31 março, 2009

Jogos de xadrez

Um slideshow com fotografias de tabuleiros e peças de jogos de xadrez que fizeram parte de uma invulgar exposição. 

30 março, 2009

Unicameralismo, já!



Na esperança de que seja mais efetivo, eu idealizo um Congresso Nacional assim.
Com os seus custos reduzidos à metade para os contribuintes brasileiros. 
E com os seus escândalos, idem.

Alguns países que praticam o unicameralismo: Grécia (o berço da democracia), Portugal e Israel.

Uma nova arte com crayons


Os crayons em geral são usados para desenhar. Mas Christian Faur deles se utiliza como uma nova forma de expressar criatividade. Dispondo esses lápis de cera, lado a lado, a fim de que suas cores produzam imagens pictóricas.
Ele é um artista que mostra a obra sem esconder a técnica.

29 março, 2009

O exato momento

Que mostra a fotografia reproduzida abaixo?


Para tirar a dúvida do que ela mostra, abra a caixa de comentários desta postagem onde está a resposta.

Resposta a broncodilatador em espirometria

Foi realizado em Fortaleza, nos dias 27 e 28 deste mês, o Curso de Função Pulmonar, da Sociedade Cearense de Pneumologia e Tisiologia, a SCPT, em parceria com o Pulmocenter, o local em que aconteceu o curso. Coube-me, no referido certame, a incumbência de dar a palestra RESPOSTA A BRONCODILATADOR EM ESPIROMETRIA, cujo material de apresentação encontra-se agora disponível no blog.
RESPOSTA A BRONCODILATADOR EM ESPIROMETRIA RESPOSTA A BRONCODILATADOR EM ESPIROMETRIA Paulo Gurgel Carlos da Silva Material de apresentação de palestra ministrada em 28 de março de 2009, por Dr. Paulo Gurgel Carlos da Silva, no Curso de Função Pulmonar da SCPT, em Fortaleza, Ceará, Brasil.

28 março, 2009

A Saga "Z"


Sinopse
Produção franco-italiana de 1974. É a história de uma expedição ufo-arqueológica cujos membros divergem nos objetivos científicos. Na trama do filme, passado, presente e futuro se entrelaçam, com o passado levando vantagem nos jogos de azar. Inicia-se a aventura. Ao explorar uma ilha vulcânica, o grupo expedicionário é tenazmente envolvido por uma estranha nuvem verde. De gafanhotos, descobre-se. E ficam sem legumes no resto da expedição. Conhecem um viajante do futuro que se veste como um troglodita (griffe Piere Ug), mas que usa uma obsoleta arma futurista, o porrete a laser. Um flash-back mostra o viajante em seu melhor desempenho. Ele livrando a Saga "Q" (produção franco-italiana de 1969) das garras dos vulcanos, os adoradores do deus do Vulcão. Mas a Saga "Z" é mesmo o ômega. E, por uma questão de adicional noturno, não fecha contrato de proteção com o viajante do futuro. Não contando com o braço armado do personagem-tranchã, e também enfraquecida por dissensões internas (6 ufos x 6 arqueos), a Saga "Z" é presa fácil dos vulcanos. No final, um a um, seus membros são lançados pelos captores na cratera do vulcão. Porém escapam porque a caldeira estava quebrada.

Sobre os seios


"A natureza não foi generosa com todas as fêmeas. Em alguns animais, essas glândulas foram sepultadas entre pêlos ou feitas diminutas, quase ridículas, masculinas. Em outros foram exiladas em partes anatômicas menos nobres: cloacais. Nessas infelizes fêmeas não alcançaram o destaque que nossas mulheres ostentam. Nelas estão disputando com o rosto a nossa atenção. Deixaram de ser só matrizes para serem belos adornos. Prestam-se ao sensual jogo do adivinha o que tem para o jantar.  Buscaram na natureza o formato do prodígio das gotas e suplantaram-nas. Viraram gotas que geram gotas que alimentam vidas adultas ou infantis. São o ninho dos mamíferos, nossa primeira visão do mundo com calor, cheiro e sabor. Continuam a maravilhar os adultos quer sejam pintores, poetas ou simplesmente amantes."
Extraído de "Um hino às mulheres", de Nelson José Cunha

27 março, 2009

A surdez temporária dos argonautas

Na viagem de volta para casa, um dos perigos enfrentados por Ulisses e os argonautas foi o canto das sereias. Vivendo numa pequena ilha do Mar Mediterrâneo, próxima da Sicília, essas sereias atraíam os navegantes por meio de um canto enfeitiçador. Que tinha o poder de desviar as embarcações da rota, fazendo com que se despedaçassem contra os rochedos da ilha.
Sabedor de que não teria como resistir à atração desse canto, Ulisses se fez amarrar ao mastro do navio. A seus tripulantes selou os ouvidos com cera de abelha, dando-lhes antes a ordem de que remassem - remassem sem parar! Até que o navio se encontrasse a uma distância segura da ilha das sereias cantoras. 
Muito diferentes das sereias da tradição celta (belas mulheres dotadas de cauda de peixe), as sereias gregas eram criaturas horríveis. Grandes pássaros com cabeça de mulher, que cumpriam nessa condição física um castigo imposto pela deusa Afrodite. Cantavam e, a seguir, devoravam os sobreviventes dos naufrágios que elas provocavam.
Deixada a zona de perigo, Ulisses pôde então ser desamarrado do mastro e reassumir o comando do navio. Cuidou então de desfazer a surdez temporária dos argonautas, distribuindo com eles tampas de canetas esferográficas a fim de que pudessem retirar a cera dos ouvidos. 
Tampas de canetas e chaves de carros: conhecem algo que funcione melhor? 
PGCS

Ilustração: Sheila McGraw

26 março, 2009

Uma revista feita nas coxas

O artista gráfico sueco Marc Strömberg decidiu inovar em Tare Lugnt, uma revista que ele antes editava em papel. Antes, como eu disse, pois o último número dela foi feito nas coxas, em forma de tatuagem. O leitor verifique isto nas imagens abaixo:


Comentário
Para ajudar o sueco em seu planejamento gráfico-editorial, divulgo aqui a regra dos 9% (utilizada para estimar a extensão das queimaduras de pele em adultos). Assim ele fica sabendo quantas edições da revista ainda vai poder tirar.
Cabeça = 9%
Membro superior direito = 9%
Membro superior esquerdo = 9%
Tórax (anterior) = 9%
Tórax (posterior) = 9%
Abdome = 9%
Região lombar = 9%
Membro inferior direito (anterior) = 9%
Membro inferior direito (posterior) = 9%
Membro inferior esquerdo (anterior) = 9%
Membro inferior esquerdo (posterior) = 9%
Região genital = 1%
Total = 100%

Lar, amargo lar

Medeiros e Albuquerque, numa conferência que pronunciou com o título de "Não Casar É Melhor", disse o seguinte:
"Sócrates não figura na História apenas como um grande pensador: deixou o renome de cidadão perfeito. Esteve três vezes na guerra, bateu-se contra os tiranos que queriam escravizar sua pátria e fez do ensino um verdadeiro apostolado. Por fim, perseguido por suas opiniões, teve de se suicidar com cicuta. Durante toda a vida achou, porém, o pior dos tormentos na esposa, a odiosa e rabugenta Xantipa."
O último desejo de um condenado
Na hora de morrer, Sócrates pediu que Xantipa saísse de suas vistas e se entreteve, até o último momento, em conversas com seus discípulos.

25 março, 2009

Camuflagens urbanas

Escrito em 1948, o tema enfocado em "1984", o famoso romance de George Orwell, não parece estar muito distante da realidade. Com o Grande Irmão (Big Brother) a espionar a vida dos cidadãos como acontece no totalitário regime de Oceania, o megabloco de países em que se transforma o mundo.
Atualmente, as câmeras já acompanham, por todas as partes, os passos dos habitantes das cidades. Para escapar dessa devassa tecnológica, da qual a saída habitual é terrível (ser "vaporizado"), existe alternativa para o cidadão comum?
Recorrer à camuflagem, talvez.

 

24 março, 2009

Esculturas vegetais



Nessa galeria (que cultiva a veggie art) a Natureza dá saltos.
E uma simples melancia, cortada e acrescida de alguns detalhes, é transformada numa coruja.

www.mosspink.com
Itapiúna - CE

A mensagem misteriosa

Caminhando no Bosque do Desespero, encontrou um pedaço de papel que dizia: 
"Sabias o nome deste bosque e mesmo assim nele entraste. Agora nunca escaparás."
Sem dar importância ao teor da mensagem, ele jogou o papel fora e continuou o seu passeio. 
Quando retornou para a casa, contou à esposa o que lera durante o passeio, e ambos riram fartamente. Após o jantar, ele sentou-se à varanda para espairecer um pouco. E sentiu-se possuído por uma profunda sensação de tristeza.
Anos depois, se suicidava. 

23 março, 2009

Princípios da alimentação saudável

Para todas as fases da vida, uma alimentação saudável é aquela:

  • adequada em quantidade e qualidade para oferecer, de forma equilibrada, todos os nutrientes necessários à vida;
  • variada, de forma a facilitar essa oferta dos nutrientes;
  • segura, dos pontos de vista higiênico e genético;
  • disponível (garantia de acessos físico e financeiro);
  • atrativa, do ponto de vista sensorial;
  • que respeita a cultura alimentar do indivíduo e do grupo a que se destina.

Além de atender a esses princípios, uma alimentação saudável deve levar em conta a dimensão do prazer que os atos de preparar e de realizar uma refeição envolvem em todos os seus aspectos simbólicos. Considerando-se que, na alimentação, está implícito um rico ritual de criatividade, afeto, amor, partilha, solidariedade e comunhão entre os seres humanos e a natureza, permeado pelas características culturais de cada grupamento inclusive por suas dimensões espirituais.

BRASIL, Ministério da Saúde. Obesidade. Brasília, 2006 (Série Cadernos de Atenção Básica, nº. 12).

22 março, 2009

Centro Acadêmico homenageia Marcelo Gurgel

"Muito haveria a ser narrado, se fôssemos resumir os gentis 6 anos de existência do Curso de Medicina da UECE. Com um concorrido vestibular anual, a UECE pode se orgulhar em ter um curso médico de qualidade nacionalmente atestada, apesar dos inúmeros obstáculos que nos foram postos no caminho. A Turma Prima, uma turma de bandeirantes que, sob a óptica da vanguarda, acreditaram no potencial de uma jovem Universidade em concedê-los uma graduação que bem os inserisse no meio médico, poupa-nos de qualquer elogio. O resultado esperado foi conquistado!"

Eis o exórdio de uma homenagem prestada pelo Centro Acadêmico Joaquim Eduardo de Alencar (CAJEA) ao Prof. Marcelo Gurgel, cujo mandato de coordenador do Curso de Medicina da UECE expira-se em 31 de março próximo. O texto completo desse discurso, que foi lido durante uma reunião do Colegiado do Curso de Medicina da UECE, encontra-se aqui.

Um choro de menino

Rio de Janeiro, anos 20 do século passado. Um menino que vive na zona portuária da cidade interrompe suas brincadeiras para assistir  - ocultamente - a um encontro de grandes bambas do choro. Descoberto, acaba tomando parte de uma roda de músicos, na qual estão Donga, João da Baiana e o grande Pixinguinha.
Filme de animação dirigido por William Côgo.

Tema músical: "Vou para casa", de Pixinguinha

21 março, 2009

O que os pets escrevem em seus diários

Do diário de um cão
8h - Biscoitos para cão, adoro!
9h30 - Um volta de carro, adoro!
9h40 - Um passeio no parque, adoro!
10h30 - Ser afagado, adoro!
12h - Almoçar, adoro!
13h - Correr no quintal, adoro!
15h - Abanar a cauda, adoro!
17h - Morder meu osso de brinquedo, adoro!
19h - Brincar de bola, adoro!
20h - Ver televisão com meus donos, adoro!
23h - Dormir na cama com eles, adoro!

Do diário de um gato
Meus algozes continuam me insultando com pequenos e bizarros objetos que balançam em minha frente. Eles jantam carne fresca enquanto me oferecem umas bolotas secas e intragáveis, uns tais nuggets
Apesar de meu repúdio, por razões perfeitamente claras eu devo comê-las para me manter forte.
A única coisa que me faz prosseguir é o meu sonho de fuga. Para mostrar o meu desagrado com eles, mais uma vez eu vomitei no tapete da sala.
Ontem, eu arranquei a cabeça de um rato e larguei o seu corpo decapitado junto a seus pés. Era minha intenção amedrontá-los, dando-lhes uma demonstração das atrocidades que eu sou capaz de cometer. Entretanto, eles se limitaram a comentar que eu era um grande caçador. Bastardos!
Na noite passada, houve uma espécie de reunião com seus cúmplices. Fui confinado num lugar solitário enquanto durou o encontro. De lá eu podia ouvir os ruídos e sentir os odores das comidas. Entreouvi que o meu confinamento se devia a um problema de alergia. Devo aprender o que isso significa para tirar alguma vantagem desse problema.
Hoje, eu fui quase bem sucedido na tentativa de assassinar um dos meus algozes, enroscando-me em seus pés. E devo tentar isso novamente amanhã, porém lá no topo da escada.
Eu estou convencido de que os outros prisioneiros aqui não são nada confiáveis. O cão recebe privilégios especiais. Ele é regularmente solto, mas retorna a seguir. É um retardado mental, obviamente. E o pássaro deve ser um reles informante. Observo que ele se comunica com seus captores, regularmente. Ah, tenho certeza de que ele vem relatando cada movimento que eu faço. E meus algozes o custodiam numa jaula, que é colocada em local elevado onde ele se sente seguro. Não por muito tempo...

"What pets write in their diaries", de Chippycap, Scribd. Versão para o português de PGCS.

20 março, 2009

Uma carta mineira

O colega Nelson José Cunha enviou-me esta imaginária carta que contém referências a municípios mineiros. Antes de publicá-la, observei não faltar na divertida epístola o nome de João Monlevade, a cidade em que Nelson mora.
"Prezado amigo TEÓFILO OTONI.
            Nesta  VIÇOSA  manhã de primavera,  de onde se contempla um BELO HORIZONTE, um CAMPO BELO e MONTES CLAROS, e, ainda,  neste ambiente FORMOSO de nossa terra, quando se pode contemplar também, pela madrugada, a ESTRELA DALVA, escrevo-lhe para colocá-lo a par dos últimos acontecimentos.
            No âmbito familiar, a nossa prima LEOPOLDINA, ESPERA FELIZ dar à LUZ a seu primeiro filho que, se for homem, se chamará ASTOLFO DUTRA e JANUÁRIA, se mulher. Para cuidar do rebento, ela contará com a abnegação da sua governanta MOEMA. Mas, enquanto ela aguarda seu bebê, lava roupa tranquilamente nas BICAS existentes em um RIO NOVO, afluente do RIO ACIMA, que passa pelas terras de DONA EUZÉBIA, naquele LARANJAL, perto da CAPELA NOVA, onde, na hora do RECREIO, a meninada sobe na PONTE NOVA, para pescar LAMBARI e PIAU e soltar PAPAGAIOS.
            A prima NATÉRCIA comprou uma casa na rua ANTONIO DIAS, perto da casa do ANTÔNIO CARLOS. Você já sabia? Orou a Jesus de NAZARENO em agradecimento, ajoelhada aos pés da SANTA CRUZ DO ESCALVADO no alto do MONTE SIÃO, que fica lá para as bandas da GALILEIA, às margens do MAR DE ESPANHA.
            Lembra-se daquelas pedras da tia MARIA DA CRUZ que você queria comprar? Ela resolveu vendê-las, menos a PEDRA AZUL, porque ela diz ser a mais bonita e valiosa.
            Quanto aos aspectos sociais e religiosos, temos novidades.
            Na próxima semana, o CÔNEGO MARINHO, da diocese de VOLTA GRANDE, vai fazer a Festa de SÃO TOMAS DE AQUINO. Se você quiser aparecer será um grande prazer. A nossa prima VIRGINIA é quem será a responsável pelo evento.  Vai ter missa celebrada pelo reverendo local, CÔNEGO JOÃO PIO, em honra ao Santíssimo SACRAMENTO. De manhã, o bispo DOM SILVÉRIO irá crismar as crianças.
            Depois haverá um show com o Agnaldo TIMOTEO e também com as TRÊS MARIAS. Em seguida, a Banda Musical SANTA BÁRBARA, sob a regência do maestro BUENO BRANDÃO, executará o GUARANI, de Carlos Gomes. Depois o Barão de COROMANDEL fará a saudação ao aniversariante. A festa era para ser no mês que vem, mas todas as datas do cantor estavam preenchidas. As primas SERICITA e AZURITA vão fazer a comida. Como pratos principais teremos PERDIGÃOPERDIZES à milanesa e PATOS DE MINAS ao molho pardo. De sobremesa teremos compota de MANGA, tendo sido escolhida a UBÁ, por ser mais saborosa, pêssego em CALDAS e, ainda,  licor de PEQUI.
            À noite, haverá um baile no OLIVEIRA Country Clube, ao som da orquestra do maestro MATIPÓ, tendo como principais solistas os renomados músicos IBIRACI ao saxofone e NEPOMUCENO ao trompete. Será uma boa ocasião para os convidados exercitarem seus PASSOS ao ritmo de boleros e rumbas.
            Mudando de assunto, na fazenda, fizemos algumas reformas.
            O CURRAL DE DENTRO estava com o telhado estragado, com problemas no madeirame e tivemos que trocar as vigas. Desta vez colocamos CANDEIAS, por ser madeira de muita durabilidade, todas compradas do CORONEL XAVIER CHAVES. Com a sobra da madeira ainda reformei a PORTEIRINHA que dá entrada para o quintal. Estou também reformando a CAPELINHA de SENHORA DE OLIVEIRA, para comemorar o aniversário de LIMA DUARTE. Na festa estarão presentes o CORONEL MURTA, o PRESIDENTE WENCESLAU, o JOÃO MONLEVADE, o CORONEL FABRICIANO, o CAPITÃO ENÉAS, o BARÃO DE COCAIS, o Barão de BARBACENA, e várias outras personalidades. Dizem que até o TIRADENTES pretende comparecer. Mas ele ficou meio aborrecido, porque queria que a festa fosse em SÃO JOÃO DEL REI. Só não poderá comparecer o VISCONDE DO RIO BRANCO porque ele está em CAMPANHA política. Iremos cobrar um valor simbólico como entrada, para reverter em benefício dos desabrigados da chuva, mas apenas uma MOEDA de PRATA.
            Vou lhe dar outra grande notícia.
            Perto do ENGENHO NOVO, naqueles barrancos cheios de FORMIGA, um empregado nosso descobriu MINAS NOVAS de OURO BRANCOOURO PRETO, ESMERALDAS e TOPÁZIO. Portanto, haverá uma NOVA ERA e uma BOA ESPERANÇA para todos nós. Infelizmente, por causa dessa riqueza, a violência já começou a aparecer na região. Um homem de TRÊS CORAÇÕES foi morto por um garimpeiro, usando uma faca de TRÊS PONTAS, porque ele havia descoberto uma enorme TURMALINA e também uma pedra de RUBIM, de menor tamanho, mas muito valiosa.
            Na área do desenvolvimento, a dona CONCEIÇÃO DO MATO DENTRO, proprietária da usina açucareira de URUCÂNIA, quer aumentar a fábrica e incrementar a produção de açúcar, mas para isso precisará de mais energia elétrica. Assim, tem um projeto de construir uma usina hidroelétrica aproveitando as quedas d’água da CACHOEIRA DO CAMPO, formada pelo rio PIRANGA, mas o senhor RESENDE COSTA, que é o chefe do IBAMA na região, quer embargar a obra, alegando impacto ambiental.
            Falarei agora da nossa justiça.
            Chegou um JUIZ DE FORA, chamado EWBANK DA CÂMARA, para ocupar o lugar de BIAS FORTES, que terminou o seu mandato. Mas o CONSELHEIRO LAFAYETE, acompanhado de RAUL SOARES, pediu ao GOVERNADOR VALADARES para interceder junto ao PRESIDENTE BERNARDES para efetivar naquele cargo o SENADOR FIRMINO, que muito fez por nós. Ele foi DESCOBERTO ainda novo, tanto que nem sequer usava sapatos, usava ALPERCATAS, quando estava na companhia do CORONEL PACHECO, na famosa LAGOA DA PRATA, depois daquela GOIABEIRA e daquela árvore de JANAÚBA da fazenda POUSO ALEGRE, onde tem aquela VARGINHA, às margens do RIBEIRÃO VERMELHO.
            Ele se tornou um homem sério e honesto, sendo de muito valor para a nossa causa.
            Quanto à lagoa a que me referi, dizem que ela contém ÁGUA BOA, tanto que o Aleijadinho teria se curado dos seus males tomando banho nela, por isso passou a ser chamada de LAGOA SANTA. Dizem que um cego também lavou os olhos naquelas águas e voltou a enxergar, mas ele atribuiu esse milagre a SANTA LUZIA.
            Outro dia encontrei o BETIM, a MARIA DA FÉ e a ALMENARA nadando nas ÁGUAS FORMOSAS da LAGOA DOURADA, e lhe mandaram lembranças. A lagoa fica nas terras de PEDRO LEOPOLDO, onde ainda tem mais SETE LAGOAS
            Avisam que estarão viajando para ALÉM PARAÍBA no próximo feriado de SANTOS DUMONT.
            Também lhe mandam um grande abraço o DIOGO VASCONCELOS e o JACINTO.
            Agora, vou lhe contar as fofocas.
            O FRANCISCO SÁ teve um desentendimento com o JOÃO PINHEIRO por causa daquela LAJINHA que faz o SALTO DA DIVISA das terras dos dois fazendeiros com as terras da MARIANA, às margens do Rio PARACATU, porque dizem que ali tem muita MALACACHETA.
            A coisa andou quente. Um deles, não sei qual, queria agredir o outro com um MACHADO. Ainda bem que o coronel MATEUS LEME chegou na hora e evitou o PATROCÍNIO de uma morte desnecessária, e, ainda, promoveu uma NOVA UNIÃO dos dois.
            Os índios AIMORÉS tentaram invadir a reserva dos índios MAXACALIS, armados de ARCOS e flechas, por causa daquela reserva de JEQUITIBÁ existente no PÂNTANO DE SANTA CRUZ, mas, felizmente, foram contidos pelas tropas da Polícia FLORESTAL comandadas pelo MAJOR EZEQUIEL, evitando um massacre  sem precedentes. Os presos foram levados para o QUARTEL GERAL.
            E tem mais.
            O ELOI MENDES me contou, confidencialmente, que o Dr. CARLOS CHAGAS está de caso com a CONCEIÇÃO DAS ALAGOAS. A CÁSSIA, que é muito linguaruda, contou para a mulher dele, dona CRISTINA, que, imediatamente queria a separação e iria mudar-se para DIAMANTINA. Mas a dona MERCÊS, que é muito benquista por todos, conseguiu convencê-la a não tomar essa medida EXTREMA, e lhe propôs que aguardasse a chegada do seu primo, MARTINHO CAMPOS, que é um homem de mãos de FERROS, para ouvir o seu conselho. Ele achou que seria uma missão muito ESPINOSA, mas, ainda assim, aceitou o desafio. Sendo ele também um homem ponderado, sugeriu ao marido que pedisse PERDÕES à sua esposa, na presença do PADRE PARAÍSO, e assim foi feito e tudo teve um BONFIM.
            Depois desta CONTAGEM dos fatos, damos graças a SENHORA DOS REMÉDIOS, SANTO ANTÔNIO DO AMPARO, SANTO ANTÔNIO DO GRAMA e SÃO TIAGO, que têm sempre protegido a nossa família, para que nossas lutas tenham sempre um BOM SUCESSO.
            Terminando, receba um forte abraço do seu primo,
                        MATIAS BARBOSA."

Pequena versão para Star Wars

Cientistas norte-americanos estão desenvolvendo uma arma a laser para matar milhões de mosquitos em questão de minutos. O laser dessa arma alvejará os mosquitos orientado pela frequência em áudio do bater de suas asas. Algo que parecerá uma Star Wars no mundo dos insetos.
Trata-se de uma pesquisa em andamento encomendada pela Intellectual Ventures, a qual conta com o financiamento do magnata Bill Gates.
Comentário
Cenas como esta (ao lado) não devem se repetir no futuro. Mas é melhor aguardar o tão auspicioso desfecho com o "desconfiômetro" ligado.

19 março, 2009

As cores dos rios amazônicos

Segundo o pesquisador Bruce Forsberg, do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), há três tipos básicos de rios na Amazônia: os rios de águas brancas, de águas negras e de águas claras.
Os rios de água branca, como o Solimões, o Juruá e o Purus, são os que nascem em lugares muito montanhosos. A coloração barrenta da água vem da terra que esses rios arrancam das montanhas quando descem.
Já nos rios de água negra verifica-se outra situação. Eles nascem em locais baixos, passam por áreas alagáveis, cujo solo é encharcado, e levam poucos sedimentos.  São comuns na bacia do Rio Negro.
Em menor número são os rios de águas claras, como o Tapajós e o Xingu. Eles nascem em locais de pouco relevo e passam por poucos locais alagáveis. Isso faz com que a água seja límpida. 
Na Amazônia, é possível observar vários encontros entre rios com águas de coloração diferente. A mais importante dessas confluências é a que acontece, a alguns quilômetros da cidade de Manaus, entre as águas barrentas do Rio Solimões e as águas escuras do Rio Negro (mostrada na imagem ao lado).
Ressalte-se que, por fatores diversos, a tonalidade da água de um rio amazônico tem grande influência sobre os tipos de plantas e animais aquáticos que vivem na respectiva região.

18 março, 2009

Enchendo linguiça

25º Festival da Linguiça em Turija, Sérvia 
Há tempos, a cidade de Turija detém o recorde de ter produzido a linguiça mais longa do mundo. A cada ano, porém, procura quebrar o seu recorde (consignado no Guiness Book) ao produzir para o seu festival uma linguiça ainda maior - com um centímetro a mais!  A deste ano (foto) alcançou o comprimento de 2.025 metros.


Sobre a dúvida

"É uma alternância entre um sim e um não, uma impossibilidade de deter-se num dos termos da alternativa sem que o outro venha disputar-lhe a primazia. Pois o sim ou o não, tão logo aceitos como definitivos, eliminariam imediatamente a dúvida, que é feita de sua coexistência antagônica e de nada mais. Mas esse antagonismo não é estático: é móvel. A mente em dúvida passa incessantemente de um dos termos ao outro, sem encontrar um ponto de apoio onde possa repousar e 'estar'." 

17 março, 2009

Um logotipo redesenhado

Por que a Pepsi mudou o seu logotipo?
Ora, numa comparação com o anterior, acho que a mudança foi para melhor. Pois resultou num logotipo mais agradável em que a faixa branca do centro transmite-nos a idéia de um sorriso.
Isso, porém, não impede que apareçam seus "detratores". Aqueles que redesenham o novo logotipo da Pepsi para criarem figuras de gorduchos. Por exemplo:


E a pergunta que fiz inicialmente parece ser na medida para a Porquepedia. Um site, por sinal, patrocinado pela Pepsi-Cola.

Contra a pobreza

Circula na internet uma campanha interblogs contra a pobreza. Cabe a cada blogueiro arregimentado fazer uma reflexão sobre a pobreza no mundo e indicar outros blogs (+5) para a campanha. 
Nonato Albuquerque incluiu o Blog do PG (EntreMentes) na lista de Antena Paranóica.
Vou de cartoon. Com este, bolado pelo cartunista Paresh (e por mim adaptado), que mostra um africano pobre - no fundo do buraco em que o seu continente se transformou - a receber a tal "solidariedade" do G-8, o grupo dos países ricos. 
É na África, o berço da espécie humana, onde se concentra uma grande parte da pobreza existente no mundo.

Links para minhas 5 indicações:

16 março, 2009

Soprando para si

Um jovem de 13 anos procurou um médico queixando-se de que, havia dois dias, surgira uma inchação facial à esquerda. A massagem aplicada sobre essa região, que correspondia à parótida esquerda, resultava na eliminação de uma secreção espumosa pelo orifício de seu duto na cavidade oral. 
O jovem não apresentava outros sintomas e sinais clínicos.
A tomografia computadorizada da cabeça revelou a presença de ar (situação anormal) na glândula parótida esquerda e em seu duto. E os níveis sanguíneos de amilase (uma enzima produzida pelas glândulas salivares) foram três vezes superiores ao limite superior da normalidade (significando algum grau de dano glandular).
O caso recebeu o diagnóstico de pneumoparótida em tocador de tuba (o jovem era um aprendiz desse instrumento). Tratado com medidas conservadoras, aconteceu em poucos dias o completo desaparecimento do problema.
Conclui o artigo que a situação descrita pode acontecer em tocadores de instrumentos de sopro e sopradores de vidro, profissionais em que a ocorrência de pressões elevadas do ar na cavidade oral pode forçar a que este penetre nos dutos das parótidas.

Fonte: NEJM

15 março, 2009

Resumo da ópera

É Joe Penna. 
Violonista clássico e editor de vídeos, reuniu as duas habilidades para "dar uma palinha" com Wolfgang Amadeus Mozart: dois minutos de "As bodas de Fígaro".
Estava aborrecido.

14 março, 2009

Expressões faciais

Nestas imagens geradas por computador, a face emocionalmente neutra (no meio da figura) foi modificada para exibir diferentes graus de dominância e de confiabilidade (para mais e para menos).

De acordo com Alexander Todorov, pesquisador da Princeton University, nossos julgamentos instantâneos dos rostos são baseados numa espécie de "supergeneralização", a qual evoluiu da imperiosa necessidade de se "ler" as expressões faciais de outrem para identificar os sinais de perigo.

Para ver o artigo completo publicado na revista New Scientist (em inglês), clique aqui.

Dicas de "jeitologia"

Por todo o mundo usuários descobrem formas criativas, embora meio estranhas, de como lidarem com problemas que surgem no âmbito da tecnologia. 
Exemplos:
- tarja de cartão magnético que não é lida;
- bateria de celular que descarrega rápido demais;
- telefone celular que cai na privada;  
- controle remoto de carro sem alcance suficiente;
- cartucho de impressora que seca na hora da impressão;
- discos sujos (CD, DVD) sem líquido de limpeza por perto;
- flash da câmera forte demais.
Imagem IG Tecnologia

Link para ver algumas dessas soluções de baixa tecnologia para as falhas de alta tecnologia. 

13 março, 2009

Escrevendo com números

Raimundo Magalhães Júnior nos relata uma recreação que esteve em voga no Brasil, aí pela segunda metade do século dezenove: escrever com números. Nesse passatempo, os números eram inseridos em palavras para que fossem lidos como sílabas destas. Quando, por exemplo, alguém compunha "bisc-8", era "biscoito" que se devia ler, por interessar apenas o sentido fonético do número.
Eis algumas sentenças, pinçadas no autor supracitado, para dar uma idéia mais completa do assunto: "O 10-engano é o castigo do 7-tico" (o desengano é o castigo do cético). "O 10-tino do 9-lo é ser 19-lado" (o destino do novelo é ser desenovelado). "O mí-0 está sempre 10-contente" (o mísero está sempre descontente). E ainda: "A baleia, que bem conhe-6, produz o esperma-7" (a baleia, que bem conheceis, produz o espermacete).
Já foi uma mania nacional. Isso que, em dias mais recentes, encontra-se vestigialmente em pára-choques de caminhões. Carneiro Portela, em seu "Máximas, Adágios e Legendas de Caminhões", registra alguns exemplos: "70 me passar, passe 100 atrapalhar", "60 no bar, 70 sair 100 pagar, aí eu mando a polícia 20 buscar". Também atento à fraseologia burlesca veiculada pelos caminhões estradeiros, o autor destas linhas anotou do pára-choques de um deles, esta legenda inusitadamente escrita com números fracionários: "Rezei 1/3 a fim de encontrar 1/2 de te levar a 1/4".
Pertence a Filinto de Almeida, que se assinava F. d'A, a composição de maior fôlego desse passatempo. Ele, no último quartel do século dezenove, publicou no "Jornal do Povo" do Rio de Janeiro, os seguintes versos, todos eles terminados por números:
"Veio um dia ao Brasil um holan-10
E comeu de uma vez tanto bisc-8
Que de cheio e repleto nem 60
E fez por causa disso o diabo a 4.
Dá-lhe logo o doutor tão forte 12
Que ao ventre causou-lhe mil 10-as-3.
Então suplica o enfermo a um fran-6
Que era dos seus lamentos triste ou-20
Que por graça à saude lhe re-9,
Pois que ele a tinha forte como um br-11.
E o súcio, escutando a voz do mí-0,
Compassivo a curá-lo então 70
E curou-o metendo-lhe o ca-7!"
Esse F. d'A era um n-1-mero, vocês não acham?

12 março, 2009

Após Marilyn Monroe

A cena em que o vestido branco de Marilyn Monroe é levantado pelo jato de um respiradouro de metrô numa calçada tornou-se um ícone da cinematografia mundial. Pertence ao filme "The Seven Year Itch", uma comédia romântica de 1955, que recebeu no Brasil o nome de "O Pecado Mora ao Lado".
Inspirado no famoso registro iconográfico, o pintor Makan (Max) Emadi fez um quadro (óleo sobre tela) de uma mulher islâmica, em suas vestes tradicionais, cujas pernas estão também expostas pela ação de um outro respiradouro danisco.

Alá é Grande!

Finalmente

"Quando a Terra terminar 
numa grande explosão solar 
e o que era pedra, pau e aço 
virar pedaço 
e até os mares 
forem pelos ares 
sei que então, só então, 
voando em formação 
com moedas, botões, dedais 
e os restos de catedrais 
vai aparecer aquele meu chaveiro 
com a foto da Marilyn Monroe 
de corpo inteiro."
(da série "Poesia numa hora dessas?!")
O nosso cronista maior, Luis Fernando Veríssimo, por vezes consegue ser insuperável como poeta.

10 março, 2009

Lua-de-mel com a Lua

Contribuí só com o título para esta imagem.
Trata-se de uma das fotografias do projeto Lua Privada, criação dos artistas russos Leonid Tishkov e Boris Bendikov. Nele, todas as cenas fotografadas (urbanas e campestres) incluem uma escultura luminosa da Lua em fase de quarto.


Itapiúna - CE

Para quem não quer afundar...


JACARÉ É TRONCO?

09 março, 2009

O canivete suíço


Sabendo que o exército do seu país importava canivetes alemães, o suíço Karl Elsener abriu a sua fábrica em 1884. Em poucos anos, os canivetes que ele fabricava (Victorinox) passaram a ser distribuídos com os soldados suíços. Na II Guerra Mundial, por se encontrarem entre os apetrechos dos soldados norte-americanos, os canivetes suíços se tornariam conhecidos mundo afora.
Para ampliar o negócio e atrair utilizadores mais exigentes, Elsener foi gradativamente aumentando as ferramentas disponíveis no canivete. E, assim, surgiram modelos com abridor de latas, chave de fenda, saca-rolhas, tesoura, alicate, abridor de garrafas, palito de dentes, pinça, gancho de pesca, lente de aumento e até uma pequena bússola. 
Um desses atuais canivetes suíços (de outro fabricante), o Wenger Giant Knife, consegue reunir 87 ferramentas com 141 funções.



Tartarugas mordedoras


Pergunta
Como fazer uma tartaruga largar a minha mão? Nikita

Resposta
Dar a ela alguma comida melhor do que a sua mão. (Ainda bem que você não tem leões.) Gerardo Enrique

Yahoo! Respostas

08 março, 2009

As "guerreiras" de Lisístrata

"Lisístrata" é o nome de uma comédia anti-guerra de Aristófanes. Na ocasião em que foi escrita (411 a.C.),  a Grécia atravessava uma longa guerra fraticida entre Atenas e Esparta. Cansada de ver tantas perdas humanas nos lados em conflito, a ateniense Lisístrata lidera um movimento de mulheres, nessas duas cidades gregas, para que seus maridos parem de lutar. E a greve de sexo é a estratégia que elas empregam para a consecução desse objetivo. No final, graças às "guerreiras" de Lisístrata, a paz é celebrada entre as duas cidades.
No Brasil, o dramaturgo Augusto Boal adaptou a peça de Aristófanes para "Mulheres de Atenas", em parceria com Chico Buarque que fez as canções.

Nota para evocar o 8 DE MARÇO - DIA INTERNACIONAL DA MULHER.