades. Erwin foi executado em 23 de janeiro de 1945 e sua certidão de óbito registrou: "pais desconhecidos".

CARTA. De Gandhi para Hitler

TanDEM-X

para Jaime Nogueira
Usando fotos obtidas por dois satélites, o novo mapa da superfície da Terra apresenta uma precisão nunca mostrada antes. É uma iniciativa inédita da Agência Espacial da Alemanha.
Os satélites ficam orbitando a 514 km de altura, um ao lado do outro e tirando fotos da Terra nas 24 horas do dia, o que permite maior precisão nas imagens obtidas.
Este projeto foi coordenado pelo engenheiro e cientista brasileiro Alberto Moreira, de 56 anos, nascido em São José dos Campos - SP e que mora na Alemanha há mais de 30 anos. Foi lá que ele começou a colocar em prática o projeto TandEM-X.
O TanDEM-X será uma ferramenta a mais para monitorar os desmatamentos e assim ajudar na preservação de nosso planeta. Além das imagens belíssimas que ele obtém.


Imagem - O Salar de Uyuni, o maior dos salares do mundo, com cerca de 10.000 km 2, localizado próximo à região vulcânica do Deserto do Atacama, no Chile.

24 outubro, 2018

A perfeição

"... é uma meta defendida pelo goleiro que joga na seleção." ~ Gilberto Gil (*)

De acordo com Espinosa, somente as obras humanas podem ser – talvez – perfeitas, porque somente essas estarão algum dia concluídas. Já as obras naturais estão em constante afloramento. Tudo vibra, tudo se movimenta e se influencia mutuamente, tudo evoluí – a matéria rumo a desordem, e a vida rumo a alguma espécie de perfeição.
"Não tenha medo da perfeição. Você nunca a vai atingir." ~ Salvador Dali

A definição mais antiga de "perfeição", bastante precisa e que distingue as nuances do conceito, remonta a Aristóteles . Ele distingue três significados do termo, ou melhor, três tons de um significado, mas em qualquer caso três conceitos diferentes. Isso é perfeito:

1. que está completo - que contém todas as partes necessárias;
2. que é tão bom que nada do tipo poderia ser melhor;
3. que atingiu seu objetivo.

Platão raramente usou o termo "perfeição"; mas o conceito de "bom", central em sua filosofia, equivalia a "perfeição".

(*) Em sua música "Meio de Campo", Gilberto Gil fez uma homenagem ao jogador, letrado e politizado Afonsinho que jogou no Botafogo, na década de 1960.

Prezado amigo Afonsinho
Eu continuo aqui mesmo
Aperfeiçoando o imperfeito
Dando um tempo, dando um jeito
Desprezando a perfeição
Que a perfeição é uma meta
Defendida pelo goleiro
Que joga na seleção
E eu não sou Pelé nem nada
Se muito for, eu sou um Tostão.


- Fazer um gol nessa partida não é fácil, meu irmão.

Esse Mestrinho na sanfona é muito bom. Aliás, bom é apelido.

Leitura recomendada: Reflexões sobre a perfeição (partes 1, 2 e 3), de Rafael Arrais.

O ciclista bêbado


Ontem, eu fui em minha bicicleta a uma loja de bebidas. Comprei uma garrafa de uísque e coloquei-a na cesta da bicicleta.
Estava prestes a voltar, quando pensei que a garrafa poderia se quebrar em caso de cair a bicicleta.
Então, eu bebi o uísque todo antes de sair.
Foi uma decisão correta. Durante a viagem de volta eu caí sete vezes com a bicicleta.

23 outubro, 2018

Em grande estilo

Se você acredita que a ciência é sobre o uso de grandes palavras para argumentar que você está certo e outras pessoas estão erradas, aqui está um artigo que usa grandes palavras para argumentar que você está certo e outras pessoas estão erradas:
O Papel da Ciência na Hermenêutica Evangélica
RESUMO
Neste artigo, argumento que os cristãos evangélicos podem acomodar a ciência dentro dos limites da estrita exegese bíblica governada pela hermenêutica gramatical e histórica. Para este fim, eu descrevo o método histórico-gramatical para mostrar como a ciência entra nela. Eu, então, distingo entre usos teológicos e exegéticos da ciência. Em seguida, uso a filosofia da ciência de Lakatos para distinguir entre movimentos exegéticos ad hoc e bem motivados. Com base nesses critérios, apresento as teorias do intervalo e do dia-a-dia como exemplos de falha hermenêutica na acomodação da ciência. Finalmente, uso a interpretação do quadro para ilustrar uma acomodação hermenêutica da ciência.
John B. King Jr
The Role of Science in Evangelical Hermeneutics
Páginas 177-187 | Publicado online: 10 abr 2018
https://doi.org/10.1080/14746700.2018.1455268

O que há de especial com o n.º 123?

Aqui está uma curiosidade interessante.
Anote qualquer número (excluindo o algarismo 0):
64861287124425928
Agora, conte o número de algarismos pares e ímpares e o número total de algarismos que ele contém, como segue:
12 | 5 | 17
Em seguida, junte esses 3 números para criar um novo número e execute a mesma operação:
12517
1 | 4 | 5
Mantenha a iteração:
145
1 | 2 | 3
Você sempre chegará a 123.
(http://www.archimedes-lab.org/numbers/Num70_200.html)

123 é o símbolo da Santíssima Trindade: Pai, Filho e Espírito Santo. O número 123 aparece 3 vezes na Bíblia.

22 outubro, 2018

Liga pra mim

No tempo do telefone fixo usava-se este gesto universalmente:

Ainda é usado. Mas ficou desconexo para a época atual dos telefones celulares, que são planos e retangulares. Agora, o gesto da mão em concha sobre a orelha tornou-se mais apropriado.

Pensamento:
«Toda a inovação tecnológica gera novos gestos e novas formas de comunicação.»
Peter Collett, perito em comunicação gestual

Vídeo: The Meaning of Hand Gestures
 OK e Loser

Alguém preso no elevador

Em fevereiro de 2016, Amanda Carpenter, ao ficar presa no elevador de uma estação da Amtrak, tuitou pedindo ajuda. Ela ficou intrigada, ao receber uma resposta da empresa perguntando se ela ainda estava presa... sete meses depois!
Enquanto isso, a gozação rolou solta no Reddit.

"Quem tuíta em vez de apenas ligar para o 911?"
"Tem o botão de alarme."
"O botão não chama os bombeiros. Ele chama os funcionários da empresa."
"Amtrak, que é conhecida pelos atrasos..."
"A Amtrak é definitivamente melhor no movimento horizontal do que no movimento vertical."
"Parece que eles estão usando o modelo de negócios da Tesla."
"Bem, pelo menos, a Tesla traz inovação. A Amtrak, por outro lado, utiliza a tecnologia de ponta do século XIX, com o atendimento ao cliente do século XIV."
"Amtrak é uma agência federal?"
"É uma empresa privada."
"É uma empresa privada que recebe toneladas de subvenções federais para não entrar em colapso no gigantesco e incompetente saco de merda que é. Então, bem que poderia ser uma agência federal."
"Não desanime, o século 14 é assim!"
"Seu cadáver ainda está aí?"
"Um cadáver se decomporia em um elevador com defeito? Ou seria mais um cenário para mumificação?"
"Acabaria por se decompor. A mumificação envolve algumas etapas como remoção de órgãos e formas de enxágue para preservação."
"Embora seja útil no processo, a mumificação não requer a remoção de órgãos. Há muitos exemplos de corpos presos no gelo que foram mumificados com os órgãos presentes. E há os corpos de pântano."
"Um corpo de pântano é um cadáver humano que foi naturalmente mumificado em um pântano de turfa. Seus níveis reais de preservação variam muito muito, de perfeitamente preservados a meros esqueletos."
"Ao contrário da maioria dos restos humanos antigos, os corpos de pântano geralmente mantêm sua pele e órgãos internos devido às condições incomuns da área circundante."
"Será que realmente leva apenas um ano para o corpo de uma pessoa se transformar em um esqueleto?"
"A esqueletização refere-se ao estágio final de decomposição, durante o qual os últimos vestígios dos tecidos moles de um cadáver ou carcaça decaíram ou secaram ao ponto de o esqueleto ficar exposto. No final do processo de esqueletização, todo o tecido mole terá sido eliminado, deixando apenas ossos desarticulados. Em um clima temperado, geralmente requer de três semanas a vários anos para um corpo se decompor completamente até esqueleto, dependendo de fatores como temperatura, umidade, presença de insetos e submersão em um substrato como a água. Em climas tropicais, a esqueletização pode ocorrer em semanas, enquanto nas áreas de tundra, a esqueletização pode levar anos ou nunca ocorrer se temperaturas abaixo de zero persistirem."
"Um de seus sapatos foi encontrado no poço do elevador."
"Enviando boas vibrações e orações."
"Eu vejo que a teoria do gato de Schrödinger pode ser aqui perfeitamente aplicada."

Crédito da imagem: revista Galileu

21 outubro, 2018

Dilema da ignorância

por André Araújo
Os jornalistas “partiu pra cima” da nova ultra direita apresentam o seguinte dilema, se você não aceita todos os ditames do ultra neoliberalismo, desses que querem vender o Brasil de porteira fechada ou então você quer uma economia como a da Venezuela. Não há alternativa, ou é Goldman Sachs ou é Maduro, o analfabetismo político-econômico gerou essa necrosia intelectual, a vida é binaria, ou é branco ou é preto, não existe o azul, o cinza, o turquesa.
Nunca ouviram falar de Lord Keynes, um aristocrata inglês do mais refinado cérebro, ligado às artes e à literatura que não adotava o discurso do mercado e salvou a economia mundial com fórmulas que hoje seriam consideradas pelos ultra direitas como “comunistas”.
A carta que Keynes enviou ao Presidente Roosevelt, outro comunista, em 30 de Maio de 1933 pedia ao Presidente dos EUA que usasse o Estado para tirar os EUA da Depressão, que fez um quarto dos americanos ficarem desempregados. Roosevelt seguiu Keynes contra o “mercado “que queria curar a Depressão com “ajustes” como os neoliberais brasileiros de hoje querem fazer e que jamais dará certo porque o ajuste é necessário mas não é o remédio pata tirar o Pais da recessão. Ao contrário, o ajuste aprofunda a recessão enquanto promete resultados no longo prazo, esquecendo a frase celebre de Keynes “No longo prazo todos estaremos mortos”.
Os desempregados precisam comer no curto prazo e isso só será possível com um plano de emergência para reativar a economia, o que é da lógica da realidade, mas não da lógica do mercado financeiro, que pode funcionar desligado da economia da produção e dos empregos.
A chamada “escola neoliberal” é página virada na sua própria “alma mater”, a Universidade de Chicago, os legatários de Friedman tiveram que sair de Chicago e foram para a Carnegie Mellon University em Pittsburgh. O Estado americano salvou o mercado em 2008, com isso enterrando o credo neoliberal que partia do principio de que o “mercado se autoajusta”.
Apesar dessa evidência seguem se apresentando no Brasil certos personagens com a etiqueta de “ultraneoliberal”, porque sequer sabem que essa escola está em um ciclo findo.
Como estudaram nas faculdades de economia há 30 anos, guardam uma cartilha mental embolorada e completamente defasada e não tem a capacidade intelectual de reciclar aquilo que aprenderam, o que é típico de cérebros apostilados limitados e medíocres.
A operação da politica econômica se faz em todo lugar pela combinação de instrumentos e não com um cardápio fixo imutável, a famosa “lição de casa” do antigo FMI, até o FMI mudou muito desde os anos 90, a ponto de ser critico do ajuste excessivo na Grécia.
Politica econômica é uma arte de combinação de instrumentos sem regras fixas que variam a cada ciclo e circunstancia, é essencialmente arte e não matemática pura, aliás o estudo de ciência econômica que começou na França e na Inglaterra sempre foi tratado como da área da politica, foram os americanos que introduziram formulas fixas e matemáticas no estudo da economia, formulas originadas de seu modelo econômico e que raramente dão certo em outros países e contextos, é preciso tratar a economia como arte e não como experimento de laboratório como alguns cérebros mofados ainda querem operar na base de “tripés”. [...]

Siga lendo este artigo em Fora de Pauta, Jornal GGN

Tubarão Plus

Há diversas maneiras de ver um filme da franquia "Tubarão", de Steve Spielberg. Esta deve ser a mais assustadora de todas.

Corpus, de Marc Hericher

Isto é adequadamente bizarro para uma tarde de domingo. Marc Héricher criou este curta de animação para não responder a nenhuma das suas perguntas, mas talvez, em vez disso, para apresentá-las. É certamente extasiante, mas diferente de qualquer outra linha de objetos destinados a cair, rolar e subir para manter as coisas funcionando, não temos ideia onde vamos acabar com isso. Nós acabamos em algum lugar? Você certamente vai responder a isso de uma forma ou de outra!




É uma máquina de Rube Goldberg em uma versão inspirada nos órgãos e outras partes do corpo humano. PGCS

20 outubro, 2018

Barbearia

2014
"Seu Zé: cabelo e barba R$ 10"

2015
"Barbearia do Seu Zé: R$ 20"

2016
"Barbearia Gourmet do Seu José: R$ 40"

2017
"Barber Shop Mr. J.: R$ 80"

2018
"Tobacco Gro and Head Shop of Mr. Joseph: USD 40 or BRL 160"

==================================================

Anúncio antigo: "Corto cabelo e pinto"

Antes que eu me esqueça


O filme ANTES QUE EU ME ESQUEÇA, do diretor Tiago Arakilian, foi escolhido pelo público como Melhor Filme de um recente festival de cinema em Milão.
Sua história se passa em torno da figura central de Polidoro (magistralmente interpretada por José de Abreu) que decide mudar sua vida de aposentado, tornando-se membro de um clube de strip-tease. Será a oportunidade para se aproximar do filho Paulo (Danton Mello), que faz o papel de pianista e é totalmente indiferente ao pai que não vê há anos. Mas Polidoro também manifesta os primeiros sintomas de uma devastadora doença de Alzheimer.
[SPOILER] O reencontro torna-se a oportunidade para que pai e filho se aproximem e finalmente se reconciliem, em um banho final no oceano como uma água primordial que unifica tudo. [SPOILER]

PRIMA CHE NON RICORDI, Cinemagazzino

19 outubro, 2018

Citações de Mark Twain

  • Se fosse por mérito, seu cão entraria no céu e você ficaria fora.
  • Quando eu era mais novo eu conseguia me lembrar de qualquer coisa que acontecesse ou não.
  • Todas as generalizações são falsas, inclusive esta.
  • A verdade é mais estranha do que a ficção, mas é porque a ficção é obrigada a manter as possibilidades. A verdade não o é.
  • Há muitas coisas bem-humoradas no mundo. Entre elas, a noção de que o homem branco é menos selvagem do que os outros selvagens.
  • Houve apenas um cristão. Eles o pegaram e o crucificaram - cedo.
  • Quanto à diferença entre o homem normal e o idiota: alguns observadores afirmam que não há nenhuma. Mas isso confunde o idiota.
  • Escolha o céu pelo clima e o inferno pela companhia.
As citações são, a marca do dialogismo linguístico, feitas para sustentar uma hipótese, reforçar uma ideia ou ilustrar um raciocínio. Aproveitem.

Poderá também gostar de ler
Autobiografia burlesca de Mark Twain

Criar é subtrair

Poesia blackout (blackout poetry), você já ouviu falar?
Também chamada de destruição criativa ou poesia obscura, consiste em ocultar as palavras de uma folha de livro, revista ou jornal que não serão necessárias e deixar visíveis somente aquelas que farão parte de um poema. É uma ideia do autor, desenhista e webdesigner Austin Kleon, o qual chegou a usar esta técnica para superar um grave caso de bloqueio do escritor. [1] [2] [3]


La máquina del poema, por Javier Tinajero R.
https://twitter.com/nuberrante/status/977650498064052224

Outros exemplos de blackout poetry no Pinterest
https://br.pinterest.com/mcplwausau/blackout-poetry/?lp=true

18 outubro, 2018

O canto do gelo

Plataforma de gelo foi flagrada "cantando"
Ao incidir nas dunas de neve da Antártida, o vento faz o gelo embaixo vibrar, produzindo um ruído. Este ruído foi captado por detectores sísmicos que cientistas estadunidenses instalaram na área da Plataforma de Ross (imagem).


E suas frequências foram alteradas para tornar o canto do gelo audível.
Ouça-o AQUI.

Ouça também: O canto do cometa.

Posso ficar em casa sozinho quando meu gato viaja?


Boa pergunta. Respondam vocês.

17 outubro, 2018

O apelo de Thomas Mann à razão

Há 88 anos, o romancista tentou alertar o povo alemão sobre os perigos políticos após o Partido Nazista ficar em segundo lugar nas urnas. Para o Nobel de Literatura, Hitler não podia mais ser visto apenas como uma piada de mau gosto.
No dia 17 de outubro de 1930, há exatos 88 anos, Thomas Mann proferia no Beethoven-Saal, em Berlim, sua palestra intitulada Ein Appell an die Vernunft (Um apelo à razão). Ao mesmo tempo, membros da Sturmabteilung (SA), a milícia paramilitar nazista, tentavam perturbar o evento e impedir que o escritor falasse.
O contexto e impulso dessa fala do romancista alemão foi o resultado das eleições de setembro daquele ano, quando o Partido Nazista (NSDAP) conquistou 18,3% dos votos, sendo o segundo mais votado, atrás do Partido Social-Democrata (24,5%) e à frente do Partido Comunista da Alemanha (13,1%).
O escritor tinha naquele momento uma posição de grande autoridade intelectual na República de Weimar, tendo recebido em 1929 o Prêmio Nobel de Literatura. Ele já era o autor dos romances Buddenbrooks (1901) e Der Zauberberg (A Montanha Mágica, 1924). [...]

Bibliothek: O apelo de Thomas Mann à razão, por Ricardo Domeneck, DW

Os alemães não escondem o seu passado. VÍDEO (1:07)

N.do E.
O partido nazista se chamava Partido Nacional Socialista. Seu nome completo: Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães (em alemão: Nationalsozialistische Deutsche Arbeiterpartei). Acreditar que o nome contenha a essência de tudo é nominalismo ingênuo. O nome pode inclusive disfarçar o seu contrário, como no Ministério da Verdade, no romance "1984", de George Orwell. Ao incorporar a palavra "socialista", procuravam os dirigentes do partido cooptar os trabalhadores nos anos difíceis da pós Primeira Guerra Mundial.
A exemplo do nome "micose fungoide", na medicina, que é muito enganador. Embora signifique frouxamente "doença fúngica com aparência de cogumelo", esta doença não é de natureza fúngica, mas sim um tipo de linfoma não-Hodgkin (neoplasma maligno). É inevitável a analogia com o nazismo.

Macacos trabalhando

YouTube está fora do ar em todo o mundo; possível instabilidade de serviço
Usuários do YouTube estão com dificuldades para acessar a plataforma de vídeo durante a noite desta terça-feira (16). Ainda não há informações sobre os motivos da instabilidade, porém, tanto o aplicativo quanto a versão desktop estão inacessíveis — apenas com poucos elementos da página sendo exibidos.
Até o momento, é possível notar relatos de usuários em diversas localizações do mundo pelo Twitter:
— O YouTube caiu e ralou o joelho.
— Me fez lembrar da famosa frase "só se dá valor quando se perde".
— Antes o YouTube que o Xvideos, que alívio!
— O ano é 2050, faz 32 que o Youtube caiu e nunca mais voltou! O Cyber Ciborgue Overlord Bolsonaro Supremo reina a Terra, conquistando o mundo através das correntes do Whatsapp.
Mas a instabilidade não se refere apenas ao Brasil. YouTube já comentou que investiga o problema: "A team of highly trained monkeys has been dispatched" (Uma equipe de macacos altamente treinados foi enviada). Isto, em seu "500 Internal Server Error", equivale a dizer que o problema foi colocado nas mãos de seus agentes mais capazes.


A inserção dos macacos na mensagem de erro é uma tentativa de o YouTube fazer humor com o problema. É um "500 Error" genuíno.
O "500 Internal Server Error" é um código de status HTTP que significa que não pode ser mais específico sobre qual é o problema exato. No entanto, que é um erro relacionado ao servidor lá isso é, sendo um problema no próprio YouTube.

P.S. Às 23h40 de ontem, a situação do site normalizou. E o leitor pode conferir essa volta à normalidade assistindo ao "Olho Cósmico" (vídeo da postagem anterior do blog EM).

16 outubro, 2018

Olho Cósmico, versão 2018

Esta é a versão 2018 do Cosmic Eye, uma viagem cósmica deslumbrante entre o Universo e o elemento básico da matéria – com conexão em Louise, no Vale do Silício.
A versão de 2011 usou um vídeo vertical que foi devidamente corrigido nesta nova versão, a qual tem também uma qualidade de imagem muito melhor  algumas mudanças gráficas (incluindo mais elementos vetoriais) e me dá a impressão de que até mesmo uma nova trilha sonora.
É um vídeo ótimo e extremamente didático – com todos os valores de escala perfeitamente calculados.


Fones de ouvido - 8






Eles também são úteis
para você provar a seu chefe
por que você não foi trabalhar.



16 de outubro - Dia do Patrão

15 outubro, 2018

O samba-enredo de Mangueira para 2019



A Estação Primeira de Mangueira escolheu, na noite deste sábado (13), o samba-enredo que irá apresentar na Marquês de Sapucaí, em 2019.
A letra do samba cita a vereadora Marielle Franco, morta a tiros em um provável crime político, o abolicionista Dragão do Mar, epíteto do jangadeiro cearense Francisco José do Nascimento, além de enaltecer lecys, jamelões e "quem foi de aço nos anos de chumbo".

Um jantar em família - 2

Caras:
Nem a Coca-Cola aguenta mais vocês.


Um jantar em família - 1

14 outubro, 2018

Arte picotada

A mulher que adquiriu "Menina com Balão" por um milhão de libras esterlinas (cerca de cinco milhões de reais), em uma casa de leilão em Londres, decidiu ficar com o quadro mesmo após ter sido este parcialmente destruído. O criador da obra, Banksy, havia instalado um picotador de papel no interior da moldura. E, assim que o martelo foi batido no leilão, o quadro começou a deslizar pela moldura, tendo sido cortado em tiras para a surpresa de todos.
A adquirente vai deixá-lo do jeito que ficou. Para especialistas em arte, a "pegadinha" paradoxalmente ajudou a valorizar o quadro que agora é cotado pelo dobro do preço que alcançou no leilão.
https://twitter.com/i/moments/1051085500042366976

Bansky é um artista de rua britânico. Num graffiti que desenhou no campo de refugiados de Calais, França, ele retratou Steve Jobs, com um saco às costas e um computador Macintosh na mão. A imagem era para lembrar que, se tivessem fechado as fronteiras ao pai de Steve Jobs, um imigrante sírio, a Apple provavelmente nunca teria existido.

Poderá também gostar de ler
Este livro será autodestruído

A seta que sempre aponta para a direita

Um objeto ambíguo impresso em 3D que, se parece com uma seta (do ponto de vista da direita) que sempre aponta para a direita, mesmo se girá-la em 180 graus. É um projeto do matemático Kokichi Sugihara, da Universidade Meiji, no Japão.



Para a seta apontar para a esquerda, você precisa usar um espelho.

Via The Awesomer

13 outubro, 2018

Confissão público-privada dos pecados - 2


Confissão público-privada dos pecados - 1

O monge que ora

Em 1562, Don Carlos, filho de Filipe II e herdeiro do trono da Espanha, estava morrendo. Um mês atrás, ele havia caído de uma escada, e todos os tratamentos médicos não conseguiam curá-lo. Na esperança de um milagre, seu pai rezou e autorizou que o corpo mumificado de um monge do século XV fosse trazido para ser colocado na cama, ao lado do filho.
Em poucos dias, o filho se recuperou de uma maneira considerada milagrosa. E, ao despertar do coma, contou que teve um sonho em que vira um monge orando por ele.
Na verdade, o corpus delicti do tal monge desenterrado esteve diretamente em seu leito, na fervorosa esperança de que ocorresse um milagre. Há inclusive uma litografia espanhola mostrando este evento aparentemente horripilante.
Após a extraordinária e milagrosa recuperação do filho, Filipe II encarregou o relojoeiro real Juanelo Turriano de criar um autômato representando o piedoso monge.
O incrível dispositivo de corda andava em um quadrado, balançando a cabeça enquanto a boca se movia em oração silenciosa, às vezes batendo no peito e beijando a cruz e o rosário. Na história da tecnologia do relógio europeu, o monge que ora é um exemplo inicial e muito raro de um autômato cujo mecanismo está totalmente contido e oculto em seu corpo. Sua presença misteriosa separa-a imediatamente dos autômatos posteriores: não é uma figura graciosa, não é um brinquedo, embora ainda desperte a curiosidade de um espectador do século XXI.
Praying Monk está atualmente no Museu Nacional de História Americana, da Smithsonian Institution, em Washington, DC, e ainda funciona.

12 outubro, 2018

A base filosófica da Absurdologia

Fernando Gurgel Filho
Lançando a base filosófica da Absurdologia, um tratado porno-filosófico-absurdológico:
Com tanta gente, inclusive religiosos, apoiando candidato truculento, que somente espalha ódio à humanidade, abertamente favorável a ditaduras militares, preconceitos, torturas e porte de armas de fogo, devemos entender que essas pessoas não acreditam em Política e, principalmente, não acreditam na Justiça, muito menos em Educação e Cultura. Em suma: não acreditam na civilidade, na civilização.
Não acreditam em educação, persuasão, conversão... Não acreditam em perdão e, principalmente, não acreditam em recuperação de nenhum ser humano que tenha se "afastado do caminho", como dizem. Não acreditam em nada disso, acreditam apenas numa única coisa: repressão, pancada e submissão. E, se isto não for suficiente, como já aconteceu em vários períodos da história são ardorosos defensores da extinção pura e simples - comumente chamada de morte, assassinato - dos que se "afastaram do caminho" por eles "sugeridos" carinhosamente através do cassetete, palmatória e chicote no lombo.
Acreditam menos ainda nos políticos em quem votam. E, o mais estarrecedor, votam mesmo assim. Deve ser porque têm ódio, abominam, aqueles candidatos que têm atitudes mais condizentes com o que gostariam de acreditar, mas o próprio sistema lhes nega.
E, pior, eles não têm consciência de nada disso.

Do mesmo autor: Inauguramos a Absurdologia

A história do Cristo Redentor


Inauguração: 12 de outubro de 1931, com a presença de Getúlio Vargas

Estátuas de Cristo:
http://blogdopg.blogspot.com.br/2013/02/estatuas-de-cristo.html

Slideshow "Pegando o Redentor para Cristo":
https://slideshows-pg.blogspot.com/2011/07/pegando-o-redentor-para-cristo.html

Colombo e os russos

Colombo demorou dois meses em três navios com vazamentos para chegar à América e abrir um novo capítulo na exploração marítima. Os russos estavam a poucas dezenas de quilômetros do Alasca (menos, se você contar as ilhas) e nunca conseguiram descobrir a América antes de 1492. Por que não conseguiram isso?

Sei lá. Combinamos com os russos que não largaríamos do pé de Colombo.

12/10/10 - Descobrimento da América
12/10/11 - Doze de Outubro
12/08/13 - O Ovo de Colombo
12/10/16 - Colombo e o cristianismo: você sabia?
12/10/17 - Colombo em Cubanakan
27/01/18 - Foi Cristóvão Colombo um nobre português?

11 outubro, 2018

Caçada humana

Ah, esses ricos desportistas... Tentaram me caçar, mas eu lhes disse que fossem em frente atirando em mim, porque eu odeio correr. E eles começaram a discutir entre eles como uma coisa desse nível ainda continuava acontecendo e de quem era a culpa. Agora, eles estão caçando uns aos outros, e eu estou relaxando no que parece ser um chalé.

Veneno federal

VOCÊ SABIA?
EM 1926, O GOVERNO DOS EUA ENVENENOU O ÁLCOOL NUM ESFORÇO PARA CONTROLAR O SEU CONSUMO DURANTE A PROIBIÇÃO (LEI SECA). COMO RESULTADO DA MEDIDA ESTIMA-SE QUE, AO ACABAR A PROIBIÇÃO EM 1933, DEZ MIL PESSOAS HAVIAM MORRIDO NO PAÍS ENVENENADAS PELO PRÓPRIO GOVERNO.


Postagem 659 - A guerra dos químicos, Nova Acta

10 outubro, 2018

Tem frescos como ninguém

Deu no Blue Bus:
A "Pequena Notável" é a nova garota-propaganda de uma rede de supermercados em Portugal.
Com o figurino e os trejeitos da luso-brasileira Carmen Miranda, uma moça desfila cantando por entre as gôndolas de "frescos" da rede francesa de supermercados E. Leclerc, também presente em Portugal.
Trata-se da campanha "O que é que o Leclerc tem?" que a Mosca Publicidade planejou para a TV, rádio, MUPI's e online.

«MUPI» é o acrônimo de «Mobiliário Urbano Para Informação». De fato, e na origem, MUPI é o acrônimo francês para «mobilier urbain pour information». Mas também funciona em português. Como curiosidade em inglês usa-se exatamente a mesma palavra, por deferência à sua origem francesa, e por ser fácil de pronunciar nesse idioma. O que são então os MUPI’s? São os expositores de publicidade, com dimensões médias, e um formato de cartaz, geralmente protegidos por um vidro, que vemos espalhados pelas cidades, por vezes iluminados, e muitas vezes providos de um motor que faz rodar vários anúncios, permitindo o aproveitamento do mesmo dispositivo por várias campanhas.



Ah, sim. Em Portugal, "frescos" são carnes, peixes, frutas e legumes.

O cadarço de nó duplo

Como você sabe, o nó padrão de cadarço é projetado para ser desfeito facilmente quando uma de suas pontas é puxada. Assim, a maioria das pessoas pensa que amarrar o cadarço em um nó duplo (figura) é um método eficaz de tornar o nó "permanente".
Mas isso é verdade?


A resposta é não.
Você conseguirá desatar o cadarço sem tocar em seu nó duplo, desde que você puxe com firmeza uma das pontas soltas.
Veja a prova visual deste resultado em www.archimedes-lab.com.

Cadarços: 1, 2 e 3

09 outubro, 2018

O Penny Black

O Penny Black foi o primeiro selo do mundo usado em um sistema postal público. Foi publicado pela primeira vez na Grã-Bretanha, em 1º de maio de 1840, mas não entrando em circulação até 6 de maio. Possui um perfil da Rainha Vitória.
Em 1837, as taxas postais britânicas eram altas, complexas e anômalas. Para simplificá-las, Sir Rowland Hill propôs um selo adesivo como forma de indicar o pré-pagamento da postagem. Na época, era normal que o destinatário pagasse pela correspondência na entrega, de acordo com a distância percorrida.
O retrato de Vitória permaneceu nos selos britânicos até a sua morte em 1901, aos 81 anos. Todos os selos britânicos ainda têm um retrato ou silhueta do monarca em algum lugar da estampa. Eles são os únicos selos postais no mundo que não indicam um país de origem: a imagem do monarca simboliza o Reino Unido.
(extraído de: https://en.wikipedia.org/wiki/Penny_Black)

No Preblog: DR. CARTA PÁCIO E O SISTEMA DE TARIFAÇÃO DAS CARTAS

Pedilúvio Universal

Se todos se dessem as mãos ao redor da Terra... 
... muita gente ia terminar se afogando.

08 outubro, 2018

Rebocando VW

De onde vem a inspiração?


Resposta: Matrioshka, as bonecas russas.

As árvores multifrutas

São uma série de árvores frutíferas criadas pelo artista Sam Van Aken, de Nova Iorque, usando a milenar técnica da enxertia. Cada árvore produz 40 tipos de frutas que amadurecem sequencialmente de julho a outubro.
Sam Van Aken é professor de escultura na Universidade de Syracuse. Em 2008, enquanto procurava espécimes para criar uma árvore de flores multicoloridas para um projeto de arte, Van Aken adquiriu o pomar da Estação Experimental Agrícola do Estado de Nova Iorque, que estava fechando devido a cortes no financiamento.
Ele começou a enxertar brotos de árvores em uma árvore receptora. Ao longo de cinco anos, esta árvore acumulou galhos de quarenta diferentes árvores "doadoras", passando a produzir damascos, cerejas, nectarinas, pêssegos e ameixas,  entre outras frutas.
A partir de 2014, Van Aken já havia criado 16 dessas árvores que florescem em rosa, fúcsia, roxo e vermelho e depois ficam carregadas com 40 tipos de frutas. Elas foram instaladas em hortas comunitárias, museus e pomares privados.
(https://en.wikipedia.org/wiki/Tree_of_40_Fruit)

https://www.npr.org/sections/thesalt/2014/08/03/337164041/the-gift-of-graft-new-york-artists-tree-to-grow-40-kinds-of-fruit

07 outubro, 2018

Contas médicas

O físico norte-americano Leon Max Lederman (1922 - 2018) morreu nesta quarta-feira, 3, de complicações relacionadas a uma demência senil. Em vida, ele ganhou o Prêmio Nobel de Física, em 1982, por sua pesquisa sobre neutrinos e se tornou um autor de sucesso depois de cunhar a expressão "partícula de Deus", que ainda é usada para descrever o bóson de Higgs. Mas, ultimamente, Lederman tinha retornado às manchetes por ter vendido a medalha de seu prêmio Nobel.
Apesar de uma carreira impressionante como acadêmico, pesquisador e divulgador científico, Lederman teve de vender a medalha da premiação para pagar as contas médicas referentes ao tratamento de sua demência. Em 2015, um comprador anônimo ficou com a medalha de ouro por 765 mil dólares. Agora, os obituários lembram a vida de Leon Lederman, mas também criticam o sistema de saúde dos Estados Unidos, o único país rico que não garante atenção médica a todos os seus cidadãos.
Ler também: Uma medalha no leilão

Às vezes chamado de "Mel Brooks da física", o Dr. Lederman era conhecido por seu humor e estilo de palestra envolvente. ("Eu sou tão velho", disse ele quando ganhou o Nobel, "que me lembro quando o Mar Morto estava apenas doente.") Ele trouxe uma faísca inovadora para a ciência a partir da Segunda Guerra Mundial, quando, como soldado, ajudou desenvolver o radar Doppler.
"Foi um golpe cruel quando fui pego em alta velocidade, anos depois, com uma arma de radar Doppler", disse o Dr. Lederman à revista Smithsonian, em 1993,"e o juiz não se importou quando eu expliquei que tinha ajudado a criar a coisa".

Ler também: A reviravolta do carma tecnológico

Charles Aznavour (in memoriam)

O francês Charles Aznavour, digo, o armênio Shahnour Vaghinagh Aznavourian, digo, o mundial "Aznavoice":
  • Cantava em 8 línguas e compunha em 5.
  • Atuou em mais de 60 filmes.
  • Vendeu mais de 100 milhões de discos em 8 décadas de carreira.
  • Tinha 1,60 m de altura e uma imensa presença de palco.


"He" canta "She"

O artista francês, conhecido por sucessos como "She" e "La Bohème", morreu nesta segunda-feira, em sua casa, no sul da França, depois de voltar de uma turnê no Japão. A causa da morte ainda não foi divulgada.

06 outubro, 2018

Uma mudança de alfabeto

Mudar o alfabeto de um país não é tarefa fácil e o Cazaquistão vai fazê-lo [de novo] para usar o latino em 2025 
O cazaque é o idioma oficial do Cazaquistão, juntamente com o russo. Mais ou menos o mesmo número de pessoas fala o cazaque ou o russo, e muitas delas falam ambas as línguas. Ao longo dos séculos, o país usou diferentes alfabetos, incluindo o árabe, o cirílico e o latino, até mesmo combinações de todos eles.
No ano passado, o governo anunciou que usaria apenas o sistema latino a partir de 2025, o que foi considerado, de certa forma, uma "modernização", mas também uma mudança radical que lhes custará uma fortuna.
Pelo menos, eles decidiram ir com calma.
Custos - 600 milhões de euros, a serem divididos em três fases que incluem uma longa lista de questões: reimprimir livros, mudar as placas de ruas, os passaportes e as carteiras de identidade, todos os textos legais, artigos de papelaria, selos etc. E, claro, o custo de educar a população sobre isso. Finalmente, mas não menos importantes, estão todo o software, muitos sistemas e aplicativos para serem "consertados" e que ficarão para a terceira fase do plano.
(http://www.microsiervos.com/archivo/mundoreal/cambiar-alfabeto-pais-kazajistan.html)

A Academia de Rubik

Existe em A Coruña, Galiza, no noroeste da Espanha, uma academia totalmente dedicada a jogos de lógica. É a Academia  Internacional Cubos de Rubik.
Desde que começaram os cursos de speedcubing, mais de 200 alunos entre 5 e 80 anos passaram por lá. São repartidos em três níveis: básico, de 40 a 120 segundos, e sub-40. Alguns dos speedcubers graduados já são sub-12, com tempos de resolução do cubo clássico de 3 × 3 × 3 abaixo de 12 segundos.

Crédito: Microsiervos
Poderá também gostar de ver: Novo recorde mundial em cubo de Rubik para robôs (0,38 segundos).

05 outubro, 2018

O candidato que disputou 95 eleições e perdeu todas

Recordista mundial em eleições disputadas - e perdidas -, o canadense John Turmel, de 67 anos, está em campanha novamente. Em 22 de outubro, ele concorre com outros seis candidatos à prefeitura de Brantford, cidade de 98 mil habitantes na província de Ontário, onde vive.
Esta é a 96.ª eleição disputada por Turmel. Ao longo de quatro décadas, ele já concorreu a cargos locais, estaduais e federais, na maioria das vezes como independente, em outras por agremiações partidárias fundadas, ou não, por ele.
A única vez em que não foi derrotado foi em 2008, quando o pleito foi cancelado.
Esse desempenho garantiu ao canadense um lugar no Livro Guinness dos Recordes Mundiais como o candidato com o maior número de derrotas. Mas Turmel afirma não se importar com o título e diz que as campanhas são oportunidades para divulgar suas ideias.

Ler tudo: AQUI.

João-Teimoso, o indiano Jabbar Hussein que disputou o vestibular 36 vezes.

Promessa é promessa: o que aconteceu com o indiano Shiv "Pappu" Charan, 74, ao não conseguir passar de ano na escola pela 38.ª vez.

A canção dos caramujos que vão ao enterro

Jacques Prévert
Ao enterro de uma folha morta
Dois caramujos se dirigem
Suas conchas vestem luto
E um véu negro cobre as antenas
Prosseguem noite adentro
Uma linda noite de outono
Mas quando finalmente chegam
Já é primavera
As folhas que estavam mortas
Ressuscitaram todas
E os dois caramujos
Ficam bem desapontados
Mas o sol brilha
O sol que lhes diz
Façam, façam o favor
O favor de sentar
Peçam um copo de cerveja
Se disso é que têm vontade
Ou tomem se preferirem
Um ônibus para Paris
Vai sair um hoje à noite
Vocês verão que beleza
Mas se livrem desse luto
Sou eu que lhes digo
Escurece o branco do olho
E além do mais enfeia

Essas histórias de enterro
São tão tristes e amargas
Recuperem suas cores
As cores da vida
Então todos os animais
As árvores e as plantas
Começaram a cantar
A cantar alucinados
A canção real da vida
A canção do verão
E todo mundo a beber
E todo mundo a brindar
Naquela noite tão linda
Linda noite de verão
E os dois caramujos
Rumam de volta para casa
Vão muito emocionados
Vão muito felizes
Depois de tanto beberem
É claro que cambaleiam
Mas no céu bem lá no alto
A lua vela por eles.
Tradução: Carlito Azevedo

Os poemas de Jacques Prévert são populares nas escolas francesas. Aqui Kuriositas postou uma curta de animação de sua Canção dos caracóis que vão ao enterro. Sim, em francês, mesmo para os falantes de outras línguas, pois seria criminoso dublar esse vídeo (como diz Kuriositas), tal é o talento vocal gaulês nele incluído.
No blog EM, Prévert é citado em Carapuça e no post scriptum de Meia-noite em Paris.

04 outubro, 2018

Fazer o Q?

Quando você lê na Wikipédia
algo que tem ao lado das palavras
toneladas de pequenos números azuis?
Aí, é parar por aí
e assumir que é tudo verdade.

Os primeiros teóricos do voo espacial

Para gerações de entusiastas do espaço, Jules Verne foi a primeira pessoa a imaginar o voo espacial tripulado. Mas agora surgiu que o escritor de ficção científica foi batido por um obscuro ministro de igreja escocês de uma sonolenta aldeia em Fife.
Um especialista na história da exploração espacial descobriu que o Rev. William Leitch, um ministro presbiteriano de Monimail, perto de Cupar, foi o primeiro a desenvolver a ideia de que não só os foguetes podem voar no espaço, mas poderiam fazê-lo mais rápido e sem problemas fora da atmosfera terrestre.
E ele antecipou-se a Jules Verne em quatro anos, diz Robert Godwin, curador do Canadian Air and Space Museum, em Ottowa. Isso invoca a história convencional da exploração espacial, acrescentando a teoria do voo espacial à longa lista de triunfos técnicos e de engenharia reivindicados pelos escoceses, incluindo a televisão inventada por John Logie Baird e o telefone inventado por Alexander Graham Bell.
"Não há dúvida em minha opinião de que Leitch merece um lugar de honra na história do voo espacial. O fato de ser cientista é a chave dessa história. Ele não estava apenas fazendo um palpite selvagem", disse Godwin
Em seu romance de 1865, "Da Terra à Lua", o renomado escritor francês descreveu pessoas sendo disparados no projétil de uma arma à Lua. A visão de Verne foi imortalizada no filme pioneiro de 1902, de George Méliès, "A Viagem à Lua", que fez a cápsula com as pessoas dentro pousar no olho da Lua.


Embora Verne estivesse escrevendo ficção satírica, seus cálculos de mecânica orbital lhe renderam a reputação de teórico fundador da astronáutica. O cientista russo Konstantin Tsiolkovsky, que primeiro delineou a teoria matemática do movimento do foguete em 1903, em uma cabana de madeira perto de Moscou, citou Verne como uma inspiração.
Do mesmo modo, Robert H Goddard, um professor de física da Universidade de Clark, em Massachusetts, que afirmou em 1920 que um foguete poderia funcionar no vácuo, sendo à época ridicularizado pelo New York Times (uma desculpa foi publicada no momento dos desembarques na Lua).
Em um novo artigo para The Space Library, Godwin reescreveu essa história. "Não só [Leitch] entendia a lei de ação e reação de Newton, como também entendia que um foguete funcionaria mais eficientemente no vácuo do espaço; um fato que ainda causou a Goddard e outros serem ridiculizados quase seis décadas depois".
Escrevendo durante 1861, Leitch estabeleceu suas teorias em seu livro "God's Glory in the Heavens", publicado por um pequeno editor de Edimburgo Alexander Strahan em 1862. Em um ensaio "A Journey Through Space", escrito logo depois que ele deixou Fife para o Canadá se tornar diretor da Queen's University em Kingston, Ontário, Leitch escreveu que: "A única máquina, independente da atmosfera, que podemos conceber, seria uma sob o princípio do foguete".
"O foguete sobe no ar, não por causa da resistência oferecida pela atmosfera ao seu fluxo ardente, mas a partir da reação interna. A velocidade, de fato, seria maior no vácuo do que na atmosfera e, dispensando o ar, poderíamos, com essa máquina, transcender os limites do nosso globo e visitar outras orbes".
A afirmação de que o foguete não precisa de uma atmosfera para "empurrar contra" é extraordinariamente presciente para 1861. Mesmo no final dos anos 1930, Fritz Zwicky - o astrônomo do Instituto de Tecnologia da Califórnia que descobriu a existência de "matéria escura" - pensou que qualquer um que acreditasse que um foguete poderia funcionar no vácuo seria um "completo idiota ".
Leitch morreu no Canadá de um ataque cardíaco em 1864. No ano anterior, Julio Verne havia publicado o  "Da Terra à Lua", com 49 anos de idade.
Godwin estabeleceu também outra coincidência: Leitch morreu em 4 de outubro, o dia em que os russos lançaram o Sputnik, o primeiro satélite artificial do mundo, 93 anos depois.
E por causa de outro elemento acidental desta história, os canadenses estão agora reivindicando Leitch como sendo um deles. Parece que a passagem chave de seu ensaio pode ter sido escrita em um navio a vapor, levando Leitch para o seu novo posto de ensino em Ontário, em algum lugar do Atlântico.
O astronauta aposentado Chris Hadfield - o primeiro canadense a caminhar no espaço - foi rápido para reivindicar Leitch, tuitando o seguinte: "Acabo de saber que um canadense inventou a viagem espacial: Professor William Leitch em 1861. Legal!"

Extraído de: www.theguardian.com/uk-news/scotland-blog
http://www.publishnews.com.br/materias/2012/09/10/70155-as-viagens-a-lua-de-verne-melies-e-armstrong
https://twitter.com/Cmdr_Hadfield/status/650797682450108416/photo/1

03 outubro, 2018

Noam Chomsky visita Lula

"EU RECÉM VISITEI LULA, O MAIS PROEMINENTE PRESO POLÍTICO DA ATUALIDADE"

PRISÕES LEMBRAM A famosa observação de Tolstoi sobre famílias infelizes: cada uma “é infeliz à sua maneira” ainda que haja algumas características comuns – para prisões, o reconhecimento sombrio e sufocante de que outra pessoa tem poder sobre a sua própria vida.

Minha esposa, Valeria, e eu recentemente estivemos em uma prisão para visitar aquele que é, provavelmente, o prisioneiro político mais proeminente da atualidade, uma pessoa de notável significância na política global contemporânea.

Considerando os padrões das prisões americanas que já vi, a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, no Brasil, não é formidável ou opressiva – ainda que isso seja uma baixa expectativa. Não é nada como algumas das que visitei em outros países – nem remotamente parecida com Khiyam, a câmara de tortura de Israel no sul do Líbano, mais tarde bombardeada e destruída para ocultar o crime, e muito distante ainda dos indescritíveis horrores da Villa Grimaldi de Pinochet, onde os poucos que sobreviveram às requintadas sessões de torturas eram jogados em uma torre para apodrecerem – uma das maneiras encontradas para assegurar que o primeiro experimento neoliberal, sob a supervisão dos principais economistas de Chicago, poderia ir adiante sem vozes disruptivas.

Apesar disso, é uma prisão.

O prisioneiro que visitamos, Luiz Inácio Lula da Silva – “Lula”, como ele é universalmente conhecido – foi sentenciado ao aprisionamento, em uma solitária, com nenhum acesso à imprensa ou aos jornais e com visitas limitadas uma vez por semana.

No dia após nossa visita, um juiz, citando a liberdade de imprensa, concedeu ao maior jornal do país, a Folha de São Paulo, o direito de entrevistar Lula, mas outro juiz rapidamente interveio e revogou aquela decisão, apesar do fato de que os criminosos mais violentos do país – líderes de milícias e traficantes de drogas – são rotineiramente entrevistados na prisão.

Para a estrutura de poder do Brasil, aprisionar Lula não é suficiente: eles querem garantir que a população, enquanto se prepara para votar, não possa ouvi-lo de nenhuma forma, e estão, aparentemente, dispostos a fazer uso de qualquer medida para alcançar este objetivo.

O juiz que revogou a permissão não estava fazendo nada de novo. Um predecessor dele foi o promotor de acusação na condenação de Antonio Gramsci em 1926 pelo governo fascista de Mussolini, que declarou que “nós temos que impedir o cérebro dele de trabalhar por 20 anos.”

“A história não se repete, mas frequentemente rima”, disse Mark Twain.

Nós ficamos motivados, mas não surpresos, ao descobrir que apesar das onerosas condições e o chocante erro judiciário, Lula permanece em seu estado enérgico, otimista sobre o futuro e cheio de ideias sobre como retirar o Brasil de seu atual caminho desastroso.

Sempre há pretextos para a prisão – talvez válidos, talvez não – mas geralmente faz sentido buscar quais são as razões reais. Isso se aplica nesta situação. A primeira acusação contra Lula, baseada em delações premiadas de empresários sentenciados por corrupção, é a de que a ele foi oferecido um apartamento no qual ele nunca morou. Nada de extraordinário.

O crime alegado é quase imperceptível para os padrões brasileiros – e há mais a dizer sobre esse conceito, mas retornarei a ele posteriormente. Fora isso, a sentença é tão totalmente desproporcional ao crime alegado que é importante buscar as razões. Não é difícil desenterrar coisas sobre candidatos. Lula é, de longe, o candidato mais popular e facilmente ganharia uma eleição justa, não sendo este o resultado preferido da plutocracia. Embora suas políticas enquanto estava no cargo fossem pensadas para ajustar as questões financeiras domésticas e internacionais, ele é desprezado pelas elites, em parte, sem dúvida, por conta de suas políticas de inclusão social e benefícios aos menos afortunados, porém outros fatores parecem intervir: primeiramente, o simples ódio de classe. Como pode um trabalhador pobre sem educação superior que nem sequer fala português corretamente ser o líder de nosso país?

Em seu governo, Lula foi tolerado pelo poder ocidental, mas com reservas. Havia pouco entusiasmo por seu sucesso, através de seu Ministro de Relações Exteriores, Celso Amorim, em impulsionar o Brasil ao centro do palco mundial, começando a cumprir as predições de um século atrás de que o Brasil se tornaria “o colosso do Sul”. Algumas de suas iniciativas foram rapidamente condenadas, especialmente suas medidas com vistas a resolver o conflito dos programas nucleares do Irã em coordenação com a Turquia em 2010, diminuindo a insistência dos Estados Unidos em protagonizar a situação. De forma geral, o papel de liderança do Brasil em promover forças independentes do poder ocidental, na América Latina e além, não era bem-vindo por aqueles acostumados a dominar o mundo.

Com Lula impedido de concorrer, há uma boa chance de que o favorito da direita, Jair Bolsonaro, vença a Presidência e intensifique muito as políticas duramente regressivas do presidente Temer, que substituiu Dilma Rousseff, que sofreu impeachment em processos ridículos em um estágio anterior do “golpe branco” agora em curso no país mais importante da América Latina.

Ler artigo completo no site THE INTERCEPT. Tradução: Maíra Santos.

Avram Noam Chomsky é um linguista, filósofo, ativista, autor e analista político estadunidense que nasceu na Filadélfia (Estados Unidos), em 1928. Foi introduzido na linguística por seu pai, especializado em linguística histórica hebraica. Estudou na universidade da Pensilvânia, onde se tornou doutor (1955) com uma tese sobre a análise transformacional, elaborada a partir das teorias de Z. Harris, de quem foi discípulo. A partir de 1961, tornou-se professor do renomado MIT (Massachussetts Institute of Technology).

Mapa temático da campanha de Napoleão na Rússia

Charles Joseph Minard (27 de março de 1781 - 24 de outubro de 1870, aos 89 anos), engenheiro civil francês que fez contribuições significativas para as representações gráficas de dados.
Sua obra mais conhecida é a Carte figurative des pertes successives en hommes de l'Armée Française dans la campagne de Russe 1812-1813 (link para versão ampliada), uma representação cartográfica de dados numéricos sobre as perdas desastrosas de Napoleão durante a campanha russa de 1812 -1813.
Na verdade, o mapa exibe em duas dimensões seis tipos de dados: o número de soldados das tropas de Napoleão; as distâncias percorridas; a direção de movimentação das tropas; sua localização em datas específicas; latitude e longitude; e, por último mas não menos importante, a temperatura.


O número de homens ao longo da campanha é representado pelas larguras das duas faixas numa proporção de dez mil homens por milímetro. A faixa marrom representa os homens que marcharam para Moscou (442.000); a faixa preta, aqueles que retornaram a seu país (10.000).
Este foi um dos 51 mapas temáticos que C.J. Minard criou.

Napoleão | De monstro a Imperador