30 junho, 2012

Uma ilha com cobertura de nuvem


O turista italiano Andrea Ricordi, 40, registrou esta inusitada imagem durante um passeio de barco por águas do Atlântico Norte.
Uma nuvem que encobria o topo de uma ilhota dinamarquesa desabitada, como se fosse a "cobertura de um bolo".

PROVÉRBIOS. Dicas do Prof. Pasquale

"Hoje é domingo, pé de cachimbo..." e eu ficava imaginando como seria um pé de cachimbo, quando o correto é: "Hoje é domingo, pede cachimbo". Domingo é um dia especial para relaxar e fumar um cachimbo (para aqueles que fumam, naturalmente...).No popular se diz: "Esse menino não pára quieto, parece que tem bicho carpinteiro".Minha grande dúvida na infância... Mas que bicho é esse que é carpinteiro, um bicho pode ser carpinteiro???
Correto: "Esse menino não pára quieto, parece que tem bicho no corpo inteiro". Está aí a resposta para meu dilema de infância!.  Eu não sabia e você?
"Batatinha quando nasce, esparrama pelo chão." Enquanto o correto é:  "Batatinha quando nasce, espalha a rama pelo chão". Se a batata é uma raiz, ou seja, nasce enterrada, como ela se esparrama pelo chão se ela está embaixo dele?
"Cor de burro quando foge." O correto é:  "Corro de burro quando foge". Esse foi o pior de todos! Burro muda de cor quando foge??? Qual cor ele fica??? Porque ele muda de cor???
Outro que no popular todo mundo erra: "Quem tem boca vai a Roma". Bom, esse eu entendia, de um modo errado, mas entendia! Pensava que quem sabia se comunicar ia a qualquer lugar!  O correto é:  "Quem tem boca vaia Roma". Isso mesmo, do verbo vaiar.
Outro que todo mundo diz errado: "Cuspido e escarrado" - quando alguém quer dizer que é muito parecido com outra pessoa. O correto é: 'Esculpido em Carrara". (Carrara é um tipo de mármore.)
Mais um famoso.... "Quem não tem cão, caça com gato". Entendia também, errado, mas entendia! Se não tem o cão para ajudar na caça o gato ajuda! Tudo bem que o gato só faz o que quer, mas vai que o bicho está de bom humor! O correto é: "Quem não tem cão, caça como gato". Ou seja, sozinho!

Dicas do Prof. Pasquale Cipro Neto, repassadas por Márcia Gurgel

29 junho, 2012

Error 451

Um novo status para a censura na rede em homenagem a Bradbury
Tim Bray, da Google, apresentou uma proposta oficial para introduzir uma nova mensagem de erro na internet que indique a restrição de accesso a um sítio por razões legais.
Error 451, é um código HTTP em tributo a Ray Bradbury e inspirado em sua obra-prima “Fahrenheit 451", cujo enredo se desenvolve no futuro onde todos os livros são proibidos.
A existência de um código de HTTP para a censura é necessária em um mundo onde a censura técnica acontece com uma frequência cada vez maior, por causa da ignorância generalizada de governos e de fracos sistemas de justiça, que, muitas vezes, sucumbem à pressão de monopólios intelectuais.
Geraldine Juarez, ALT1040



Ray Douglas Bradbury foi um escritor de ficção científica, nascido nos EUA e de ascendência sueca. Morreu recentemente (6 de junho de 2012), aos 91 anos, de causas não divulgadas. É conhecido principalmente por suas obras "The Martian Chronicles" (Crônicas Marcianas), de 1950, e "Fahrenheit 451", de 1953.
«Há coisas piores do que queimar livros, uma delas é não os ler.»
Ray Bradbury foi homenageado neste blog com a publicação de uma coletânea de frases que falam de seu profundo amor ao conhecimento.

Para os devidos começos

Marido chega à casa:
- Rápido, me traga uma cerveja antes que comece!
A mulher não entendeu muito, mas pegou a cerveja e levou para ele.
Quando ele terminou a cerveja, ele disse:
- Rápido, me traga outra cerveja, já está quase começando!
Ela ficou mais confusa ainda, mas trouxe a cerveja.
O cara terminou a segunda lata e disse:
- Vai, rápido, me traga mais uma, vai começar a qualquer momento!
E a mulher, revoltada:
- Ah, chega! Que droga é essa? Você está aí todo folgado, chega e nem me fala "oi", não levanta essa bunda gorda daí e acha que vou ficar trazendo cerveja para você igual uma escrava? Você não percebe que eu trabalhei o dia inteiro, lavei, passei, limpei a casa, cozinhei, e ainda fiz compras?
- Pronto... COMEÇOU!!!

Fonte: Internet (circulando por e-mail).

28 junho, 2012

Por que cometi Facebookcídio?

Guilherme Nascimento Valadares, fundador do Papo de Homem, acaba de cometer Facebookcídio. Em seu site, Papo de Homem, dá as razões por que agora é um homem morto para as redes sociais.


Cometi Facebookcídio
“A definição de insanidade é continuar a fazer o que você sempre fez, desejando obter resultados diferentes.”
O Facebook, portanto, se tornou uma redoma de loucos. Há catorze dias, me furtando a despedidas babacas, tasquei o perfil de um certo “Guilherme Nascimento Valadares” no caixão.
Para contextualizar as razões por trás de meu seppuku, compartilho meu percurso na rede social zuckerbergiana. Fui um típico usuário pós-early adopters, criei minha conta há cerca de três anos.
Com esmero, disparei os primeiros pedidos de amizade. Munido dos aprendizados orkutianos e da experiência como profissional de comunicação digital, já me considerava maduro o suficiente para estruturar círculos sociais mais proveitosos e coerentes com minha realidade. Reestruturei meus álbuns de fotos. Arranjei um avatar interessante. Postei as primeiras badalhocas espertas no mural.
Pronto. Lá estava eu, ou melhor, “ele”, minha persona, se exibindo no Facebook.
À medida em que o tempo passava, meu crivo foi se tornando cada vez mais frouxo. Não tive paciência para lidar com listas, segmentações especiais por grupos e critérios de privacidade sofisticados. Amigos de infância, conhecidos, contatos profissionais e fodas de uma noite compartilhavam basicamente o mesmo habitat.

Para ler o texto completo clique aqui.

Pi morto, Tau posto

O número Pi (π) é um dos símbolos matemáticos que desperta paixões entre os aficionados da ciência, não só por ser o depositário do segredo da proporção do círculo como também por sua falta de periodicidade decimal. Calculando-se trilhões de decimais para este número, não se encontrou um padrão de repetição.  É um número surpreendente, mas que pode estar prestes a desaparecer.
Pelo menos, o que poderia acontecer se alguns matemáticos, entre eles estão Bob Palais, da Universidade de Utah, conseguissem convencer os demais da tese de sua incorreção. Não, calma! Não é que o valor de Pi possa ser diferente de 3.14159264... etc. O problema é que, em verdade, deveríamos falar de 2π, ou seja, deveríamos falar de Tau (τ) .
Para Palais, autor do famoso ensaio Pi is wrong, estamos apostando na constante matemática errada. O verdadeiro "número sagrado" do círculo é 2 vezes Pi e não o próprio Pi. Isto levou-o a escrever o Manifesto Tau, no qual também propõe que a nova constante do círculo tenha um nome: o da letra grega τ (Tau).
Assim, o número mágico deveria ser 6,28 (a razão entre a circunferência de um círculo e seu raio) e não o arquiconhecido 3,14 que relaciona a circunferência com o seu diâmetro (uma propriedade irrelevante em geometria).
Desde que Palais, no ano passado, deu o novo nome para a constante 2pi (o citado Tau) que o barulho causado por seus seguidores vem aumentando. Eles sonham em substituir o Pi pelo novo símbolo nos livros e calculadoras em todo o mundo . E também propõem que, se 14 de março (3-14, na datação em inglês) é a data dedicada ao Pi, o novo Tau deva ser comemorado em 28 de Junho (6-28, idem).

Ler tudo em ¿Es el número Pi incorrecto?  In: es.noticias.yahoo.com 

Bônus
A Música do Tau (para ser comparada com A Música do Pi).

27 junho, 2012

O Bolsa Família e seus inimigos

por Marcos Coimbra
O pensamento conservador brasileiro – na política, na mídia, no meio acadêmico, na sociedade – tem horror ao Bolsa Família. (1) É só colocar dois conservadores para conversar que, mais cedo ou mais tarde, acabam falando mal do programa.
Não é apenas no Brasil que conservadores abominam iniciativas desse tipo. No mundo inteiro, a expansão da cidadania social e a consolidação do chamado “Estado do Bem-Estar” aconteceu, apesar de sua reação.
Costumamos nos esquecer dos “sólidos argumentos” que se opunham contra políticas que hoje em dia são vistas como naturais e se tornaram rotina. Quem discutiria, atualmente, a necessidade da Previdência Social, da ação do Estado na saúde pública, na assistência médica (2) e na educação continuada?
Mas todas já foram consideradas áreas interditas ao Estado. Que melhor funcionariam se permanecessem regidas, exclusivamente, pela “dinâmica do mercado”. Tem quem pode, paga quem consegue. Mesmo se bem-intencionado, o “estatismo” terminaria por desencorajar o esforço individual e provocar o agravamento – em vez da solução – do problema original.
O axioma do pensamento conservador é simples: a cada vez que se “ajuda” um pobre, fabricam-se mais pobres.
Passaram-se os tempos e ninguém mais diz essas barbaridades, (3) ainda que muitos continuem a acreditar nelas. Hoje, o alvo principal das críticas conservadoras são os programas de transferência direta de renda. Naturalmente, os que crescem e se consolidam. Se permanecerem pequenos, são vistos até com simpatia, uma espécie de aceno que sinaliza a “preocupação social” de seus formuladores.

Ler o artigo completo em CartaCapital, publicado em 21/06/12 e acessado em 27/06/12.

Notas do blog EM
(1) Não tem esse horror ao Bolsa Titia.
(2) Há uma "França" inteira excluída da assistência médica nos Estados Unidos.
(3) Sic.

Bolsa Família x Bolsa Titia
O Bolsa Família destina-se às famílias pobres e extremamente pobres, de acordo com a renda mensal da família por pessoa, com o número de crianças e adolescentes de até 17 anos e número de gestantes e nutrizes componentes da família.
Este Programa tem os seguintes tipos de benefícios:
O Benefício Básico, de R$ 70, que é pago às famílias consideradas extremamente pobres, com renda mensal de até R$ 70 por pessoa, mesmo que elas não tenham crianças, adolescentes ou jovens.
O Benefício Variável, de R$ 32, que é pago às famílias pobres, com renda mensal de até R$ 140 por pessoa, desde que tenham crianças e adolescentes de até 15 anos, gestantes e/ou nutrizes. Cada família pode receber até cinco benefícios variáveis, ou seja, até R$ 160.
O Benefício Variável Vinculado ao Adolescente (BVJ), de R$ 38, que é pago a todas as famílias do Programa que tenham adolescentes de 16 e 17 anos frequentando a escola. Cada família pode receber até dois benefícios variáveis vinculados ao adolescente, ou seja, até R$ 76.
Os valores dos benefícios pagos pelo Bolsa Família variam de R$ 32 a R$ 306 por família.
O Bolsa Titia destina-se às mulheres de qualquer renda familiar, filhas de magistrados/militares falecidos, e que permaneçam solteiras. Obviamente, as beneficiadas não precisam prestar conta de frequência escolar nem de vacinação das crianças. É para toda a vida (se casar, bico de siri) e o valor do benefício pode chegar a R$ 43.000 por pensionista.
Justiça do Rio garante pensão de R$ 43 mil para filha de desembargador

02/07/12 - Atualizando...

A vitória do Bolsa Família

por Luis Nassif
Se houve um vitorioso na Conferência Rio+20 foram as políticas de transferência de rendas do país e, entre elas, especificamente o Bolsa Família.
A agenda da pobreza acabou indo para o centro do documento final da conferência. E em todo lugar em que se discutia o tema, a experiência brasileira era apontada como a mais bem sucedida, em vários aspectos: efetividade (não gera dependência), os beneficiários trabalham, há o emponderamento das mulheres, melhor frequência escolar e desempenho das crianças.
Hoje em dia, há pelos menos duas delegações internacionais por semana visitando o MDS (Ministério do Desenvolvimento Social), segundo informa a Ministra Tereza Campello, para saber mais detalhes da experiência.
Com 9 anos de vida e 13,5 milhões de famílias atendidas, com riqueza de séries históricas, estatísticas e avaliações, o BF conseguiu desmentir várias lendas urbanas.
[...]
Onde ler tudo

Tricotando e crochetando

Quando algumas pessoas pensam que tricô e crochê são apenas para as avós, elas não poderiam estar mais equivocadas. Pois, nos últimos anos, tem acontecido um ressurgimento destas técnicas, e os projetos têm ido muito além de cachecóis e luvas. Há inclusive festivais dedicados a estas formas de arte.


Vídeos
1- Malade
2 - Enganando as câmeras de reconhecimento facial com astúcia e crochê

26 junho, 2012

Uma história de rádios

Sr. Diretor,
Deus te abençoe pelo rádio bonito que eu ganhei na recente festa dos idosos. Eu tenho 84 anos de idade e vivo nesta casa que acolhe pessoas idosas. Toda a minha família já se foi. Agora estou sozinha e é bom saber que alguém ainda pensa em mim. Deus te abençoe por tua bondade para uma velha e esquecida senhora.
Minha companheira de quarto, de 95 anos, sempre teve o seu próprio rádio. Mas, antes que eu ganhasse o meu, ela nunca me deixou ouvir no rádio dela, mesmo quando ela estava cochilando.
Noutro dia, seu rádio caiu, quebrando-se em um monte de peças. Foi horrível e ela ficou em lágrimas. Sua angústia com o rádio quebrado me tocou bastante, pois eu percebi que Deus, respondendo às minhas orações, estava a me mostrar o caminho.
Ela me perguntou se poderia ouvir o meu rádio, e eu lhe disse que fosse para PQP.
Obrigado por ter me dado essa oportunidade.
Agnes

God answers prayer for the elderly, Bits and Pieces

Língua de sapo

Um sapo tentar comer uns "insetos" que ele vê num telefone celular. Até que... bem, o desfecho você só vai ver no final do vídeo.


23/09/2014 - Atualizando...
TV SAPO - Um exército de sapos cerca um smartphone que mostra um vídeo de minhocas.

Um homem com duas caras

O sol tornou o motorista de caminhão Bill McElligott, 69, um homem com duas caras.
O lado direito de seu rosto parece o de uma pessoa de 69 anos. O lado esquerdo, devido à forte exposição ao sol durante 28 anos, parece o rosto de alguém 20 anos mais velho.
Bill dirigiu um caminhão de entrega em Chicago, EUA, por 28 anos, em uma rota diária de nove horas.
Os raios solares (radiação ultravioleta A - UVA), penetrando através da janela do caminhão, foram, ao longo dos anos, devastando a pele do rosto do caminhoneiro, à esquerda, segundo o dermatologista Dr. Jennifer RS Gordon, que descreveu este caso no The New England Journal of Medicine
É um caso acentuado de dermatoheliose unilateral.

25 junho, 2012

Um invento que veio da Austrália

Em 2001, o Escritório de Patentes da Austrália concedeu a John Michel Keogh, de Victoria, Austrália, a patente de um dos inventos mais revolucionários do mundo.
O invento consiste de:
- um anel circular;
- elementos de conexão que fixam o anel a um elemento cilíndrico;
- externamente ao anel, uma camada de borracha que contém uma câmara inflável etc.
Destina-se ao transporte de pessoas e mercadorias sobre superfícies planas pelo deslocamento em paralelo a estas.
Trata-se do Circular Transportation Facilitation Device, vulgo RODA.

AU 2001100012

Poderá também gostar de ler: Como surgiu a roda?, Rodando redondo, Uma biblioteca móvel e SoloWheel.

20/07/2014 - Desinventando a roda
No Beta Boston, Marc Abrahams relata que o governo australiano silenciosamente revogou esta patente. Uma má notícia para Keogh, que perde a proteção jurídica que a patente concede a ele e, sem dúvida, os royalties que ganha com ela.

Uma metáfora sobre o conhecimento

Os dados são os ingredientes.
Quando você combina os dados produz a informação.
E a informação requer uma boa apresentação (com gráficos e/ou tabelas) para ser consumida virando conhecimento.
Como o bolo nesta imagem:

Falando nisso...
DE UM BOLO TRISTE CADA PEDAÇO É TAMBÉM TRISTE. PGCS

Clockwork Lemon

24 junho, 2012

Lábios de Babel

A fotógrafa Elle Muliarchyk cresceu falando meia dúzia de línguas, do checo ao vietnamita (seu pai era diplomata e sua mãe era jornalista e linguista). Durante uma breve carreira como modelo, ela aprendeu um pouco de francês e italiano.
Sua experiência na aldeia global da moda e seu interesse em línguas estão reunidos agora neste vídeo, "Lips of Babel" - uma montagem de close-ups dos lábios de 36 modelos pronunciando trava-línguas em suas línguas nativas.
Tomamos conhecimento dos trava-línguas desde a infância. Muitas vezes, dizem algo sobre a cultura do país de origem. Um da Nigéria, por exemplo, se traduz como: "Senhora costureira, por que está tão triste? Será que a galinha botou um ovo sobre o vestido que você acabou de fazer?". Enquanto outro, da Índia, diz: "Um marido deu um tapa na esposa sem motivo aparente."


Um resumo de um estudo
Acredita-se que as impressões labiais, por sua capacidade de distinguir os indivíduos, tenham um potencial de uso em fins de identificação humana. No entanto, permanecem dúvidas quanto à sua utilidade para a determinação do sexo. Este estudo teve como objetivo classificar as impressões labiais de diferentes indivíduos de uma população portuguesa e determinar se existem diferenças entre os sexos. Impressões labiais de 25 mulheres e 25 homens foram obtidas usando batom de cor escura e fita adesiva. Em seguida, foram analisadas ​​usando uma lente de aumento e classificadas de acordo com a classificação Suzuki e Tsuchihashi. Uma comparação dos padrões de impressões labiais por sexo apresentaram resultados com uma diferença estatisticamente significativa: o tipo III foi mais frequente em homens e o tipo II, em mulheres. Este estudo reforça a hipótese de que as impressões labiais podem ser úteis em distinguir indivíduos e na determinação do sexo.

E viva São João?!

por Fernando Gurgel Filho
Dia 24 de junho, comemoramos o dia de São João.
Os povos antigos comemoravam o início do Verão quando ocorria o dia mais longo do ano que, no Hemisfério Norte, se dava por volta de 21 de junho.
Para os cristãos aquilo era uma festa pagã, mas na realidade, era uma festa religiosa onde as pessoas comemoravam os preparativos para as colheitas e a volta do calor do sol por um período mais longo durante os dias.
Nessas comemorações, acendiam-se fogueiras com ervas aromáticas para afastar os maus espíritos e trazer prosperidade. Em volta das fogueiras, as pessoas faziam oferendas, compartilhavam comidas e bebidas e deixavam-se perfumar com a fumaça, pulando a fogueira e dançando em volta dela.
Quando os cristãos passaram a comemorar o dia de São João Batista em 24 de junho, trouxeram todas as tradições dos festejos comemorativos do início do Verão, o que perdura até hoje.
Apenas com uma ressalva, aqui no Hemisfério Sul ocorre justamente o contrário. Por volta de 21 de junho comemoramos o início do nosso Inverno, quando é registrado o dia mais curto do ano. Então, uma fogueirinha e um quentão combinaram muito bem.
Interessante é que por volta do dia 21 de dezembro ocorre o início do Inverno no Hemisfério Norte e voltam as noites longas.
Nesta época, no Hemisfério Norte, ocorre a noite mais longa do ano e, como faz muito frio, as famílias faziam celebrações dentro dos seus lares. Assim, ao invés de acender fogueiras, comemoravam ao redor de uma árvore colocada dentro de casa. Ali faziam oferendas e outros rituais, para agradecer as colheitas e pedir proteção no longo período frio que se iniciava.
Da mesma forma que aconteceu com São João Batista, os cristãos passaram a comemorar o nascimento de Jesus Cristo no dia 24 de dezembro e todas as tradições existentes foram incorporadas a essas comemorações.

23 junho, 2012

O centenário de Turing

O Google costuma comemorar datas importantes para a humanidade, como aniversários de invenções e de personalidades ligadas à cultura, às ciências e às artes, com customizações do logo da página inicial do site de buscas. O primeiro doodle surgiu em 1998, quando os fundadores do Google criaram um logotipo especial para informar aos usuários do site que eles estavam participando do Burning Man, um festival de contracultura realizado anualmente nos Estados Unidos. O sucesso foi tão grande que hoje a companhia tem uma equipe de designers voltada especialmente para a criação dos logotipos especiais. Já foram criados mais de 300 doodles nos Estados Unidos e mais de 700 para o resto do mundo.
Hoje, o Google não ficaria à margem das comemorações, que ocorrem em todo o mundo, pelo centenário de nascimento de Alan Turing (1912-1954), o matemático britânico que desvendou os segredos da inexpugnável máquina de encriptação da Alemanha Nazista, conhecida como ENIGMA, e que é considerado um dos fundadores da ciência da computação.


Este doodle interativo inspira-se na "máquina de Turing". O seu mecanismo simula o processo de tradução do sistema binário para o alfabeto tradicional: se você acertar na manipulação dos símbolos e funções, formará a palavra "Google".

RAE. O reconhecimento do termo «blog»

A Real Academia Espanhola (RAE) lançou uma lista de novos termos a serem incluídos em seu Dicionário da Língua Espanhola. Como em cada revisão, alguns neologismos tecnológicos foram incluídos na lista. Destaca-se o caso da palavra blog, definida como um "site que inclui, à maneira de um diário pessoal de autor ou autores, conteúdos de seus interesses, atualizados com frequência e, muitas vezes, comentados por leitores." Além disso, o termo bloguero, definido pela RAE como uma "pessoa que cria ou gerencia um blog" (quando usado como substantivo) ou "pertencente ou relativo a blogs ou blogueros" (quando usado como adjetivo).
Embora fosse de amplo uso popular, a palavra blog ainda não era reconhecida pela RAE por se tratar de um anglicismo, dando-se preferência em espanhol ao termo bitácora en línea. A definição da Academia reconhece a singularidade do blog com relação a outros sites, como é defendida por muitos autores, por aquele apresentar um aspecto mais pessoal, subjetivo, dinâmico e, geralmente, permitir a interação com quem o lê. Assim, o termo blog é agora reconhecido para definir um tipo de espaço de características específicas, que o diferencia dos espaços dos outros sites na rede.

Traduzido da nota La Real Academia Española ya acepta «blog» y «bloguero» en su diccionario, de Pepe Flores. In: ALT1040

"Eu me amo"

Aos 36 anos de idade, Nadine Schweigert – uma americana de Fargo, North Dakota, decidiu que não ia mais esperar pelo seu príncipe encantado.
Mais que isso: ela tinha um ponto a provar ao mundo – que ela não precisava de nenhum homem para se sentir completa e plena em sua felicidade.
Em abril passado, Nadine provou este ponto em grande estilo.
Ela se casou com ela mesma e, agora, é um casal de uma pessoa só.
Em seu casamento, ela trajava um longo vestido de cetim azul e empunhava um buquê de rosas brancas.


Diante de seus 45 convidados — que, neste caso, eram parentes e amigos da noiva e do noivo ao mesmo tempo — ela trocou votos de fidelidade com ela mesma.
Logo após o casamento, Nadine recebeu seus convidados e partiu para lua-de-mel em Nova Orleans.

Poderá também gostar de ver e ouvir
Casar é jogar, Presente de casamento, O casamento principal, Uniões perfeitas, Festas de divórcio e...

22 junho, 2012

Náufragos

:-)

Curiosidade
Originalmente, a novela Robinson Crusoé, de Daniel Defoe, tinha este título: “Vida e aventuras estranhas e surpreendentes de Robinson Crusoé, de York, marinheiro que viveu 28 anos inteiramente só em uma ilha deserta da costa americana junto da embocadura do grande rio Orenoco, tendo sido lançado à margem em conseqüência de um naufrágio em que toda a equipagem pereceu, exceto ele próprio; com o relato da maneira não menos estranha como foi por fim libertado por piratas. Escrito por ele mesmo. Londres, MDCCXIX”.

O Direito ao Delírio

Na interpretação de seu autor, o jornalista e escritor uruguaio Eduardo Galeano. Antes disso, ele nos explica para que serve a Utopia (repetindo o que Fernando Berri disse a um grupo de estudantes).
"A Utopia está no horizonte. Eu sei muito bem que não a alcançarei. E que, se eu caminho dez passos, ela se distanciará dez passos. Quanto mais eu a busco, menos a encontrarei. Porque ela irá se distanciando à medida que eu tente me aproximar dela. Boa pergunta, não? Então, para que ela serve? A Utopia serve para isso: PARA CAMINHAR."

21 junho, 2012

Sem verão

Verão faz forfait no Reino Unido, divulga Kuriositas. Para os súditos da rainha elizabeth ii fica aqui uma sugestão: VENHAM CURTIR O ATUAL INVERNO DO BRASIL.


A aliança PT-PP em São Paulo

Quem pode e quem não tem moral para discutir a aliança PT-PP em São Paulo
por Zé Dirceu
Muitos se julgam no direito, podem protestar e discordar democraticamente, até mesmo se indignar com a aliança do PT com o PP do deputado Paulo Maluf (SP) para apoiar o nosso candidato a prefeito de São Paulo este ano, o ex-ministro da Educação, Fernando Haddad.
Menos o candidato do PSDB a prefeito, o ex-governador José Serra e certa imprensa. O postulante tucano à Prefeitura porque em sua campanha para o Planalto em 2010 recebeu muito feliz e sem questionar o apoio do mesmo PP e de Maluf e, não esquecer, o de uma parte do PMDB, a liderada pelo ex-governador Orestes Quércia. A imprensa porque se calou diante disso naquela ocasião. Isso quando não apoiou velada ou ostensivamente a aliança do serrismo com o malufismo e o quercismo.
José, tampouco, poderá atacar a aliança PT-PP porque Maluf apoia e integra o governo de seu companheiro tucano, o governador Geraldo Alckmin, ocupando, inclusive, um alto posto na administração, com o malufista Antônio Carlos do Amaral Filho presidindo a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado (CDHU).
Questionam a coligação PT-PP, mas apoiavam a aliança PP-PSDB.
Tem mais: até poucas semanas atrás, o PP e seu líder Maluf tinham o silêncio, quando não o apoio dessa mesma mídia, enquanto mantinham entendimentos para uma coligação com o PSDB de José, um apoio que só perderam agora. De repente perderam esse apoio. Por quê? Por que será?
Vamos com calma, então, com esse andor. Petistas e aliados, por favor, sem esquecer que o foro mais adequado para debater e buscar a solução dessa questão é a coordenação e a direção política da aliança e da campanha do Fernando Haddad. Deflagrar um debate em torno disso em público e pela mídia é dar chumbo ao adversário.
E discutir a questão, também, tendo presente que o PP já faz parte da base de partidos do governo federal, como fez da base aliada do governo do ex-presidente Lula, sem que mudássemos nosso programa de governo ou o rumo do Brasil.
O debate não pode se dar em torno da negação de nossa política de alianças e de governo de coalizão, porque aí seria negar nossas vitórias conquistadas graças a alianças em 2002, 2006 e 2010, bem como nossos três governos, os dois do presidente Lula e o 3º agora da presidenta Dilma Rousseff.
Publicado no Blog do Zé em 19-Jun-2012. Acessado em 21-Jun-2012

27/06/12 - Atualizando...
Lula saiu mal na fotografia?


Sim, saiu. Mas nenhuma foto é tão ruim que não possa existir outra muito PIOR.

A fantástica migração das monarcas


A migração da borboleta monarca (imagem) é um dos eventos biológicos mais interessantes do planeta.
O que é particularmente surpreendente é que nem uma única borboleta, devido a seu curto período de vida, realiza uma migração completa. Geralmente ocorrem três ou quatro gerações de borboletas até que elas completem um ciclo total de migração. Ainda assim acabam retornando para as árvores onde estavam seus bisavós.

É como se tivessem o Google Maps em seus cérebros.

Vídeo
"Como consertar uma asa quebrada de borboleta"

20 junho, 2012

Assentamentos

No assentamento de Gush Etzion, no território palestino da Cisjordânia, existe um campo de treinamento de tiro em que figuras de pessoas, em tamanho real e portando tradicionais turbantes árabes, são utilizadas como alvos. O local, com mais de 10 mil metros quadrados exclusivamente reservados para a prática de tiro, é também visitado por turistas que desejam experimentar essa modalidade de "turismo radical".
Cerca de cinco mil turistas já passaram pelo curso, entre eles centenas de crianças. Adultos atiram com armas e munição de verdade; crianças usam paintball. O preço do curso, com duração de 2 horas, é 440 shekels (R$ 220) para adultos e 200 shekels (R$ 100) para crianças.

Não é esta a principal crítica da direita hidrófoba no Brasil com relação a nossos assentamentos?! Pois estes, como não apresentam instalações de treinamento como a que existe no assentamento israelense de Gush Etzion, não chegarão jamais ao estado da arte. PGCS

24/06/2012 - Atualizando...
Apartado do rebanho e deixado em local deserto, o bode expiatório decidiu romper com uma cruel tradição. Sem essa de expiar os pecados do povo de Israel em uma região inóspita (existe isso para um bode?), como sempre fizeram seus antepassados, tão-somente para cumprir os preceitos da Torá. E o bode matriculou-se no campo de treinamento de tiro mais próximo, de onde só saiu ao se sentir bem preparado para enfrentar as adversidades.

Quando o sono chega... (2)

Fique de olhos bem abertos. Vem aí um slideshow com seres humanos que não conseguem ficar...


Slideshow: Quando o sono chega... (1)

Vídeo: Como dormir em pé

19 junho, 2012

O enigma da janela

Autorretrato de LC
Eu não sei se você gosta de enigmas, ou não. Se gostar, tente resolver este.
Um cavalheiro (um nobre, digamos, para torná-lo mais interessante) tinha uma sala com apenas uma janela.
A janela era quadrada, com 3 metros de altura e 3 metros de largura, e deixava passar muita luz.
Então, ele pediu a um construtor para modificá-la, de modo a reduzir à metade a iluminação da sala. Mas a janela tinha de continuar com 3 metros de altura e 3 metros de largura.
Como ele fez isso?
Lembre-se de que ele não tinha permissão para usar cortinas, persianas, vidro colorido etc.

(formulado por Lewis Carroll)

O mundo em 3D

Se queres ver o mundo em 3D olha para o alto. @brondmo
Itapiúna - CE

18 junho, 2012

♪Jura♪

O genial maxixe de José Barbosa da Silva (1888-1930), o Sinhô, que foi contemporâneo do grande Noel Rosa. Colocada como música de abertura de "O Cravo e a Rosa", uma novela da Globo, "Jura" repetiu o sucesso.

Jura, jura, jura pelo Senhor
Jura pela imagem 
da Santa Cruz do Redentor
Pra ter valor a tua jura.
Jura, jura, jura de coração
Para que um dia
Eu possa dar-te o meu amor
Sem mais pensar na ilusão.
Daí então dar-te eu irei
Um beijo puro na catedral do amor
Dos sonhos meus,
Bem juntos aos teus
Para fugir das aflições da dor.


Contraditório
"O abuso de juramento é uma confissão implícita da insuficiência moral dos homens." Nicolas Boileal

Hello, Canales

A maioria das pessoas considera hello (alô) uma saudação amigável. Leonso Canales vê esta palavra como algo sinistro.
"Eu vejo 'hell' (inferno) em hello. As duas palavras diferem apenas pela letra 'o', o que não é suficiente para ocultar a palavra hell. E quando você dá conta disso é como levar uma bofetada", disse Canales, um homem de 56 anos, pequeno comerciante em Kingsville, Texas.
Há três anos, Canales lidera um movimento em seu país para substituir hell por heaven (céu) na palavra hello. Para ele, diabos, a saudação deveria ser assim: "heaven-o".
O que o nosso aloprado fundamentalista não sabe é que não há nenhuma ligação etimológica entre hello e hell. Ironicamente, hello parece ter sua origem em uma antiga palavra germânica, hailaen, ou haelan em inglês arcaico, a qual significa curar ou salvar, tanto no sentido físico como religioso.

Você tem um demônio?
Outra pessoa que também odeia Satã é o exorcista e televangelista Bob Larson. Tanto que ele está a oferecer online um Demon Test (Teste do Demônio) com 21 questões.
Mas ele não odeia Satã o suficiente para dispensar a taxa do teste ($ 9.95).

17 junho, 2012

Amor filial 2.0

:-(

Trololó e Vocalise

A diferença entre o que significam é sutil, para não dizer nenhuma.

Trololó
Há duas formas de a gente saber o que é isso. A primeira, sob o beneplácito da paciência, é assistir ao vídeo deste cantor russo - até o fim.

A segunda é consultar um dicionário (o Aurélio, por exemplo).
trololó [voc. onom.] S. m. Bras. 1. Música de caráter ligeiro e fácil. 2. Pop. Nádegas.
O cantor do primeiro vídeo desta postagem é o barítono Eduard Anatolyevich Khil (em russo: Эдуард Анатольевич Хиль; nascido em 4 de setembro de 1934, em Smolensk, Rússia). Aposentado da carreira musical, na década de 1980, Khil  ressurgiu em 2010 quando se tornou um fenômeno da internet ao estrelar o vídeo viral "Trololo", uma versão vocalizada da música "Eu Estou Feliz por Finalmente Voltar para Casa" (em russo: Я очень рад, ведь я, наконец, возвращаюсь домой), no YouTube. Este vídeo já foi visto por mais de 13 milhões de pessoas ao redor do mundo e remixado em diferentes versões e ritmos musicais. Também surgiram montagens do vídeo por causa de sua semelhança física com outras pessoas (como, por exemplo,com o apresentador Silvio Santos). Neste mês, Khil teve um derrame cerebral, entrou em coma e morreu no último dia 4, aos 77 anos. Vocalise É um exercício vocal que consiste em cantar sobre uma ou mais vogais várias linhas melódicas com notas especificamente arranjadas como prática didática. Também é a parte vocal sem palavras da música polifônica do Século XIII e XIV, quando a música não possuía texto. A ária Cantilena, que abre a "Bachiana nº5", de Heitor Villa-Lobos, escrita em 1938, e que talvez seja a peça mais popular de Villa-Lobos fora do Brasil, apresenta um longo vocalise para soprano com acompanhamento de violoncelos. No segundo vídeo desta postagem o russo Igor Presnyakov faz um trololó, digo, um vocalise sobre o "Trololo" de seu conterrâneo. Com a finalidade de recordar e homenagear (a diferença é sutil) o simpático Eduard Khil.

16 junho, 2012

O turista calçudo

Em 2010, funcionários da alfândega do aeroporto de Rochambeau, em Caiena, Guiana Francesa, depois de perceberem algumas saliências suspeitas num turista holandês, conduziram-no para uma revista mais detalhada.
O que encontraram foi perturbador. Pequenas "jóias de penas iridescentes" embrulhadas em pano, uma a uma, e alojadas em bolsos costurados no interior do calção do turista.
Do falso turista, aliás, o qual estava sendo reincidente. Dois anos antes, ele fora interceptado, com um cúmplice - no mesmo aeroporto -, transportando 53 beija-flores.
A taxa de letalidade dessas aves durante a viagem seria em torno de 50 por cento. Ainda assim os traficantes consideram o contrabando de aves um bom negócio.
Enquanto houver demanda, não é mesmo?


Ver mais fotos da apreensão, aqui.

Ler também: Fazendas de papagaios, a postagem 224 do Acta Pulmonale.

Como se faz um bebê?

Um desenho de animação dos estúdios de Walt Disney e da Pixar. Divertidíssimo!


15 junho, 2012

SENADO ROMANO. Primeira votação

:-)

O teste dos 33 números

Este teste é perfeito para exercitar os neurônios e deixar o cérebro afiado! O resultado consiste na contagem dos segundos que você leva para concluí-lo.
As instruções estão em francês.
Em resumo, o que você tem a fazer é localizar os números - em ordem crescente - e, sem perda de tempo, tocar neles com o cursor para ir eliminando-os.
Você não precisa clicar, basta tocar nos números (1, 2, 3... 33)  com o cursor.
Teste-se! Divirta-se!
É uma espécie de chicote-queimado cibernético.
(Obrigado, Nilo Mendonça.)

As regras de posse estabelecidas pela criança

1. Se eu gosto, é meu.
2. Se está em minha mão, é meu.
3. Se eu posso tirá-lo de você, é meu.
4. Se eu o tive um instante atrás, é meu.
5. Se é meu, nunca deve parecer ser seu.
6. Se estou fazendo ou construindo algo, todas as peças são minhas.
7. Se ele apenas se parece como sendo meu, é meu.
8. Se eu o vi primeiro, é meu.
9. Se você está brincando com algo e colocá-lo por baixo, automaticamente ele se torna meu.
10. Se for quebrado, é seu.

Travis R. Grant, Bigredkev

"Cuide de seu castelo para manter a paz no reino."

14 junho, 2012

Blogs no Brasil

No primeiro trimestre de 2012, a boo-box, em parceria com a Navegg, fez um levantamento para traçar o perfil da audiência dos blogs brasileiros. Os dados, coletados a partir da rede boo-box, representam a realidade da audiência dos blogs no Brasil, já que o alcance da rede representa 100% dos usuários de internet do país.
A pesquisa traça o perfil de um total de 80 milhões de usuários de internet, número maior que o total estimado pelo Ibope no Brasil em 2011 (77.8 milhões), categorizados em mais de 150 segmentos. Você, que está lendo esse post em nosso blog, faz parte da audiência dos blogs brasileiros e também está representado nesse estudo.
Cada impressão ou visita em um site deixa registrada uma série de informações anônimas, que revelam hábitos de navegação, gênero, sexo e idade, entre outros. Estes dados foram analisados e confrontados com outras informações do mercado, resultando no estudo da audiência dos blogs do Brasil.
Para se chegar aos números da pesquisa, foi considerada uma amostragem de mais de três bilhões (você leu certo, bilhões!) de visualizações e mais de cinco milhões de cliques ao longo de todo o primeiro trimestre do ano.
Todo esse “universo” explicado acima foi traduzido em um infográfico que reúne os principais dados da pesquisa e que você pode ver clicando aqui.

five-five-five

É incrível a fixação dos estadunidenses pelo sequência 555 em seus telefones. Vejam/ouçam só a quantidade de vezes que eles leem/pronunciam este prefixo de telefone nos filmes.


Ver também...
Números de telefones (inclusive o do telefone do seu Osório)

Mortalidade de pássaros por causas antropogênicas

Um estudo conduzido por Wallace P.Erickson e colaboradores, em 2002, estimou que entre 500 milhões e 1 bilhão de pássaros são mortos anualmente nos Estados Unidos da América por causas antropogênicas. Estas causas incluem edifícios (58,2%), fios de eletricidade (13,7%), veículos terrestres (8,5%), torres de comunicação (0,5%), aviões (0,01%) e turbinas eólicas (0,01%) contra os quais as aves se chocam. Também constam da relação: a predação por gatos (10,6%), o uso de pesticidas (7,1%) e outros causas menos frequentes.
Esse estudo é uma referência para o assunto. Observar que a morte de pássaros causada pelas hélices dos aerogeradores embora represente menos de 0,01 por cento dos casos, em número absoluto representa mais de 26 mil aves mortas nos EUA, anualmente. Para o Brasil, que já ocupa o 21º lugar no ranking da energia eólica, não há uma estatística disponível.
Contudo, há medidas que podem reduzir esta última causa de mortalidade aviária. Uma delas é não instalar aerogeradores nas rotas migratórias dos pássaros.

A Summary and Comparison of Bird Mortality from Anthropogenic Causes with an Emphasis on Collisions by Wallace P. Erickson, Gregory D. Johnson, and David P. Young Jr.

06/08/2012 - Atualizando...
Aldeias galesas x Empresas de energia eólica. Clique aqui.

25/05/2015 - Atualizando...
A turbina eólica sem hélices. A Vortex Bladeless é tão mais barata e ambientalmente benéfica que representa 40% a menos nos custos para sua produção de energia. As despesas operacionais do sistema também são 50% menores. Para o futuro, a companhia pretende acoplar placas solares às turbinas, para maximizar a produção e criar modelos para a produção eólica offshore. Além de todas essas vantagens, seu design evita acidentes com aves já que não possui hélices como os modelos normais.

13 junho, 2012

O telégrafo aéreo

A comunicação à distância teve um início precoce na França, onde o inventor Claude Chappe construiu uma série de torres entre Lille e Paris, em 1792. Cada torre era coberta por um conjunto de braços móveis de madeira que podiam ser posicionados para representar símbolos.
Cada operador de torre, através de um telescópio, acompanhava o que acontecia na torre mais próxima para reproduzir os símbolos em sua estação. E um símbolo podia passar por 15 estações, cobrindo uma distância de 120 quilômetros, em apenas 9 minutos.
Em "O Conde de Monte Cristo" o sistema fez uma aparição:
"Eles passaram para a terceira história na sala do telégrafo. Monte Cristo olhou para o ferro das duas alças que faziam a máquina trabalhar. ‘É muito interessante’, disse ele, ‘mas deve ser chato viver aqui’.
‘Sim. No início fiquei com o pescoço apertado de olhar para ela, mas, ao fim de um ano, eu me acostumei. E, depois, temos as nossas horas de lazer e os nossos feriados'.
‘Feriados?’
‘Sim.’
‘Quando?’
‘Quando temos um nevoeiro.’


Esse sistema, que se expandiu a uma rede de 534 estações, funcionava bem, mas era caro. Necessitava de operadores qualificados, em torres instaladas a cada 10 a 30 quilômetros, e as mensagens transmitidas estavam longe de ser confidenciais. Em 1880, essa forma de telégrafo aéreo funcionou pela última vez na Suécia. Quando Chappe, deprimido e convicto de que outros queriam roubar suas idéias, há muito tempo já havia se suicidado. Mas foi o telégrafo elétrico que deu o tiro de misericórdia em seu invento. PGCS

The Mechanical Internet, Futility Closet

A ver com o peixe

:-)

12 junho, 2012

Sobre o Congresso

Leitor, suponha que você seja um idiota; e suponha que você seja membro do Congresso. Não, aí eu estou me repetindo. Mark Twain
Você pode levar um homem ao Congresso, mas não pode fazê-lo pensar. Milton Berle
No Congresso, um homem se levanta, fala e não diz nada. Ninguém escuta. Depois, todo mundo discorda. Leonard Lyons
Dizem que as mulheres falam demais. Quem conhece o Congresso sabe que a obstrução foi inventado pelos homens. Clare Boothe Luce
Falar é barato - exceto quando acontece no Congresso. Cullen Hightower
O Parlamento é composto de homens capazes e de homens capazes de tudo. Henri Béraud
Temos o melhor Congresso que o dinheiro pode comprar. Will Rogers


Durante o meu tempo no Congresso dos Estados Unidos, tomei a iniciativa de criar a Internet. Al Gore
Aqui (na Câmara) o mais bobo enganou 40 mil eleitores e veio para cá. Ulysses Guimarães

Um presente que prende...

Simples, de baixo custo e bastante criativo (até que se banalize). É a sugestão do EM para hoje - Dia dos Namorados:





Brinde
Link para assistir ao slideshow USO CRIATIVO DOS PRENDEDORES DE ROUPAS.

11 junho, 2012

Canindé

É um município localizado na mesorregião do Norte Cearense, cuja população é de cerca de 80 mil habitantes.
Tem como principal evento cultural a festa do padroeiro da cidade - São Francisco das Chagas -, que se realiza no dia 4 de outubro, e que é popularmente conhecida como a Romaria de Canindé.
A cidade possui também a maior estátua de São Francisco de Assis do mundo, que mede 30 metros de altura.
No último dia 6, entrando por Capistrano e passando por Aratuba, fui rever Canindé. Percorrendo cerca de 60 quilômetros, através de uma bem conservada rodovia estadual, a CE-257, que se estende por uma parte do maciço de Baturité. A paisagem ainda é dominada pelo verde, em contraste com o sertão atualmente ressequido.
Em Canindé, hospedei-me no Aquarela Hotel, que fica no centro da cidade, próximo à Basílica de São Francisco das Chagas. ►
No dia seguinte, fui à estação rodoviária buscar Elba que passaria comigo o feriado de Corpus Christi em Canindé.
Deixando o carro no Aquarela, fomos caminhar pela parte histórica da cidade, esticando o nosso passeio até a Praça dos Romeiros e o Zoológico (o neto Matheus aqui foi lembradíssimo).
À tarde, o "Salão dos Milagres" estava fechado. Elba assistiu à missa das 17h na Basílica e, ao final, integrou-se a uma procissão que, descendo pela rua João Pinto Damasceno, passou em frente ao Hotel.
À noite, jantamos no Aquarius. Descartando a hipótese da Barraca Titanic cujo lema é... "só Deus afunda". Credo!
No dia 8, após o café da manhã, retornamos à Fortaleza pela BR-020. Enfrentando cerca de 130 quilômetros de uma rodovia que, em diversos trechos, está a exigir reparos.

Memória
A fome de votos com a vontade de rezar (o ato litigioso religioso que eu perdi em 2010).

Nelson Cunha disse...
Embora não seja religioso, tenho grande admiração por São Francisco e sua humildade adoçada pelo amor aos animais. Sua oração é linda, mas a face mística e esquizoide do santo nunca me interessou. Francisco sempre foi presente em minha vida, a começar por meu pai, um Francisco e não menos santo. Segue-se a isso, o dia em que nasci: 4 de outubro.
Berrei pela primeira vez, pertinho da igreja de São Francisco, em Ouro Preto, belíssima, e nela fui batizado entre choros e mijos, segundo Dona Lindaura.
Tive um jardineiro que ao me ver com a biografia de São Francisco nas mãos, pediu para lê-la: cedi.
Algumas semanas depois, esse rapaz me surpreende ao dizer que ficou tocado pela história do homem chagado e decidiu largar tudo, inclusive a namorada (uma gatinha), e entrar para a Ordem Franciscana.
Esse rapaz, hoje de fios brancos, dirige uma paróquia importante em Nova York. Frei José Carlos ou Cacau, para quem o conheceu imberbe e tem o direito de chamá-lo assim.
Desde que assumiu a paróquia de Saint Rita em Astoria, NY, vem prestando um magnífico trabalho social a ponto de ser homenagado pela Prefeitura como uma das personalidades do ano.
A igreja me perdeu como católico, mas ganhou, às minhas custas, um grande franciscano.
Boa troca, bela troca, santíssima troca.

Um recorde desfeito

"Ciência é muito mais uma maneira de pensar do que um corpo de conhecimentos."
Carl Sagan
Resumo
Nove meses atrás, a equipe do Laboratório Nacional Gran Sasso, na Itália, deixou meio mundo estarrecido ao afirmar que os neutrinos poderiam viajar mais rápido que a velocidade da luz, uma afirmação que entrava em conflito com a Teoria da Relatividade de Einstein. Contudo, antes de enunciar qualquer hipótese, o método científico exigia que se tornasse a repetir a experiência e foi aí que começaram a surgir novas dúvidas. A partir de fevereiro, quando começou-se a perceber que a medição feita pelo equipe do Gran Sasso poderia estar incorreta, devido a um cabo solto em um dos aparelhos de medição. Agora, na 25 ª Conferência Internacional sobre Física de Neutrinos e Astrofísica, realizada em Kyoto, o diretor de Pesquisa do CERN, Sergio Bertolucci, acaba de anunciar que a experiência no Gran Sasso, de nove meses atrás, estava de fato errônea e que, portanto, os neutrinos não viajam mais rápido que a velocidade da luz.
JJ Velasco, ALT1040

10 junho, 2012

O teorema de Pizza

Se você está compartilhando uma pizza com outra pessoa não há necessidade de cortá-la em fatias exatamente iguais. Fazendo quatro cortes em ângulos iguais, através de um ponto arbitrário, e pegando alternadamente as fatias resultantes, ambos vão saborear iguais quantidades de pizza.
Greg Ross, Futility Closet

GOOGLE. Projeto óculos

Paulo,
Em breve estarei receitando óculos assim: um cérebro faminto por trás e um cardápio neles.
Esqueceu o nome do velho conhecido? Bump!!! Fotografe, envie e abrace-o enquanto recebe discretamente a biografia do amigo.
- Olá João !
- E Valéria, sua esposa, como está? Tiaguinho já se formou em Medicina? Olha! Espere um telefonema meu no dia seis de junho, seu aniversário.
Finalmente, amigo Paulo, andaremos sem lenço nem documento. A velha expressão "tenho tudo na palma da mão" será coisa do passado.
Teremos tudo na ponta do nariz.
Óculos? Não saia de casa sem eles.
Nelson José Cunha (oftalmologista em João Monlevade - MG)



+ informações
Trata-se de óculos em que a lente corrige a ametropia (se houver) e ainda funciona como tela onde são projetadas todas as informaçōes solicitadas. Como você vai ver, o comando é por voz. Os óculos estão ligados a web e tambem têm a mesma funcionalidade de uma câmera.
Dito isso, vamos descrever o encontro entre dois amigos, sendo que um deles porta o Google Glass.
O cara esqueceu o nome do amigo, fotografa-o com os óculos, envia a foto para um banco de imagens e enquanto dá o abraço no amigo, recebe discretamente as informações sobre ele. As informações aparecem na telinha só para o usuário. Com elas em frente de si, ele pode chamar o amigo pelo nome, perguntar pela esposa e filho etc.
NJC
A alternativa Alckmin
José Maria Alckmin encontra o filho do eleitor.
- Como vai seu pai, meu filho?
- Meu pai já morreu há muito tempo, doutor Alckmin.
- Morreu pra você, filho ingrato. Porque ele continua vivo em meu coração.
PG
Nelson strikes again
Paulo,
Como você sabe, moro em cidade pequena, 70 mil almas ainda não encomendadas. Quando saio a pé, sou prontamente reconhecido pelo nome. São 35 anos de castigo dentro de um consultório atendendo de A a Z (mais A do que Z).
Na rua, passo por seguidos vexames porque minha memória para nomes beira o nível "Alzheimático" (gostou do neologismo?).
Apelo para a alma do Alckmim, o da anedota, mas o seu truque não funciona mais, as pessoas me desafiam a lembrar seus nomes, acho que apenas pelo prazer sádico de me verem balbuciar. Entrego os pontos, confesso que não me lembro e volto para casa humilhado. Pelo menos ainda sei o caminho de volta.
Até quando, amigo Paulo, até quando?
NJC
Nelson,
No consultório, o problema costuma ter solução. Através da secretária que separa a ficha clínica do cliente que você vai atender. Nela estão todos os dados de que você precisa para entabular uma conversa médico-paciente, como você sabe. Um método que só falha quando a secretária, idem. Aí o macete é você se dirigir ao cliente, perguntando: "Como é o seu nome completo?". E torcer para que ele não seja do tipo chato, daquele que responde assim: "Me diga a parte que você sabe que eu lhe digo o resto". É overdose.
Agora, sendo fora do consultório só com o Google Glass mesmo, Nelson. Enquanto isso, vá lendo esta crônica: Lapsos de memória.
PG
Paulo,
Já uso dessa esperteza. Escuto quando a secretária chama o cliente e assim posso surpreendê-lo tratando-o pelo prenome antes que me entregue o prontuário. Delicio-me com o sorriso de satisfação deles, mas algumas vezes, por não ouvir direito, chamo Samuel de Manuel. Alguns, mais ingênuos, ao sairem, comentam com a secretária que tenho excelente memória. Deus está aí de testemunha de que pequenas e bem intencionadas fraudes não estreitam o caminho do céu.
NJC

09 junho, 2012

"Por favor não apague a luz!"

Foto G1
O jornalista e escritor Ivan Lessa, de 77 anos, morreu nesta sexta-feira (8) em Londres.
Nascido  em São Paulo, em 1935, e criado no Rio de Janeiro, Ivan Pinheiro Themudo Lessa era filho do escritor Orígenes Lessa e da cronista Elsie Lessa.
Em 1969, com Jaguar, Tarso de Castro, Sérgio Cabral, Ziraldo, Millôr e outros fundou "O Pasquim", tornando-se um dos principais colaboradores deste semanário de resistência à ditadura militar no Brasil. Em parceria com Jaguar, criou o ratinho Sig, símbolo da publicação, e era o responsável pela sarcástica coluna "Gip! Gip! Nheco! Nheco!".
Ivan Lessa atuava também como publicitário e colaborou, em períodos diferentes, com vários órgãos de imprensa.
Radicado em Londres, desde 1978, ele escrevia três artigos semanais para a BBC Brasil.
Afamou-se como um grande frasista por seus "desaforismos".

O que já existe neste blog sobre Ivan Lessa
Geek-geek, net-net, O Pasquim e a MPB.

Espingarda ou canhão?

-

Nos séculos 19 e 20, enormes espingardas (como a que você vê na foto acima) chegaram a ser utilizadas para caçar aves aquáticas nos Estados Unidos e na Inglaterra. Geralmente, eram transportadas em barcos.
O barco tinha de ser manobrado por inteiro para se fazer a pontaria. E com um único tiro se conseguia matar mais de cinquenta aves na superfície da água.
Essas armas foram proibidas nos Estados Unidos. Mas, antes disso, os estoques de aves aquáticas selvagens do país já haviam escasseado enormemente.

Inteligência e Engenho. A diferença

1. A caneta esferográfica espacial:
Quando a NASA iniciou o envio de astronautas para o espaço, advertiram que as suas canetas não funcionariam à gravidade zero, dado que a tinta não desceria à superfície onde se desejaria escrever.
Ao fim de 6 anos de testes e investigações, que exigiram um gasto de 12 milhões de dólares, conseguiram desenvolver uma esferográfica que funcionava em gravidade zero, debaixo de água, sobre qualquer superfície incluindo vidro e num leque de temperaturas que ia de abaixo de zero até 300 graus centígrados.
Os russos, por seu lado, ao se depararem com o mesmo problema, descartaram as canetas e, simplesmente, deram lápis às suas tripulações para que pudessem escrever sem problemas.
2. O empacotador de sabonetes:
Em 1970, um cidadão japonês enviou uma carta a uma fábrica de sabonetes de Tóquio, reclamando ter adquirido uma caixa de sabonetes que, ao abri-la, estava vazia. A reclamação colocou em marcha todo um programa de gestão administrativa e operacional; os engenheiros da fábrica receberam instruções para desenhar um sistema que impedisse que este problema voltasse a repetir-se. Depois de muita discussão, os engenheiros chegaram ao acordo de que o problema tinha sido desencadeado na cadeia de empacotamento dos sabonetes, onde uma caixinha em movimento não foi cheia com o respectivo sabonete.
Por indicação dos engenheiros desenhou-se e instalou-se uma sofisticada máquina de raios "X", com monitores de alta resolução, operada por dois trabalhadores encarregados de vigiar todas as caixas de sabonete que saíam da linha de empacotamento para que, dessa maneira, se assegurasse de que nenhuma ficaria vazia. O custo dessa máquina superou os 250.000 dólares.
Quando a máquina de raios "X" começou a falhar ao fim de cinco meses de operação nos três turnos da empresa, um trabalhador da área de empacotamento pediu emprestado um potente ventilador (ventoinha) de 50 dólares e apenas o apontou na direção da parte final da passadeira transportadora. À medida que as caixinhas avançavam nessa direção, as que estavam vazias simplesmente saíam voando da linha de empacotamento, por estarem mais leves.
3. O hoteleiro de NY:
O gerente geral de uma cadeia hoteleira americana viajou pela segunda vez para Seul no lapso de um ano; ao chegar ao hotel onde devia hospedar-se foi recebido calorosamente com um "Bienvenido nuevamente señor, que bueno es verlo una vez más en nuestro hotel". Duvidando de que o recepcionista tivesse tão boa memória e surpreendido pela recepção, propôs-se que - no seu retorno a New York- imporia igual sistema de tratamento ao cliente na cadeia hoteleira que administrava.
No seu regresso convocou e reuniu todos os seus gerentes pedindo-lhes para desenvolver uma estratégia para tal pretensão. Os gerentes decidiram implementar um software de reconhecimento de rostos, base de dados atualizada dia-a-dia, câmaras especiais, com um tempo de resposta em microssegundos, assim como a pertinente formação dos empregados, etc., cujo custo aproximado seria de 2.5 milhões de dólares.
O gerente geral descartou a ideia devido aos elevados custos. Meses depois, na sua terceira viagem a Seul, tendo sido recebido da mesma maneira, ofereceu uma boa gratificação ao recepcionista para que lhe revelasse como o faziam.
O recepcionista disse-lhe então: “Repare senhor, aqui temos um acordo com os taxistas do aeroporto; durante o trajeto eles perguntam ao passageiro se já antes se hospedou neste hotel, e, se a resposta é afirmativa, eles, à chegada ao Hotel, depositam as malas do hóspede do lado direito do balcão de atendimento. Se o cliente chega pela primeira vez, as suas malas são colocadas do lado esquerdo. O taxista é gratificado com um dólar pelo seu trabalho"

Fontes:  Amigos do Freud, Casa da Çogra, Na trilha da vida, Abaciente etc. Texto revisado.

08 junho, 2012

MEMÓRIA. A tragédia de Aratanha

Há exatos trinta anos um Boeing 727-200 da Vasp colidia com a Serra de Aratanha, em Pacatuba. Esse acidente, que aconteceu às 2h45 do dia 08/06/1982, resultou na morte de todos os passageiros (128) e tripulantes (9) do avião do voo 168. A razão do acidente foi um erro do piloto.

Como aconteceu

EUA. Gratuidades em Saúde

:-)

Se você não pode pagar um médico, 
vá a um aeroporto: 
vai conseguir grátis uma radiografia e um exame de mama; 
agora, se você mencionar Al-Qaeda
vai ter uma colonoscopia também grátis.

Ver também...

Piadas de cruzamentos

Ainda valem as piadas de cruzamentos tais como: "Cruzou um periscópio com uma cabra e conseguiu um bode expiatório"?
Então, tá.
  • Cruzou um espanador com um balão meteorológico e obteve um condor.
  • Cruzou o vento fresco com a mata virgem e nasceu essa gracinha aí. ►
  • Cruzou um + com um x e obteve um asterisco.
  • Cruzou uma fita cassete com uma caneta esferográfica e criou uma fita que rebobina sozinha. (*)
  • Cruzou um papagaio com uma paca e obteve um pássaro que fala paca.
  • Cruzou um elefante com uma anta e conseguiu uma elefanta com tromba "M".
  • Cruzou a Ipiranga com a Avenida São João e alguma coisa aconteceu em seu coração.
(*) Um resultado compreensível para os leitores de minha geração.

07 junho, 2012

Um cartão de visita minimalista

Apenas uma linha para incluir as principais informações de contato, exceto o número de telefone.


Minimal Card Business Design

 Postagens relacionadas: O cartão verde, Um cartão criativo e Bem bolado.

Canindé - CE

O logo da Cochrane

Os objetivos globais e os principais processos científicos da Colaboração Cochrane estão presentes em seu  logotipo. O círculo formado pelo "C" de Cochrane e pelo "C" de Colaboração, numa imagem em espelho, reflete a colaboração internacional que faz o trabalho da entidade ser relevante em escala global. A parte interna do logotipo ilustra uma revisão sistemática de sete ensaios clínicos randomizados (ECR) que comparam os resultados de tratamentos com placebos. Cada linha horizontal representa os resultados de um ensaio  e o "diamante" representa os resultados combinados. A linha vertical indica a posição em torno da qual as linhas horizontais se agrupariam se os tratamentos comparados nos estudos tivessem efeitos semelhantes; se uma linha horizontal tocar a linha vertical, significa que uma observação especial não encontrou nenhuma diferença clara entre os tratamentos. A posição do diamante para a esquerda da linha vertical indica que o tratamento estudado é benéfico. Linhas horizontais ou um diamante à direita da linha mostram que o tratamento fez mais mal do que bem.
Este diagrama mostra os resultados de uma revisão sistemática de ECRs de um curso de curta duração de corticosteróide administrado a mulheres prestes a dar à luz prematuramente. O primeiro desses ECRs foi relatado em 1972. O diagrama resume a evidência que teria sido revelada se os ECRs disponíveis tivessem sido revistos sistematicamente. Uma década mais tarde, indicariam fortemente que o corticosteróide reduziria o risco de os bebês morrerem das complicações da imaturidade. Em 1991, mais sete ensaios tinham sido relatados, e a imagem se tornou ainda mais forte. Este tratamento, por conseguinte, teria reduzido de 30 a 50 por cento a probabilidade de os bebês dessas mulheres terem morrido devido a complicações da imaturidade.
Porque nenhuma revisão sistemática desses estudos fora publicada até 1989, a maioria dos obstetras não havia percebido que o tratamento seria tão eficaz. Como resultado, dezenas de milhares de bebês prematuros provavelmente sofreram (necessitando de tratamentos mais dispendiosos) ou morreram desnecessariamente . Este é apenas um dos muitos exemplos dos custos humanos que podem resultar da falta de revisões sistemáticas nos ensaios clínicos da área da saúde.

Fonte: www.chocrane.org
Canindé - CE

06 junho, 2012

Um banco de parque para adolescentes

Não é o parque, é o banco que é especial para adolescentes.
Os adolescentes de uma cidade alemã, no sudoeste de Eppelheim, gostam de sentar-se como fazem os adolescentes de outras partes do mundo. Colocam seus traseiros gordos no topo dos bancos enquanto vão emporcalhando os bancos com seus sapatos sujos.
Havia muitas queixas dos moradores da cidade. O prefeito Dieter Moerlein, então, teve a ideia de mandar colocar um assento especial no topo dos bancos. Com isso, já despertou o interesse de outras cidades da região, as quais agora pensam em "importar" a solução.
Aqui está o prefeito demonstrando a sua invenção:

J-Walk Blog
Poderá também gostar de ver...
E por falar em roda..., Soluções tecnológicas - 2, Móveis tipográficos e Nas coxas

Como soube?

Itapiúna - CE
Paulo,
Lamento chegar com os meus cumprimentos depois do Google. A grande diferença é a sinceridade das felicitações. A deles é tão sincera quanto a de um poste. Se alguma empresa ou político quiser perder minha simpatia, é só lembrar do meu aniversário.
Parabéns.
Nelson Cunha

Registro e agradeço as felicitações de aniversário feitas por Luciano Gurgel (e-mail), José Luiz e Cecilia (e-mail), Marcelo Gurgel (e-mail), Winston Graça (e-mail), Celina Corte (e-mail), Maristane e Moacir Macedo (iPhone), Érico de Macedo (celular), Elany Moreira (Twitter) e pelo colaborador Nelson Cunha (comentário). 

When I'm Sixty-Four



When I get older losing my hair,
Many years from now.
Will you still be sending me a Valentine.
Birthday greetings bottle of wine.
If I'd been out till quarter to three.
Would you lock the door.
Will you still need me, will you still feed me,
When i'm sixty-four.
You'll be older too,
And if you say the word,
I could stay with you.
I could be handy, mending a fuse
When your lights have gone.
You can knit a sweater by the fireside
Sunday morning go for a ride,
Doing the garden, digging the weeds,
Who could ask for more?
Will you still need me, will you still feed me
When I'm sixty-four.
Every summer we can rent a cottage,
In the Isle of Wight, if it's not too dear
We shall scrimp and save
Grandchildren on your knee
Vera, Chuck and Dave
Send me a postcard, drop me a line,
Stating point of view
Indicate precisely what you mean to say
Yours sincerely wasting away
Give me your answer, fill in a form
Mine for evermore
Will you still need me, will you still feed me
When I'm sixty-four?

O Senhor dos Exércitos

E o Sol se deteve, e a Lua parou, até que o povo se vingou de seus inimigos...


O discurso de Cortés no México
Soldados de España.
Antes que todo, hay que pelear!
A los galeones, yo los hice hundir para sacar de vosotros la veleidad de volver.
Hay que pelear con las armas en la mano y, se vos la rompieren en recio combate, con puñetazos y puntapiés.
Y cuando vos rompieren los brazos y las piernas, hay que no olvidar los dientes.
Y, se habiendo hecho eso, la muerte llegar, que los de adelante, al caer, lo hagan de través, para que los otros usen sus cuerpos como anteparas.
Pero no habréis, con eso, dado toda la medida de la devoción que de vosotros espero por el-Rey y la Cristiandad.
Non! Hay más.
Lo que vuestra bravura y grandeza de vivos no haya conseguido, que, por lo menos, lo haga el mal olor de vuestros cadáveres, empestando el aire y haciendo daño a los enemigos de España.
Adelante, por Dios y Santiago!

05 junho, 2012

Uma marca sem logo

Quem não ouviu falar dessa marca?
Já existe desde 1935 e coloca-se à altura de outras marcas famosas como a Coca-Cola e a Nike.
No entanto, a empresa responsável não adota uma logomarca.
Bem, talvez porque essa empresa, confiando na excelência de seus produtos, não precise mesmo de uma logomarca.

Jubileu de Diamante

£ 36 por ano para cada um de nós, 60 anos e... contando.
Um desperdício de nosso dinheiro, um símbolo de uma sociedade saudável (sic) ou uma atração turística lucrativa?
O que você acha?

Espero não perder minha cabeça por este desenho:

elizabeth ii