30 novembro, 2010

O Plano

Post patrocinado

blogdopg
EntreMentes Itapiúna - CE

B ou 13?

O B/13 permanece exatamente no centro da figura durante a animação, mas o cérebro o lê de acordo com o contexto. PG


Num seminário de distribuidores de combustíveis, em que o tema era a moralização do setor, nos banners, cartazes e crachás do encontro havia a foto de um posto de gasolina com a logomarca verde e amarela. Nenhum dos participantes do seminário (eram cerca de 220) atentou para alguma coisa estranha na imagem. E, só no final do encontro, é que anunciaram que aquela foto não era da BR Distribuidora, como todos acreditavam, e sim de uma tal 13R Distribuidora, que vinha astuciosamente confundindo os consumidores. EntreMentes

blogdopg

29 novembro, 2010

Aviso de fraude. Cartões de crédito

TODA VEZ QUE VOCÊ USAR SEU CARTÃO DE CRÉDITO,
CUIDADO COM ESSE MODELO DE MÁQUINA!

CASO REAL!!!

POR FAVOR GENTE, CUIDADO!!!
ESTA MAQUINA LIMPOU TODO O DINHEIRO DA MINHA CONTA, MESMO!

As fraudes podem ser feitas com qualquer cartão:
VISA, MASTERCARD, AMEX, GOOD CARD e AMERICAN.

Por isso, desconfie de máquinas como esta
em que pode haver um truque muito bem montado.
Este modelo de máquina foi confirmado por especialistas
como sendo o que mais dinheiro tira dos usuários!

Nelson Cunha

Onde o dia é mais longo do que o ano


A velocidade de rotação de Vênus sobre o seu eixo é tão lenta que o planeta leva mais tempo para girar em torno de si mesmo do que ao redor do Sol, com o que se pode dizer que por lá o dia dura mais do que o ano.

28 novembro, 2010

O quarto de Ames

O truque, neste quadro, é que o quarto é realmente muito mais profundo e mais alto no lado esquerdo e, assim, faz o cara deste lado parecer pequeno. Enquanto o cara do lado direito, por estar mais à frente e no lado menor do quarto (que tem a forma trapezoidal), dá a impressão de ser enorme. No entanto, ambos apresentam o mesmo tamanho.
O quarto foi construído, pela primeira vez em 1946, pelo oftalmologista norte-americano Adelbert Ames Jr. Uma ressalva nesta ilusão de óptica é que ela só funciona se o espectador se colocar em um ponto específico.


Na Natureza, há um pássaro que explora esse tipo de truque para conquistar a fêmea. Ver isso em Perspective of a bird, Creature.Cast.

Vídeo

Antibióticos: só com receita sob retenção na farmácia

A partir de hoje (28/11), os antibióticos vendidos nas farmácias e drogarias do país só poderão ser entregues ao consumidor mediante receita de controle especial em duas vias. A primeira via ficará retida no estabelecimento farmacêutico e a segunda deverá ser devolvida ao paciente com carimbo para comprovar o atendimento.
A nova norma da Anvisa definiu, também, o prazo de validade para essas receitas, que passa a ser de 10 dias, devido às especificidades dos mecanismos de ação dos antimicrobianos. E os prescritores devem estar atentos, para a necessidade de entregar, de forma legível e sem rasuras, as duas vias do receituário especial a seus pacientes.
Isto vale para mais de 90 substâncias antimicrobianas, que abrangem todos os antibióticos com registro no país, com exceção dos que têm uso exclusivo em ambiente hospitalar. O objetivo da Anvisa, ao ampliar o controle sobre esses produtos, é contribuir para a redução da resistência bacteriana na comunidade.

A íntegra da resolução da Anvisa.

27 novembro, 2010

A Recriação de Adão

Este mural, próximo a um elevador, é uma cópia (parcial) de um dos afrescos que Michelangelo pintou no teto da Capela Sistina.


Na presente reprodução foi intencional o dedo de Deus chegar até o botão do elevador. É para que, ao chamá-lo (o elevador), a pessoa se sinta no papel de Adão.

♪Outras canções que você mixou para mim♪

♪Existem praias tão lindas, cheias de luz... do sol, que a brisa beija e traduz...♪
♪As vezes no silêncio da noite, eu fico imaginando nós dois... 3, 4, 5, 6, 7, 8, tá na hora de molhar o biscoito.♪
♪Olha, que coisa mais linda, mais cheia de graça, é ela, menina... veneno, o mundo é pequeno...♪
♪A minha alma está armada e apontada para a cara...Quero ver quem paga, pra gente ficar assim.♪
♪ Sou caipira, pira, pora... Nossa Senhora, me dê a mão, cuida do meu coração... ♪
♪Ó patria amada, idolatrada, salve... Salve o Corinthians, o campeão dos campeões.♪
♪ Mudaram as estações, nada mudou, mas eu sei que vou te amar, por toda a minha vida vou te amar.♪
♪Andar com fé eu vou... eu vou, pra casa agora eu vou.♪
♪Garçom, aqui nessa mesa de bar, você já cansou de escutar centenas de casos de amor... I love you, amor, I love you...♪
♪No dia em que eu saí de casa, minha mãe me disse: Diga onde você vai, que eu vou varrendo...♪

26 novembro, 2010

Exames de vista pelo celular

"Estou preocupado agora com o meu futuro profissional.
Ser trocado por um AIPODE é a suprema humilhação."
Ver a notícia que deixou o oftalmologista Nelson Cunha com os cabelos cílios em pé:
Catarinense desenvolve gadget de dois dólares que, acoplado ao telefone celular, é capaz de dizer se uma pessoa precisa de óculos ou não. (Mariana Lucena, revista Galileu)


Ilustração: Tiago Allen

AI, meu Deus. PODE isso?
- Não se afobe não, Nelson. O teste de triagem pelo gadget vai é aumentar a fila dos portadores de vícios de refração nos consultórios oftalmológicos. E a grande "concorrência" vai continuar por parte das biroscas, onde o cliente, após experimentar o estoque de óculos da casa, escolhe - por aproximação - aqueles que vai usar. PG

Disputas curriculares

Ele, na frente dos amigos, gostava de contar vantagens. Uma delas era o controle que imaginava ter sobre a mulher, uma paulista de aparência frágil. E, para que a mulher se mantivesse enquadrada, ele sempre se utilizava de um argumento irretorquível: o curriculum vitae. Aqui entendido o currículo como uma larga experiência de vida, firmada em vários casamentos anteriores.
Se casar fosse construir o andar de um edifício, ele já estava na quarta laje. Podendo ir para a quinta, conforme.
Um dia, porém, o curriculum vitae, mil vezes lembrado, foi afrontado pela mulher. A qual, não suportando mais tanta hegemonia do marido na relação conjugal, anunciou alto na roda:
- Também mostro o meu...
Epa! Então a mulher teria algo equivalente em seu passado (que não lhe fora antes revelado), e do qual poderia criar forças para derrotá-lo já no primeiro assalto?! E nem precisou perguntar como seria o tal currículo, pois ela, abrindo a bolsa, foi logo mostrando-o para todos.
- Está aqui. É uma passagem aérea para São Paulo. Só de ida.
PGCS

25 novembro, 2010

Tirocínio



O bom soldado
não é o que morre
pela pátria,
mas é o que faz
o soldado inimigo
morrer pela pátria
dele.

O ser humano infectado por vírus da informática

Parece utópico, mas Mark Gasson pode ser considerado como o primeiro ser humano infectado por um vírus de informática. Gasson, um cientista da University of Reading's School of Systems Engineering (Inglaterra), tem um chip implantado em uma das mãos, a qual ele usa para ativar telefones móveis e atravessar portas de segurança.
Em experimentos, o cientista demonstrou que o chip nele implantado, como qualquer dispositivo do gênero, pode ser infectado por um vírus de informática. E que o chip, nessa situação, torna-se capaz de transmitir esse vírus para sistemas externos.
Isto serve para alertar os cientistas sobre a vulnerabilidade dos implantes biotecnológicos, um dos horizontes mais ambiciosos da medicina, dentre os quais estarão futuramente incluídas as sofisticadas versões dos marcapassos cardíacos e implantes cocleares. Uma infecção em um chip implantado em ser humano põe em risco o funcionamento, não somente de uma unidade em questão, mas de todo o ambiente tecnológico em que estas funcionam.

BBC News e ALT1040
Postagem n°. 220 do Acta Pulmonale

24 novembro, 2010

Cartões de visita criativos

Os cartões de visita podem ser bem mais criativos do que o que aparece na capa deste slideshow.

III Lançamento Coletivo de Livros

A Universidade Estadual do Ceará (UECE) realiza hoje (24/11), no Campus do Itaperi, o III Lançamento Coletivo de Livros da EdUece.
Entre as obras, constam dois títulos de autoria de Marcelo Gurgel: “Falando com Arte: os meus, os seus, os nossos discursos” (relançamento) e “Tempos de Guerra e de Paz: ensaios da vida”, sua mais nova produção literária.

Data: 24 de novembro de 2010 (quarta-feira), às 17h.
Local: Auditório Paulo Petrola – Reitoria da Uece (Campus do Itaperi).

23 novembro, 2010

Um problema para Houston


"O sistema de navegação não responde mais. Por que não desligamos tudo e a seguir reiniciamos?"
(astronauta em apuros querendo usar a SOLUÇÃO UNIVERSAL)





A propósito
"Houston we have a problem" é o nome desta camisa da Public Domain, a qual curiosamente prega o aviso que "All designs are the exclusive copyrighted property of Public Domain Clothing."

Bagunça

Médico para a enfermeira:

- De quem é essa boquinha?
- Não sei!
- De quem é esse narizinho?
- Não sei!
- De quem é essa orelhinha?
- Não sei!
- É... você tem razão...este necrotério está mesmo uma bagunça!

22 novembro, 2010

La frase del año

"En el mundo actual, se está invirtiendo cinco veces más en medicamentos para la virilidad masculina y silicona para mujeres que en la cura del Alzheimer. De aquí a algunos años, tendremos viejas de tetas grandes y viejos con pene duro, pero ninguno de ellos se acordará para que sirven".


Esta frase la ha dicho el ganador del Nobel de medicina, el oncólogo brasileño Drauzio Varella.

Esta declaração, que vem tendo ampla divulgação nos blogs e e-mails da Espanha, foi-me encaminhada por Nelson Cunha (que tem laços de família no país ibérico). Mas o colega, eu e toda a torcida do Fluminense sabemos que o autor dela, o simpático Dr. Drauzio, jamais recebeu a honraria citada. Nem qualquer outro brasileiro.

21 novembro, 2010

Navegando com o Google Chrome

O cartunista Caldwell Tanner sugere que os web browsers podem ser comparados a alguns meios de transporte.
O leitor concorda com as descrições que ele faz?

Agora, os motivos por que navego com o Google Chrome:
  1. um bom computador merece um bom browser;
  2. um computador ruim precisa de um bom browser.
Minha opinião é a de um não especialista, ressalvo.


Dica
O Google Chrome inclui um visor integrado ao navegador que vem desativado. Para ativá-lo siga três passos simples:
Escrever about:plugins na barra de endereço.
Buscar Chrome PDF Viewer.
Ativá-lo.
Não é necessário reiniciar o navegador. Ao clicar em link a um arquivo PDF, este passa a ser visto na mesma janela, sem necessidade de ser descarregado e aberto num programa externo.

Stormtroopers em lua-de-mel

Eles não estão sempre lutando sob as ordens do Inpério Galático. São também seres extremamente sensíveis: apaixonam-se, casam-se e vão para a lua-de-mel em um lugar com cataratas. Como qualquer casal que sonha em um dia ter seus clones.
Se duvidam, olhem para a fotografia abaixo:

20 novembro, 2010

♪Bohemian Rhapsody♪

É uma canção composta por Freddie Mercury, gravada originalmente pela banda Queen em 1975. Possui uma estrutura musical incomum para a música popular, o que a faz ser considerada, por muitos, uma obra de rock progressivo. Em 2008, uma pesquisa realizada com 10 mil pessoas no Reino Unido escolheu "Bohemian Rhapsody" como a melhor canção pop de todos os tempos.
Aqui, na multiinstrumental e multivocal interpretação de MisteryGuitarMan: o músico e videomaker Joe Penna, que o blog já mostrou em Resumo da ópera.

Penso, logo cito - 22

Sócrates e Veríssimo:


"Conhece-te a ti mesmo,
mas não fiques íntimo."



Sócrates (o grego) deu o passe, Veríssimo (o gaúcho) finalizou a jogada.

19 novembro, 2010

Terra: instruções de segurança


O que devemos fazer em caso de emergência climática?

O escritor de assuntos científicos Eli Kintisch, que escreveu um livro sobre as controvérsias da ciência em como usar a tecnologia para controlar os efeitos da mudança climática, tem novidade nesta área.
Ele reuniu, num pequeno e interessante guia baseado em Flash, algumas das propostas originadas da geoengenharia sobre o que devemos fazer. E as apresenta em um folder de instruções de segurança, à semelhança dos que existem a bordo dos aviões.

Criar GIFs animados

A partir de um vídeo do YouTube você pode criar uma imagem no formato GIF - com animação! Existe na internet uma ferramenta, o GIFSoup, que possibilita fazer isso.
Mas não sei se vou aderir a esse recurso para ilustrar minhas postagens. Já tenho uma antiga pendência com os GIFs animados (antes era apenas com os cães soltos pela cidade).

Espirro

Cavalo de Troia

A verdadeira história da Arca de Noé.
Nelson José Cunha
Consultei uma edição apócrifa do Velho Testamento e recolhi algumas revelações surpreendentes. O dilúvio era iminente quando Noé deu a ordem para o embarque. Um Cavalo de Troia deslizou rampa acima para constrangimento dos presentes. Exibia seu apetrecho masculino em riste pouco modesto quanto às dimensões ou rigidez intrínseca. Sua natureza celulósica não lhe permitia a flacidez comportada como a dos demais machos.
Havia, como se sabe, grande limitação de espaço e a Arca não poderia tolerar nascimentos durante a viagem. Uma das regras de bordo era, portanto, a castidade. A exposição pública da ferramenta do pecado não tardou a incendiar a libido das fêmeas embarcadas. Contra aquela acintosa impudicícia, o comandante Noé determinou a intervenção do Doutor Pica Pau que desmembrou, a bicadas, o gigantesco falo de ébano. A peça cavalar foi atirada em seguida ao casal de cupins que já se preparava para devorar o casco bíblico. Poucos sabem, mas a diversidade biológica atual deve muito ao caráter magnânimo do Cavalo de Troia que, com sacrifício pessoal, preservou a flutuabilidade da embarcação.
Durante os 377 dias do dilúvio, as fêmeas tiveram que se contentar com o nariz do Pinóquio. O filho emadeirado de Gepeto estava sempre rodeado por elas que cobravam mais e mais mentiras para se extasiarem com seus crescentes efeitos. Vem daí o valor erótico das mentiras contadas em rodas de amigos onde o verbo mais conjugado é o "jácumi".
O trajeto até o monte Ararat transcorreu sem sobressaltos até o desembarque. Quando se percebeu que o interior do Cavalo de Troia estava repleto de chineses em processo acelerado de reprodução. Todos iguaizinhos devido à consanguinidade. A superpopulação chinesa atual, suas faces estereotipadas, seus olhos apertadinhos pela escuridão do esconderijo e seu proverbial apreço pela ciência do contrabando estão sobejamente justificados pela epopeia diluviana.
A ausência de descendentes dos famosos Cavalos de Troia está debitada ao apetite feroz do casal de cupins e ao desprendimento do equestre de ébano. Restaram, entretanto, poucos exemplares de outros cavalos: os eletrônicos, como os Trojan Horses, e os de Balanço, por exemplo, que embora não tenham sido emasculados durante o dilúvio, demonstraram pouco interesse pelas fêmeas da espécie. Animais que estão sempre meneando a cabeça afirmativamente ao interesse dos cavaleiros em usá-los. Desconfio do seu fervor masculino porque adoram um selim bordado. Sem querer ofendê-los:
- Uns maricas, esses cavalos rendados!

Nota do Editor
A Arca de Noé, subdimensionada para a quantidade de bichos que tinha de salvar, fez milagres. Mas, quanto a  transportar o Cavalo de Troia e os cupins, continuo achando que exagerou. Trojan Horses e cupins só servem para nos criar problemas. Concordo, porém, com o autor do texto em sua conclusão sobre a preferência sexual do Cavalo de Balanço. Mas, Nelson, você esqueceu de citar o Cavalo de Carrossel. PGCS

18 novembro, 2010

"Fazendas de papagaios"

Devido à intensidade do tráfico de animais, principalmente de psitacídeos, estas "fazendas" foram criadas.
Um casal de papagaios vive a vida inteira junto, não se separa; a separação só ocorre quando há a morte de um deles, caso contrário viverão por mais de SETENTA/OITENTA anos juntos, em fidelidade total.
Quando um casal escolhe o seu ninho para reprodução, o ninho escolhido também tende a ser para o resto da vida, salvo se o mesmo for destruído. O homem, observando e usando sua inteligência e "racionalidade" em prol do mal, aprendeu que um casal choca seus ovos todos os anos no mesmo ninho.
Em posse desta descoberta, por que destruir o ninho? Afinal, aquele casal e aquele ninho serão fonte de renda por muitos anos... bastando, para isso, o apanhador/traficante de filhotes realizar um mapeamento dos ninhos em determinada região e, na época de reprodução da espécie, observar o período de incubação e nascimento dos filhotes. Depois, é só retirar os mesmos dos ninhos e aguardar a próxima "safra".
Papai e mamãe papagaios servem apenas de máquina reprodutora de filhotes, para atender à GANÂNCIA DE GENTE INESCRUPULOSA. Jamais poderão ver seus filhotes crescerem.
É desta forma que são criadas as "fazendas de papagaios", onde traficantes detêm a "propriedade" sobre os ninhos desta ave, bastando todo ano apenas se dar ao trabalho de tirar os filhotes e vendê-los.

17 novembro, 2010

Primus inter pares

O primeiro entre os iguais, aqui por uma razão apenas cronológica. Porque EntreMentes veio antes de Preblog, Linha do Tempo, Acta Pulmonale, Slideshows do PG...
Tirem as reticências. Depois de semear tantos blogs na blogosfera, o editor fez sua vasectomia.
E para não importunar os leitores comemorando muitos aniversários, a cada ano, consolida todos eles em 18 de novembro, a data em que há 4 anos surgia EntreMentes.
Parabéns, meus folhetins eletrônicos.

Para que serve isto?


Descansar a cabeça e controlar à distância o televisor.
É uma inusitada combinação de almofada com controle remoto de televisão e pode vir a ser o objeto dos sonhos do Gansolino.
Vendida a 30 dólares na Brookstone.
Consumo de energia: 0 cal.

16 novembro, 2010

O centenário de Raquel de Queirós

Se viva estivesse Raquel de Queirós(*) completaria hoje cem anos de idade.
Nascida em Fortaleza, a 17 de novembro de 1910, Raquel foi escritora, dramaturga, tradutora e jornalista.
Aos vinte anos, ficou nacionalmente conhecida ao publicar "O Quinze", romance que mostrava a luta do povo cearense contra a seca e a miséria. Demonstrando preocupação com questões sociais e hábil na análise psicológica de seus personagens, a autora teve um papel de destaque no desenvolvimento do romance nordestino.
Foi primeira mulher a ingressar na Academia Brasileira de Letras e também a primeira a ser galardeada com o Prêmio Camões, o Nobel de Literatura do mundo lusófono.
Além de "O Quinze", destacam-se em sua vasta obra "As Três Marias", "Dora, Doralina" e "Memorial de Maria Moura". E vários de seus livros foram adaptados para o cinema e a televisão.
Faleceu no Rio de Janeiro em 4 de novembro de 2003.

Ilustração: Detalhe da estátua em tamanho natural de RQ, sentada num banco da Praça General Tibúrcio (Praça dos Leões), em Fortaleza.

(*) A grafia original do nome da biografada, Rachel de Queiroz, deve ser atualizada para Raquel de Queirós, conforme a onomástica estabelecida a partir do Formulário Ortográfico de 1943, por seguir as mesmas regras dos substantivos comuns (Academia Brasileira de Letras – Formulário Ortográfico de 1943). Tal norma foi reafirmada pelos subsequentes Acordos Ortográficos da língua portuguesa (Acordo Ortográfico de 1945 e Acordo Ortográfico de 1990). A norma é optativa para nomes de pessoas em vida, a fim de evitar constrangimentos, mas após seu falecimento torna-se obrigatória para publicações, ainda que se possa utilizar a grafia arcaica no foro privado (Formulário Ortográfico de 1943, IX). Wikipédia

Telha de Vidro
Raquel de Queirós
Quando a moça da cidade chegou
veio morar na fazenda,
na casa velha...
Tão velha!
Quem fez aquela casa foi o bisavô...
Deram-lhe para dormir a camarinha,
uma alcova sem luzes, tão escura!
mergulhada na tristura
de sua treva e de sua única portinha...

A moça não disse nada,
mas mandou buscar na cidade
uma telha de vidro...
Queria que ficasse iluminada
sua camarinha sem claridade...

Agora,
o quarto onde ela mora
é o quarto mais alegre da fazenda,
tão claro que, ao meio dia, aparece uma
renda de arabesco de sol nos ladrilhos
vermelhos,
que — coitados — tão velhos
só hoje é que conhecem a luz do dia...
A luz branca e fria
também se mete às vezes pelo clarão
da telha milagrosa...
Ou alguma estrela audaciosa
careteia
no espelho onde a moça se penteia.

Que linda camarinha! Era tão feia!
— Você me disse um dia
que sua vida era toda escuridão
cinzenta,
fria,
sem um luar, sem um clarão...
Por que você na experimenta?
A moça foi tão bem sucedida...
Ponha uma telha de vidro em sua vida!

Ensinem a Controvérsia

Depois de muitos anos tentando ensinar mitos, em aula de ciências nos EUA, os criacionistas adotaram um slogan: “Teach the Controversy” (Ensinem a Controvérsia). Sabendo dessa campanha, Jeremy Kalgreen desenhou camisetas em que ironiza a ideia de que a controvérsia deve ser ensinada.

15 novembro, 2010

Fazendo cera

O escritor e acadêmico José Maria Pemán escreveu no Livro de Honra do Museu de Cera de Madri o seguinte:
"Cuando se le rompían las narices a una estatua griega se la reponían en cera. De ahí viene la palabra sin cera para nombrar la verdad."

Malba Tahan
O escritor brasileiro Malba Tahan, para explicar a origem da palavra sincera, recorreu a esta descrição:
"A palavra sincera foi inventada pelos romanos.
Eles fabricavam certos vasos com uma cera especial.
Essa cera era, às vezes, tão pura e perfeita que os vasos se tornavam
transparentes.
Em alguns casos, chegava-se a se distinguir um objeto, um colar, uma
pulseira ou um dado, que estivesse colocado no interior do vaso.
Para o vaso assim, fino e límpido, dizia o romano vaidoso:
- Como é lindo!!! Parece até que não tem cera!
"Sine cera” queria dizer "sem cera", uma qualidade de vaso perfeito,
finíssimo, delicado, que deixava ver através de suas paredes da antiga
cerâmica romana.
O vocábulo passou a ter um significado muito mais elevado.
Sincero, é aquele que é franco, leal, verdadeiro, que não oculta, que não
usa disfarces, malícias ou dissimulações."


Comentário
Fora do contexto de vasos e estátuas, há o funcionário abelha: aquele que quando não está voando está fazendo cera. E que, por se achar um workaholic, não é nem um pouco sincero. PGCS

Sam, Samantha, Charles...

Em 1987, o empresário Sam Hashimi, casado e com filhos, transformou-se na decoradora Samantha Kane. Para obter essa transformação, gastou 100 mil dólares em uma operação de mudança de sexo. O resultado foi tão convincente que Samantha não teve dificuldades para atrair homens e chegou a ser noiva de um rico fazendeiro. Em 2004, arrependida da mudança e pressionada pelo afastamento dos filhos, ela decidiu retornar ao papel masculino. Submeteu-se a três operações, ao custo de 25 mil libras, que a transformaram em Charles Kane. Nesta última situação, conheceu a bela Victoria Emms que já aceitou a sua proposta de casamento.
Nelson Cunha, que me enviou esta notícia por e-mail, comentou:
"Acho que ele deveria ter ficado com os dois sexos. Talvez seja este o futuro da humanidade: De dia Maria, de noite João. Na cama se faz um par ou ímpar e se decide qual a ferramenta vai usar: a faca ou a bainha. Os mais afoitos usariam os dois ao mesmo tempo, seria o máximo da sacanagem. Como é seu nome meu bem? Maria José. E o seu? José Maria. Os seios seriam infláveis: Com peito ou sem peito meu bem? Com peito. Quantas libras? 15 libras tá bom."
Em outro e-mail, Nelson tornou a comentar o assunto:
"Na mitologia grega, o profeta Tirésias (de Tebas) foi mulher por 7 anos. Perguntado em que sexo obtinha mais prazer, Tirésias respondeu que era sendo mulher. Sua esposa Hera ficou indignada com a resposta e o cegou. Foi daí que Zeus, como compensação, deu a Tirésias o poder da profecia."

É próprio do ser humano ter dúvidas. Eu, por exemplo, fiquei na maior dúvida... sobre a foto que ficaria melhor nesta postagem: a de Sam, a de Samantha ou a de Charles?  E acabei não colocando nenhuma para ilustrá-la. Ora, vão vê-las no MailOnline onde está a reportagem. PGCS

14 novembro, 2010

Hinos brasileiros


Qual destes hinos brasileiros apresenta em sua letra o nome "Tiradentes"?
  1. Hino Nacional Brasileiro
  2. Hino da Independência
  3. Hino à Bandeira Nacional
  4. Hino da Proclamação da República
Link para conferir a resposta.
Link para baixar o áudio do hino.

Aula de linguagem corporal - 2

:-)

13 novembro, 2010

Fisioterapia (por) animal

À sobrinha Larissa Gurgel Adeodato, que é médica veterinária.
Especializada em Fisioterapia dos Pequenos Animais, ela é quem poderá dizer se este gatinho (no vídeo) entende mesmo de fazer massagem.

Arca de Troia

NOÉ RECEBE OS CAVALOS DE TROIA EM SUA ARCA


NÃO SABIA AS CONSEQUÊNCIAS QUE IA ARCAR

23/03/2012 - Atualizando...
Livro imperdível: The Impossible Voyage of Noah's Ark

12 novembro, 2010

Oi

Essa jovial forma de saudação entre duas pessoas tem duas versões.

Oi - a versão masculina


Oi - a versão feminina

11 novembro, 2010

"Pílulas do mato"

Minha avó Almerinda costumava fazer referências a elas. Eram muito populares e, nos meus tempos de menino em Otávio Bonfim, podiam facilmente ser compradas nas mercearias do bairro. Mas não tinha a menor ideia para que as tais "pílulas do mato" serviam. E se persisti nessa ignorância foi porque jamais perguntei isso à minha avó.
Muitos anos depois, ao trabalhar como médico no Hospital de Messejana, vim a conhecer Dr. Jorge Matos. Uma grande figura humana que chefiava o serviço médico-assistencial da instituição. Corrigiu-me ele o nome do medicamento: de "pílulas do mato" para... "Pílulas do Cirurgião Dr. Matos", explicando-me ter sido esse cirurgião um bisavô dele.
Foi em 1846 que Dr. Mattos desenvolveu as pílulas que levam o seu nome, ao fazer uma associação da "cabacinha" com a "batata-de-purga", plantas que ele colhera no Sítio Alagadiço Novo de propriedade do Senador Martiniano de Alencar. E elas foram, por muitos anos, o fitoterápico de maior preferência no meio rural do Norte e Nordeste do Brasil. O filho do cirurgião Mattos, Joaquim de Alencar Mattos tornou-se farmacêutico e revestiu as pílulas inventadas pelo pai com prata, para evitar falsificações e fez o registro no Ministério da Saúde em 1908 (reg. N º 5).


A imagem do fruto da Luffa operculata, 
planta vulgarmente conhecida por "cabacinha", 
que entra na composição das "Pílulas do Dr. Mattos"

Ler no blog a respeito do Prof. Abreu Matos (irmão de Dr. Jorge Matos), que foi uma referência nacional no estudo das plantas medicinais.

Verde que não te quero verde

A cor verde é adotada pela Ecologia. São muitos os artigos e produtos a ela relacionados em que esta cor é ressaltada para lembrar a questão do meio ambiente. No entanto, num comunicado ao New York Times, o químico alemão Michael Braungart disse que tingir plástico de verde ou imprimir tinta verde sobre papel são atividades poluidoras.
O coautor do livro Cradle to Cradle, Braungart, explicou que o verde é uma cor difícil de ser obtida; muitas vezes, substâncias tóxicas têm de ser usadas para estabilizá-la. E que plástico e papéis verdes não podem ser reciclados de forma segura, pois poluem tudo com que estejam em contato.
O Pigmento Verde 7, o tipo de verde mais usado, é um pigmento orgânico, porém contém cloro; o Pigmento Verde 36 inclui átomos de cloro e bromo enquanto o Pigmento Verde 50 tem cobalto, titânio, níquel e zinco.
Muitas tintas, populares nos séculos 18 e 19, continham arsênio. Aparentemente, uma delas, o Verde de Scheele, criado na Suécia na década de 1770, é considerada por alguns historiadores como a causa da morte de Napoleão Bonaparte, em 1821. Um papel com o Verde de Scheele revestia sua úmida cela na ilha de Santa Helena. E outra das vítimas dessa cor foi o próprio Scheele, falecido aos 44 anos, sem suspeitar de que a sua tinta fosse tóxica.

10 novembro, 2010

O PATO

Paulo,
Recebo e-mails continuamente com as advertências mais variadas. A maioria deles refere-se à saúde e quase todos são mentirosos. Melhor defini-los como boatos eletrônicos que produzem efeitos mais perniciosos do que os antigos boatos de orelha e passo curto.
Uma simples pesquisa na internet bastaria para desmenti-los, mas poucos fazem isso. Preferem reendereçá-los para multiplicar seu alcance. Nessa última eleição recebi vários deles com as acusações mais espantosas, especialmente contra a Dilma. O internauta não tem consciência da gravidade desses cliques que transferem aos amigos a tarefa de abrigá-los como verdadeiros e a prerrogativa de reenviá-los. O internauta ético não tem o direito de usar a influência que tem sobre seus amigos para propagar informações falsas.
Alguns e-mails ressaltam os efeitos colaterais de remédios transformando-os em puro veneno. Outros recomendam uma milagrosa semente ou o poder curativo de uma agulha quando espetada no lugar certo. Tem gente que acredita que um cabo de colher enfiada no gargalo possa impedir a saída do gás de um refrigerante. Tal propriedade é prontamente desmentida porque o gás escapa assim mesmo, mas o pseudocientista insiste e ainda defende com veemência o seu uso. Vejo pela cidade garrafas PET cheias de água ao lado do medidor de energia com o propósito de fazer o relógio andar mais devagar. Elétrica ignorância!
São exemplos da má qualidade da educação no Brasil. As escolas querem que o aluno acumule informações, mas não ensinam o que fazer com elas. A neurociência diz que a memória humana tem limitações e o cérebro “apaga” o que não lhe é essencial. Não fique frustrado se esqueceu a letra do Hino da Bandeira ou a data do descobrimento da América (*). O homem inteligente é muito mais do que uma enciclopédia. Para guardar tudo que nos ensinam, teríamos que ter a cabeça volumosa e pesada como a de um elefante e rodas para locomoção. As informações estão nos livros e agora na internet. Dentro de vinte anos, todo conhecimento humano caberá em minúsculos chips carregados na cintura. É só aprender a buscar a informação que se quer, usá-la e esquecê-la novamente. O nosso cérebro é insuperável na arte de pensar criticamente, inventar, julgar e sentir. As escolas não ensinam como aprender por dedução, como solucionar problemas e criar novidades. O que se vê são pessoas despreparadas para enfrentar o mundo porque renunciaram à tarefa de pensar. Quem não reflete sobre o que consome vira presa fácil da política e da religião. Do outro lado estará sempre alguém inteligente elaborando técnicas para escravizá-lo a uma ideologia, religião ou produto. O brasileiro não pode continuar sendo um PATO e para isso precisamos revolucionar a educação. Educar é ensinar a aprender, ensinar a duvidar, ensinar a resolver, ensinar a inventar.

(*) Não esqueça a data do aniversário de casamento ou perderá a memória para sempre por traumatismo craniano.
Nelson Cunha
Um desses e-mails:

Canivete suíço. O slideshow

:-)
De Karl Elsener, que criou o primeiro desses canivetes, a McGyver, que não dispensa o seu.

09 novembro, 2010

Para ele

Chico Buarque, por seu romance "Leite Derramado", é novamente premiado, desta vez com o Prêmio Portugal Telecom de Literatura. E olhem que Chico acaba de ganhar, na categoria ficção, o Prêmio Jabuti, que é a honraria máxima da literatura no Brasil - e pela terceira vez!
Ver em ♪Paratodos♪.

Longevidade feminina - 4


Em Dubai, um homem se equilibra numa estreita saliência do 34º andar de um edifício enquanto limpa as vidraças de um apartamento. Felizmente, nada de ruim lhe aconteceu.
A foto é daquelas que ajudam a explicar a longevidade feminina.

Itapiúna - CE

Testando a Constante

Ontem, eu não teria dado divulgação à Constante de Kaprekar se não a houvesse testado. Fiz isso exaustivamente uma vez - com o número 6174:
  • 7641 - 1467 = 6174
Hoje, recuperado da estafante operação matemática que realizei, mas desconfiado de que 6174, por ser a Constante de Kaprekar, pudesse estar trabalhando em causa própria, resolvi conferir o fenômeno matemático com outro número.
Ao acaso, escolhi o número 9125:
  • 9521 - 1259 = 8262
  • 8622 - 2268 = 6354
  • 6543 - 3456 = 3087
  • 8730 - 0378 = 8352
  • 8532 - 2358 = 6174
- Tome cinco, Kaprekar!

Bônus. Outros indianos notáveis

08 novembro, 2010

A Constante de Kaprekar

O matemático indiano Dattatreya Ramachandra Kaprekar, após uma vida dedicada ao estudo dos números, chegou a uma interessante conclusão. Em homenagem a ele, o que o matemático descobriu é chamado de Constante de Kaprekar.

Demonstração
  • Escolher um número de quatro algarismos em que nenhum esteja repetido. Por exemplo, o número 8523.
  • A seguir, reordenar os quatro algarismos para se obter o maior e o menor número possíveis.
  • Subtrair um do outro. No caso: 8532 - 2358 = 6174
Sempre se chega a 6174. Se não for na primeira conta, chega-se em sete vezes no máximo (em três, na média). Portanto, 6174 é a Constante de Kaprekar. E ninguém até hoje explicou (nem ele) porque o fenômeno ocorre.
Sabe aquela pergunta: Qual o sentido da vida, do Universo e de tudo mais? Neatorama acha que a resposta talvez seja 6174.

07 novembro, 2010

Um homem "sem mágoas"

Bolinha de papel: existe
também sob a forma verbal
Serra iniciou sua "carreira FHC no exterior" (crédito a PHA pela expressão). Num seminário em Biarritz, França, o líder máximo do Tea Party no Brasil falou sobre democracia, economia, governo Lula, política externa etc.
Tudo mal por estas bandas, segundo ele.
Se Judas, que foi Judas, não agradou a todos, Serra, que ainda é Serra, idem.
Da plateia um mexicano lhe gritou : Por qué no te callas? 

♪Paratodos♪

Jabuti vai para Chico Buarque e Maria Rita Kehl
Pela terceira vez na carreira literária, o cantor, compositor e romancista Chico Buarque teve um livro seu escolhido como a melhor obra de ficção segundo o júri do Prêmio Jabuti – principal honraria literária do Brasil. Depois de ser premiado por Estorvo, em 1992, e por Budapeste em 2004, o romance Leite Derramado foi anunciado, na noite da última quinta-feira (4), como a obra do ano em ficção, tanto pelo público quanto pelo júri do prêmio.
(...)
Um dos mais famosos e respeitados músicos e compositores do Brasil, Chico Buarque se tornou, na noite de quinta-feira, a primeira pessoa a receber pela terceira vez o título de melhor livro do ano. Já Maria Rita Kehl, apesar de reconhecida há anos entre psicólogos e psicanalistas, ficou conhecida do grande público durante as eleições, após ser demitida do jornal O Estado de S. Paulo, do qual era colunista.

Esta notícia me fez tirar do blog o vídeo que já estava programado para hoje e substituí-lo por outro - o "Paratodos", com Chico Buarque. Nestes tempos de pouca delicadeza, em que afloram por aí os preconceitos regionais, a canção do homenageado Chico mostra-se oportuníssima.


O meu pai era paulista
Meu avô, pernambucano
O meu bisavô, mineiro
Meu tataravô, baiano
Meu maestro soberano
Foi Antonio Brasileiro
Foi Antonio Brasileiro
Quem soprou esta toada
Que cobri de redondilhas
Pra seguir minha jornada
E com a vista enevoada
Ver o inferno e maravilhas
Nessas tortuosas trilhas
A viola me redime
Creia, ilustre cavalheiro
Contra fel, moléstia, crime
Use Dorival Caymmi
Vá de Jackson do Pandeiro
Vi cidades, vi dinheiro
Bandoleiros, vi hospícios
Moças feito passarinho
Avoando de edifícios
Fume Ari, cheire Vinícius
Beba Nelson Cavaquinho
Para um coração mesquinho
Contra a solidão agreste
Luiz Gonzaga é tiro certo
Pixinguinha é inconteste
Tome Noel, Cartola, Orestes
Caetano e João Gilberto
Viva Erasmo, Ben, Roberto
Gil e Hermeto, palmas para
Todos os instrumentistas
Salve Edu, Bituca, Nara
Gal, Bethania, Rita, Clara
Evoé, jovens à vista
O meu pai era paulista
Meu avô, pernambucano
O meu bisavô, mineiro
Meu tataravô, baiano
Vou na estrada há muitos anos
Sou um artista brasileiro

06 novembro, 2010

Pilotagem de tanques


REVISÃO DA AULA PASSADA

Viva a diversidade!

O StatCounter, que faz a contagem de acessos ao blog, também produz relatórios que me informam os motivos dos acessos. Mas apenas quando estes são referenciados por algum motor de busca da internet (como o Google).
São estes os principais assuntos (que o Twitter chama de trending) aqui procurados:
Estância Termal Brejo das Freiras (hors concours)
PPD e tuberculose
que é dicotomia?
altura x envergadura
dez pensamentos para um convite de formatura
o invento de Einthoven
como surgiu a roda
magreza constitucional
epônimos médicos
desenhando com o teclado
sexador de pintos
oração para atrair o homem amado
carretas gêmeas
- Ora, viva a diversidade!

05 novembro, 2010

Amelia, uma piloto de verdade

Amelia Mary Earhart (Atchison, Kansas, 24 de Julho de 1897 — 2 de Julho de 1937) foi pioneira na aviação dos Estados Unidos. Ela foi a primeira mulher a receber a “The Distinguished Flying Cross”, condecoração dada por ter sido a primeira mulher a voar sozinha sobre o oceano Atlântico. Estabeleceu diversos outros recordes, escreveu livros sobre suas experiências de voo, e foi essencial na formação de organizações para mulheres que desejavam pilotar. Em 1937, em sua passagem por Fortaleza, Amelia fez fotografias de nossa cidade que são atualmente consideradas preciosidades históricas.

Uma vista aérea parcial da cidade de Fortaleza em 1937 por Amelia Earhart

Ela desapareceu no oceano Pacífico, perto da Ilha Howland enquanto tentava realizar um voo ao redor do globo em 1937. Foi declarada morta no dia 5 de Janeiro de 1939.
(Grato a Mirna Gurgel por me chamar a atenção para esta matéria.)

31/10/2014 - Atualizando...
Piece of metal may solve mystery of Amelia Earhart's disappearance, CNN

19/03/2015 - Atualizando...
Last words, FC

03 novembro, 2010

Pinturas microbianas

Sir Alexander Fleming tornou-se célebre pela descoberta da penicilina em 1928, ao observar o efeito inibitório de colônias de fungos do gênero Penicillium sobre o crescimento de colônias de estafilococos. Devido a este fato, em 1945, ele foi um dos ganhadores do Prêmio Nobel de Fisiologia/Medicina.
Fleming foi também um dos primeiros a apostar no "potencial artístico" dos micróbios. Ao lado, está um exemplo de uma das pinturas microbianas de sua coleção.

Imagem: Kevin Brown, do Alexander Fleming Laboratory Museum


Pode se interessar em ler Quem criou esta imagem?

Abóboras

1
No mês de setembro, Ludwigsburg, na Alemanha, realiza o seu Festival das Abóboras. O festival celebra tudo que tem relação com abóboras e marca o início da temporada do fruto no país.
Abóboras gigantes, que pesam até 90 kg, são transportadas para a cidade. E, numa das competições do festival, os participantes têm de atravessar um lago a bordo dessas abóboras, como se elas fossem barcos a remo.

2
Foi também em setembro, no dia 25, que a cidade de New Bremen, no estado de Ohio (EUA), estabeleceu um novo recorde para a maior torta de abóbora do mundo. Ela mediu 6,1 metros de diâmetro e pesou 1,68 tonelada. E o recorde anterior nessa categoria já pertencia à New Bremen.


02 novembro, 2010

Como ser Super



Um dos problemas do desmatamento



Sob o título de "Problemas causados pelo desmatamento", a imagem (ao lado) me foi enviada através de e-mails por Germano Gurgel e Nelson Cunha.

- Ora, venham (os cães) para as cidades, onde há postes para todos.

A trança de Rapunzel


Rapunzel é um conto de fadas compilado no livro "Contos para a infância e para o lar" dos Irmãos Grimm.
Prisioneira de uma bruxa malvada, Rapunzel é criada numa imensa torre, isolada de todos. E o seu cabelo nunca é cortado até que se transforma numa gigantesca trança. Um dia, um príncipe passando pelo local, ouve Rapunzel a cantar, e decide salvá-la das garras da bruxa. Ao enfrentar a vilã, é castigado com uma cegueira total. Mas, no final da história, sua visão é recuperada pelas lágrimas da amada, casa-se com ela e ambos conseguem o tão esperado final feliz.

Para divulgar uma marca de xampu esta imensa trança foi instalada num imóvel em Toronto. Quem subiu por ela não deu de cara com Rapunzel. Mas aprendeu que o xampu Pantene "deixa o cabelo realmente forte".


Via

01 novembro, 2010

A campanha "Blog Sujo"

Com cerca de 56 milhões de votos (12 milhões a mais do que seu oponente), Dilma Rousseff foi eleita presidente do Brasil. Governará o nosso país no quatriênio 2011-2014, esperando nós que o faça com prudência, criatividade e sensibilidade social.
Foi essa a decisão sábia e soberana do povo brasileiro. Após uma campanha eleitoral, com dois turnos, em que Dilma teve de enfrentar, não bolinhas de papel, mas apedrejamentos morais.
A guerreira, porém, venceu o obscurantismo, o pseudomoralismo, as calúnias e os preconceitos. Oriundos das hostes oposicionistas e difundidos pela grande mídia golpista (apelidada de PIG por Paulo Henrique Amorim).
Para se contrapor a essa grande mídia "limpinha" é que se formou, em todo o país, uma rede de "blogs sujos".
EntreMentes, que a ela aderiu com entusiasmo, hoje ensarilha as armas. E recolhe de seu expediente o símbolo da campanha "Blog Sujo" para inseri-lo nesta postagem. Daqui a um mês, o símbolo se transfere para os arquivos do blog, onde ficará para sempre vigilante.

Um vulcão sem o guardião

Entre as vítimas do vulcão indonésio Merapi, em sua erupção de 26/10, está o "avô Marijan", seu "guardião espiritual".
O guardião morreu sob as cinzas do vulcão, após uma vida consagrada a acalmar a "montanha de fogo". O seu corpo foi retirado dos escombros de sua casa, a quatro quilômetros da cratera, no dia seguinte ao da erupção. O telhado e tudo que havia dentro estava coberto por um manto de cinzas.
O ancião de rosto magro estava de cócoras, em uma posição de oração, como se tivesse tentado até o final acalmar a fúria do vulcão. Ele se recusou a abandonar a sua casa. "É melhor ficar aqui e rezar", tinha dito a quem tentou levá-lo para um local seguro antes da erupção.
Marijan era uma figura muito respeitada em Java, ilha da Indonésia dominada pelo misticismo, onde o Merapi é ao mesmo tempo sagrado e temido. Mesclando o islamismo com outras religiões, os javaneses acreditam que esse vulcão, de 2.914 metros, é habitado por espíritos.
Mais de 10 mil pessoas vivem nas imediações do Merapi, apesar dos riscos que correm, e são gratas a ele por tornar a terra fértil para as plantações.