09 dezembro, 2011

Solidão


por Fátima Irene Pinto
In: Palavras para entorpecer o coração

Solidão não é a falta de gente para conversar,
namorar, passear ou fazer sexo...
Isto é carência.
Solidão não é o sentimento que experimentamos pela ausência de
entes queridos que não podem mais voltar...
Isto é saudade.
Solidão não é o retiro voluntário que a gente se impõe, às
vezes, para realinhar os pensamentos...
Isto é equilíbrio.
Solidão não é o claustro involuntário que o destino nos impõe
compulsoriamente para que revejamos a nossa vida. ..
Isto é um princípio da natureza.
Solidão não é o vazio de gente ao nosso lado...
Isto é circunstância.
Solidão é muito mais do que isto.
Solidão é quando nos perdemos de nós mesmos e procuramos em
vão pela nossa alma....

(repassado por Rosy Mary Macêdo Pinto)
Posts relacionados:
Cotidiano e A solidão é progressiva.
É IMPORTANTE LER OS COMENTÁRIOS.

7 comentários:

anamargarida disse...

Paulo, estou lhe enviando a primeira carta de amor que o Rose me fez e que fala de solidão.

São Paulo, 10 de Julho de 1994.

“No princípio a terra era sem forma e vazia e havia trevas sobre a face do abismo, e disse Deus haja luz e houve luz”.

Gênesis, Cap. 1, ver. 1 e 2.

Minha Margô adorada.
Caminhava exausto no meu insano trabalho, dia e noite, buscando em vão um lenitivo para a gélida e negra solidão abismal em que estava mergulhado, quando você surge e realiza o milagre bíblico inundando-me de luz, devolvendo-me o élan de viver.
Como é radioso o seu amor. Divinos são os seus carinhos, envolvente é o seu olhar meigo no qual transparece sua alma clara e límpida. Essa luz que de você irradia, ilumina meu coração e me salva. Por isso querida, sou-lhe grato, mil vezes obrigado! Com o meu beijo ardente sinta quanto a amo e as pungentes saudades que me consomem.
Sempre seu,
Rosemberg

Nelson Cunha disse...

Paulo,
Desculpe-me pela observação. O texto é bom, mas não é do Chico. O Chico é mais sofisticado.
Abração.
Nelson

Paulo Gurgel disse...

Nelson,
Eu concordo somente com dois aspectos de sua observação:
1) O texto é bom.
2) Chico é mais sofisticado.
Paulo
"O pior de uma citação publicada na internet é a gente não poder estar cem por cento seguro de sua autoria." Abraham Lincoln

anamargarida disse...

Acho que o Nelson Cunha tem razão. Este texto não é do Chico. Conheço bem a sua obra e não identifico o Chico no texto.
abraço
anamargarida

Paulo Gurgel disse...

Não se discute aqui a excelência do texto, questiona-se quem é o autor. Uma dúvida que eu também tive, alguns meses atrás, ao receber esta matéria.
À época, pesquisando na internet, constatei em alguns sites como sendo da autoria de Chico Buarque. Entretanto, concordo com as observações dos amigos Nelson e Ana Margarida. "Solidão" não tem mesmo o DNA do Chico.
Por conseguinte, estarei atento para corrigir a autoria do texto, se tal providência for solicitada por quem de direito - com provas.

Nelson Cunha disse...

http://www.fatimairene.com/especial/palavras_para_entorpecer_o_coracao.htm

Paulo,
Descobri a Origem do texto. É parte deste livro (link)publicado por Fatima Irene.
Nelson

Paulo Gurgel disse...

Veja errou.
E o Chico agora vai ter que deixar a autoria deste texto para a Fátima Irene tomar seu lugar.
Pelo menos neste blogue.