03 dezembro, 2007

Residência Médica e ESP-CE

Ontem, na função de entrevistador (avaliador de currículos), participei do Processo Seletivo 2008 que a Escola de Saúde Pública do Estado do Ceará (ESP-CE) realizou para selecionar, dentre os médicos candidatos, os que vão ingressar na Residência Médica (RM) dos hospitais da rede pública estadual. Como já tenho feito anualmente, desde 1995, ano em que tive o nome pela primeira vez lembrado para essa função pelo Professor Marcelo Gurgel, o qual tem sido o coordenador desses processos seletivos.
Para disputarem as 154 vagas ofertadas pela Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (SESA-CE), que se acham distribuídas em 57 programas de Residência Médica, inscreveram-se 745 médicos. E no certame ontem realizado, que consistiu de provas escritas e entrevistas com avaliações curriculares, foram selecionados aqueles que preencherão as vagas da RM destes sete hospitais:
Hospital Geral de Fortaleza (HGF), Hospital Geral Dr. César Cals (HGCC), Hospital de Messejana (HM), Hospital São José de Doenças Infecciosas (HSJ), Hospital Infantil Albert Sabin (HIAS), Hospital de Saúde Mental de Messejana (HSMM) e Hospital Geral Dr. Waldemar de Alcântara (HGWA).
A boa prática médica, que deve ser humanitária e respaldada em evidências científicas, além de constantemente atualizada, necessita desta forma de treinamento em serviço chamada de Residência Médica, a qual é considerada por nós, profissionais da saúde, como o padrão-ouro da pós-graduação médica.

Um comentário:

Letícia disse...

Gostei muito desse post e seu blog é muito interessante, vou passar por aqui sempre =) Depois dá uma passadinha lá no meu, que é sobre frases e poesias, espero que goste. O endereço dele é http://mil-frases.blogspot.com. Um abraço.