12 novembro, 2014

A árvore mais antiga do mundo

É o velho Tjikko. Brotou em algum momento da última Era Glacial, cerca de 9.550 anos atrás.
Este abeto de 16 metros que vive na província de Dalarna, Suécia, pode parecer com uma árvore de Natal do Charlie Brown, mas não se deixe enganar. De acordo com o Wired, o sistema radicular deste rapaz começou a perfurar o solo quando as Ilhas Britânicas ainda estavam ligadas à Europa por uma ponte de gelo.
O geólogo Leif Kullman, que descobriu a árvore, nomeou-a assim (Tjikko) em memória de seu falecido cão.

Ler mais: Six of the Oldest trees in the World, Mental Floss

Poderá também gostar de ler: A árvore solitária de Ténéré, Plantas que se comunicam, O eucalipto arco-íris, Plantas luminosas, De onde vem a cortiça?, A Floresta Torta e O Baobá Bule

4 comentários:

Clara Sol disse...

Paulo..
Deveras interessante esta arvore.
E ela continua firme, incrível.
O tempo faz que esta arvore fique cada vez mais firme.
Agradeço por esta aula de cultura.
Sempre aprecio ensinamentos.
Deixando meu abraço.
ClaraSol

Paulo Gurgel disse...

Será que comemoraremos o aniversário de 10 mil anos da árvore?
Uma data cheia, por sinal.
Se não?...
Será por limitação nossa.

Ana Maria Nachornik disse...

Uma belíssima árvore, com quase dez mil anos de existência. Pensei que o cipestre de Tule, no México, fosse a mais antiga árvore ainda existente. Adoraria descansar à sombra desta idosa e belíssima árvore. Afinal são mais de nove mil anos de sombra desta forte e guerreira árvore! Parabéns á árvore mais antiga do nosso planeta.

Paulo Gurgel disse...

Ana Maria,
O velho Tjikko é um guerreiro da sobrevivência, mas não faz tanta sombra assim (quanto o cipreste de Tule).
A propósito, uma lenda interessante cerca a origem do cipreste mexicano.
Gostaria de que você a lesse.
http://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%81rbol_del_Tule