25 março, 2016

Quem morre lentamente...



Até tu, Universo?
O Universo está morrendo pouco a pouco, segundo uma equipe internacional de cientistas, que concluiu que a energia produzida atualmente por 200 mil galáxias é duas vezes menor que há dois bilhões de anos.
"A partir de agora, o Universo está fadado ao declínio", explicou Simon Driver, membro do Centro Internacional de Pesquisas Radioastronômicas (ICRAR) da Austrália, que participou do projeto.
"O Universo se estirou no sofá, se cobriu com uma manta e se prepara para um sono eterno", acrescentou o cientista.

2 comentários:

Zilda Oliveira Zolio disse...

Nada é para sempre o negócio é viver intensamente sem medo de ser feliz. E deixar o barco navegar e seja o que Deus quiser.

Paulo Gurgel disse...

"Carpe diem quam minimum credula postero."
http://blogdopg.blogspot.com.br/2013/02/carpe-diem.html