03 fevereiro, 2017

Tempos cinzentos

São Paulo – O grafiteiro Mauro Neri foi detido por policiais militares na sexta-feira passada, 27, quando tentava apagar a tinta com que a Prefeitura encobriu um grafite que ele mesmo havia feito, com aval da gestão anterior, em uma pilastra do complexo viário João Jorge Saad (Cebolinha), em Moema, na zona sul de São Paulo.
Acusado de crime ambiental, ele assinou um termo circunstanciado de ocorrência (TCO) no distrito policial da área e foi liberado.

Uma das obras de Mauro Neri

Nenhum comentário: