13 janeiro, 2017

Sexta-feira 13: O Empirismo da Má Sorte

Estudo
Tendo em conta que hoje é sexta-feira 13, é, portanto, o melhor momento para examinar a questão de saber se os resultados socioeconômicos das pessoas nascidas no dia 13 do mês e daquelas nascidas na sexta-feira 13 diferem dos resultados das pessoas nascidas em dias mais auspiciosos.
Os pesquisadores Dr. Jan Fidrmuc e Dr. Juan De Dios Tena Horrillo realizaram um dos raros estudos em grande escala que tenta esclarecer o assunto.
"Nós investigamos o assunto em questão usando o UK Labor Force Survey  (LFS), uma pesquisa trimestral nacionalmente representativa das famílias em todo o Reino Unido. A cada trimestre, o Office for National Statistics (ONS) entrevistou cerca de 60 mil domicílios, com mais de 100 mil respondentes individuais com idades entre 16 anos e mais. Nós usamos dados de 1999 a 2011, o que nos deu cerca de 3,9 milhões de observações."
Resultados
Os nascidos no dia 13 ou na sexta-feira 13 não precisam perder muito sono sobre as circunstâncias desfavoráveis ​​de seu nascimento.
"Encontramos pouca evidência de que ter nascido num dias 13 ou numa sexta-feira 13 esteja  associado dramaticamente com piores resultados no mercado de trabalho ou no casamento. Nossos resultados indicam um pequeno aumento na probabilidade de que os homens nascidos no dia 13 estejam empregados e uma pequena diminuição na probabilidade de que eles permaneçam solteiros."
Os autores deixam para o leitor decidir se ficar solteiro é boa ou má sorte.

O documento pode ser lido aqui, na íntegra, Friday the 13th: The Empirics of Bad Luck (in: Kyklos, Volume 68, edição 3, páginas 317-334, Agosto de 2015).
Via Improbable Research, edição de 13 de maio de 2016.

Num país não muito longe daqui assombrado pelos demônios

Da esquerda para a direita: Executivo, Legislativo, Judiciário e Mídia

Nenhum comentário: