03 maio, 2014

A ignorância

"Tenha a coragem de ser ignorante em um grande número de coisas, a fim de evitar a calamidade de ser ignorante em tudo." - Sydney Smith

De uma carta de Benjamin Franklin a John Lining, da Carolina do Sul, em 18 de março de 1755:
"Eu acho que um franco reconhecimento da ignorância não é apenas a maneira mais fácil de se livrar de uma dificuldade, mas a forma mais eficaz para obter informações e, portanto, eu vou praticá-la. É principalmente uma conduta honesta. Aqueles que julgam conhecer cada coisa, e comprometem-se a explicar todas as coisas, permanecem, muitas vezes, ignorantes em muitas coisas que outros poderiam instruí-los se aparentassem ser menos vaidosos."
Pondo a ignorância em prática
Ignorância ou apatia?, O dom de línguas e Não sei

Um comentário:

Clara Sol disse...

Boa noite Paulo.
Eu acho que ser ignorante consenso é ter uma atitude honesta.
Quem se explica demais acaba se perdendo em suas próprias palavras, pois mentiras não têm pernas por conseguinte não se firma em suas palavras.
Um fantástico final de semana e que Deus te ilumine seus caminhos.
Um grande abraço.
ClaraSol