30 novembro, 2016

Ou isto ou aquilo




Uma mulher da comunidade Kayan, minoria étnica das regiões montanhosas do sudeste de Mianmar
e do oeste da Tailândia, usando colares de bronze que, gradativamente, foram aumentando o tamanho do seu pescoço.
Esta foto foi tirada em meados da década de 1950.

Ou isto ou usar sapatos altos.

O artesão do papelão

Luanga Nuwame é um artesão do papelão. Ele pode fazer qualquer coisa de papelão, inclusive um Baby Groot (pequeno super-herói da Marvel), um relógio de sol e uma cadeira de balanço.
O mais recente desafio para Nuwame foi também o mais difícil. Ele construiu uma máquina para exercício físico, articulada, apenas com papelão (nove camadas do tipo ondulado) e cola. Ele exercita-se nela (vídeo). Mas ela não teria condição de sustentar o peso do artesão, se ele não tivesse projetado a questão do equilíbrio perfeitamente.


"Empurrando os limites do que pode ser feito com papelão."

29 novembro, 2016

Sobre lobos e cães

Neil de Grasse Tyson. @neiltyson:

– Quem imaginaria que uma alteração nos genes dos lobos desse origem a cães que se deleitam em andar de carro com a cabeça fora da janela?


–Talvez os lobos também adorassem andar de carro com a cabeça fora da janela, mas a minha impressão é de que eles iam preferir comer o motorista.

A caixa de aventuras

Mensagens

A mulher e seu cão:
Quem recebe mais mensagens?

28 novembro, 2016

Curiosidades postais e filatélicas - 3/3

(continuação de 2/3)
Século XXI
2001 – A Suíça lança o primeiro selo com aroma de chocolate, homenageando seus tradicionais fabricantes.
2002 – Lançado "Campeões do Mundo de Futebol no Século XX", o primeiro selo redondo emitido no Brasil.
28/09/2007 – Portugal lança o primeiro selo postal de cortiça do mundo.
01/09/2010 – Lançado no Brasil um selo postal produzido em tecido sintético, o primeiro das Américas.
(fim)

Filatelia Médica | Sem zelo com o selo | Da Abecásia com amor

A mosca de Bill Gates

A fama de Bill Gates e suas contribuições à humanidade no campo da dipterologia – em especial na erradicação dos mosquitos, seja geneticamente ou seja por arma a laser – fizeram com que ele ganhasse um reconhecimento: uma espécie de mosca que leva seu nome. É a chamada mosca de Bill Gates, a Eristalis gatesi, encontrada apenas nas altas montanhas da Costa Rica.
E, para que seu amigo filantropo e cofundador da Microsoft não ficasse para trás, outra mosca do mesmo habitat foi nomeada mosca de Paul Allen, aliás Eristalis alleni. [Fonte: Wikipedia.]

27 novembro, 2016

A educação escolar na Finlândia

"A Finlândia é classificada como o país que tem os melhores estudantes do mundo. O que leva todos a se questionarem: A sério, a Finlândia? Este é o povo que nos deu o campeonato de guitarra imaginária (*) e os desportos de lançamento de telefones celulares e de correr carregando a esposa. São estes os gênios que quebraram os códigos de uma boa educação? Quer dizer, como é que os jovens da Finlândia estão à frente do resto do mundo? Como é que eles fizeram isso? Esta era a pergunta # 1 para a qual eu queria uma resposta. E fui diretamente ver a ministra da educação inimiga." - Michael Moore, cineasta


InDICAção deste vídeo: Jaime Nogueira

(*) Há controvérsias.

Ver também: Massacres em escolas

Terra tem um amigo pequeno asteroide

A NASA anunciou a descoberta de um asteroide, designado como 2016 HO3, que é um companheiro constante da Terra. Ele foi visto pela primeira vez em abril deste ano.
Este asteroide gira em torno da Terra e do Sol, em uma espécie de espiral, mantendo uma distância regular de nós. Por estar mais longe de nós do que a Lua, além de ser bastante pequeno (entre 40 e 100 metros de diâmetro), o asteroide não tinha sido visto antes.
É um quase-satélite da Terra.
Vídeo

26 novembro, 2016

Plantão da Globo

Houve tempo em que o Plantão da Globo dava a notícia em primeira mão. Hoje em dia a gente vê primeiro no Twitter.
A musiquinha é tipo uma trombeta do Apocalipse.
É pior do que muitos filmes de terror.
Precisamos conversar sobre a nova vinheta.
Depois do Twitter, o Plantão da Globo, tornou-se totalmente obsoleto. Alguém duvida?
Cadê o Plantão da Globo para mostrar o Show dos Atrasados?
Quem morreu? Plantão da Globo.
O carro passa por aqui com a musiquinha do Plantão da Globo. Você acha que é algo interessante. SÃO 30 OVOS POR 10 REAIS!!!
"Tá caro" os ovos.

Chico Buarque desautoriza a TV Cultura a continuar usando sua música no programa Roda Viva

Chico Buarque de Hollanda desautorizou a TV Cultura a continuar utilizando sua música "Roda Viva" como inspiração para o tema do programa de entrevistas do mesmo nome, que a emissora leva ao ar às segundas-feiras. O fator determinante para a decisão foi a entrevista exibida com o presidente Michel Temer, no dia 14, que Chico e muitos consideraram"chapa branca".
Confira, na íntegra, a notificação extrajudicial encaminhada pelos advogados do músico à Fundação Padre Anchieta, que comanda a TV Cultura:
NOTIFICAÇÃO EXTRAJUDICIAL
de forma a prover a conservação e ressalva de seus direitos e para que tome conhecimento formal, inequívoco e incontestável, do quanto a seguir se relata.
1 Chico Buarque é autor da obra musical intitulada "Roda Viva", composta em 1967 para a peça de teatro homônima, também de sua autoria, e que estreou no ano seguinte no Rio de Janeiro sob a direção de José Celso Martinez Correa. Em São Paulo, a montagem de Roda Viva, no Teatro Galpão, em Julho de 1968, foi encerrada com a invasão do teatro por membro do Comando de Caça aos Comunistas – CCC, a milícia paramilitar de apoio à ditadura, os quais espancaram o elenco e membros do público. Em outubro do mesmo ano, a apresentação de Roda Viva em Porto Alegre foi impedida pela repressão do regime autoritário. Nesse contexto, a música tornou-se símbolo da luta contra o autoritarismo e a repressão.
2 A Marola Edições Musicais Ltda. é a titular dos direitos patrimoniais de autor de Chico Buarque sobre a obra musical "Roda Viva".
3 A Constituição Federal de 1988, no seu artigo 5°, inciso XXVII, assegura que "aos autores pertence o direito exclusivo de utilização, publicação ou reprodução de suas obras".
4 A Lei 9.610/98, também conhecida como Lei de Direitos Autorais, determina, no seu artigo 22, que "Pertence ao autor os direitos morais e patrimoniais sobre a obra que criou". Reconhece a melhor doutrina que ao autor a lei reserva prerrogativas de natureza patrimonial ou econômicas e moral. As prerrogativas morais, também conhecidas por direitos morais do autor, integram a categoria dos direitos da personalidade, os quais se revestem de caráter absoluto, sendo inalienáveis e irrenunciáveis conforme dispõe o artigo 27 do mesmo diploma legal.
5 Com o objetivo de assegurar ao autor o controle sobre o uso da sua obra, por quaisquer modalidades de utilização, o artigo 29, caput, da Lei 9.610/98, determina que "Depende de autorização prévia e expressa do autor a utilização da obra, por quaisquer modalidades, tais como: (…) V – a inclusão em fonograma ou produção audiovisual".
6 Além disso, a Lei 9.610/98 assegura aos autores o chamado direito moral de integridade, o qual vem previsto no seu artigo 24, inciso IV, que dispõe ser um direito do autor: "o de assegurar a integridade da obra, opondo-se a quaisquer modificações ou à prática de atos que, de qualquer forma, possam prejudicá-la ou atingi-lo, como autor, em sua reputação ou honra".
7 Foi diante deste contexto legal que Chico Buarque, em 2008, atendendo a um pedido de seu amigo já falecido, Fernando Faro, então funcionário da TV Cultura desta Fundação Padre Anchieta, concedeu autorização gratuita para que a TV Cultura utilizasse a música Roda Viva, de sua autoria, na vinheta do programa homônimo. Com efeito a TV Cultura vem, desde então, exibindo o programa Roda Viva sempre com a música Roda Viva na sua vinheta.
8 Não obstante, no exercício de seus direitos exclusivos, tanto de ordem moral como patrimonial, Chico Buarque e Marola Edições Musicais Ltda requerem a V. Sas. a retirada da música "Roda Viva" da trilha sonora do programa homônimo da TV Cultura, produzido e exibido por esta Fundação Padre Anchieta.
9 Requer-se, ainda, a apresentação, em até 48 (quarenta e oito) horas a contar do recebimento desta notificação, de eventual documento escrito contendo a autorização para a utilização da música em questão no programa Roda Viva.
Sem mais, para o momento, subscrevemo-nos.
Rodrigo Köpke Salinas
OAB/SP 146.814
Leo Wojdyslawski
OAB/SP 206.971

A canção "Roda Viva" foi classificada em terceiro lugar no III Festival de Música Popular Brasileira, entre setembro e outubro de 1967, ano em que foi lançada em seu álbum Chico Buarque de Hollanda - Volume 3. A canção foi escrita para a peça de teatro de mesmo nome, também de autoria de Chico Buarque. O espetáculo não tinha relação com política, mas com a trajetória de um cantor massificado pelo esquema da televisão. Em julho de 1968, a peça foi montada em São Paulo quando o Comando de Caça aos Comunistas (CCC) invadiu o Teatro Ruth Escobar, depredou o cenário e espancou os atores.


25 novembro, 2016

Mas, graças a Deus


(http://www.myconfinedspace.com/2016/01/29/there-but-for-the-grace-of-god/)

A sapiência de um tubarão | Surfista perde braço para tubarão | Tubarões em Recife | A música de "Tubarão" | Mick e os tubarões | Camisa de tubarão

Obras em que falta a autoria humana

Navegar nas complexidades espinhosos e enigmáticos da lei de direitos autorais pode ser uma tarefa difícil, mas a ajuda está à mão sob a forma do COMPENDIUM OF THE U.S. COPYRIGHT OFFICE PRACTICES, terceira edição. Tomemos, por exemplo, a parte 313.2, que explica com detalhes sobre as obras em que falta a autoria humana.
"O Instituto não irá registar obras produzidas pela natureza e por animais ou plantas. Da mesma forma, o Instituto não poderá registrar uma obra supostamente criada por seres divinos ou sobrenaturais, embora o Instituto possa registrar um trabalho que tenha sido apenas inspirado por eles.
Exemplos:
• Uma fotografia tirada por um macaco.
• Um mural pintado por um elefante.
• Uma reivindicação baseada na aparência da pele de um animal real.
• Uma reivindicação baseada em madeira flutuante que tenha sido moldada e alisada pelo oceano.
• Uma alegação baseada em cortes, manchas, defeitos e outras particularidades encontradas em pedra natural.
• Um pedido de inscrição de uma canção tendo como autor o Espírito Santo."

24 novembro, 2016

Ed Snowden

Edward Joseph Snowden (nascido em 21/06/1983, EUA) é um analista de sistemas, ex-administrador de sistemas da CIA e ex-contratado da NSA que tornou públicos detalhes de vários programas que constituem o sistema de vigilância global da NSA americana.
Em Hong Kong, onde ele se reuniu com o jornalista Glenn Greenwald e a cineasta e jornalista Laura Poitras, Snowden lhes entregou os documentos que comprovavam a existência de programas de vigilância em massa, entre os quais o programa de vigilância PRISM dos Estados Unido. As revelações de Snowden foram inicialmente publicadas nos jornais The Guardian e The Washington Post,
Em reação a elas, o Governo dos Estados Unidos acusou-o de roubo de propriedade do governo, comunicação não autorizada de informações de defesa nacional e comunicação intencional de informações classificadas como de inteligência para pessoa não autorizada.
Glenn Greenwald, uma das poucas pessoas a quem Edward Snowden entregou os documentos revelando os programas de vigilância e espionagem global, divulgou-os também em seu site The Intercept. O Brasil era um dos principais alvos da espionagem pelos órgãos de inteligência dos Estados Unidos.
Em 1º de agosto de 2013, às 15h30, hora local, Edward Snowden entrou em território russo, depois de ter recebido documentação do Serviço de Migração russo que lhe concedeu asilo. Ele tem recebido ameaças de morte anônimas, feitas por agentes de várias organizações americanas, incluindo o Pentágono e a NSA. Em depoimento ao Parlamento Europeu, Snowden afirmou que os Estados Unidos teriam pedido sua execução.
Em 18 de março de 2014, falando da Rússia através de um robô conectado via Internet, Edward Snowden apareceu numa conferência TED. Foi saudado e chamado de herói por Tim Berners-Lee, criador da WWW, pelas revelações sobre a vigilância global pela NSA.



Em 2015, o cineasta Oliver Stone, de "Platoon" e "Nascido em 4 de Julho", realizou uma cinebiografia de Edward Snowden. A película foi lançada no Brasil, em 10 de novembro, com o título de "Snowden - Herói ou Traidor" (trailer oficial).

Um jantar em família

Muitas confraternizações de família ainda se assemelham a estes desenhos feitos por Caran d'Ache em 1898.
Legendas
No 1º desenho: "Principalmente, não vamos discutir o Caso Dreyfus!"
No 2º desenho: "Eles sempre discutem isso."

23 novembro, 2016

O mapa onomástico da Europa

A onomástica é a área da linguística que estuda a origem e a história dos nomes próprios.
O mapa de hoje é de caráter onomástico. Vamos dar uma olhada em quais são os sobrenomes mais comuns nos países europeus.
As cores do mapa abaixo baseiam-se no esquema seguinte:
  • vermelho - nomes baseados em um propriedade (exemplos: como ser grande ou novo)
  • marrom - nomes baseados em uma profissão (geralmente do pai)
  • azul - nomes baseados no primeiro nome do pai
  • ciano - nomes baseados no local de origem
  • verde - nomes baseados em um objeto natural

A CONVENÇÃO DA FAMÍLIA SILVA

Novo recorde mundial no cubo de Rubik - para robôs

Assista a um robô de alta performance quebrar o recorde mundial no cubo de Rubik.
Como o tempo (0,637 seg.) é muito rápido para o olho humano, o vídeo inclui a repetição do processo em câmera lenta.



Novo recorde mundial  no cubo de Rubik - para humanos

22 novembro, 2016

A ovelha por dentro


A tosquia é o ato de cortar a lã bem rente ao corpo do animal, especialmente ovinos.
O Campeonato Mundial de Tosquia de Ovelhas é uma competição que acontece a cada 2 anos. O objetivo do esporte é simples: com uma tesoura própria, cada competidor deve tosquiar (ou tosar) uma ovelha no menor tempo possível. Os maiores especialistas da área são os neozelandeses, que inclusive detêm o recorde mundial (20 segundos).

A coruja por dentro

A patente impossibilidade da máquina do tempo

"Sabemos que a máquina do tempo é algo impossível porque nenhuma multidão tentou registrá-la no dia em que foi aberto o primeiro escritório de patentes."
Andrés Diplotti

Desventura no Tempo: 40 anos desperdiçados em 40 segundos
Vídeo de Lee Daniels

21 novembro, 2016

A pós-verdade

Imagem: via José Eduardo, Google+

Em tempos de Brexit, Trump e tantos, o conceituado dicionário inglês Oxford escolheu o termo "post-truth" (pós-verdade) como "a palavra do ano".
Em resumo, a mentira entronizada como expressão da verdade.
Definiu o Oxford: A "pós-verdade" se dá quando fatos objetivos (a verdade possível) valem menos para formar opiniões do que "apelos à emoção e à crença pessoal".
Ou seja: quando a mistificação, a mentira bem embrulhada é vendida, e consumida, como se fosse uma "verdade" (Bob Fernandes).

O termo "pós-verdade" com a definição atual foi usado pela primeira vez em 1992 pelo dramaturgo sérvio-americano Steve Tesich. Ele tem sido empregado com alguma constância há cerca de uma década, mas houve um pico de uso da palavra, que cresceu 2.000% em 2016.

A palavra do ano em 2015 e anos anteriores
Em 2015, a palavra do ano para o Oxford não foi uma palavra, mas um emoji. Já em 2014, a palavra do ano foi "vape", uma abreviação do substantivo "vapor" ou do verbo "vaporizar", muito usado entre fumantes que adotaram o "cigarro eletrônico" para largar a dependência da nicotina. Em 2013, a palavra do ano contemplou em cheio a cultura da internet: "selfie" ficou com o troféu. Já no ano anterior, quem levou o maior número de votos nos Estados Unidos foi a palavra "GIF".

Percepções da perfeição. Parte II: homens

Como é a aparência do homem ideal? 
A resposta vai depender do país em que ele mora.
Nós todos sabemos que o bem-estar físico, mental e social, isto é, a saúde é mais importante do que a aparência.
Mas...
A busca de um corpo perfeito, no padrão considerado atraente pela cultura de cada país, não dá sinal de que vai desistir.
A fim de entender melhor os problemas que existem com a imagem corporal, o site OnlineDoctor.Superdrug pediu a 19 designers gráficos - 11 mulheres e 8 homens, de 19 países diferentes - que elaborassem com o Photoshop a versão de um homem atraente em cada país.
(Um fotógrafo de Nova Iorque forneceu corajosamente o seu autorretrato para a experiência.) ►
Instruções mínimas foram passadas aos designers gráficos, e quer saber o que aconteceu? É difícil acreditar que todas as imagens obtidas representem a mesma pessoa.
Aqui estão as surpreendentes apresentações mundo afora:
Na Austrália, conservou a forma original; na China, Macedônia e Reino Unido, ficou mais esbelto;  na Indonésia e em Portugal, estreitaram-lhe o rosto, e no Egito, Nigéria e África do Sul, adquiriu uma cor morena. Alguns toques são intrigantes: nos Estados Unidos, ganhou uma barriga de tanquinho, além de muito gel no cabelo; na Mãe Rússia, uma juba dourada; na Sérvia, uma tatuagem meia-manga, e em Bangladesh, trocaram-lhe o calção.
Ninguém teve o atrevimento de lhe raspar a barba.

Percepções da perfeição. Parte I: mulheres

20 novembro, 2016

Paulo Gannam, inventor independente

Olá, Paulo Gurgel.
Prazer em conhecê-lo.
Gostaria de lhe deixar uma sugestão de pauta para o Blog.
Sou inventor independente. Crio novos produtos e solicito a patente desses produtos, visando fazê-los chegar um dia ao mercado. Veja estes 4 posts das minhas invenções que já estão com patente requerida no INPI:
https://paulogannam.wordpress.com/
Além destes produtos, tenho mais de 800 ideias "cruas" estocadas (não desenvolvidas e sem patente, somente breve descrição apontando um problema e sua solução pela criação de um novo produto), e procuro startups, empreendedor, investidor etc. para me ajudar a peneirar estas ideias, desenvolvê-las, patenteá-las e lançá-las no mercado.
Algo que poderia me ajudar a encontrar um parceiro, investidor, fabricante, seria a mídia, de modo que eu pudesse mostrar meus trabalhos e falar de meus objetivos.
Procuro ainda apoio para inserir projeto de alteração da lei de propriedade industrial, da lei de inovação e de alteração na CF para melhorar as condições de trabalho e direitos de inventores autônomos, pessoas físicas.
Escrevi alguns artigos escritos sobre o tema invenções e inovação que poderiam ajudar.
Veja dois deles:
http://www.curiosocia.com/2015/10/tive-uma-ideia-dos-deuses-e-agora.html#more
http://www.startupsstars.com/2016/08/inventores-e-empreendedores-beneficios-e-desafios-para-uma-atuacao-conjunta-por-paulo-gannam/
Aqui está um video que fiz em meu celular, de 11 minutos, falando sobre o meu trabalho como inventor:
https://www.youtube.com/watch?v=qgkqmNbJRvc
Caso considere que o tema renda uma boa pauta para seu veículo, ou puder oferecer gentil encaminhamento, ou ainda se puder ventilar o tema com seus amigos, fico à disposição.
Muito obrigado.
Paulo Gannam
pgannam@yahoo.com.br

O teste da marreta

A chance de uma pessoa que têm medo das alturas pôr o pé na ponte de vidro do Grand Canyon Zhangjiajie, na China, que é a ponte para pedestres mais longa e mais alta do mundo, é... nenhuma.
Mas, almas corajosas, que não se preocupam com a vista estonteante, nem com o fato de que a ponte é feita de painéis de vidro que, às vezes, racham sob o peso de pedestres, aceitam apostar a própria vida como a ponte é segura.
E os construtores da ponte vieram com uma maneira louca para provar ao mundo que a ponte de Zhangjiajie não oferece o risco de quebrar: eles convidaram um repórter da BBC, Dan Simmons, para bater num painel de vidro com uma marreta.


[http://www.carbonated.tv/news/bbc-dan-simmons-slams-china-glass-bridge-with-sledgehammer-video]

Observem que eles não pediram a Dan para bater num painel que faz parte da ponte. Os construtores são loucos, mas não estúpidos.

19 novembro, 2016

Pedras preciosas e minerais fascinantes

A natureza é o ourives original e, mesmo quando ela leva milhares de anos para criar sua obra-prima, vale a pena esperar. De maravilhosas gemas preciosas até deslumbrantes minerais, nós podemos constatar que pedras podem ser mais coloridas que um arco-íris e tão belas quanto uma flor. Aqui estão 24 das mais deslumbrantes jóias e minerais encontrados na natureza.
Jaime Nogueira

O maior geodo de ametista do mundo - a "Imperatriz do Uruguai" (imagem ao lado)

Geodo sm, geol cavidade oca encontrada nas rochas, cujo interior é revestido de cristais ou de matéria mineral,

TudoPorEmail
Para ver o conteúdo completo desta série de pedras e minerais é necessário o usuário se inscrever no site acima.

"Quando a natureza quer, ela consegue."

Por que só cabem 140 caracteres no Twitter?

Não é uma limitação tecnológica, mas uma tradição que vem do Telex
Bloqueio de uns ("como expressar meu pensamento em 140 toques?"), alívio de outros ("legal, vale qualquer coisa"), o limite de espaço do Twitter é uma herança de antigos sistemas de comunicação escrita imediata.
Tudo começou com o Telex, misto de máquina de escrever com telefone que enviava e recebia mensagens de até 160 caracteres. Pois esse tamanho virou padrão, tanto que foi repetido 5 décadas depois na criação do SMS - o popular "torpedo" que agita os polegares da juventude.
Sim, eles podem ser maiores; mas, para a operadora, cada 160 toques são um torpedo.
Quando o Twitter surgiu, em 2003, já existiam torpedos maiores. Mas, como seus criadores queriam que os microblogs fossem compatíveis com os celulares mais básicos, adotaram os clássicos 160 toques. Isso: 140 pro tweet, mais 20 pro nome do usuário.
A confirmar: se caiu a necessidade dos 7 toques de "http://" para links nos posts.

18 novembro, 2016

A que profundidade chega o oceano?

40 m - Profundidade máxima para mergulhadores (scuba divers)
301 m - Altura da Torre Eiffel
500 m - Profundidade que a baleia azul pode mergulhar
1000 m - Fim da iluminação solar
1828 m - Ponto mais baixo do Grand Canyon
3750 m - Onde estão os destroços do Titanic
8848 m - Altura do Everest
10898 m - James Cameron esteve aqui
11034 m - Profundidade da Fossa das Marianas

Hugo Mendonça disse...
Although the site correctly quotes 40m as the depth for scuba divers, using trimix and spare tanks, technical divers can go a little deeper ( not much though).

O médico e mergulhador recreacional Hugo Mendonça, um colega que reside na Flórida, envia-me duas relevantes informações sobre o assunto: o emprego do Trimix, um gás de respiração composto por Hélio (He), Oxigénio (O2) e Nitrogénio (N2), e dos spare tanks como recursos técnicos que possibilitam a realização de mergulhos com maior profundidade.

Uma década do blog EM

Parece que foi ontem...
18/11/2006 - 18/11/2016

ESTATÍSTICAS
Postagens publicadas: 7.592
Postagens programadas: 305
Comentários:2.058
Visualizações: 864.448

17 novembro, 2016

À prova de naufrágio

Para bloquear Martinica em 1803, o comodoro Sir Samuel Hood cobriu uma rocha com armas e, em seguida, declarou-a um saveiro de guerra. Instaladas a 175 metros acima do mar, as armas negaram qualquer entrada para Fort-de-France, principal porto da ilha, durante 17 meses.
A Marinha Real britânica ainda considera a "HMS Diamond Rock" como sendo uma de suas atuais embarcações. Ao passar pela ilha, os marinheiros de seus navios assumem posição de sentido e saúdam a rocha.


HMS = His (or Her) Majesty's Ship
(http://www.futilitycloset.com/2016/03/05/unsinkable)

Eureka! A descoberta da fotossíntese

Imagine você vivendo nos tempos antigos e querendo responder a algumas das grandes questões da vida. Aqui, para os nossos propósitos: Como crescem as plantas?! Bem, esse tipo grandioso de curiosidade acabou por produzir algumas respostas. Hoje, a maioria de nós encontra-se familiarizada com a fotossíntese, o processo pelo qual as plantas usam a energia do sol para viver e crescer. Mas levou um tempo muito longo para chegar até aqui. A primeira teoria sobre a vida das plantas veio de um dos mais importantes estudiosos da história, o filósofo grego Aristóteles. Ele escreveu, no século IV a.C., que as plantas alimentam-se absorvendo o solo nutricional através de suas raízes. Seu trabalho era tão influente no pensamento ocidental que esta foi a teoria predominante sobre o crescimento das plantas por 2.000 anos - não importando que ele estivesse completamente errado. E foi só por volta de 1500, quando a Revolução Científica começou na Europa, que as pessoas começaram, pelo menos, a tentar aplicar o pensamento racional nas grandes questões levantadas. E a vida das plantas, finalmente, passou a ser olhada com o devido rigor.
No início dos anos 1600, o químico flamengo Jan Baptista van Helmont realizou um experimento em que provaria que a teoria de Aristóteles estava errada - uma coisa quase sacrílega para aquele momento. Van Helmont secou uma certa quantidade de solo numa estufa (para extrair toda a água a fim de poder pesar apenas o próprio solo) e colocou 200 libras dele (exatamente) em uma panela grande. Em seguida, ele plantou uma muda de salgueiro, que  ele tinha também cuidadosamente pesado. E manteve a planta em um ambiente controlado para garantir que ele não teria alimentação de quaisquer fontes externas. Ele a regava com água destilada e pura da chuva e mantinha o solo coberto para evitar que substâncias estranhas caíssem nele. Depois de cinco anos, ele removeu a árvore da panela, novamente secou o solo, e pesou tanto o solo quanto a árvore Resultado: a árvore tinha ganho 164 libras e o solo pesou quase exatamente o que pesava cinco anos atrás. Se a teoria de Aristóteles fosse verdadeira o solo deveria ter reduzido de peso.
Extraído de: Eureka-The-Discovery-of-Photosynthesis, Neatorama

16 novembro, 2016

Gato se preparando para lamber o dono


A lógica do gato sujo | O gato e o arqueiro

A Guerra Civil nos EUA

Quais as causas da Guerra Civil nos EUA?
A escravidão, claro.
Os direitos dos Estados, claro. Os direitos dos Estados a continuar praticando a escravidão.
As razões econômicas, claro. As razões relacionadas com o impacto que pôr a escravidão na ilegalidade teria sobre os Estados.
Você pode também dizer que a guerra foi travada pelos direitos pessoais (de possuir escravos), pela liberdade de associação (com outros donos de escravos), pela liberdade de expressão (para fazer lances em leilões de escravos), pela liberdade de imprensa (para anunciar o escravo em leilões) e pela liberdade de religião (a Bíblia fornece instruções surpreendentemente detalhadas sobre onde você pode adquirir seus escravos e como tratá-los).
Portanto, foi a escravidão.

15 novembro, 2016

Um pato entra no bar...


"Tem uvas?"
"Não."
"Tem uvas?"
"Não."
"Tem uvas?"
"Não."
"Tem uvas?"
"Não, e se você me perguntar isso de novo, eu vou pregar seu maldito bico no balcão."
"Tem pregos?"
"Não."
"Ótimo. Tem uvas?"

Bobinha, né? Mas piada de pato é assim mesmo (nem com música presta). Deem-me uma nova chance com outro protagonista.

O homem com um talento natural

Conseguir o recorde mundial de pegar com a boca uma uva lançada de grande altura foi mesmo um sonho. Um sonho tornado realidade com a ajuda de uvas do tamanho G (enviadas especialmente da Geórgia), um balão de ar quente com tripulação e um grupo de engenheiros com nível PhD, tudo reunido em um pequeno aeroporto em Vermont, antes do nascer do sol numa manhã de segunda-feira.
O homem com o plano era Brent Fraser, de 35 anos, que disse que "só tinha um talento natural": capturar as coisas em sua boca. Era assim desde seus tempos de colegial em Barre City, Vt., onde os colegas atiravam comidas para ele no estacionamento da escola.
Levou apenas algumas tentativas, com o balão a 75 pés de altura, para Fraser erguer as mãos para cima, triunfante - mas ele queria mais: com o balão a três dígitos. E, depois de uma rodada prolongada, em que coloriu o rosto de suco de uvas, ele finalmente abocanhou uma uva lançada de 101 pés.
Brent Fraser vai enviar as informações e os vídeos para o Guinness a fim de ser confirmado o seu recorde mundial, o que ele espera não demorar mais do que cinco semanas.
"Eu realmente queria chegar aos 100 pés", disse ele. "Assim, obter 101 foi muito legal."

14 novembro, 2016

Não se deixe enganar pelo cérebro

Isto não é um violão.
Foto J. Walkenbach

Respostas preventivas

Em um restaurante do Catete há um aquário com um peixinho vermelho. Os fregueses ociosos deram para se agrupar no local, crivando o proprietário de perguntas.
Cansado de responder a perguntas idiotas, o proprietário tomou um expediente.
No dia seguinte, quando os fregueses chegaram, viram pendente ao lado do aquário um cartaz de papelão, com os seguintes respostas:
Isto é um peixinho vermelho.
Está vivo.
É um só.
Custou dois mil réis.
Comprei-o de um freguês.
Não sei onde o freguês o arranjou.
Ele nunca morreu.
Come o que lhe dou.
O que está dentro é água.
A água é apanhada da torneira.
Não sei que idade ele tem.
Ele está aí desde que o comprei.
Tinha outro que morreu.
O morto foi atirado no lixo.
Não sei se ele dorme.
A água eu mudo quando quero.
Não sei quanto tempo ele viverá.
A água que ele bebe não se perde.
Não sei se ele crescerá.
Posso pegá-lo com a mão, mas não gosto.
Ele não fala.
É tudo que eu sei a respeito dele.
Não é para vender.
Revista Careta, 9 de janeiro de 1909 - edição 32
(transcrito com algumas modificações)
http://memoria.bn.br

13 novembro, 2016

Como converter seu histórico de buscas no Google em um livro

Searches (Pesquisas), de Ishac Bertran, é uma coleção de seis livros que contêm as buscas que o autor realizou no Google, entre 2016 e 2015. A ideia surgiu no final de 2015, quando ele descobriu que podia resgatar todas suas buscas passadas.
«Quando vi que podia baixar aquele conteúdo e comecei a revisá-lo, me dei conta de que, inconscientemente, havia estado a escrever um diário pessoal: ali estavam todos os meus interesses, preocupações, projetos e sonhos de todos aqueles anos, armazenados no histórico do Google e que agora estão nestes livros. Além de desfrutar lendo-os, me serviram para refletir sobre quanto de nossas vidas compartilhamos com a internet.»
Ishac decidiu converter o histórico pessoal em volumes impressos, um para cada ano, a fim de que «aquela memória tomasse uma dimensão mais alcançável e fosse mais fácil de ser lembrada».


Em GitHub, estão as instruções e ferramentas para gerar um livro com o histórico do Google para quem estiver interessado em fazê-lo.

(Os livros não são para venda. Eu acho. Talvez. Quanto?)

Buscas educadas

Meia Estrela da Morte

É uma cúpula de fogos de artifício. Tão poderosa que tem de ser mantida a uma boa distância do operador por meio de uma grua.
(Os fogos também não são fichinhas.)
O que isso faz é um pesadelo para qualquer cachorro.



Não tente fazer isso em casa.

12 novembro, 2016

A lista dos Aliens favoritos de Neil

O astrofísico e comunicador de ciência Neil deGrasse Tyson divulgou este ano a lista de seus aliens favoritos nos filmes de ficção científica. Alguns foram escolhidos por seu realismo, outros por suas interações com a humanidade, e mais outros por sua desumanidade total.


1. 2001: Uma Odisseia no Espaço (A Space Odyssey, 1968)
... Em que os próprios aliens não são mostrados. Eles não compartilham de nossas sequências de DNA e provavelmente não têm DNA, sendo inútil imaginar com o que seriam semelhantes. Exceto para dar testemunho de que sua formidável inteligência é humilhante.
2. Contato (Contact, 1997)
... Em que os próprios aliens não são mostrados. Mas deve-se respeitar o seu poder de se comunicar -via memória - aquilo que nos é familiar.
3. Os Invasores de Corpos (Invasion of the Body Snatcher, 1956)
... Em que os próprios aliens não são mostrados. É claro que esses Aliens ocuparam nossos corpos, o que pode ser mais aterrorizante do que simplesmente vê-los.
4. A Bolha Assassina (The Blob, 1958)
Um alien sem o DNA característico da vida na Terra deve ser mais diferente do que quaisquer duas vidas na Terra o são entre si. Eis o que Blob é.
5. O Dia em que a Terra Parou (The Day the Earth Stood Still, 2008)
Mais uma vez, você não vê os aliens - que ocupam forma humana. Mas a sequência de parto e aqueles gafanhotos famintos, traquinas e auto-replicantes são de gênio.
6. Guerra dos Mundos (The War of Worlds, 2005)
Que diabos são essas coisas? O que eles estão fazendo com a nossa civilização? e porque eles estão nos esfolando? Apenas as perguntas com que devemos nos preocupar em nosso primeiro encontro com alienígenas.
7. Independence Day (Independence Day, 1996)
Eu sempre quis fazer o que Will Smith faz neste filme- perfurar um demônio alienígena no rosto e dizer "Bem-vindo à Terra." Essas criaturas não parecem com nada da Terra e possuem uma tecnologia incrível.
8. Alien, o 8º Passageiro (Alien, 1979)
Tem que amar Aliens feios - com dentes. Mais uma vez, aterrorizante - não porque pareçam com aterrorizante animais da Terra, mas porque eles não parecem com nada que já vimos na Terra.
9. Guerra nas Estrelas (Star Wars): Episódio IV (1977) e Episódio VII (2015)
Se seus aliens andam e falam, e têm cabeças e braços, e podem tocar instrumentos musicais, em seguida, o jardim zoológico de criaturas nestes dois filmes ganha o concurso da criatividade.
10. O Predador (Predator, 1987)
Qualquer coisa que caça seres humanos melhor do que os seres humanos caçam em "Sobrevivendo ao Jogo" é singularmente apavorante. Apesar de ser apenas um ator em um terno de borracha, suas táticas, métodos e ferramentas são totalmente estranhos para nós. Foi a partir deste filme que descolamos a sabedoria das eras: "se ele sangra, podemos matá-lo." E não temos dúvida de que todos concordamos com a avaliação de Arnold: o alien é "um filho da puta feio!",
Menção Honrosa. O Enigma de Andrômeda (The Andromeda Strain,1971)
Talvez devesse estar entre os dez primeiros, mas então eu teria que tirar um que já está aqui. Uma forma de vida microscópica cristalina sem moléculas orgânicas. Não é possível imaginar algo mais estranho do que isso.
https://li.st/l/daae32b4-0c46-4d95-aceb-4db826a5df94
N. do E.
Inicialmente, eu pensei que era uma condição sine qua non o alien não aparecer no filme para Neil gostar dele. Depois, fui vendo que Neil era eclético.

Uma lição de vida

Esta ginasta nasceu com apenas uma das pernas e com um pé no lugar da cabeça. Mesmo assim ela compete internacionalmente.


Distribua esta imagem para mostrar como alguém consegue ser forte e, mais que isto, ágil diante dos maiores problemas.

Comentário de JW 
Espero que ela faça carreira na ginástica. Ela claramente não tem cabeça para os negócios.
(https://plus.google.com/110003121223198871275)

11 novembro, 2016

Atração insana

Os brinquedos dos parques de diversões do início do século 20 não eram exatamente conhecidos como sendo seguros. Mas, se esta atração aterrorizante de 1919 tivesse saído do projeto, ela provavelmente teria sido o brinquedo mais perigoso já construído.
Imaginado por dois inventores de Nova Iorque, essa coisa seria, obviamente, muito mais arriscada do que brincar na Disneylândia.
A ideia?
Caçadores de emoção iriam amarrados em cadeiras pivotantes dentro de uma cápsula que parecia uma bala gigantesca. Então, aquela cápsula seria disparada por um enorme canhão - uma "arma elétrica", como eles diziam - para aterrissar numa basicamente grande taça de Martini com 100 pés de altura.
Mas não termina aí. A cápsula iria mergulhar na estrutura descrita e, através de uma enorme calha de água, cairia em um lago abaixo. Trilhos-guia e uma correia transportadora se encarregariam de enviar a cápsula de volta para onde tudo começou, e os fanáticos por emoção poderiam fazer o perigoso passeio de novo.


Sobre a cultura das armas de fogo nos Estados Unidos

Um comentarista acertou em cheio:
Em algum momento, a mídia vai concluir que a cultura das armas nos Estados Unidos é a grande culpada por assassinatos cometidos por policiais que praticam o policiamento agressivo e/ou cometem erros de julgamento. Em algum momento, teremos de reconhecer que, devido ao acesso fácil às armas de fogo, os policiais estão condicionados a assumir que as pessoas podem estar carregando armas.
Como exemplos:
Se você, ao procurar os documentos que devem ser apresentados numa revista, põe a mão de forma rápida no bolso, abre sem anunciar o porta-luvas do carro ou abaixa-se para procurar algo sob os assentos do veículo, o policial de imediato saca a sua arma de fogo porque ele está condicionado a supor que esses movimentos são suspeitos.
Nos países onde as armas são banidas ou não estão prontamente disponíveis, o policial não tem que fazer essa suposição errada e, em seguida, disparar acidentalmente.
Aqui, nos Estados Unidos, os policiais são treinados para a pensar que um suspeito carrega sempre uma arma, o que leva a erros de julgamento e más reações. O treinamento policial tem que mudar, mas também deve-se notar que é difícil de mudar a nossa cultura das armas.
John Walkenbach, Google+


O comércio das armas de fogo nos EUA

10 novembro, 2016

Espartilhos galácticos



Nada é plano no Universo.
Etsy, onde a ciência e a moda se encontram para que você possa brilhar na vida íntima com um destes espartilhos fabulosos!
Nas versões: Nebulosas de Águia, de Órion, de Carina, de Ômega e... muito mais!

Tire sua dúvida:
Por que não são galáticos?

Um atestado médico para fim de beber

O ano era 1931, e Churchill estava em uma turnê de palestras nos Estados Unidos. À época, estava em vigor no país a lei seca, e Winston devia saber que faria uma longa viagem sem libações.
Em Nova York, ao atravessar uma rua, Churchill foi atropelado por um carro.
Levado às pressas para um hospital, ele foi tratado de um ferimento na cabeça, um nariz e várias costelas quebradas, entre outras lesões.
Ao deixar o hospital, ele foi para as Bahamas para descansar e curar-se completamente. Mas ele ainda queria completar a sua turnê de palestras.
O médico que cuidara de Churchill em Nova York não achou que prosseguir com a turnê fosse uma boa ideia, tendo em vista os ferimentos do seu paciente, mas encontrou a melhor maneira possível para aliviá-lo do sofrimento.
Ele deu a Churchill um atestado médico. Contornando a lei seca, o documento lhe permitia ter acesso ao álcool que quisesse.
A nota, escrita pelo Dr. Otto Pickhardt, dizia:
Esta é para certificar que o convalescente de um acidente Hon. Winston S. Churchill requer o uso de bebidas alcoólicas, especialmente nas refeições. A quantidade é naturalmente indeterminada, mas as necessidades mínimas seriam de 250 centímetros cúbicos.
E assim Sir. Winston Churchill foi autorizado a beber livremente nos Estados Unidos, quando a todos era proibido.

09 novembro, 2016

A Basílica de São Bento

Amatrice, Itália, 30 de outubro de 2016/8:56 (Catholic News Agency) - Um grande terremoto atingiu a cidade italiana central da Norcia, esta manhã, destruindo completamente  a Basílica de São Bento e vários outros edifícios na cidade.
A Basílica de São Bento, construída entre 1290 e 1338, estava onde é tradicionalmente considerado o local de nascimento de São Bento e sua irmã gêmea, Santa Escolástica. O campanário construído no século 14 foi danificado por um terremoto em 1703 e substituído por uma torre menor. No século 18, a igreja passou por uma reforma completa e tinha muitas pinturas valiosas e afrescos.

A Basílica de São Bento, na praça principal de Norcia, antes do terremoto.
Começo a acreditar que São Bento tem alguma pendência com Deus.

A má sina dos sineiros
O campanário da igreja de São Marcos, em Veneza, já  foi destruído três vezes por raios. Em 1769, um deles atingiu a torre da igreja de St. Nazaire, França, cujo interior continha 100 toneladas de pólvora. Um sexto da cidade foi destruída, e 3.000 pessoas morreram. Para agravar os danos das descargas atmosféricas, já existiu uma crença desastrosa de que tocar sinos acalmava as trovoadas. Segundo o Futility Closet, apenas num período de 33 anos (quando?), os raios que atingiram 386 torres de igrejas (onde?) mataram 103 tocadores de sinos.
Postagem relacionada: Esta eu deixo com o Aleixo.

Novo recorde mundial no cubo de Rubik

Mats Valk recuperou o recorde mundial que já esteve em seu poder (5,55 segundos). Havia sido superado por vários speedcubers nos últimos meses.
Seu novo tempo é 4,74 segundos.
Continua obscuro qual será o limite imbatível neste tipo de competição porque os tempos não deixam de baixar.



O cubo de Rubik, também conhecido como cubo mágico, é um quebra-cabeça tridimensional, inventado pelo húngaro Ernő Rubik, em 1974. É um dos brinquedos mais populares do mundo, atingindo um total de 900 milhões de unidades vendidas.
Rubik demorou um mês para resolver o cubo pela primeira vez.

08 novembro, 2016

Acidentes geométricos

A vida apresenta três tipos de acidentes geométricos:

– o círculo vicioso [1]
– o triângulo amoroso [2]
– a besta quadrada [3]

... que convêm ser evitados.

Bom para o DBF
Há quem ache que a palavra besta, na terceira expressão, deve ser pronunciada com é aberto, por se referir a um antigo tipo de arma. No entanto, a palavra deve ser pronunciada com ê fechado, porque a besta em questão é mesmo o animal. Segundo o "Tesouro da Fraseologia Brasileira", de Antenor Nascentes, a expressão «besta quadrada» é na verdade uma simplificação de «besta elevada ao quadrado».

Como vai o DBF
05/10/2007 - "Bebel que a cidade comeu" e "Deite-se na cama e crie fama" AQUI
13/03/2014 - "Imagine se pega no olho?" AQUI
12/02/2015 - O Dicionário Brasileiro de Frases AQUI
18/02/2015 - "Impitimam é meuzovo" AQUI
02/02/2016 - "Vá correndo fazendo vento" AQUI
09/07/2016 - "Boas cercas, bons vizinhos" AQUI

Quantos prêmios Nobel para Newton?

Os primeiros prêmios Nobel foram atribuídos em 1901, enquanto Sir Isaac Newton morreu em 1727.
Seu gênio lógico-matemático incomparável lhe permitiu formular observações em leis e prová-las por meio de cálculos rigorosos. Quando a máquina matemática de que precisava não existia plenamente, ele a inventou.
Newton formulou as leis da física e trabalhou em óptica e astronomia. Nomeado para administrar a casa real da moeda, na Grã-Bretanha, introduziu as salvaguardas monetárias e inaugurou o padrão-ouro. Ele teria ganho um Nobel em Economia, também.
Tom Hartsfield, em Real Clear Science, acha que ele poderia haver ganho até oito prêmios Nobel (sem contar o prêmio por sua contribuição com as portas adaptadas para gatos).

07 novembro, 2016

O mapa-múndi de Narukawa

Talvez pouco prático para identificação rápida de coordenadas - o conceito é fabuloso.
Um ode à meticulosidade oriental.
Jaime Nogueira

Este ano o prêmio Good Design Award foi para um mapa do mundo. Mas o mapa do mundo tem sido o mesmo (ou quase o mesmo) há centenas de anos. Então, o que há de tão especial com este mapa?
Para começar, falemos do arquiteto e artista gráfico Hajime Narukawa, residente em Tóquio, que tem uma antiga pendência com o mapa stual. Narukawa não concorda com o mapa de Mercator, e tem trabalhado durante anos para consertá-lo.
Em 1569, o geógrafo Gerardus Mercator criou o seu mapa do mundo. Até hoje, é a imagem que geralmente temos deste planeta. Mas apresenta grandes falhas, na medida que distorce drasticamente, por exemplo, os tamanhos da Antártida e da Groenlândia.
Então, Narukawa desenvolveu um método de projeção do mapa chamado AuthaGraph (e fundou uma empresa de mesmo nome em 2009), que visa à criação de mapas que representam todas as massas de terra e mares com a maior precisão possível. Ele assinala que, no passado, o seu mapa, provavelmente, não seria tão relevante. Até recentemente, os interesses das nações tinham ênfase nas relações Leste-Oeste. Mas, com questões como as alterações climáticas, o derretimento de geleiras na Groenlândia e as reivindicações de mar territorial, chegou a hora de estabelecer uma nova visão do mundo: uma que atenda igualmente aos interesses de todos os países do planeta.

O que a inércia tem a ver com a preguiça?

Tudo.
Ao formular sua teoria sobre as Leis da Mecânica, Newton anunciou sua Primeira Lei, conhecida também como Lei da Inércia, que diz:
"Por inércia, um corpo em repouso tende a continuar em repouso."
Aqui estamos precisando de uma força que nos faça parar de comemorar o Dia da Preguiça.
2011, 2012, 2013, 2014 e 2015

Descreva-se com três palavras.


06 novembro, 2016

Todo ano tem Carnaval e Enem

Olá, meninas.
O tutorial de hoje é sobre como se deve fazer a redação no Enem. No tocante a isto, o Twitter é um grande celeiro de ideias.

#ComeceARedaçãoCom
Primeiramente, fora Temer.
Um beijo (vale mais que mil palavras).
Enquanto os homens exercem seus podres poderes.
Na minha opinião.
Eu só acho engraçado que ...
Não sei como começar minha redação (sinceridade é um ponto importante).
Nos dias atuais, hoje em dia ou atualmente (passa uma sensação de contemporaneidade).
letra minúscula (isto agrega valor à nota).
Letra de médico (para o corretor ver que você está apto para cursar medicina).
Inês Brasil
Oi, MEC. Tudo bem?
Primeiramente, boa tarde. Que show de bola, hein!
Eu podia estar roubando, eu podia estar matando.
Mas tem chovido, hein?
Eu trouxe caneta preta e não cheguei atrasado (demonstra o caráter do candidato).
Só sei que nada sei (dispensa nomear o autor desta frase).
Nada é tão ruim que não possa piorar.
Um meme da Inês Brasil (não tem como dar errado).
Vou contar uma história que aconteceu comigo, mais cedo ou mais tarde pode acontecer contigo.
Como já dizia Simone e Simaria.
Preciso de uma nota boa (se você nunca pediu nada antes ao corretor).
Sou de humanas, mas infelizmente não sei fazer redação.
Atualmente, a tua mente atua ou mente (genial).
Me depilei com cera para nada.
Eu só escrevo bem se estiver escutando música.
Sigo todos de volta.
Mil cairão a meu lado, mas eu não serei atingido.
Once upon a time (mostra ao corretor que você é bilíngue).
Esta frase: disappointed but not surprised (idem).
Uma receita de bolo de fubá.
Eu não preciso do Enem, minha mãe tem dois empregos (o desapego a uma carreira de nível superior é outro ponto importante).
Está difícil segurar as lágrimas, mas vamos lá.
Para começar (é o movimento crucial que estabelece que a redação começou, não deixando qualquer margem para dúvidas).
http://blogdopg.blogspot.com.br/2016/07/alguns-conselhos-nao-solicitados-para.html

Homens maus, mulheres desagradáveis

A 58ª eleição presidencial dos Estados Unidos será realizada na próxima terça-feira, 8 de novembro de 2016.
No debate final entre Donald Trump e Hillary Clinton, abriu-se um buraco de minhoca que sugou o histriônico "Weird Al" Yankovic para outro universo.


05 novembro, 2016

"O Medo à Liberdade"

Imagem: veio daqui
No livro "O Medo à Liberdade", Erich Fromm disseca o íntimo da classe média medieval "libertada" pelo capitalismo e pelo protestantismo.
Ali, vemos a necessidade de submissão do ser humano às forças do mercado e à força divina, respectivamente, porque se sente impotente e insignificante diante de sua própria existência como indivíduo.
É o mesmo ser humano do ano de 2016 no Brasil.
Impotente e insignificante para usufruir de sua "liberdade" econômica e social, ele tem extrema necessidade de líderes que lhes dê segurança e os carregue no colo como uma criança abandonada.
É o ser humano que precisa de ditadores, precisa da força militar, precisa de grupos violentos, precisa de grupos religiosos para crer que, assim, conquistará um pouco da "liberdade" com que tanto sonha. Mas que apenas lhes mostra algemas, submissão e cassetetes no lombo, aprofundando sua sensação de impotência e insignificância.

Fernando Gurgel

Do outro lado do oceano

Este mapa do continente americano é interessante.
Se você estiver na praia, ele mostra o país que está do outro lado do oceano.
Clique sobre o link.


Fortaleza ► Congo

Então, é isso?

