14 janeiro, 2012

No frigir dos ovos...

Para Noelma Sales
É o mesmo que dizer: no momento da prova, no instante crucial, na hora decisiva.
A locução é parte de um provérbio, do qual se separou, adquirindo autonomia. Raimundo Magalhães Jr., em seu "Dicionário de Provérbios...", recorre a um pequeno trecho da comédia "O Diabo no Corpo", de Coelho Neto, para apresentar  o provérbio que deu origem a essa locução.
É quando o candidato a deputado, Dr. Libório, usando o provérbio, assim se dirige ao Coronel Anatólio: "Como preciso do concurso de ambos os partidos, trato de contentá-los igualmente. Mas... que valem circulares, coronel? Palavras, palavras, como dizia o outro. No frigir dos ovos é que se vê a manteiga."


Bônus
O BRASILEIRO CORDIAL
EXPRESSÕES POPULARES. ORIGENS

Nenhum comentário: