27 janeiro, 2008

“Adios Nonino”

Lindíssima música de Astor Piazzola (1921 – 1992) aqui tocada por seu Quinteto, com Piazzola ao bandoneón. Pelas circunstâncias em que foi composta (morte recente do pai, a quem Piazzola dedicou esta música), “Adios Nonino” transmite ao ouvinte uma densa carga emotiva. E, ao lado de “Libertango” e “Balada para um loco”, está entre as composições mais conhecidas e interpretadas do maestro argentino.
Todavia, as suas músicas nem sempre foram bem recebidas nos redutos dos tangueros tradicionais. A estes críticos, Astor Piazzola dizia que compunha “música contemporânea de Buenos Aires”. Com a qual, porém, obteve o reconhecimento público de haver sido, na segunda metade do século XX, o grande inovador do tango argentino.
Dentre os amigos que teve no Brasil, podemos citar o poeta Vinicius de Morais e o maestro Tom Jobim (com quem Piazzola chegou a tocar).

2 comentários:

Anônimo disse...

Olá, Paulo, parabéns pelo blog. Quem sabe me animo a criar o meu...

Augusto disse...

Olá Paulo, muito lindo o seu blog :)
Un saludo desde Argentina