18 fevereiro, 2011

Gurgel. Especulações sobre a origem do sobrenome

A família Gurgel no Brasil, segundo diversos autores, teve início com a vinda de Tous-Saint Gurgel para o nosso país, em 1595. Aqui, o corsário francês casou-se com Domingas de Arão Amaral, de família lusitana, no ano de 1598, e desse consórcio nasceram oito filhos.
Sendo filho de pai alemão da região da Baviera, de seu lado paterno o francês Tous-Saint herdou o sobrenome Gurgel.
Em alemão, die Gurgel significa garganta, que tanto pode ser a parte anterior do pescoço (a goela, o mesmo que die Kehle) quanto uma passagem estreita entre montanhas (desfiladeiro). Se o que legou o nome à família foi a remota existência de um Gurgel bom de papo ou de antepassados que viviam em algum desfiladeiro europeu, isso fica com a imaginação de cada um.
Um dos sinônimos para garganta é gorja (do francês gorje). Derivaram de gorja: gorjal, gorjeio, gorjeira e gorjeta (a gratificação que se dá ao garçom para molhar a garganta).
Na área farmacêutica, existe um produto à base de cetilpiridínio que se indica para afecções da garganta. Tem o sugestivo nome de...  Gurgol.
E, para finalizar, a informação da forma com que nossos parentes em Moçambique grafam o sobrenome: Gourgel. A respeito disso já escrevi uma nota no Linha do Tempo. PGCS

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Outras e graciosas especulações sobre a origem do sobrenome. Por Winston Graça

Várias especulações poderiam ser acrescentadas ao sobrenome do seu ancestral, aquele que inaugurou seu sobrenome.
É bom lembrar que realmente, na idade média, sobretudo entre marinheiros, soldados e piratas, o nome familiar não interessava muito, mas sim aquele que bem designava o seu portador.
Assim obtivemos sobrenomes nacionais tais como “Pequeno”, “Marinheiro”, “Pimenta”, “Ferreira” etc...
Quem sabe o “Gurgel” ou “Gourgel” do Tous-Saint não seja realmente porque o homem tinha uma voz exímia e sabia trinar?
Ou talvez esse corsário tinha aqueles pescoços (goelas) fortes, curtos e grossos, típicos dos homens do mar?
Ou um cara que tinha uma fome constante e se “esguelava” na comida?
Ou Tous-Saint seria um falastrão que, na ausência de mídia para digitar um blog, passava o tempo contando estórias de pescadores, entornando boas cervejas da Bavária e quejandos?
Ou dono de uma voz tronitruante, daquelas que quando falava, o navio estremecia e lá de sua cabine o comandante ouvia e reclamava: “esse goela não me deixa trabalhar...”
Ou quem sabe fosse um grumete daqueles que sobe ao pico do mastro e se esgoela para a marinhada lá de cima, aos gritos de qualquer coisa à vista?
Ou como o homem era filho da Bavária, onde abundam montanhas e desfiladeiros (“kehles”), os companheiros diziam: “e aí, Tous-Saint dos Kehles”...?
Dessa região pode ser andado pelo Tirol, treinando trinos gritantes dos picos cheios de eco: “Ôooo tiruêitttiiiii...”
Quem sabe seu antepassado, à noite à luz da lua sobre o convés, não “gorgeava” lindas canções medievais, em um alaúde de estimação, parecido com seu violão, com saudades de louras tranças deixadas em terra, ou morenos buços de Domingas, deixada no Tejo, e aí a marinheirada dizia: esse cara é mesmo uma garganta!


WINSTON_09697


P.S. – Você sabia que “Gorjala” é o nome de um gigante lendário, de pescoço grosso e guloso do folclore cearense? Pois é...

15 comentários:

João Pedro Paixão DeAcaia disse...

Gurgel nada mais é que a tradução do nome francês Gourgues!

Paulo Gurgel disse...

Grato pela contribuição, João Pedro.
Sairá uma nova postagem sobre o assunto nos próximos dias.

Gustavo Gurgel disse...

Todo nome nada mais é q tradução de algo!
O Prof. Dr. Aldysio Gurgel disse q somos descendentes de linhagem nobre Alemã.

Paulo Gurgel disse...

A hipótese levantada pelo João Pedro também atende ao quesito da linhagem nobre. Caso tenhamos sido Gourgues, alguns ascendentes nossos ocuparam cargos importantes na França.
http://gurgel-carlos.blogspot.com.br/2016/03/a-familia-gourgues.html
De qualquer forma, republicano que sou, não vou me alongar sobre isso.
Um abraço, primo.

Maria Crizelen disse...

Minha família mora no Amazonas, não faço ideia quem são meu antepasados. Me chamo Crizelen Gurgel

Paulo Gurgel disse...

Olá, Crizelen.
Não disponho de informações sobre o ramo da família Gurgel que vive no Amazonas. Minha fonte de dados abrange principalmente os ramos da família no Ceará e no Rio Grande do Norte.
Sugiro que você comece a elaborar o seu mapa genealógico com as informações obtidas de seus parentes mais próximos. Quanto antes, melhor.
A título de orientação, envio-lhe um link para que você acesse o levantamento genealógico que fiz para cinco gerações de descendentes de Almerinda Gurgel, minha avó materna.
https://docs.google.com/document/d/1Ss5xkuuIbgQ8zz6IU8-hPRkkNY0_Vb1IfLoyJRmGuhk/preview
Você pode usá-lo como modelo.
Boa sorte.

varedade disse...

Meu nome Letícia Gurgel eu também sou de Fortaleza eu sou estudante eu tenho uma família muito grande pro parte de mãe que são os Gurgel.

Steven Beckstern disse...

Oi prima. Tambem sou do amazonas com esse sobrenome estranho

Weydson Ferreira disse...

O sobrenome do meu tataravô pode ter origem alemã ou alguma relação com a Baviera antiga ou a França

Weydson Ferreira disse...

Oi Paulo? Eu fiquei muito interessado na história da minha família.Pai da Tataravô é GURGEL, tbm é originário do RN. Esse sobrenome pode ter surgido na Bavária ou França.

Paulo Gurgel disse...

Olá, Weydson.
Nascido em Alsácia, a leste da França, junto às fronteiras da Alemanha e da Suíça, Tous-Saint Gurgel era filho de pai alemão da Baviera e mãe francesa.
Confira neste artigo do historiador e genealogista Ormuz Simonetti.
http://gurgel-carlos.blogspot.com/2010/09/origem-da-familia-gurgel-do-amaral.html
Está no livro "Nas Trilhas do Passado", de Aldysio Gurgel, e é a versão mais consistente para a origem da família Gurgel no Brasil.

Anônimo disse...

Eu sou Ana GOURGEL dos que vieram do Brasil para Africa!
Amo a minha família
Bivo em ANGOLA

Unknown disse...

Oi boa tarde, primos e primas !!!
Também faço parte desta imensa família Gurgel.
Me chamo Cyrce Gurgel, filha de Luís Carlos Peçanha Gurgel e neta de Júlio Peixoto do Amaral Gurgel.
E pelo que vejo é muito grande está família.

Marina Gurgel disse...

Bom dia a todos, chamo-me Marina Amaro Gurgel. Minha família toda (por parte de pai e mãe, pois eles são primos) é de Icó/Ceará e sempre soube que a origem da nossa família era de Aracati. Fiquei super encantada com o que estou conhecendo através de alguns posts que dizem que somos descendentes de Tousant Gurgel, um francês que casou-se com uma Luzitana aqui no Brasil. Coincidentemente quando estava lendo sobre isso, vi alguns sobrenomes que conheço lá da região da minha famíli que são: Ferreira (um sobrenome dos meus dois avôs), Carlos (um sobrenome da minha avó paterna) e Melo.
Tenho parentes que moram em várias cidades do Brasil, inclusive no Norte.

Paulo Gurgel disse...

Olá, Marina.
Você encontrará mais informações e comentários sobre a família Gurgel no Brasil, utilizando-se dos seguintes links:
https://gurgel-carlos.blogspot.com/2017/08/trezentos-anos-da-familia-gurgel-no.html
https://gurgel-carlos.blogspot.com/2011/01/familia-gurgel-em-otavio-bonfim.html
https://gurgel-carlos.blogspot.com/2017/07/tiburcio-gurgel-um-patriarca-do-oeste.html
https://gurgel-carlos.blogspot.com/2018/09/jose-gurgel-valente.html
https://gurgel-carlos.blogspot.com/2013/10/fernando-gurgel-de-souza.html
https://gurgel-carlos.blogspot.com/2016/11/os-mais-longevos-da-familia-gurgel-no.html
https://gurgel-carlos.blogspot.com/2013/12/dionisia-e-presenca-de-acopiara-na.html
https://gurgel-carlos.blogspot.com/2017/10/coronel-gurgel-e-o-bando-de-lampiao.html
https://gurgel-carlos.blogspot.com/2010/09/origem-da-familia-gurgel-do-amaral.html
https://gurgel-carlos.blogspot.com/2015/01/sobre-familia-gurgel-do-amaral-valente.html
https://gurgel-carlos.blogspot.com/2016/07/miguel-santiago-gurgel-do-amaral.html
https://gurgel-carlos.blogspot.com/2010/08/fernando-nogueira-gurgel.html
https://gurgel-carlos.blogspot.com/2011/01/o-gurgel-inconfidente.html
https://gurgel-carlos.blogspot.com/2015/04/a-gurgel-motores-sa-19691994.html
https://gurgel-carlos.blogspot.com/2010/10/descendentes-de-toussaint-e-domingas.html
https://gurgel-carlos.blogspot.com/2017/03/a-libertacao-dos-escravos-na-fazenda.html
https://gurgel-carlos.blogspot.com/2015/11/estatisticas-sobre-os-sobrenomes-gurgel.html
https://gurgel-carlos.blogspot.com/2009/08/descendencia-de-almerinda-gurgel.html
https://gurgel-carlos.blogspot.com/2009/10/miss-hermengarda.html
https://gurgel-carlos.blogspot.com/2007/10/de-irmo-para-irmo-mano-mano.html
https://gurgel-carlos.blogspot.com/2007/10/honra-ao-mrito.html
... e outras notas publicadas em "Linha do Tempo".