05 julho, 2012

Reação em cadeia de dominós

Esta experiência com dominós permite compreender como se produzem as reações em cadeia no famoso efeito dominó. Neste caso, há 13 peças de dominó e, como pode se ver, cada uma delas pode fazer tombar a seguinte, que é 1,5 vezes maior.
A menor das peças tem 5 mm de altura e 1 mm de largura (sendo posicionada na fila com o auxílio de uma pinça), enquanto a maior mede cerca de 1 m e pesa quase 50 kg.
O vídeo também informa que, se houvesse 29 dominós - obedecendo-se as mesmas proporções - a maior das peças seria tão alta quanto o Empire State Building. Numa fictícia montagem de demonstração, a energia original seria amplificada em 2 bilhões de vezes.
De onde vem tanta energia?
Está "armazenada" na forma de energia potencial gravitacional: enquanto as peças estão em repouso, nada sucede; porém, quando saem do equilíbrio, toda essa energia é liberada. Ao colocar as peças de novo em sua posição, para repetir a experiência, é quando tornamos a "recarregá-las" manualmente com a energia potencial.


Poderá também gostar de ver...
Uma tacada de mestre, O efeito dominó e O efeito dominó na AIDS

Nenhum comentário: