05 setembro, 2015

Distopia, a luta final

Em breve nesta Terra
Não, definitivamente, não!
Não tenha medo do capitalismo. Muito menos do socialismo. Ou de qualquer ideologia que lhe diga como deve ser controlado o sistema de produção e de repartição do produto.
Isto, em pouco tempo, estará completamente esquecido e enterrado na memória dos que ainda puderem se lembrar desse tempo feliz em que se morria e se matava por uma ideologia.
As mentes mais otimistas criaram as mais belas utopias do planeta. Utopias que poderiam se transformar em realidade. Mas, infelizmente, a realidade é distópica.
A se julgar pelo desenvolvimento das economias, em que são geradas, cada vez mais, pessoas que não têm acesso aos mais elementares bens de sobrevivência, podemos olhar para o futuro e dizer, quase com certeza absoluta: os campos de concentração podem ser vistos com clareza em um horizonte não muito distante. Independentemente de crenças, ideologias, raças e sistemas econômicos. Isto é uma certeza.
Uma outra, mais grave, é que uma nova luta se avizinha. Uma luta que deveria começar a ser travada agora. E com rigor. Dependerá dela a sobrevivência da humanidade por mais algum tempo.
E esta luta deverá ser travada contra o que nos é mais caro: a Ciência. Não contra a Ciência das descobertas que propiciam bem-estar e progresso à humanidade. Mas contra a Ciência sem qualquer escrúpulo ou ética. A que atende apenas aos apelos do capital e da dominação de mercados. A que não tem raça, credo, ideologia ou qualquer sentido moral. A Ciência que, com seus artefatos de destruição em massa, amedrontava Carl Sagan.
Mas, sorrateiramente, as pesquisas caminharam para um lado que ele não previra. Para a Ciência que levará às últimas consequências a dominação da produção e da reprodução dos alimentos, pelo desenvolvimento de espécimes que somente podem ser cultivadas a partir de sementes fornecidas por um ou outro controlador do processo de produção dessas sementes. Sementes que geram sementes apenas para consumo, sendo estéreis e inúteis para o plantio. Sementes que, a cada plantio, têm que ser compradas de um ou dois produtores. Sementes que não geram flores e que podem acelerar a extinção das abelhas. Sementes que controlarão definitivamente a vida do ser humano.
Esta deverá ser, talvez, a última Grande Batalha antes da extinção do ser humano.
Fernando Gurgel Filho

N. do E.
Esta tecnologia, chamada de Terminator, produz plantas geneticamente modificadas para tornar as sementes estéreis. Oficialmente chamada de Tecnologia Genética de Restrição do Uso, esta técnica foi inicialmente desenvolvida pela empresa Delta and Pine – atualmente de propriedade da Monsanto, em parceria com o governo dos Estados Unidos. O objetivo da utilização das sementes Terminator é evitar que os agricultores replantassem as sementes colhidas maximizando, assim, os lucros dessa indústria. Assim, os agricultores ficarão dependentes das sementes vendidas pelas grandes empresas. Como as sementes produzidas pelas plantas não serão férteis, a prática bastante comum entre os agricultores, principalmente entre aqueles que praticam a agricultura familiar, de guardar sementes para o cultivo tornar-se-á inútil.

Operação Salomão

Em maio de 1991, as forças armadas israelenses realizaram a Operação Salomão, que consistiu em evacuar via aérea, utilizando 34 aeronaves, 14.325 judeus da Etiópia para Israel. Durante esta operação, que durou 36 horas, o Boeing 747 de carga da El Al estabeleceu um recorde, não suscetível de ser ultrapassado por muito tempo. O avião decolou com 1.122 passageiros a bordo, embora "apenas" 1.087 tenham sido registrados No compartimento de carga do avião, não havia assentos nem cintos de segurança, porém, de qualquer maneira, todos chegaram em segurança a seu destino. Dois bebês nasceram durante o voo.

microsiervos

04 setembro, 2015

Aécio de Oliveira Salazar

por Fernando Morais, via face
Em setembro de 1968 o ditador português Antonio de Oliveira Salazar, de 79 anos, sofreu uma trombose cerebral após um acidente doméstico. Sem condições de governar, foi afastado da presidência e substituído por Marcelo Caetano. Levaram Salazar para sua cidade natal, Santa Comba d'Ão, e lá montaram um falso gabinete para ele. Até morrer, dois anos depois, Salazar “despachou” como presidente, assinou falsos decretos, nomeou e demitiu ministros abstratos, concedeu audiências. Todos os envolvidos sabiam que se tratava de uma encenação. Menos o ditador, que morreu no dia 27 de julho de 1970 certo de que era presidente de Portugal.
Essa talvez seja a solução para a síndrome de presidente da república de que padece o senador Aécio Neves desde as eleições do ano passado. Levem o rapaz para São João del Rey, montem para ele um gabinete presidencial com seguranças, secretarias, ministros, introdutores diplomáticos, faixa presidencial e tudo o mais a que tem direito, constitucionalmente, um presidente no exercício do cargo. Na hora que o surto passar deem alta para ele.

Etiqueta nos negócios




"Caro senhor, o seu pagamento foi excelente."

"Ora, muito obrigado! Isso é muito gentil da sua parte. Sua fatura foi também bastante agradável."

Uma escova de dentes pode desafinar

por Paulo Gurgel
Alguém se lembra daquelas escovas de dentes dos anos 90 que tocavam uma musiquinha dentro da boca? Era uma música única que durava cerca de dois minutos, tempo considerado suficiente para uma prática de escovação. E as crianças eram o público alvo dos fabricantes das tais escovas musicais.
Como a música reverberava na cabeça, acredita-se que tenha ali começado o conceito de música-chiclete. Aquela música bobinha que fica tocando sem parar na cabeça de alguém até o dia do cometimento do suicídio.
Um destes infelizes me relatou como conseguiu se libertar do vício musical. Ele costumava cantar em harmonia com a escova até ser expulso da banda. Na ocasião, ele não ofereceu qualquer resistência para ficar. Mas sabe o que aconteceu depois? No ano seguinte, a banda ganhou um Grammy de música latina. Até hoje ele se lamenta.
Vi na internet que é possível medir a frequência de vibração de uma escova elétrica com a utilização de um afinador de violão, guitarra ou baixo. As escovas Sonicare, por exemplo, já vem afinadas de fábrica em Dó. Aparentemente, esta nota é agradável para os autistas que passam a caprichar na escovação dos dentes. Mas não há evidências científicas a respeito desta hipótese, o que me leva a divulgar a notícia "cum grano salis".
No PubMed, há um estudo científico em que quatro escovas motorizadas (Sonicare, Philips / Jordan Sensiflex HX2520 / Braun Braun 3D e D8) tiveram suas frequência oscilatórias avaliadas através de um vibrômetro de varredura a laser, e não sei qual se mostrou significativamente superior a não sei quantas em não sei o quê.
Na figura abaixo, o leitor vê uma escova vibrando em C (Dó). Esta frequência foi registrada por um afinador Snark para ukulele, cuja afinação padrão é gCEA. Violão, guitarra elétrica e baixo de quatro cordas não apresentam a corda C em sua afinação padrão, então considero explicado.


Não é piada. Minha velha escova de dentes anda vibrando em B (Si). Como não tenho ouvido absoluto nem sensor de vibração em casa, eu tive de recorrer a um método particular para chegar a tal conclusão.
Passei as cerdas da escova nos dentes durante alguns segundos. Esforçando-me para memorizar a altura da nota que estava sendo emitida e, talvez, eu nem devesse chamar aquele ruído de nota. Em seguida, sem desperdício de tempo, peguei o violão que eu deixara por perto (exatamente para evitar a repetição de certas baixarias). E, finalmente, identifiquei a nota com o auxílio do violão: B(Si)
Acredito que a minha escova tenha desafinado ao longo de sua vida útil. De tanto roçar sobre o tártaro.

03 setembro, 2015

Verbos defetivos

São verbos com defeito?
Lista com exemplos de verbos defetivos: amanhecer, anoitecer, chuviscar, relampejar, trovejar...
A explicação clássica é dizer que verbos defetivos (defectivos no Brasil, antes da reforma ortográfica) são aqueles que não se conjugam em todos os modos, tempos e pessoas.
Mas considerando que defetivo vem do latim defectīvu- («defeituoso») e que, segundo a Infopédia, significa "a que falta alguma coisa, defeituoso, imperfeito", bem poderíamos dizer, com todo o rigor:
Verbo defetivo é verbo com defeito!
Prof. Antonio Pereira, 26/08/2015
Eu amanheço? Eu anoiteço?
No artigo de ontem, trouxe-vos a definição de verbos defetivos. Na lista de exemplos, estavam os verbos AMANHECER e ANOITECER.
Qualquer dicionário de verbos nos mostra que estes verbos só são conjugados na 3ª pessoa: amanhece, anoiteceu, amanhecia, anoitecera etc.
No entanto, a linguagem poética-literária rege-se pela norma da liberdade criativa onde nada é impossível. Aí, o "eu" pode amanhecer e o "tu" pode anoitecer…
Aqui fica a sugestão que o leitor Paulo Gurgel deixou na caixa de comentários: um belíssimo texto ("Pensando em ti") interpretado, em 1957, pelo cantor brasileiro Nelson Gonçalves. Eis como "amanhecer" e "anoitecer" ganham vida na primeira pessoa:

"Pensando em ti", de Herivelto Martins e David Nasser, neste vídeo a partir de #t=2m37s
"Eu amanheço pensando em ti,
Eu anoiteço pensando em ti,
Eu não te esqueço"
Abraço cheio de amanheceres!
Prof. Antonio Pereira, 27/08/2015

António Pereira, que reside em Brejos de Azeitão, a 30 km de Lisboa, partilha da paixão pela nossa língua com todos os que passam por seu blogue Língua Portuguesa: perguntas e respostas!

Óculos inteligentes para cegos

Imagem: veio daqui
Os óculos inteligentes do pernambucano Marcos Antônio da Penha, 27, foram os vencedores do WSYA 2014 (World Summit Youth Awards 2014), na noite de 17/06/2015. Com a finalidade de auxiliar pessoas com deficiência visual a se locomoverem, o dispositivo competiu com mais 18 projetos em seis categorias.
Para o presidente do WSYA, Peter Bruck, o projeto do brasileiro "é realmente um salto em inovação tecnológica".
O que você achou do Brasil?
"O que eu acho incrível, e que é completamente diferente de dez anos atrás, é como os jovens são cosmopolitas, falam bem inglês e têm um pensamento progressista, muito mais que gerações passadas."
(trecho da entrevista de Peter Bruck para A Folha)
N. do E.
Os óculos inteligentes, segundo Marcos Antônio, não substituirão a bengala "que tem um aspecto psicológico tátil". Mas, ao identificar os objetos que ficam na "zona cega" da bengala (como os orelhões de telefone, por exemplo), auxiliarão os cegos em suas caminhadas pela cidade.

02 setembro, 2015

É só um teste, chefe

A imagem não aparece nítida no monitor de vídeo do computador?
Para os devidos ajustes, use esta imagem de prova – conhecida por padrão "Cabeça de Índio" – para ecrã CRT em preto e branco, escala 4x3.


Foi a primeira imagem de televisão irradiada no Brasil, em 16 de agosto de 1950, quando a TV Tupi de São Paulo iniciou sua fase de transmissões experimentais.

Teclado de computador com prato no meio

Muita gente gosta de comer quando está usando o computador. Foi pensando nessas pessoas que alguém criou um teclado que tem um prato no meio. Ele é propagandeado como um motivo a menos para o usuário do computador se levantar da mesa.
Basta abrir a caixa de pizza (se o que você vai comer é pizza, certo?), colocar uma fatia da pizza no prato e abrir a lata/garrafa do refrigerante: é o jantar na mesa!
Um pouco mais higiênico (mas não muito) do que quando você deixava a fatia "descansando" junto do teclado. E, terminada a refeição, você ainda pode usar a lata/garrafa para fazer xixi sem se levantar.