BUSCA GOOGLE POR IMAGEM

Vamos tirar o Brasil do vermelho

Você quis dizer: Vamos tirar o vermelho do Brasil

04 novembro, 2016

O biquíni

É um conjunto de duas peças, derivadas do maiô, de tamanhos reduzidos, que cobrem o busto e a parte inferior do tronco. Seu nome deriva do atol de Bikini, um atol do Pacífico, usado para testes com bombas nucleares e, em 5 de julho de 1946, ocorreu o seu lançamento, numa piscina de Paris. Assim, pretendia-se propor que a mulher de biquíni provocava, na época, o efeito de uma "bomba atômica". Na França, o termo Bikini é marca registrada.

Tradução: PGCS

Não confunda:
Tocando B. B. King sem parar (conforme a letra da canção) com... trocando de biquíni sem parar.

Lugares ao sol | Biquíni "cactão | No frio da Chibéria

Da arte das espadas

Espada s.f. Uma das mais antigas armas de combate, constituída tipicamente por uma lâmina longa, reta ou curva, com um ou dois gumes e colocada em um cabo.
Tem blogue novo na plataforma tumblr dedicado à arte das espadas. É o Art of Swords.

Uma espada obriga outra a ficar na bainha. George Herbert
Napoleão lembrava que se pode fazer tudo com uma espada, exceto sentar sobre ela.
Muito antes, Dâmocles dizia: exceto ficar sob ela.
O que se pode fazer realmente com uma espada:
1) Ser o senhor da Ásia Menor, cortando o nó górdio. (Alexandre)
2) Ser o rei da Inglaterra, tirando-a de uma pedra. (Artur)

Um robô capaz de se defender com uma espada
Este robô usa duas câmeras de alta velocidade para examinar e reconhecer o ser humano e sua espada. Ele deteta os movimentos da pessoa e prevê a trajetória provável da espada. A partir do tipo de ataque, o robô move sua espada para se defender com precisão.



Bem, por enquanto, o robô só se defende, e razões não faltam para ele se defender.

03 novembro, 2016

O raio salva-vidas

Um trem corria de Buffalo a Lockport, Nova Iorque, levando cerca de 200 passageiros, quando um raio impediu um desastre, em 1894.
Era uma noite chuvosa e escura, e o maquinista Schaffer estava com muita dificuldade para ver a via férrea mostrada pelo feixe de luz da locomotiva. Ele só podia ver a cerca de 50 metros à frente.
De repente, o clarão de um relâmpago, seguido de um forte trovão, iluminou os trilhos por quase um quilômetro à frente, dando a Schaffer a visão momentânea de um perigo. E ele agarrou a alavanca reversa e gritou para que o auxiliar acionasse os freios.
As rodas guincharam, e o trem de passageiros parou a um palmo de um trem de carga que estava parado nos trilhos.
O raio que acabara de cair salvou a vida dos passageiros.

- Peter Viemeister, The Lightning Book, 1961

Prêmios Problemas do Milênio

Vamos começar devagar. Se lhe perguntássemos qual é a raiz quadrada de 4, com certeza não teria dificuldade em responder que é 2, uma vez que o número 2 multiplicado por ele mesmo dá 4.
Agora, vamos aumentar o nível de dificuldade: qual é a resposta para a hipótese de Riemann? Tem razão, foi um salto demasiado grande. Mas não há tempo a perder quando o que está em jogo é um prêmio de 1 milhão de dólares. Só que, para ganhá-lo, você precisa ser um verdadeiro gênio.


Em 24 de maio de 2000, para celebrar a matemática no novo milênio, o The Clay Mathematics Institute of Cambridge, Massachusetts (CMI) criou os Sete Prêmios Problemas do Milênio. Os problemas foram escolhidos pelo Conselho Científico do CMI, após consultas feitas aos principais especialistas em todo o mundo sobre as questões matemáticas que permaneciam sem soluções.
Na sequência da decisão do Conselho Científico, o Conselho de Administração da CMI designou um fundo de prêmios de US $ 7 milhões para as soluções destes problemas, com US $ 1 milhão alocado para a solução de cada problema.
É de notar que um dos Sete Prêmios Problemas do Milênio, a hipótese de Riemann, formulada em 1859, já aparecia na lista dos vinte e três problemas indicados por David Hilbert, em 9 de agosto de 1900.

http://www.claymath.org/millennium-problems/millennium-prize-problems
http://observador.pt/2016/08/23/precisa-de-um-milhao-de-dolares-resolva-um-destes-problemas

02 novembro, 2016

O mistério das grandes pirâmides do Egito

Só agora revelado, mas estava lá o tempo todo:


Outros mistérios resolvidos: 1 e 2

A ceifadeira suíça

A ceifadeira ou ceifadora de vidas, a dama da foice, de luto, de preto, a dona ou senhora morte, a sedutora do além; aquela que quer te levar de qualquer jeito para sepultura; a morte, o descanso eterno, o destino final, o fim da vida, o fim da existência humana, o fim de tudo que é vivo; o desaparecimento, a fatalidade, a tragédia, o falecimento, o óbito, a chacina, a matança, a carnificina, a hecatombe, o extermínio etc.

Agora imagina até onde vai a ceifadeira suíça:


01 novembro, 2016

O Shaolin do Sertão

País: Brasil
Ano: 2016.
Data de lançamento: 13 de outubro (no Ceará) e 27 de outubro (nos outros estados)
Gênero: comédia e artes marciais
Direção: Halder Gomes (o festejado diretor de Cine Holliúdy)
Elenco: Edmilson Filho, Igor Jansen, Bruna Hamú, Dedé Santana, Falcão, Fábio Goulart, Lailtinho, Tirulipa, João Inácio Jr. e outros.
Duração: 1h40min

Durante a década de 80, lutadores de vale-tudo passam por dificuldades devido à falta de lutas profissionais. O mais famoso deles, Toni Tora Pleura (Fábio Goulart), percorre o interior do Ceará massacrando no ringue os valentões de cada cidade. Sabendo que o lutador passará por Quixadá em sua turnê, Aluísio Li (Edmilson Filho) sonha em enfrentá-lo para se projetar como um grande shaolin e assim conquistar o coração de sua amada Anésia Shirley (Bruna Hamú). Antes disso, acompanhado de seu escudeiro, o garoto Piolho (Igor Jansen), Aluísio Li vai a Quixeramobim. Onde encontra o mestre chinês Wilson (Falcão), o qual se dispõe a lhe ensinar os segredos do milenar Kung Fu. E isso acontece sem o discípulo saber, durante o seu atribulado período de treinamento, que o mestre era mesmo um cearense.
Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.


A confusão das pernas brilhantes

Então, as pessoas estão confusas com estas pernas: elas são brilhantes ou não?
Esta foto foi inicialmente postada no Instagram por leonardhoespams, e as pessoas ficaram divididas quanto ao fato de serem as pernas realmente brilhantes.
Muitas pessoas sugeriram que elas estavam untadas com óleo ou enroladas firmemente em plástico para produzir um "efeito Barbie". Mas muitas outras não as viam como brilhantes e insistiram que eram apenas pernas comuns.
Percorra o texto abaixo para saber o que aconteceu com elas.


Este par de pernas é, na verdade, uma ilusão de óptica não intencional. Pois leonardhoespams rapidamente esclareceu as coisas: é pintura!
Riscos de tinta branca de marcadores, ao criarem nas pernas a ilusão da luz se refletindo, fizeram com que elas parecessem brilhantes.
O alvoroço em torno desta foto lembra um drama anterior em torno de um vestido azul e preto.
Ninguém conseguia chegar a um acordo. Se o vestido era azul e preto ou se era branco e ouro. Até a proprietária dar a palavra final: aquele vestido sempre foi azul e preto.