16 setembro, 2007

Ventríloquo

Do latim ventri+loquu.
Diz-se do indivíduo que tem a faculdade de falar sem fazer movimentos perceptíveis da boca, modificando sua voz natural de maneira que esta dá a impressão de provir de outra fonte.
A ventriloquia é um assunto que nos remete à antiga Roma, onde os oráculos utilizavam essa habilidade para anunciar suas profecias. Criando a ilusão de que a voz provinha do ventre por alguma interferência divina.
Nos últimos séculos, esta prática se apartou de sua conotação mística. E, associada à manipulação de bonecos (com os quais o ventriloquista finge dialogar), passou a fazer parte de espetáculos teatrais e circenses.

Botando boneco
Residindo no Ceará, é destaque nesta arte Augusto Oliveira, o Augusto Bonequeiro (ver gravura abaixo).

Para se informar sobre o seu trabalho, clique aqui.
Para ler o seu blog, clique aqui.

2 comentários:

Airton Soares disse...

:: Gosto de `esquartejar` as palavras. É vício antigo.

:: Desconhecia a origem da palavra ventríloquo.

:: Mais uma etimologia que vem enriquecer minha página, graças ao excelente texto do blog do PG (Dr. Paulo Gurgel)

Airton Soares disse...

ASSIM INTRODUZI O POST

Airton Soares

Gosto de `esquartejar` as palavras. � v�cio antigo. N�o � novidade para quem � ass�duo desse "Li".

Desconhecia a origem da palavra ventr�loquo. Mais uma etimologia que vem enriquecer minha p�gina, gra�as ao excelente texto do blog do PG (Dr. Paulo Gurgel).

Visite-o e se lambuze de cultura! Pera� lambuzar nesse contexto � coisa boa. Imagine voc� menino, pinto cal�udo, todo breado de manga dos p�s � cabe�a.

� temp�o!
Al� Al�
Interior.
Al� Al� Ipu!

Clique no linque blog do PG (cor vermelha-acima) e confira, ou ent�o clique em dos marcadores (abaixo).

AS, carece dizer isso? Carece! Todo Santo Dia tem gente novata acessando a net. Por isso, foi-n�o-foi aproveito um cabimento para explicar tintim por tintim essas dicas. Ent�o, se � assim...