17 julho, 2014

Besouros que galopam

A maioria dos insetos anda em uma marcha que mantém três patas no chão enquanto as outras avançam. Mas, em algum momento ao longo da linha evolutiva, três espécies de besouro decidiram romper com essa regra, desenvolvendo uma espécie de galope: o Pachysoma endroedyi, o P. hippocrates e o P. glentoni, que movem cada par de pernas em sincronia. Como um coelho saltando ou um cavalo a galopar.
Porque exatamente esses besouros aderiram ao galope é motivo de especulação. É muito ineficiente. Nesse tipo de marcha, os insetos usam as patas dianteiras e do meio, enquanto as patas traseiras em nada contribuem para a propulsão deles.


2 comentários:

Ricardo Oliveira Guimaraes disse...

Curioso, será que reservam para outros rumos como para saltarem ou a evolução está descartando o ultimo par de pernas, quem sabe um dia começaram nascer com apenas 2 pares! é a evolução!!!

Paulo Gurgel disse...

Com dois pares de pernas serão quadrúpedes, e se usarem apenas um para para caminhar ou saltar...
Aí, teremos fortes concorrentes.
Um abraço, Ricardo.