30 novembro, 2014

Talvez um pouco retrô

É o iTypeWriter - uma máquina de escrever para tablets.
Traz de volta antigas recordações para aqueles que, atualmente no tablet, já foram em seu passado usuários das máquinas de escrever.

Aqui temos um passado
Fitas de máquina - 1
Fitas de máquina - 2
♪O datilógrafo♪
De salto alto
A máquina de escrever dos Trapalhões
Desenhando com o teclado
Caro Tom Hanks
Não é uma andorinha só
O sonho de Asimov

CPMI, variações linguísticas e peixes

por Fernando Gurgel Filho
À Comunidade Menos Pacificada Integralista - CPMI:
Hoje, ser chamado de "direita" é quase uma ofensa pessoal. Um xingamento.
Chama-se direita, aqui no Patropi, a essa mescla de ideologias que mistura saudades do feudalismo, das capitanias hereditárias, das senzalas e de ditaduras militares.
Chama-se direita, aqui no Patropi, a essa coisa amorfa, sem identidade e que é chamada de "direita" por falta de um rótulo adequado e que a diferencie dos que são rotulados de "esquerda".
Em outros lugares a "direita" já foi rotulada como fascista, nazista, integralista...
No século passado, até tentaram rotular de integralistas nossos dignos representantes da "direita". Naquelas priscas eras, talvez fosse até motivo de orgulho ser chamado de conservador, ultraconservador ou coisa do tipo...
Na Matriz, ainda são chamados de Republicanos ou Conservadores. Por incrível que pareça, o que mais se parece com a "esquerda" por lá é chamado de Democrata ou Liberal. No fundo, bem lá no fio**, dizem que a diferença real é praticamente zero.
Talvez estejamos caminhando para algo parecido.
Haja vista, ter muita gente que se sente envergonhada de ser rotulada de "direita" e acabe se autointitulando (essa *orra tem hífen?) de "esquerda", rótulo que hoje também não quer dizer muita coisa, mas que, pelo menos aqui no Patropi, pode ser orgulhosamente exibido como algo avançado, moderno, progressista, defensor das liberdades individuais e que luta por justiça social, maior nível de igualdade econômica e maior nível de bem estar para toda a sociedade.
Então, ao invés de ficar tentando jogar a pecha de comunistas, "petralhas", bolivarianos, cubanos... na "esquerda", o que já não cola mais, será que não está na hora de a "direita" pelo menos se definir
quanto a alguma ideologia que coloque seus defensores dentro de plataformas mais positivas para a sociedade?
Ao menos para identificar seu eleitorado com algo que lhes dê autoestima (essa *orra tem hífen?) e coragem para enfrentar novas eleições, ao invés de querer dar golpe por não conseguir se eleger.
Uma plataforma sugerida: abraçar a causa anticorrupção (essa *orra tem hífen?) junto com a Presidenta eleita. Como propõe o Ricardo Semler.
Porque não?
\o/ \o/ \o/
Que o Brasil é um País estranho, tornou-se unanimidade à esquerda, à direita, ao nordeste, ao sudeste, a "cunrintianus" e a "framenguistas".
Dá boas laudas de textos para estudiosos de todas as áreas, matizes, religiões, ideologias etc. Seja para psicólogos, sociólogos, historiadores, urbanistas e, principalmente, para cômicos e cartunistas.
Não sei se estou enganado, mas os nossos doutos linguistas, gramáticos e afins estão deixando escapar uma grande oportunidade de capturar uma peça rara: o nascimento de uma variação linguística.
Agora, às diferenças sociais, culturais, regionais e históricas, vem se somar a variação linguística que depende da vertente política do emissor da palavra. Ou seja, depende da condição política.
Então, basta prestar atenção. Se o interlocutor não consegue pronunciar "Presidenta" de jeito nenhum, pode enfiar-lhe o rótulo de "direita" radical. Se, ao escrever, além de não conseguir escrever "Presidenta", com letra maiúscula e tudo, escreve "a presidente", está além da "direita" radical, quase no infinito do espectro político.
Por falta de outra definição, rotulo-os de "miolo de pote".
\o/ \o/ \o/
"O que um peixe sabe sobre a água em que nada a vida inteira?"
Usei a frase acima para ilustrar o nível de conhecimento que certos setores da sociedade têm do ambiente que os rodeia. Não entendem.
O Belluzzo ilustra essa incompreensão, de uma forma bem clara, com este apólogo do escritor norte-americano David Foster Wallace:
"Dois coxinhas peixinhos estão nadando juntos e cruzam com um peixe mais velho, nadando em sentido contrário.
Ele os cumprimenta e diz:
– Bom dia, meninos. Como está a água?
Os dois peixinhos nadam mais um pouco, até que um deles olha para o outro e pergunta:
– Água? Que diabo é isso?"
Talvez agora entendam.
In: Luiz Gonzaga Belluzzo: A direita brasileira defende o darwinismo social, por Marilza de Melo Foucher, correspondente do Correio do Brasil, em Paris.

Pipocas!



29 novembro, 2014

O "treminhão"

O caminhão mais longo do mundo encontra-se no Brasil!
É este... "treminhão", usado para o transporte de cana-de-açúcar.
Depois que você ultrapassá-lo em uma rodovia esburacada, repetir a proeza com relação a caminhões e carretas vai ser fichinha.


E por falar em ultrapassagem...

"Black Friday" no Brasil é fraude, diz Forbes

A revista Forbes publicou numa reportagem uma crítica pesada contra a Black Friday no Brasil.
Se, nos Estados Unidos da América, a Black Friday é um dia especial de descontos; no Brasil é fraude, diz a revista. É mais uma maneira para os lojistas enganarem os consumidores ansiosos por participar de uma tradição norte-americana.


BLACK FRAUDE: TUDO PELA METADE DO DOBRO

28 novembro, 2014

"E agora quem poderá nos defender?"

O humorista Roberto Gómez Bolaños, criador dos personagens Chaves e Chapolin Colorado, entre outros, morreu ontem (28) em Cancún, aos 85 anos.
Também conhecido como "Chespirito", era um dos escritores comediantes mais respeitados do mundo.
"Chespirito" é a forma diminutiva e castelhanizada do vocábulo inglês Shakespeare (Chekspir). Tal apelido foi dado a Bolaños pelo diretor de cinema Agustín P. Delgado, que o considerava um pequeno William Shakespeare, capaz de escrever histórias tão prolíficas e versáteis quanto o autor inglês.
Em 1968, começaram as transmissões independentes da televisão no México, e Chespirito foi chamado como escritor para a realização de um programa com duração de meia hora. E, assim, nasceu "Los Supergenios de la Mesa Cuadrada".
Em 1970, o programa teve sua duração aumentada. Nessa época, surge o Chapolin Colorado, um herói trapalhão. Um ano depois, foi criado o personagem que se tornaria o maior sucesso de Bolaños, o Chaves. Ambos os personagens funcionaram tão bem que as sketches se tornaram séries independentes de 30 minutos de duração em 1973, após o fim do "Programa Chespirito".
Relembrem algumas das frases mais marcantes destas duas criações de Bolaños:
Chaves
"Foi sem querer, querendo."
"Ninguém tem paciência comigo."
"Isso, isso, isso."
"Prefiro morrer do que perder a vida."
"A que parece de limão, é de groselha e tem gosto de tamarindo. A que parece de groselha, é de tamarindo com sabor de limão. E a que parece de tamarindo, é de limão com sabor de groselha."
"Seu Madruga, o senhor não vai morrer. Vão matar o senhor!"
Chapolin Colorado
"Não contavam com a minha astúcia!"
"Sigam-me os bons."
"Se aproveitam de minha nobreza."
"Suspeitei desde o princípio."
"Todos os meus movimentos são friamente calculados."


03/12/2014 – Correspondência
Chaves e as histórias criadas pro Roberto Bolaños são mais profundas do que imaginamos e geniais em sua simplicidade. O Filipe Larêdo esmiúça esse tema no artigo abaixo:
http://papodehomem.com.br/chaves-el-chavo-del-ocho-nao-e-superficial/
Fernando Gurgel

Como controlar o vício do telefone celular

Já falei aqui no EM do copo offline. Cortado na base, este tipo de copo só consegue ficar em pé se estiver apoiado num telefone celular.
Foi a maneira que um bar em Vila Madalena, zona oeste da cidade de São Paulo, encontrou para inibir o uso do telefone celular. Uma iniciativa bem-humorada para fazer com que seus frequentadores voltassem à socialização tradicional. VÍDEO
No entanto, para o controle do vício causado pelo telefone celular, há outra medida mais prática – cuja aplicação não se restringe a uma casa paulistana que levantou essa bandeira.
É o colar elizabetano.


27 novembro, 2014

Único relato autobiográfico de um ex-escravo do Brasil será traduzido

"Que aqueles 'indivíduos humanitários' que são a favor da escravidão coloquem-se no lugar do escravo no porão barulhento de um navio negreiro, apenas por uma viagem da África à América, sem sequer experimentarem mais que isso dos horrores da escravidão: se não saírem abolicionistas convictos, então não tenho mais nada a dizer a favor da abolição." ~ Baquaqua

A história de Mahommah Gardo Baquaqua, único relato autobiográfico sobre a vida de um escravo do Brasil, vai ser traduzida para o português. Baquaqua foi levado da África Central no século 19 e entrou para a história por seus relatos ao americano Samuel Moore, que, em 1854, publicou com detalhes as histórias do tráfico de escravos. Filho de um próspero comerciante da cidade de Djougou (hoje o Norte de Benin), no continente africano, ele foi trazido à força ao Litoral Norte de Pernambuco.
Baquaqua, mesmo tendo "direito à liberdade", foi vítima do tráfico de escravos e chegou a Olinda em 1845 (ainda que o tráfico estivesse proibido no Brasil desde 1831). Seu livro é objeto de investigação, por Bruno Véras, apoiada pelo Ministério da Educação e pelo Consulado do Canadá (onde Baquaqua viveu, depois de livre), e deverá difundir pela internet as histórias dos locais onde o ex-escravo passou.
Agora, a memória dos escravos ganha ainda mais voz, para que jamais esqueçamos o que passou.

Empurrando o avião

Isso parece uma piada do tipo "Na Mãe Rússia", mas aconteceu no aeroporto de Igarka, acima do Círculo Ártico.
O voo para a cidade siberiana de Krasnoyarsk corria o risco de ser cancelado porque o avião, um Tupolev 134, estava congelado até o chão! Os técnicos disseram que o trem de pouso do avião fora untado com um lubrificante que não era adequado para temperaturas de 52 graus abaixo de zero. O trator do aeroporto também não podia ser usado porque suas pastilhas de freio estavam congeladas.
O que fazer?
Bem, os setenta passageiros à espera do voo eram principalmente petroleiros que queriam ir para casa, então eles fizeram o que tinha de ser feito: empurraram o avião.


Eles conseguiram liberar o avião da pista congelada (Ivan Ivanov fez a filmagem), e o voo para Krasnoyarsk aconteceu sem outros problemas.
Leia a história e veja mais fotos em The Siberian Times.

26 novembro, 2014

Thanksgiving, 2014

O YouTube está cheio de vídeos com lutas entre animais de espécies diferentes: leão x tigre, tigre x crocodilo, crocodilo x hipopótamo...

Um confronto inédito: PERU SELVAGEM X REPÓRTER PERUADOR



Como foi o Thanksgiving Day em anos anteriores no Blog EM:
2006, 2007, 2009, 2012 e 2013

Nossa viagem de carro

Bons tempos aqueles em que mamãe sentava-se no banco de trás...
... e podia sobreviver a uma colisão frontal do veículo.

SLIDESHOWS DO PG - Apresentação 346

25 novembro, 2014

Cadeados do amor

Forever Alone
Alguns pontos turísticos de forte apelo romântico se destacam também pela grande quantidade de cadeados que os casais apaixonados costumam colocar nesses locais.
Segundo a superstição, depois de colocado, deve-se jogar fora a chave do cadeado – como símbolo do compromisso. E única forma de quebrar o pacto de amor seria encontrar a chave e destrancar o cadeado.
(Há quem apele para o alicate.)
Na Pont des Arts, em Paris, a prefeitura já se preocupa com essa superlotação de cadeados. Receia que o peso extra que eles acrescentam ao parapeito da ponte possa gerar algum desabamento.

O Sr. Solteiro da Silva esteve aqui. ►

26/11/2014 – Atualizando...
Margot et Rose na Ponte dos Amores, um pacto de amor selado para sempre!

03/06/2015 – Atualizando...
Deu no Buzzfeed:
Todos os cadeados do amor foram removidos da Pont des Arts.

O copo fatiado




Este copo para cerveja dá a impressão de ter sido cortado, estando suas partes em processo de deslizamento.
Torna-se uma ilusão de óptica perfeita para confundir seus amigos.
Acabamento em vidro fosco, $ 34.90 o par, acondicionado em caixa para presente.

Onde comprar (compravas, pois está esgotado).

Relacionado
Copo para inibir o uso do telefone celular

24 novembro, 2014

Um gráfico de conversa


Importante
O não cumprimento das regras de etiqueta – com a eventual inclusão de um gráfico – pode acabar uma conversa (que, aliás, nem merecia ter começado).

O tempo de cada um

CADA PESSOA TEM SEU TEMPO

NÃO PERCA O SEU IGNORANDO ISSO

23 novembro, 2014

De Albert Einstein


"Religião não deveria ter nada a ver com o medo da vida ou o medo da morte, nas sim com a busca pelo conhecimento racional.
A palavra Deus para mim é nada mais que a expressão e produto da fraqueza humana, a Bíblia é uma coleção de lendas honradas, mas ainda assim primitivas, que são bastante infantis. Nenhuma interpretação, por mais sutil que seja, pode (para mim) mudar isso.
Para mim, a religião judaica é, como todas as outras, uma coletânea de superstições infantis. E o povo judeu, ao qual eu pertenço e com cuja metalidade eu tenho grande ligação, não possui para mim nenhuma qualidade que outros povos não tenham. Por minha experiência, eles não são melhores que outro grupo de pessoas, apesar de protegidos das piores doenças pela falta de poder (sic). Por isso, não vejo nada que os torne "escolhidos".
É claro que é uma mentira o que você leu a respeito de minhas crenças religiosas, uma mentira que é repetida sistematicamente. Não acredito num Deus pessoal e nunca neguei isso, e sim o manifestei claramente. Se há algo em mim que possa ser chamado de religioso é a admiração ilimitada pela estrutura do mundo, do modo como nossa ciência é capaz de revelar.
Seu ressentimento com o Deus pessoal, que você assim como eu, acreditamos não existir, de certa forma me surpreendeu. Esta atitude encontra-se principalmente nas pessoas que se libertaram sem luta dos restos da educação arcaica e patriarcal."
Carta ao filósofo Erich Gutkind, em janeiro de 1954. Abaixo, em sua versão original.


"Religion sollte nichts mit Angst vor dem Leben oder Angst vor dem Tode zu tun haben, sondern sollte vielmehr ein Streben nach rationaler Erkenntnis sein.
Das Wort Gottes ist für mich nicht mehr, als der Ausdruck und das Produkt menschlicher Schwächen. Die Bibel ist eine Sammlung ehrbarer, aber dennoch primitiver Legenden, welche doch ganz schön kindisch sind. Keine Interpretation, wie feinsinnig sie auch sein mag, kann das (für mich) ändern.
Für mich ist die jüdische Religion wie jede andere der Inbegriff des kindischsten Aberglaubens. Und das jüdische Volk, dem ich gerne angehöre und dessen Mentalität ich mit einer großen Verbundenheit gegenüberstehe, hat für mich keine andere Qualität als alle anderen Völker. So weit meine Erfahrung reicht, sind sie nicht besser als andere Gruppen von Menschen, obwohl sie von den schlimmsten Krankheiten durch einen Mangel an Macht beschützt werden. Davon abgesehen kann ich nichts ‚Außerwähltes‘ an ihnen erkennen.
Es war natürlich eine Lüge, was Sie über meine religiösen Überzeugungen gelesen haben, eine Lüge, die systematisch wiederholt wird. Ich glaube nicht an einen persönlichen Gott und ich habe dies niemals geleugnet, sondern habe es deutlich ausgesprochen. Falls es in mir etwas gibt, das man religiös nennen könnte, so ist es eine unbegrenzete Bewunderung der Struktur der Welt, so weit sie unsere Wissenschaft enthüllen kann.
Dein Ressentiment gegen den persönlichen Gott, von dessen Nicht-Existenz du ja wie auch ich überzeugt bist, hat mich inigermassen erstaunt. Diese Haltung trifft man meistens bei Personen, die sich nicht ohne Kampf von diesem Prunkstück altväterlicher Erziehung in jungen Jahren freigemacht haben." Wikiquote

A herança


Provérbio do dia
Hoje é domingo, pede cachimbo.

22 novembro, 2014

Uma situação de quase naufrágio

Uma jovem na Malásia consegue evitar que o bote afunde, usando apenas os próprios pés.



O comentário irônico de um internauta:
A canoa encher-se de água foi um ato de Deus. Ele estava muito descontente com a jovem deste vídeo, por não ter sido ainda prometida a um velho barbudo. Deus agora está mais irritado porque a menina contrariou um ato divino. Se ela não for a seguir apedrejada até a morte, Deus envia em breve um furacão.

O bom Direito

por João Baptista Herkenhoff
Juiz de Direito (ES) aposentado, professor e escritor
http://lattes.cnpq.br/2197242784380520

Este artigo não se refere a pessoas, mas sim a princípios jurídicos. Suponho que a leitura será proveitosa, não apenas para quem integra o mundo do Direito, mas para os cidadãos em geral.
Os princípios são aplicáveis hoje, como foram aplicáveis ontem e serão aplicáveis amanhã.
Tentarei elencar alguns princípios que constituem a essência do Direito numa sociedade democrática.
  1. O princípio de que, no processo criminal, a dúvida beneficia o réu permanece de pé. Resume-se nesta frase latina: In dubio pro reo. É melhor absolver mil culpados do que condenar um inocente.
  2. No estado democrático de direito todos têm direito a um julgamento justo pelos tribunais. Observe-se a abrangência do pronome todos: ninguém fica de fora. Este princípio persevera em qualquer situação, não cabendo excepcioná-lo à face de determinadas contingências de um momento histórico.
  3. Ainda que líderes proeminentes de um partido politico ou de um credo religioso estejam sendo julgados, a sentença não pode colocar no banco dos réus o partido político ou o credo religioso. Deve limitar-se aos agentes abarcados pelo processo.
  4. Todo magistrado carrega, na sua mente, uma ideologia. Não há magistrados ideologicamente neutros. A suposta neutralidade ideológica das cortes é uma hipocrisia. Espera-se, porém, como exigência ética, que a ideologia não afaste os magistrados do dever de julgar segundo critérios de Justiça.
  5. Os tribunais coletivos existem para que se manifestem as divergências. Dos julgamentos da primeira instância, proferidos em regra por um juiz singular, cabe recurso ao juízo coletivo, justamente para favorecer a expressão de entendimentos divergentes. O voto vencido deve ser respeitado.
  6. Jamais o alarido da imprensa deve afastar o magistrado da obrigação de julgar segundo sua consciência. Ainda que a multidão grite Barrabás, o magistrado incorruptível caminhará sereno através da corrente ruidosa e, se não estiver plenamente convencido da culpa do acusado, proferirá sentença de absolvição.
  7. A condenação criminal exige provas. Não se pode basear em ilações, inferências, encadeamento de hipóteses, presunções, suposições. Esta é uma conquista milenar do Direito. Mesmo que o juiz esteja subjetivamente convencido da culpa, não lhe é lícito condenar, se não houver nos autos prova evidente da culpabilidade.
  8. Quando o advogado coloca seu zelo profissional na sustentação da defesa, não está subscrevendo o delito ou colaborando para sua prática, mas cumprindo um papel essencial à prática da Justiça. O processo criminal é dialético, sustenta-se na ideia de ser indispensável o confronto acusação defesa.

Salim

Em sua famosa piada, ele responde assim:
Salim SOIEU (aos devedores)
Salim SAIEU (aos cobradores)
Uma no árabe, outra no judeu:
A semana de um caloteiro

21 novembro, 2014

Um dado de um lado só

Um dado de quatro lados é uma pirâmide. Um dado de dois lados é uma moeda.
O que seria um dado de um lado só?
Uma fita de Möbius, como a que você vê a seguir:


Não importa como jogá-la. Ao pousar, ela sempre mostrará o mesmo lado.

Saiba mais sobre A fita de Möbius e maravilhe-se com Um palíndromo musical de Bach.

Causo mineiro

Sapassado, era sessetembro, taveu na cuzinha tomando uma pincumel e cuzinhando um kidicarne cumastumate pra fazer uma macarronada cum galinhassada.
Quascaí de susto quanduvi um barui vinde dendu forno parecenum tidiguerra.
A receita mandopô midipipoca dendagalinha prassá.
O forno isquentô, o mistorô e o fiofó da galinhispludiu! Nossinhora! Foi um trem doidimais! Quascaí dedapia!
Fiquei sensabê doncovim, noncotô, proncovô!
Ópcevê quilocura! Grazadeus ninguém semaxucô!
(enviado por Fernando Gurgel)

As teclas da alegria

: )

20 novembro, 2014

Por que você escreve em iídiche?

As pessoas me perguntam com frequência,
"Por que você escreve em uma língua moribunda?"
Quero explicá-lo em poucas palavras.
Primeiramente, gosto de escrever histórias de fantasmas e nada se encaixa melhor num fantasma do que uma língua morta. Quanto mais morta é a língua, mais vivo é o fantasma. Fantasmas amam o iídiche e, até onde eu saiba, todos o dominam.
Em segundo lugar, não apenas creio em fantasmas como também creio na ressurreição. Estou certo de que, quando o Messias regressar, milhões de cadáveres fluentes em iídiche se levantarão de seus túmulos e a primeira pergunta que farão será: "Há algum novo livro em iídiche para ler?" Para eles, o iídiche não será uma língua morta.
Terceiro: por 2000 anos o hebraico foi considerado uma língua morta. Subitamente, ele se tornou estranhamente vivo. O que aconteceu ao hebraico pode também ocorrer ao iídiche um dia (embora eu não tenha a mínima ideia de como isso poderia se passar).
Há ainda uma quarta razão secundária para não renunciar ao iídiche e esta é: o iídiche pode ser uma língua moribunda mas é a única que eu conheço bem. O iídiche é minha língua materna e uma mãe nunca está realmente morta. VÍDEO

Trecho do discurso pronunciado por Isaac Singer, Nobel de Literatura de 1978, no banquete de gala do Prêmio Nobel em Estocolmo, Suécia. Traduzido por Yuri Vieira – Digestivo Cultural.

Comportamento sexual dos pinípedes

Um mau dia na praia
As coisas estão esquentando no clima frio do Subantártico. Em ilhas remotas e, principalmente, desoladas, focas, lobos-marinhos e leões-marinhos estão se engajando em uma forma extrema de comportamento sexual.
Especificamente, eles vêm tentando fazer sexo com pinguins.
Esse novo comportamento sexual dos pinípedes (a superfamília de mamíferos aquáticos que inclui focas, lobos-marinhos, leões-marinhos, morsas etc.) não começou agora. Em 2006, biólogos do periódico Polar Biology viram, pela primeira vez, um lobo-marinho tentando copular com um pinguim-rei, em Marion Island, uma ilha subantártica que é lar de ambas as espécies.
Eles publicaram detalhes desse incidente e especularam, na época, que o ato sexual pode ter sido o comportamento de um animal frustrado, sexualmente inexperiente.
Em três dos quatro incidentes já registrados, o pinípede pagou o preço combinado pelo ato e deixou o pinguim ir embora. Mas, no quarto, a foca comeu, matou e depois comeu de verdade o pinguim.

Why Seals Have Sex With Penguins, BBC Earth – c/ vídeos

19 novembro, 2014

Mimetismo vegetal

Boquila trifoloiolata, Wikipedia
Mimetismo e camuflagem são normalmente reservados para o mundo animal.
No entanto, há um mestre do disfarce entre as plantas. Trata-se da videira Boquila trifoliolata, que modifica suas folhas para imitar as folhas das árvores hospedeiras.
Nativa do Chile e da Argentina, a B. trifoliolata é a primeira planta já identificada com essa propriedade.
Quando a videira sobe nos ramos de uma árvore, suas folhas alteram o tamanho, a forma, a cor, a orientação e até mesmo os padrões de suas nervuras para que coincidam com a folhagem circundante. E, se a videira cruza para uma segunda árvore, ela torna a mudar suas folhas, mesmo que as folhas da nova planta hospedeiras sejam dez vezes maiores.
news.sciencemag.org

Qual a diferença entre camuflagem e mimetismo?

Aula de fotografia - 15

A diferença entre parceirização e terceirização:



Slideshows do PG - Apresentação 345

18 novembro, 2014

Os raios de Vênus

Durante o verão e o outono de 1896, o astrônomo Percival Lowell passou o seu tempo dedicado a estudar o planeta Vênus. Um dia, no final do outono, descobriu uma estranha mancha com raios finos na superfície do planeta, uma descoberta surpreendente que, curiosamente, só ele via.
Aglomeração de relâmpagos em Vênus?...
Como era de esperar, foi criticado pelos resultados. Em 1902, ainda que parcialmente, ele recuou, falando de um problema óptico, mas logo voltou a escrever com intolerante confiança a respeito de sua observação de Vênus.
Ele começou a especular sobre a ascensão de um funil de ar estagnado quente, criando um vazio parcial em que correntes de ar frio dariam lugar a um sistema de raios... Esse era o espírito de Percy.
Absolutamente ninguém podia ver o sistema de raios em atividade na superfície do planeta Vênus.
Tudo isso produziu uma notável falta de credibilidade que, supostamente, repercutiu em seus novos estudos, dessa vez sobre o planeta Marte. Anteriormente, fora ele que descrevera os canais marcianos, logo convertidos em uma suposição da existência de vida inteligente em Marte.
Mas... Por que só Percival Lowell podia ver raios em Vênus?... Seriam eles o produto da imaginação de um astrônomo?
O problema foi solucionado mais de cem anos depois, em 2003, em um artigo de William Sheehan e Thomas Dobbins, THE SPOKES OF VENUS: AN ILLUSION EXPLAINED (Os raios de Vênus: uma ilusão explicada). O artigo sustenta que Lowell tivesse deixado de forma intempestiva o telescópio e que, ao fazê-lo, o telescópio tivesse acidentalmente virado em uma espécie de oftalmoscópio, um instrumento utilizado para o exame dos olhos.
Em outras palavras, o que Percival Lowell observara na superfície de Vênus tinha sido a própria retina, sendo os raios os vasos sanguíneos da dita-cuja.

Percival Lowell y los rayos de Venus, El Baúl de Josete

Paraquedas para saltar de edifícios



Estranhamente, este invento de Benjamin Oppenheimer, de 1879, nunca se tornou popular. Era para escapar de um prédio em chamas.
O sistema consistia de um paraquedas amarrado na cabeça e de sapatos acolchoados que aliviariam o impacto dos pés com o solo.

Então, o que poderia dar errado?

Patente US221855

Gerônimo!
O alfaiate voador  e O evacuchute

17 novembro, 2014

O método socrático

É uma técnica de investigação filosófica que faz uso de perguntas simples e quase ingênuas, que têm por objetivo, em primeiro lugar, revelar as contradições presentes na atual forma de pensar do aluno, normalmente baseadas em valores e preconceitos da sociedade e, assim, auxiliá-lo a redefinir tais valores, aprendendo a pensar por si mesmo.

Sócrates entre os atenienses

Lar, amargo lar | Sócrates e Veríssimo | Sócrates e Platão | Apologia de Sócrates | Verdade, bondade e utilidade

\o/ \o/ \o/

OITAVO ANIVERSÁRIO DO ENTREMENTES

Uma pesquisa na Internet sobre viajantes do tempo

A viagem no tempo tem despertado a imaginação das pessoas em grande parte do século passado, mas pouco tem sido feito para realmente procurar os viajantes do tempo.
Embora menos conhecidos do que aqueles da ficção popular, alguns experimentos para descobrir viajantes do tempo já foram realizados. Em maio de 2005, um estudante de pós-graduação do MIT, A. Dorai, divulgou e realizou uma convenção para viajantes do tempo. Ninguém alegando vir do futuro apresentou-se. Em julho de 2012, S. Hawking fez também uma experiência semelhante: a organização de uma festa para viajantes do tempo, tendo anunciado o evento a posteriori. Ninguém afirmando ser um viajante do tempo compareceu.
Neste trabalho (arXiv: 1312.7128), Robert J. Nemiroff e Teresa Wilson relataram uma série de pesquisas sobre assinaturas digitais que viajantes do tempo pudessem ter deixado na Internet. Especificamente, buscas de conteúdo presciente (conteúdo não conhecido no momento em que a busca estava sendo feita). Levando-se em conta as preocupações práticas de verificabilidade, apenas os viajantes do tempo oriundos do futuro foram investigados. Nenhum destes foi descoberto. Embora estes resultados negativos não refutem a ideia da viagem no tempo, dado o grande alcance da Internet, esta pesquisa é, talvez, a mais abrangente até hoje.

16 novembro, 2014

Cisternas no Semiárido - 2

O Governo Federal entregou 750 mil cisternas na região do Semiárido nordestino dois meses antes do prazo previsto. A obras são parte das ações do programa "Água para Todos" e tinham a conclusão prevista para dezembro.
No Estado do Ceará, segundo dados do Ministério de Desenvolvimento Social (MDS), de janeiro de 2011 a outubro de 2014, foram implantadas cerca de 184 mil cisternas, as quais já estão a beneficiar 735 mil pessoas em 170 municípios.
Com a construção das cisternas, soluciona-se progressivamente um dos problemas dessa região: o armazenamento de água para o consumo doméstico. As temporadas de chuvas no Semiárido, mesmo curtas, quando existe um sistema adequado de coleta e armazenamento das águas das chuvas permitem que os habitantes da região suportem com menor sofrimento as estiagens.
Em secas (estiagens mais prolongadas), as cisternas inclusive possibilitam o armazenamento das água de superfície, distribuídas emergencialmente pelos caminhões-pipa nas áreas rurais afetadas.
Dois tipos de cisternas são instaladas pelo programa: de placas de cimento e de plástico (foto). Ambas com a capacidade de 16 mil litros, o suficiente para atender às necessidades de uma família de cinco pessoas nos seis meses de estiagem.
A principal diferença está no preço. As cisternas de placas de cimento custam cerca de R$ 2,8 mil, enquanto as de plástico chegam a R$ 5 mil. Embora mais caras, as cisternas de plástico – um terço do total – foram essenciais para atingir essa meta de cisternas instaladas no Semiárido.

Cisternas no Semiárido - 1

O canto do cometa

A Agência Espacial Europeia (ESA, sigla em inglês) divulgou em sua página a descoberta de um som emitido pelo cometa 67P/ Churyumov-Gerasimenko que está sendo comparado com uma espécie de canto. De acordo com o texto, o fenômeno do som causou surpresa (*) até mesmo para os cientistas.
O fenômeno foi percebido pela primeira vez em agosto deste ano, quando a nave Rosetta, que transportava a sonda, se aproximou a cerca de 100 quilômetros do cometa.
Confira aqui:



O som captado pela sonda Philae tem uma frequência que não é percebida pelo ouvido humano. Está entre 40-50 milihertz (1 milihertz é igual a 0,001 hertz), enquanto o ouvido humano capta sons entre 20 hertz (Hz) e 20 kHz. Para tornar a música audível para o ouvido humano, as frequências tiveram que ser amplificadas cerca de 10 mil vezes.
Os cientistas acreditam que o som esteja sendo causado por partículas neutras que estão se soltando do cometa e ganhando carga. Mas o mecanismo físico por trás do fenômeno ainda é desconhecido.

(*) O som não se propaga no vácuo, mas talvez para o canto de um cometa exista a exceção. N. do E.

Questão de prova
– Que corpos celestes são habitados exclusivamente por robôs?
– Marte e o cometa 67P/ Churyumov-Gerasimenko.

15 novembro, 2014

Um espelho que mostra o interior do corpo humano?

Xavier Maitre, da Universidade de Paris, desenvolveu um tipo de espelho que, ao passarmos diante dele, permite ver os nossos órgãos internos.
Isso é verdade?



Não sejamos tão apressados em nossas conclusões.
Trata-se, neste exemplo, de um truque visual em que as imagens obtidas em uma sessão de raios X com uma pessoa, em seguida, são processadas pelo Kinect.

Que é o Kinect?

Os cinquenta tons de Hulk

Este personagem da Marvel Comics começou com uma curiosidade (que muitos já devem estar a par).
Originalmente, ele seria cinza. Mas, devido a erros de impressão (a gráfica não acertava na tonalidade), ele saiu inicialmente em um tom esverdeado.
Como a Marvel gostou do personagem na versão verde, decidiu mantê-lo nesta cor (mas não para sempre). AS VÁRIAS VERSÕES DE HULK, TERRAZERO
Outro fato interessante é que, nas primeiras histórias, a transformação do cientista em Hulk ocorria apenas à noite, como se isso fosse alguma maldição similar à dos lobisomens. Porém, em pouco tempo, o Hulk passou a surgir toda vez que o Dr. Robert Bruce ficava irritado, o que despertava em si o seu lado selvagem.

Hulk no Universo Preblog:
VIOLÊNCIA URBANA

14 novembro, 2014

A árvore pescadora

Eu posso relatar um hábito estranho na vida do Dr. Thomas Birch.
Ele gostava muito de pescar e dedicava muito tempo a essa diversão. A fim de enganar os peixes, ele mandou fazer um traje que, ao usá-lo, assumia o aspecto de uma árvore velha. Nesse traje silvestre, seus braços correspondiam aos ramos, e ele controlava os seus movimentos corporais para que parecessem efeitos do vento.
Enquanto não foi ridicularizado pelos amigos, ele deitou raízes ao lado do seu córrego favorito.

John Taylor, Records of My Life, 1832

A "Classe Idade Média", segundo Kiko

O compositor Kiko Dinucci tem divulgado seu lado desenhista: em seu facebook, Kiko vem postando uma série de caricaturas intitulada "Classe Idade Média" . As imagens são caricaturas das manifestações preconceituosas vistas nas redes sociais, nas ruas e na imprensa, desde o último processo eleitoral.
Na série, não faltam os brasileiros que sonham em viver em Miami ou no Brasil (sob intervenção militar, certamente), nem aqueles que demonstram sua indignação ESCREVENDO POSTS EM CAIXA ALTA.


Paulista de Guarulhos, Kiko não poupa os conterrâneos separatistas, registrando que, diferentemente dos nordestinos, eles terão agora que "comprar água no Dutty Free" (área destinada à venda de produtos com isenção de impostos em aeroportos).
A visão de Kiko (sobre a "Classe Média") foi também descrita pelo próprio, em texto publicado no site Altnewspaper.

13 novembro, 2014

Gansaral

Na Polônia, um homem consegue agrupar um número incalculável de gansos.
Ele chama e os gansos vêm. E continuam chegando e chegando e chegando. Milhares deles atendem a seu chamamento, tudo em questão de minutos.
O cara é carismático.
Ele não usa qualquer instrumento de coerção e defesa. Talvez ofereça almoço ao gansaral (este coletivo existe).



Almoço no canil

Que trabalho só existe em seu país?

Esta pergunta foi recentemente colocada em AskReddit. Aqui está uma das respostas.
Alireza Behooz diz que, em Teerã, no Irã, alguns motoristas contratam pessoas para andar atrás de seus carros quando entram em áreas restritas.
Com isso, as câmeras do trânsito não conseguem capturar os números das placas de seus carros.

12 novembro, 2014

A árvore mais antiga do mundo

É o velho Tjikko. Brotou em algum momento da última Era Glacial, cerca de 9.550 anos atrás.
Este abeto de 16 metros que vive na província de Dalarna, Suécia, pode parecer com uma árvore de Natal do Charlie Brown, mas não se deixe enganar. De acordo com o Wired, o sistema radicular deste rapaz começou a perfurar o solo quando as Ilhas Britânicas ainda estavam ligadas à Europa por uma ponte de gelo.
O geólogo Leif Kullman, que descobriu a árvore, nomeou-a assim (Tjikko) em memória de seu falecido cão.

Ler mais: Six of the Oldest trees in the World, Mental Floss

Poderá também gostar de ler: A árvore solitária de Ténéré, Plantas que se comunicam, O eucalipto arco-íris, Plantas luminosas, De onde vem a cortiça?, A Floresta Torta e O Baobá Bule

Robô Philae faz pouso histórico em cometa

O robô Philae pousou na superfície do cometa 67P/ Churyumov-Gerasimenko, nesta quarta-feira (12), às 14h03 (horário de Brasília), a aproximadamente 500 milhões de quilômetros de distância da Terra.
O pouso foi confirmado pela Agência Espacial Europeia (ESA), em Darmstadt, na Alemanha. Pelo Twitter, a agência anunciou: "Estamos no cometa". Trata-se de um feito inédito na história da exploração espacial, que permitirá aos cientistas ter mais informações sobre a origem da vida na Terra.
Lançado ao espaço em 2004, por uma aeronave que percorreu cerca de 6 bilhões de quilômetros para se encontrar com o cometa, o robô Philae é um laboratório miniaturizado que enviará dados para os cientistas da agência espacial na Terra, até o final da missão em dezembro de 2015.



O Gigante das Buscas fez esse doodle especialmente para comemorar o sucesso do pouso do robô Philae no cometa.

Blog EM, 22/01/2014: A Rosetta acordou

16/11/2014 - Atualizando...


"Merda, o carregador..."

Últimas horas de actividad –probablemente– para Philae, Microsiervos
Philae duerme sobre 67P, Microsiervos

Quanto tempo estou vivo?

Você está vivo há...

- 2096494006 segundos
- 34941566 minutos
- 582359 horas
- 24264 dias
- 3466 semanas
- 892 meses lunares
- 782 meses
- 466 anos-cão [O relógio do cão]
- 66 anos
- 68,47 anos lunares
- 16,62 olimpíadas
- 13,30 lustros
- 6,65 décadas
- 2,56 gerações
- 1,33 jubileus
- 0,66 séculos
- 0,06648 milênios
- 0,00000028904082098030 anos cósmicos

Fonte: How Long Have I Been Alive For?

Slideshows do PG - Apresentação 344

11 novembro, 2014

Avistamentos de OVNIs

No eixo horizontal, as horas do dia estão divididas em:
1) horas em que você trabalha, 2) horas em que você bebe, e 3) horas em que você dorme.
Na vertical, estão os números de avistamentos de objetos voadores não identificados (OVNIs) nos Estados Unidos, por hora do dia, entre 2000 e 2014.


Os alienígenas são atenciosos. Eles raramente perturbam os terráqueos durante o trabalho ou durante o sono. Em vez disso, eles tendem a chegar à noite, especialmente nas sextas-feiras, quando as pessoas estão nas varandas de suas casas, apreciando as luzes que piscam no céu, aí pela quarta cerveja.

Wright e Wong: certo e (quase) errado

Esta é um das muitas centenas de trabalhos acadêmicos que têm um coautor que é Wright e outro que é Wong:
“Trefoil peptides” W.M. Wong, R. Poulsom and N.A. Wright, Gut, vol. 44, no. 6 (1999): 890-895.
É considerado um exemplo do indeterminismo nominativo, um parente do determinismo nominativo.

10 novembro, 2014

A segunda parte

Nunca segundas partes fueron buenas
Es una frase muy conocida y que en los días que corren se suele utilizar en las críticas y comentarios sobre el mundo del cine. El origen de este dicho proviene, como el de muchos otros que pueblan nuestra lengua, de El Quijote.
El Quijote, que también tuvo segunda parte, recoge una charla en esta segunda entrega en la que el caballero, su escudero y un tercero en la que debaten precisamente sobre una segunda parte de la aventuras de don Quijote. En esa charla dice el tercero en discordia, un tal Sansón Carrasco: “estamos en duda si saldrá o no, y así por esto como porque algunos dicen: Nunca segundas partes fueron buenas”.
Ya vemos que Cervantes indica que la frase ya es usada y conocida, pero bien podemos situar a El Quijote como referencia de origen del dicho.
Observações
Era evidente que Cervantes tratava de antecipar a possibilidade de que a segunda parte de seu trabalho não alcançaria a popularidade e o sucesso que ele obteve com a primeira parte. Hoje é muito comum, na literatura e no cinema, que os autores de romances e filmes que são produzidos com segunda, terceira e até quarta partes da mesma obra, não logrem o sucesso inicialmente conseguido.

Cartoon
"Finalmente, percebemos de onde vinha toda aquela raiva."

Morcego x aranha

Eu não queria provocar uma cizânia entre Batman e o Homem Aranha. Mas...


... um morcego pode eventualmente entrar na cadeia alimentar de uma aranha. Principalmente se o radar do mamífero voador estiver avariado.

Vídeo
Beija-flor x louva-a-deus. Uma pista: venceu esta luta o que tinha mais hifens.

09 novembro, 2014

O melhor [dos atrasados] do ENEM 2014

Na categoria "Meme":


Na categoria Fair Play:
"A pontualidade é a virtude dos entediados."

Temas das provas de redação do ENEM de 1998 a 2014

Um conto de momento e inércia

Uma criatura feita de pedra envia acidentalmente uma rocha em direção a uma pequena aldeia. Em seguida, para que a aldeia não seja destruída, ela tenta fazer o melhor possível.
Só que as coisas não saem exatamente como deveriam...



Sabem o que eu acho? A aldeia devia ter jogado papel.

A ideia sobre a inércia se aplica a coisas móveis como bolas, carros e aviões. Tudo o que está em repouso permanece em repouso, a menos que algo o empurre. Em seguida, ele é um corpo em movimento. E, quando em movimento, ele tende a continuar se movendo em linha reta, a menos que outra força o puxe, oponha-se a ele ou faça-o girar. Assim, a ideia sobre a inércia é a de algo que tende a continuar fazendo o que já está fazendo.
Quando algo se move é porque sofreu a ação de um impulso. Quanto mais pesado ou mais rápido ele está se movendo, é mais difícil de ser parado. E o momento é uma espécie de medida da dificuldade em parar algo que esteja em movimento.

08 novembro, 2014

Carl Sagan, o rosto da própria ciência


Ele levou uma existência febril, com múltiplas ocupações, como se soubesse que não iria viver até uma idade avançada.
Entre outras atividades, ele foi professor de astronomia na Universidade de Cornell, escreveu mais de uma dúzia de livros, trabalhou com missões robóticas da NASA, editou a revista científica "Icarus" e, de alguma forma, encontrou tempo para estar, repetida e compulsivamente, na frente das câmeras de televisão.
Em uma explosão incrível de energia, nos meados de seus 40 anos, ele criou e organizou "Cosmos". O seriado de televisão em treze partes, que foi ao ar no outono de 1980, o qual foi assistido por centenas de milhões de pessoas no mundo.
Carl Sagan (09/11/1934 – 20/12/1996) foi o cientista mais famoso dos Estados Unidos – o rosto da própria ciência.

A Sinfonia da Ciência, A poeira das estrelasO pálido ponto azul, O fato mais surprendente e O sorriso do bebê

Comida Aquilo

Perambulando por esse Brasil, dá gosto a gente ver as placas nas cidadezinhas:
"Não percam as Feijoadas do Sábado. Todas as sextas-feiras". "Sábado" deve ser o cozinheiro.
"A 100 metros: Comida Aquilo". E é "Aquilo" mesmo, sem sombra de dúvida!
"O melhor selve-serfice da região". Em dialeto ingrês-brasileño.
Na última viagem, vi esta placa... em que o anunciante extrapolou:
"Rodízio Delivery. Não percam."
Fiquei matutando - até hoje - como deve ser o tal sistema.
Vem um motoqueiro, de 10 em 10 minutos:
- Muchiba, senhor?
E outro, de hora em hora:
- Picanha, senhor?
Um aviso afixado em um apartamento de Caldas Novas:

Na dúvida, deixei tudo limpo, mas a placa dizia para "Não deixar...".
Será que vão multar? Hehehehehe...

Fernando Gurgel

A renúncia do Papa - 2

"Ontem tive outro mau funcionamento da mantellina." ~ Papa Francisco


Maus presságios. Por que não suspeitar logo do vento como sendo o Anticristo?

A renúncia do Papa - 1

07 novembro, 2014

A gasolina subiu?

Dona Dilma:
Pelo amor de Deus, aumente a conta da luz, mas não mexa na gasolina, não. Porque gato eu sei fazer, mas cavar para achar petróleo é complicado!
Elmano Gomes, citado por José Simão

A timidez cobra seu preço
Quando um governo explica o que faz, o povo entende.
Quando não explica e deixa que a mídia o faça, depois não espere ser entendido.
Pagará, então, o preço. Bem mais caro que o da gasolina, aliás.


Hipocrisia e desinformação
Um aumento de 3 por cento no preço da gasolina na fonte, e ainda menor no preço final (em média, 6 centavos por litro), é inferior à inflação, e infinitamente abaixo da elevação do poder aquisitivo do trabalhador.
Um salário mínimo, ao final do governo FH, comprava 89 litros. O salário de hoje compra 241 litros.
O preço da gasolina andava defasado há anos, e o aumento foi modesto. Era importante aumentar os preços, porque a saúde financeira da Petrobrás é essencial para a estratégia do nosso desenvolvimento.
Não faz sentido, porém, defender aumentos maiores, como faz a nossa mídia, de olho em ganhar com as ações da Petrobrás. Nossa gasolina não é barata, embora não esteja entre as mais caras. Note que um dos maiores produtores de petróleo do mundo, a Noruega, vende a gasolina mais cara do planeta.

Lipsum

Lorem Ipsum, abreviado.
É um texto – em latim – comumente usado para demonstrar o lay-out, a tipografia e a formatação de uma página web.
O Lorem Ipsum não é para a gente imaginar como um website pareceria se a internet houvera existido na antiga Roma. Colocado antes do conteúdo, é para a gente se concentrar apenas nos aspectos visuais da página.
Geradores de lipsum são vistos na internet, um deles é o Bacon Ipsum. Via
A passagem padrão original de Lorem Ipsum, usada desde o século XVI, é como se segue:
"Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum."
"At vero eos et accusamus et iusto odio dignissimos ducimus qui blanditiis praesentium voluptatum deleniti atque corrupti quos dolores et quas molestias excepturi sint occaecati cupiditate non provident, similique sunt in culpa qui officia deserunt mollitia animi, id est laborum et dolorum fuga. Et harum quidem rerum facilis est et expedita distinctio. Nam libero tempore, cum soluta nobis est eligendi optio cumque nihil impedit quo minus id quod maxime placeat facere possimus, omnis voluptas assumenda est, omnis dolor repellendus. Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet ut et voluptates repudiandae sint et molestiae non recusandae. Itaque earum rerum hic tenetur a sapiente delectus, ut aut reiciendis voluptatibus maiores alias consequatur aut perferendis doloribus asperiores repellat."
São as Seções 1.10.32 e 1.10.33 do "De Finibus Bonorum et Malorum", de Cicero.
"Não há ninguém que ame a dor por si só, que a busque e queira tê-la, simplesmente por ser dor...".
E por aí vai.

06 novembro, 2014

Por que esta foto hoje?


07/11 - Dia Internacional da Preguiça
Como EM comemorou a data em 2011, 2012 e 2013.

O problema de não fazer nada
É você nunca saber quando acabou. - Frase atribuída a Groucho Marx

O gorro inteligente

Não parece muito com um gorro, mas é assim que esse protótipo vem sendo chamado. De acordo com os psicólogos que o inventaram, ele é capaz de melhorar as nossas capacidades cognitivas. Isto significa dizer que, caso estejamos usando esse gorro inteligente, poderemos pensar melhor e nos equivocar menos.
O gorro, através de seus eletrodos, permite estimular eletricamente o nosso cérebro. Ele funciona conforme o princípio da estimulação transcranial não invasiva, cujos resultados favoráveis sobre o processo da aprendizagem têm sido anteriormente demonstrados.
Mas, como de costume, é necessário que outros grupos de pesquisa confirmem tais resultados.

Nem discuto o gorro pelo lado estético. Fico só a imaginar como é que alguém se atreve a andar por aí usando: o gorro inteligente, o Google Glass e o auricular do iPhone, tudo ao mesmo tempo...

05 novembro, 2014

Respirando de cabeça para baixo

Preguiças passam muito tempo penduradas em galhos de árvores, muitas vezes de cabeça para baixo. Em outros animais, isso faria com que os órgãos intra-abdominais pressionassem para baixo o diafragma, tornando a respiração difícil. Mas as preguiças desenvolveram a sua própria solução. Rebecca Cliffe, da Universidade de Swansea, que estuda esses animais na Costa Rica e que tem feito muitas dissecações de preguiças mortas, encontrou o que realmente acontece com elas: seus órgãos internos do abdome são mantidos no lugar por estranhas aderências fibrosas. As preguiças, portanto, têm essa "fita adesiva" natural que facilita a respiração entre 7 e 13 por cento.
"Para muitos mamíferos, uma economia de energia de 7 a 13 por cento não seria muito importante", diz Cliffe. De fato, outros mamíferos que não possuem órgãos ancorados, como os macacos bugios, regularmente se penduram de cabeça para baixo sem que isso lhes traga problemas. A diferença é que "as preguiças não têm praticamente nenhuma flexibilidade em seu balanço de energia. De sua dieta, elas geram a energia suficiente para se mover quando e onde for necessário, mas não há muitas sobras energéticas. Para uma preguiça, uma economia de energia de 7 a 13 por cento é, portanto, uma grande economia". Elas também levam muito tempo para digerir a comida e só urinam e defecam uma vez por semana. Na maioria das vezes, a preguiça está a transportar um terço de seu peso corporal como resíduos, o que significa que seu estômago e seus intestinos são muito pesados. "Seria energeticamente muito caro, se não completamente impossível, para uma preguiça transportar esse peso extra e ao mesmo tempo respirar, se não fossem as aderências que apresentam", diz Cliffe.
How Sloths Breathe Upside Down, Neatorama

Distimia

-

Slideshows do PG - Apresentação 343

04 novembro, 2014

A partir do zero

"Se você quiser fazer uma torta de maçã a partir do zero, você deve primeiro inventar o Universo."
– Carl Sagan, Cosmos

Abaixo, Hella Science imaginou Neil deGrasse Tyson, o anfitrião da atual série Cosmos, criando a Terra numa máquina de fazer waffles.


– Por favor, acrescente morangos e chantilly ao meu, Dr. Tyson.

É meu dever dizer aos jovens o que é um Golpe de Estado

Hildegard Angel
Há cheiro de 1964 no ar. Não apenas no Brasil, mas também nas vizinhanças. Acho então que é chegada a hora de dar o meu depoimento.
Dizer a vocês, jovens de 20, 30, 40 anos de meu Brasil, o que é de fato uma ditadura.
Se a Ditadura Militar tivesse sido contada na escola, como são a Inconfidência Mineira e outros episódios pontuais de usurpação da liberdade em nosso país, eu não estaria me vendo hoje obrigada a passar sal em minhas tão raladas feridas, que jamais pararam de sangrar.
Fazer as feridas sangrarem é obrigação de cada um dos que sofreram naquele período e ainda têm voz para falar.
Alguns já se calaram para sempre. Outros, agora se calam por vontade própria. Terceiros, por cansaço. Muitos, por desânimo. O coração tem razões…
Eu falo e eu choro e eu me sinto um bagaço. Talvez porque a minha consciência do sofrimento tenha pegado meio no tranco, como se eu vivesse durante um certo tempo assim catatônica, sem prestar atenção, caminhando como cabra cega num cenário de terror e desolação, apalpando o ar, me guiando pela brisa. E quando, finalmente, caiu-me a venda, só vi o vazio de minha própria cegueira.
Meu irmão, meu irmão, onde estás? Sequer o corpo jamais tivemos.
Siga lendo...


Em 28 de outubro, dois dias após a vitória de Dilma, uma ala da direita nacional golpista, descontente com o resultado da eleição, deu início a uma petição em que cobrava o posicionamento de Barack Obama sobre a "expansão do comunismo no Brasil". (1)
Nesta segunda-feira, 3, a petição pública contra a reeleição de Dilma Rousseff atingiu mais de 100 mil assinaturas. (2)
Em resposta a esta petição, apresentada na página We The People, a Embaixada dos Estados Unidos em Brasília lembrou que a Casa Branca já se manifestou sobre as eleições no Brasil "ao publicar uma declaração parabenizando a presidente Dilma Rousseff por sua reeleição" (leia aqui). O texto divulgado pelo governo estadunidense diz inclusive que "o Brasil é um importante parceiro para os Estados Unidos e que estamos empenhados em continuar a trabalhar com a presidente Dilma Rousseff a fim de fortalecer as nossas relações bilaterais".
A página We The People foi criada durante o governo Obama, para que os estadunidenses pudessem criar petições com demandas ou sugestões acerca de assuntos de interesse nacional. E, se a petição alcança um volume expressivo de assinaturas, a Casa Branca emite um posicionamento oficial sobre o assunto. (3)

(1) O Tea Party não se cansa de chamar Mr. Obama de comunista.
(2) Mais de 100 mil traidores da Pátria! Pedir o posicionamento do governante de uma nação estrangeira nos assuntos internos do Brasil foi, é e será um ato lesivo à soberania nacional. E agora pouco eficaz, pois o embaixador Lincoln Gordon já morreu. 
(3) Como, por exemplo, aconteceu com a petição da Estrela da Morte.

Intervenção militar
"Respeito a democracia e qualquer utilização dessas manifestações no sentido de qualquer tipo de retrocesso à democracia (tentativa de impeachment da presidente Dilma) terá a nossa mais veemente oposição." ~ Aécio Neves