01 setembro, 2015

A origem dos tsunamis


Ver também:
A origem dos ventos

A bigorna de Hesíodo

Qual é a distância entre o Céu e a Terra?

A Teogonia de Hesíodo (Ll. 713-735) nos dá uma pista:
Para uma bigorna de bronze caindo do Céu nove noites e dias chegaria à Terra sobre o décimo; e, novamente, uma bigorna de bronze caindo da Terra nove noites e dias chegaria ao Tártaro sobre o décimo.
Considerando o tempo de queda da bigorna de Hesíodo, o matemático Andrew Simoson, do King College, calculou que ela precisaria cair de uma distância de  5.81 × 105 quilômetros, que é cerca de uma vez e meia a distância entre a Lua e a Terra.
Andrew J. Simoson, Hesiod’s Anvil, 2007

31 agosto, 2015

De passagem por Plutão


A sonda New Horizons, ao passar por Plutão, marcou um momento de orgulho na história da exploração do espaço.
Capturadas pela sonda, as fotografias em alta resolução de Plutão explodiram na Internet. O que fez com que algumas pessoas engraçadinhas realizassem certos "ajustes" nelas.
Numa delas, reconhece-se a imagem da cabeça do cão Pluto; em outra, Plutão é a "Estrela da Morte".



Sejamos francos:
Se Plutão fosse a "Estrela da Morte", teria sido em 2006 rebaixado a planeta anão?

Teclado para violão

O teclado para violão que é amigo dos seus dedos
Problemas com os dedos ao tocar violão? Talvez você fique com os dedos doloridos depois de tocar esse instrumento. Agora há uma solução!
Eu sou Don Bacon, o  inventor do Finger Friendly Guitar Company Keyboard.
O objetivo aqui é realmente fazer você aprender a tocar violão, não só de um modo indolor, mas dramaticamente mais fácil do que tradicionalmente tem sido.
Como surgiu essa ideia?
Quando eu tentei aprender a tocar violão, eu não fui inicialmente bem sucedido. Foi uma experiência frustrante e fiquei muito decepcionado. Mas eu tinha certeza de que eu estava indo para me tornar, pelo menos, um violonista ocasional decente.
Antes de me aposentar, minha profissão me levava a muitas casas particulares. Por vezes, vendo um violão esquecido em algum canto, eu perguntava: "Oh ... você toca?". Mas não havia violonistas naquelas casas. Pois as respostas variavam de: "Oh,,, eu costumava...", "Eu arranhava" a "Não, não realmente". Eles queriam tocar violão, mas ficavam frustrados e decepcionados, e acabavam deixando seus violões de lado. Mas eles não tinham se livrado deles, porque ainda queriam tocá-los. E eu concluí que as razões pelas quais eles desanimaram de aprender a tocar violão, eram exatamente as mesmas razões que me fizeram desistir do instrumento.
No pain, no gain
Aqui vou dar também meu testemunho. Eu sou Paulo Gurgel. Quando comecei a aprender a tocar violão meus dedos ficavam muito doloridos. Para agravar o problema, o violão em que eu praticava tinha cordas de aço. Em momentos, eu sentia como se estivesse percutindo minhas polpas digitais sobre afiadas lâminas. Com o passar do tempo, fui criando calosidades nos dedos que me protegiam das cordas. Esses calos foram depois sendo substituídos por uma pele de aspecto normal que não doía mais durante/após uma sessão com o instrumento. Adiante, ao trocar as cordas de aço por cordas de nailon, a coisa ficou então "mamão com açúcar".

30 agosto, 2015

A Teoria da Queda Inteligente

Em 2005, com os ânimos acirrados pelo debate sobre o ensino da Teoria da Evolução das Espécies nas escolas públicas estadunidenses, uma nova frente de polêmica sobre o currículo das Ciências surgiu em Kansas. "Cientistas" do Evangelical Center For Faith-Based Reasoning (ECFR), instituição líder da física evangélica no mundo, passaram a afirmar que a Teoria da Gravidade também tinha suas falhas.
Não explicava, por exemplo, por que as faíscas sobem. (*)
"As coisas não caem porque existe uma força gravitacional, mas porque uma inteligência superior, Deus, as empurra para baixo", declarou o físico Reverendo Gabriel Burdett, porta-voz do ECFR, dando início à criação de "Teoria da Queda Inteligente".

(*) As naves espaciais também sobem.
Como não se ouve falar mais dessa teoria é bem possível que uma força superior e vingativa a tenha empurrado para baixo. Ad aeternum.

Vídeo. O gato de Schrödinger

Um experimento mental de mecânica quântica explicado facilmente
O gato mais famoso da física é o fio condutor desta breve história animada de divulgação sobre a mecânica quântica, que pretende de uma forma breve explicar a clássica experiência mental de Schrödinger e ensinar algumas de suas conotações. Por exemplo: é graças a esse gato que você vê o que é mostrado no vídeo do seu computador.
Nessa experiência mental, toma-se um gato e coloca-o numa caixa fechada. No interior da caixa, há um dispositivo radioativo que tem 50 por cento de probabilidade de matar o gato na hora seguinte. Ao final dessa hora, a questão é: qual é o estado do gato?
O senso comum sugere que o gato estará vivo ou morto. Mas Schrödinger assinalou que, segundo a física quântica, antes de abrir a caixa o gato estará, ao mesmo tempo, vivo e morto. Somente ao abrir a caixa é que veremos o estado bem definido.
Até o último momento, portanto, o gato é uma espécie de probabilidade difusa: meio uma coisa, meio a outra. Pode parecer absurdo, porém segundo a física quântica é assim. Para Schrödinger, tudo isso pareceu tão filosoficamente inquietante que ele abandonou a teoria que ajudara a criar para dedicar-se à biologia.



A ironia disso tudo:
A internet – que foi construída para que todos pudessem ver vídeos de gatos – deve em parte a sua existência a um gato imaginário.

Um quelônio talvez |  Atormentado por gatos

28 agosto, 2015

Casamento moderno


Prazeres singulares

Oulipo 
[lê-se "ulipo"].
É a abreviação de "Ou vroir de Littérature Potentielle", que se traduz aproximadamente por "Oficina de Literatura Potencial".
Reunindo principalmente matemáticos/escritores franceses, ela foi fundada em 1960 por Raymond Queneau e François Le Lionnais. O escritor italiano Italo Calvino foi um de seus membros.
A Oulipo visa a busca de novas formas de escrever através de técnicas restritivas. Essas restrições – que incluem o "S+7" (todo substantivo substituído pelo sétimo substantivo seguinte de um dicionário) a "bola de neve" (poema em que cada verso é uma palavra e que cada palavra é uma letra mais longa do que a anterior), o "lipograma" (escrita que exclui uma ou mais letras), o "univocalismo" (poema com uma só vogal), os palíndromos etc. – são consideradas pelo grupo como meios de desencadear ideias e inspirações.
Uma das obras da escrita oulipiana: "Prazeres singulares", por Henry Mathews, em que 61 pessoas de diferentes idades, nacionalidades e estilos de vida descrevem cenas de masturbação.

27 agosto, 2015

Um cachorrinho recusa-se a dormir

Um filhote de cão monta a guarda a um bebê que dorme. Em sua função de proteger o bebê, ele recusa-se a dormir. Mas suas pálpebras estão cada vez mais pesadas. O conforto do quarto, a temperatura agradável e o sono profundo do bebê, tudo parce conspirar contra o dever canino. E ele finalmente cede.
Bons sonhos, crianças.


A exploração robótica de Marte

Em 2003, a NASA enviou dois pequenos veículos exploradores (Rovers) a Marte. Equipados com diversos instrumentos de exploração do meio ambiente, Spirit e Opportunity (nomes desses veículos gêmeos) eram capazes de se locomover em Marte a fim de realizar pesquisas geológicas locais, inclusive sobre a existência de formas primitivas de vida no Planeta Vermelho.
Cada veículo foi transportado em seu próprio foguete e pousou na região equatorial de Marte, no espaço de alguns dias de diferença, um em cada lado do planeta.
Essa exploração robótica de Marte também está sendo acompanhada pelo XKCD.
2010:
– Depois de seis anos, Spirit parou de funcionar mas Opportunity se mantém firme.
– É forte o pequeno Rover!
2015:
– Onze anos... Uau!
– A missão original não era para durar apenas 90 dias?
– Bem, isso está começando a ficar estranho.
2023:
– A bateria está totalmente desconectada. Como pode Opportunity continuar se movendo?
– Talvez nunca o saibamos.
2450 (em Marte colonizado por terrestres, Capital do Império Marciano):
– Tudo o que você está vendo iluminado é o nosso reino.
– Que é aquela zona escura?
– É a metade do planeta que pertence a Opportunity. Nunca devemos ir lá.

O robô Curiosidade |  A vida [robótica] em Marte

26 agosto, 2015

Branco no preto


Dustin Curtis no Twitter

É incrível a quantidade de informação que você recolhe, indo a um empresário de projeção e dizendo-lhe: "Parabéns por você estar desistindo deste negócio".
As lições mais importantes que você pode aprender com alguém com experiência são as coisas que você não acha importantes até ter experiência.
Seria fantástico viver em um avião que voa aleatoriamente ao redor do mundo.
Eu não ganhei na loteria. Este jogo é estúpido. Eu deveria comprar mais bilhetes na próxima vez.
Advogado normal: "Você não pode fazer issso". Advogado startup: "Interessante. Deixe-me ver como você pode fazer isso".
Uma má ideia bem executada vale mais do que uma boa ideia mal executada.
Ectoplasma. Eu amo o jeito como esta palavra sai de minha garganta.
Dentro de cinco anos, a nossa forma de pagar as coisas mudarão completamente. Visa e Master Card comerão até ~ 2% do PIB dos EUA, o que é estúpido.
Ganhar é muito mais divertido quando você tem bons concorrentes.
Respeito é difícil de obter, fácil de perder e impossível de recuperar.
Se você quer a cura para uma doença rara, deseje-a para um bando de gente rica.

25 agosto, 2015

O aumento do número de ministérios nos últimos governos

O governo anunciou nessa segunda-feira (24) uma reforma administrativa para cortar gastos. Os planos incluem o fim de dez ministérios e o corte de mil cargos de confiança.
Em 1985, no governo José Sarney, eram 25 ministérios. O governo Fernando Collor reduziu para 16. Itamar Franco aumentou para 23. Fernando Henrique deixou o governo com 32 ministérios. O presidente Lula, com 37. E o governo da presidente Dilma tem atualmente 39 ministérios.

Só para comparar: o governo do Estado de SP tem atualmente 25 secretarias.


Fonte: TV Globo, Jornal Nacional, edição de 24/08/2015
Reportagem: Governo anuncia planos de eliminar 10 dos 39 ministérios
LINK http://glo.bo/1MJO1iP

Observe o leitor como os últimos governos federais aumentaram o número de seus ministérios com relação ao número de ministérios do governo imediatamente anterior:
Itamar: +7 (44 por cento)
FHC: +9 (39 por cento)
Lula: +5 (16 por cento)
Dilma: +2 (5 por cento)

A Ponte

A Ponte (El Puente/The Bridge) é uma história animada sobre a importância e a utilidade da colaboração.
Autor: Ting Chian Tey
Personagens: Alce, Urso, Guaxinim e Coelho



Poderá também gostar de ver
PROCESSOS COLABORATIVOS

24 agosto, 2015

O dinheiro não cresce em árvores

Na tentativa (infrutífera?) de conter os gastos de um perdulário, apela-se inclusive para a citação da célebre frase acima.
Mas, no Reino Unido, há um bom número de árvores em que o dinheiro "cresce" nelas. São as árvores que carregam as esperanças financeiras de seus "aplicadores". Daqueles que, explico aqui, inserem uma ou mais moedas na casca de uma árvore, acreditando que o dinheiro vai retornar multiplicado para eles.
Pecunia parit pecunia.
A foto ao lado veio do Kuriositas onde tem mais.

Dica de outro local em que você pode aplicar o seu rico dinheirinho:
Moedas na Fonte

Transporte de líquidos

É mais fácil transportar cerveja do que café
Usando câmeras de alta velocidade para gravar as ondas de movimento que se formam na superfície da cerveja escura Guiness, da cerveja âmbar Heineken e do café, pesquisadores descobriram os efeitos de isolamento da espuma.
Nesses experimentos controlados de laboratório, eles anotaram o seguinte:
  • Quanto mais espuma estava presente, menos líquido se derramava.
  • O movimento da espuma nas paredes do recipiente era responsável pela absorção da energia.
  • Apenas algumas camadas de bolhas já faziam toda diferença.
  • Nem todas as cervejas reduziam o que se derramava na mesma proporção.
Vídeo da 67ª. Reunião Anual (23 a 25 de novembro de 2014) da Divisão de Dinâmica dos Fluidos da Sociedade Americana de Física

"Garçom, suspenda o cafezinho e me traga outra caneca de cerveja – com colarinho, por favor!"

23 agosto, 2015

A solução final para o prurido


Slideshow O PRURIDO VISTO SEM PRURIDOS

Para quem não tem outro assunto importante no momento
Reflexão (sobre a coceira)

Acidentes elétricos

Evite ser vítima de acidentes elétricos
Manutenção - A rede elétrica interna deve passar por manutenção a cada cinco anos.
Fios e tomadas - O cuidado precisa ser intensificado, principalmente se houver crianças na residência. Verifique se os fios estão bem isolados e tampe as tomadas com protetores.
Chuveiro elétrico - Nunca ajuste a temperatura do chuveiro com ele ligado. Desligue a fonte para isso.
Geladeira - Este ou qualquer outro equipamento que esteja dando pequenos choques precisam ser trocados e não podem ser doados.
Secador de cabelo e chapinha - Use-os em um local seco, como o quarto. Após o banho, com o corpo ainda molhado, não é recomentado.
Raios e trovoadas - Durante estas ocasiões não use celulares ou outros dispositivos que estejam carregando. Evite também utilizar o telefone fixo.
Fonte: Programa Casa Segura, do Instituto Brasileiro do Cobre
No Acta 
263 - Acidentes com arraias (pipas) - 2
687 - Raios em domicílio
796 - Prevenção de acidentes humanos em redes elétricas

Humor

Não mexa com um nerd

Um vídeo do Canal VH1 que busca – com senso de humor – combater o bullying aos nerds.
Lembrando que estes amanhã podem ser os chefes de seus ofensores.


22 agosto, 2015

Animais oráculos

Os aficionados pelo futebol encontraram um oráculo improvável durante o campeonato europeu de 2008: um polvo chamado Paul. Antes de cada partida, seus tratadores no Centro de Vida Marinha, em Oberhausen, Alemanha, colocavam duas caixas de comida em seu tanque, sendo uma com a bandeira da Alemanha e outra com a bandeira do país do time adversário. Surpreendentemente, Paul escolheu corretamente o vencedor em quatro dos seis jogos da Alemanha.
Quando alguns observadores expressaram ceticismo, Paul passou a escolher os vencedores de todos os sete jogos da Copa do Mundo na Alemanha, em 2010, bem como o da final entre Espanha e Holanda, obtendo uma taxa global de sucesso de 85 por cento. [1] [2]
Concorrentes surgiram ao redor do mundo, entre os quais um periquito na Cingapura, um papagaio alemão e um crocodilo de água salgada chamado Dirty Harry, que previu o resultado das eleições gerais da Austrália arrebatando uma carcaça de frango que oscilava sob uma caricatura da primeira-ministra Julia Gillard.


Talvez devêssemos parar enquanto estamos na frente.

Animal Spirits, Futility Closet

O primeiro selfie humano no espaço


O primeiro selfie humano no espaço – também incluindo a Terra – foi aparentemente tomada por Edwin "Buzz" Aldrin, em 1966, durante a missão Gemini 12.
Note-se que Aldrin ao posar para si próprio usava o seu volumoso traje espacial, luvas grossas etc. Essa foto foi tomada numa era pré-smartphones, muitos anos antes da invenção do pau do selfie.
Hoje, selfies de astronautas/residentes da Estação Espacial Internacional (ISS) aparecem tão regularmente nas mídias sociais que já não despertam mais interesse.

N. do E.
Buzz Aldrin [1] [2] [3] [4] é uma das celebridades internacionais favoritas do blog EM. Outras são: Chuck Norris, Justin Bieber, Lady Gaga e Stephen Hawking.

21 agosto, 2015

Entrevistas de emprego


A sinestesia como figura de linguagem

A sinestesia – do grego syn (junção) + esthesia – (sensação) é a transferência de uma sensação sugerida por um sentido para outro sentido.
Leia este trecho de uma obra de Mário de Andrade:
"Esta chuvinha de água viva esperneando luz e ainda com gosto de mato longe, meio baunilha, meio manacá, meio alfazema."
No período acima, Mário misturou diferentes tipos de sensações: visuais, olfativas e gustativas. A isso chamamos sinestesia, figura de linguagem que consiste em agrupar e reunir sensações originárias de diferentes órgãos do sentido.
Leia estes outros exemplos:
"Vamos respirar o ar verde do outono." (autor desconhecido)
(respirar = olfato / verde = visão)
"Sempre havia, ao amanhecer, uma cor estridente no horizonte." (Giuliano Fratin)
(cor = visão / estridente = audição)
"E um doce vento, que se erguera, punha nas folhas alagadas e lustrosas um frêmito alegre e doce." (Eça de Queirós)
(vento = tato / doce = paladar / frêmito = tato / doce = paladar)
"A melodia do pianista era doce e rósea em suas sublimes imensidões." (Giuliano Fratin)
(melodia = audição / doce = paladar / rósea = visão)
"Estende a mão trazendo a chuva, tocando o som do trovão." (Tiago Iorc)
(tocando = tato / som= audição)
A sinestesia, que também é aplicável à descrição de fenômenos provocados por condições neurológicas, não deve ser confundida com a cinestesia. A cinestesia diz respeito à capacidade em reconhecer a localização espacial do corpo, sua posição e orientação, a força exercida pelos músculos e a posição de cada parte do corpo em relação às demais, sem utilizar a visão.

Poderá também gostar de ver e ouvir
Som e simetria

20 agosto, 2015

Por uma vida mais simples

Ele está vivendo o seu sonho, eu lhes conto. Nenhum de nós vive assim, como ele, tão próximo do estilo de vida das cabras. Mas aí está ele, ao lado de seus irmãos e irmãs caprinos, comendo a grama em uma encosta íngreme.


Thomas Thwaites, 34, é um artista londrino. No passado, ele tentou construir uma torradeira a partir do zero. Isso não foi um pequeno esforço, já que a mineração do ferro foi o ponto de partida para a fabricação de sua torradeira. Além de que, para fundir o ferro, ele precisou usar o seu forno de microondas na potência máxima.
O desafio de viver como um caprino
Como você poderia esperar, este novo projeto, inevitavelmente, levou-o a tentar viver como uma cabra. Um bode, aliás.
Ele explicou ao Daily Mail que este estilo de vida inspirado na vida animal poderia oferecer às pessoas uma alternativa para o futuro da cibernética.
Thwaites, que está interessado em transumanismo (seja lá o que isso signifique), acredita que nem todo mundo vai querer se tornar um cyborg no futuro. E que a biorobótica poderia ser usada pelas pessoas que, ao invés de evoluir, preferem involuir.
"Inicialmente, eu queria ser um elefante, mas não estava indo muito bem", confessou Thwaites. "Eu visitei uma xamã, e ela me disse: 'você é um idiota'. Então, eu decidi ser um bode."
Thwaites trabalhou com um zoólogo para desenvolver os membros protéticos. Ele está agora tentando atravessar os Alpes acompanhado de um rebanho de cabras.

Best wishes, Thomas.