26 setembro, 2015

O homem que salvou o mundo

Na noite de 26 de Setembro de 1983 – há exatamente trinta e dois anos, portanto – era o tenente-coronel Stanislav Petrov (foto) o responsável pelo serviço no centro de comando Serpukhov 15. Este centro vigiava, através de satélites-espião, eventuais lançamentos termo-nucleares americanos: era o equivalente soviético ao NORAD dos EUA.
Perturbando a calma noturna, o alarme estridente soou. Olhando para o enorme écran de radar à sua frente, Petrov terá sentido um arrepio na espinha: quatro pontinhos brilhantes moviam-se dos Estados Unidos em direção ao território soviético. Aparentemente, tinha começado a Terceira Guerra Mundial.
O tenente-coronel sabia exatamente o que fazer. Tinha à sua frente a chave que deveria rodar, fazendo soar o alarme em todas as instalações nucleares soviéticas. O Presidium do Soviete Supremo ainda teria que autorizar e fornecer os códigos de lançamento, claro; mas devido à política de lançamento ao primeiro aviso ("use them or loose them"), o mais provável seria haver, nos trinta minutos seguintes, seis ou sete mil ICBMs e dois ou três mil super-bombardeiros estratégicos cruzando os céus em direcção aos seus alvos nos Estados Unidos.
No último segundo, uma centelha de razão iluminou-se no espírito do tenente-coronel. Seria o inimigo americano estúpido ao ponto de atacar com quatro, apenas quatro mísseis? Se aquilo fosse efetivamente o princípio de uma guerra, não deveria ele estar a ver centenas, talvez milhares de pontinhos brilhantes no radar?
Há exatamente trinta e um anos, Stanislav Petrov decidiu esperar. Aqueles quatro pontinhos brilhantes poderiam ser apenas um erro de leitura… e não lhe apetecia matar dois ou três bilhões de pessoas só porque um computador soviético tinha se avariado.
Veio a saber-se mais tarde que os satélites de vigilância soviéticos foram iludidos por um raro alinhamento de nuvens de grande altitude, sobre as quais a luz solar incidiu com uma orientação muito específica. A história de Stanislav Petrov e dessa terrível noite de há trinta anos está contada em um documentário televisivo.
Antonio Pedro Neves, via Google+

Onde ler mais:
Stanislav Petrov – o homem que salvou nossas vidas, por André. In: www.ceticismo.net

Promo Trailer:
Kevin Costner – Robert De Niro – Matt Damon


War Games:
Lembra-se do filme "War Games"? Este filme é sobre um jogo de computador com o potencial para iniciar uma guerra termonuclear. Mas, estranhamente, este cenário criado em 1983 era mais verdade do que ficção. Em 1979, programadores quase começaram a III Guerra Mundial, quando eles acidentalmente rodaram uma simulação de um ataque soviético nos computadores do NORAD.
A simulação de computador que quase começou a III Guerra Mundial, GIZMODO

Nenhum comentário: