31 março, 2014

Orangotangos fumantes da Indonésia


Funcionários do zoológico Taru Jurug, na Indonésia, tiveram que tirar do alcance dos visitantes uma orangotango que desenvolveu um sério hábito de fumar.
A orangotango Tori aprendeu a fumar, há 10 anos, imitando os visitantes do zoológico e aproveitando as pontas de cigarros acesos que eles jogavam em sua jaula.
"É muito comum nos zoológicos da Indonésia (onde quase 70% dos homens com a idade acima dos 20 anos são fumantes) que as pessoas joguem cigarros ou alimentos para os animais, embora haja claros avisos de que não devam fazer isso", diz Hardi Baktiantoro, do Centro de Proteção ao Orangotango, em Bornéu. "Isso acontece o tempo todo. As pessoas jogam pontas de cigarros para vê-los fumar, começam a rir e a tirar fotos."
Tori leva dois dedos à boca para indicar que quer uma bagana. E fica com raiva e joga objetos a esmo, se não é prontamente atendida.
Ela é a orangotango da Indonésia mais famosa por ser fumante, mas não é a única. Os pais dela também eram tabagistas e há outros orangotangos na Indonésia viciados em cigarros. O fato de serem criaturas com 97% de semelhança genética com os seres humanos ajuda a explicar por que, muitas vezes, eles - para o seu detrimento - passem a imitar e assumir comportamentos semelhantes aos nossos.

A volta do pai pródigo


Os menores castelos de areia do mundo

Vik Muniz é conhecido por suas esculturas gigantescas criadas a partir de milhares de objetos individuais. Aqui, em colaboração com o artista e pesquisador do MIT Marcelo Coelho, Muniz toma o caminho inverso e explora o mundo microscópico com a gravação de uma série de castelos de areia em grãos individuais dessa matéria-prima.
O processo de obtenção de um castelo de areia sobre uma partícula de areia foi tudo menos simples, e a produção da série completa (em exposição no Museu de Arte de Tel Aviv) consumiu mais de quatro anos de trabalhos dos artistas.
Inicialmente, Muniz desenhou cada castelo usando uma câmera clara, uma ferramenta óptica do século dezenove.
Os desenhos foram, então, enviados para Coelho, que, trabalhando com um feixe de íons focalizado (FIB, do inglês focused ions beam) realizou os desenhos microscópicos. O FIB tem a capacidade de criar uma linha com apenas 50 nanômetros de largura (compare-se com a largura do cabelo humano, que é de cerca de 50 mil nanômetros).
Por fim, Muniz fotografou as gravuras e ampliou-as para a impressão em pôsteres.

The World’s Smallest Sandcastles Built on Individual Grains of Sand, Colossal – c/ vídeo

30 março, 2014

A Web inútil

Quer navegar para muitos, muitos sítios da Web que são completamente inúteis?
A Web Useless facilita a sua vida.

Carregando...
Eis um cara que odeia esse negócio.

Diversão para aposentados


Os trabalhadores perguntam frequentemente o que as pessoas aposentadas fazem para tornar seus dias interessantes.
Bem, por exemplo, outro dia, minha esposa Maria e eu fomos a uma loja no centro da cidade. Quando saíamos, vimos um policial anotando uma multa por estacionamento proibido.
Nós fomos até ele, e eu disse: "Ei, cara, que tal anular isso?"
Ele me ignorou e continuou a preencher a multa. Chamei-o de "imbecil". Ele olhou para mim e começou a escrever outra multa. Desta vez por causa dos pneus carecas.
Concluída a segundo multa, ele colocou-a no para-brisa junto com a primeira.
Nisso, Maria gritou que "ele tinha merda na cabeça". Então, ele começou a escrever outras multas, e isso continuou por cerca de 20 minutos. Quanto mais o insultávamos, mais ele preenchia multas.
Só então nosso ônibus chegou, e nós voltamos para casa.
Agora, que estamos aposentados, tentamos nos divertir um pouco a cada dia. Em nossa idade é importante que seja assim.

O alfabeto arquitetônico de Antonio Basoli

Em seu Alfabeto Pittorico (1839), o italiano Antonio Basoli apresenta as letras como desenhos arquitetônicos.



Algum dia... talvez alguém possa realmente construí-las.

Música de fundo:  Concerto para Piano n º 21 em Dó Maior, 2º Movimento Andante, conhecido como "Elvira Madigan'', de Wolfgang Amadeus Mozart.

Slideshows
ALFABETOS CRIATIVOS - Partes 1, 2 e 3

29 março, 2014

Chico & Caetano

"Meu corpo, minha embalagem - todo gasto na viagem" 
(título de um disco do "Pessoal do Ceará")

Como o tempo lanhou diferentemente estes dois gênios da MPB! Tem explicação?

Montagem: PGCS

Desinteresse sexual

Deu no KP.
Uma recente notícia no Kentucky Post informa que uma mulher, Anne Maynard, entrou com um processo contra o hospital St. Luke, alegando que o seu marido, depois que se submetera a uma intervenção cirúrgica naquele hospital, havia perdido completamente o interesse sexual por ela.
Um representante do hospital respondeu:
"Estimada senhora Maynard: a cirurgia que fizemos em seu marido foi para corrigir sua catarata e agora, mais do que nunca, temos a certeza de que foi um sucesso."
(enviada pelo oftalmologista Nelson Cunha)


Modelo processa cirurgião

Circuladô sem fulô

Houvesse mais gente para fazer isso - em um círculo - a cadeira não seria necessária. Estou certo?


28 março, 2014

Paraprosdokians

São figuras de linguagem em que a última parte de uma sentença ou frase é surpreendente ou inesperada e frequentemente bem-humorada. Winston Churchill as amava.
1. Onde há uma vontade, eu quero estar nela.
2. A última coisa que eu quero fazer é machucá-la. Mas ainda está na minha lista.
3. Como a luz viaja mais rápido do que o som, algumas pessoas parecem brilhantes até você ouvi-las falar.
4. Se eu concordasse com você, nós dois estaríamos errados.
5. Nós nunca realmente crescemos, só aprendemos como agir em público.
6. A guerra não determina quem está certo - só quem ganhou.
7. Conhecimento é saber que um tomate é uma fruta. Sabedoria é não colocá-lo em uma salada de frutas.
8. Roubar idéias de uma pessoa é plágio. Roubar de muitas é pesquisa.
9. Eu não disse que era sua culpa, eu disse que estava culpando você.
10. As mulheres nunca serão iguais aos homens. Até que elas possam andar pela rua com a cabeça careca. uma barriga de cerveja, e ainda se achar sexy.
11. Você não precisa de um paraquedas para saltar. Você só precisa de um paraquedas para saltar duas vezes.
12. Eu costumava ser indeciso. Agora eu já não tenho tanta certeza.
13. Para ter certeza de acertar o alvo, atirar primeiro e só avisar depois que você acertar o alvo.
14. Ir à ​​igreja não faz de você um cristão, assim como ficar em uma garagem não faz de você um carro.
15. Você nunca é velho demais para aprender algo estúpido.
16. Eu tento respeitar os mais velhos, mas para mim está ficando cada vez mais difícil encontrar um.

Onde está o seu garçom

Legendas em português por PGCS
CONSULTORIA. O uso da colher em um restaurante

Você sabia

... que existe no Brasil um clube de xenófobos com ramificação no exterior?
... que o filme "Lotação Esgotada" foi o maior fracasso de bilheteria de todos os tempos?
... que a Iluminação pode ser mais facilmente alcançada com uma dieta que inclua pirilampos?
... que os milagres escassearam porque fomos ficando mais exigentes?
... que o Universo tende a um estado de morte térmica, a começar pela fria salamandra?
... que o Corcunda de Notre Dame dava aulas em um curso de correção postural?
... que não vimos a última passagem do cometa de Halley porque ainda estávamos ofuscados com a do Kohoutec?
... que São Nunca, ao contrário do que o nome possa sugerir, teve uma canonização ultra-rápida?
... que um miniaturista japonês, usando um pincel ultrafino, pintou a Via Látea num átomo de hidrogênio?
... que o martelo agalopado já tem machucado o dedo de muito repentista metido a besta?
... que o salário mínimo é também chamado de "só?", qualquer que seja o seu valor nominal?
... que ninguém foi em vida tão singular quanto o poeta Vinício de Moral?
... que aquele que se deixa subornar é sempre digno de nota?
... que o espermograma é cheio de detalhes mas não diz do prazer havido?
... que esta não é a primeira vez (nem será a última) que alguém tira proveito da série "Você sabia"?

27 março, 2014

Marxista ou machista?

Londres, 12 de dezembro de 1868
"Todo mundo que sabe alguma coisa da história também sabe que as grandes revoluções sociais são impossíveis sem o fermento feminino. O progresso social pode ser medido com precisão pela posição social do belo sexo (as feias incluídas)."
KM (em correspondência para Marx Kugelmann)

Rola-bostas

"Picasso es comunista, yo tampoco", disse Salvador Dalí em 1951, em um célebre jogo de palavras que significa: “Picasso é comunista, eu também não”.
É justamente este senso de humor (de Salvador Dalí) que me fascina, e é algo inexistente na direita brasileira atual, carola, enfadonha, moralista. E sem cultura.
Cynara Menezes, Socialista Morena

"Machuque os ricos e veja quão rapidamente os seus servos vão reagir."
Os rola-bostas da imprensa brasileira (olavo, reinaldo, augusto, rodrigo etc) encaixam-se à perfeição neste padrão.


Por quê?
A gente atira no que vê e acerta no que não vê.

Seguindo os passos de Penfield

Você provavelmente já viu mapas sensoriais (homúnculos) que mostram o quanto o cérebro se dedica aos sentidos nas diferentes partes do corpo humano. Foram desenhados de foram pioneira pelo neurocirurgião Wilder Penfield, a partir dos resultados de experimentos que ele realizou nos cérebros de seus pacientes.
A imagem ao lado (►) mostra uma espécie de mapa sensorial de um rato em que as partes do corpo são redimensionadas de acordo com seus tamanhos no cérebro do animal. Os grandes pontos no rosto, por exemplo, representam os bigodes.
Parece a versão de um rato dos desenhos animados para crianças, não é? Mas é o mouseunculus (que traduzo como "ratúnculo") de O'Leary.

Leia mais sobre o assunto neste artigo de Carl Zimmer, publicado na National Geographic.

25 março, 2014

Mito ou realidade?

Para calcular o nível de confiabilidade de uma história, Dave Pacheco sugere submetê-la ao crivo destas perguntas:
- Foi a história escrita por testemunha não-ocular, muito tempo depois do evento?
- Será que a história não passa de uma repetição de histórias míticas de outras culturas?
- A história contém anacronismos? Isto é,  referências a ideias, instituições, pessoas ou lugares que não eram correntes na época dos acontecimentos, mas que existiam no momento da escrita?
- Existem várias versões da história, inconsistentes e que mudam ao longo do tempo?
- Destina-se a fazer a "estrela" da história mais santo (e seus atos milagrosos) ou mais herói (e seus feitos heroicos)?
- Faltam depoimentos confirmando, a partir de fontes independentes, os eventos ou as pessoas da história?
- A história parece concebida para fortalecer uma ortodoxia específica contra uma ideia que, à época, estava se tornando popular e precisava ser declarada herética?

Ambiguação

– É um pássaro? um fruto?
– Não, é o KIWI.

Actinidia deliciosa x Apteryx australis
– E se um KIWI come outro?
– Isso é canibalismo.

Per ardua ad astra

Cerca elétrica

O tipo do aviso pouco abrangente:

Não orienta burros e cavalos para o risco de choques. Todo mundo sabe que eles não leem.

24 março, 2014

Verdade, bondade e utilidade

Um discípulo se aproxima de Sócrates com a intenção de falar a respeito de alguém.
O filósofo aceita escutá-lo. Na condição de que o discípulo, antes, passe o que diz saber através de três filtros.
E pergunta-lhe se o que vai contar é verdadeiro. Seria este o primeiro filtro: o da verdade.
O discípulo responde que, na realidade, não tem certeza do que pretende lhe contar.
- Sabe, é uma conversa que eu apenas ouvi. Não dá para garantir...
- Tudo bem, continua o filósofo. Vamos ver agora se o que sabe passa pelo segundo filtro: o da bondade. O que vai me contar é bom?
- De jeito nenhum, responde o discípulo. Não é coisa boa, não.
- Hum! diz o filósofo: Mas, ao menos, o que vai me contar pode ser útil para alguma coisa? Pois agora deve passar o que sabe pelo terceiro filtro: o da utilidade.
- Não exatamente, responde o discípulo.O que eu queria lhe contar não serve mesmo para nada.
- Então, se o que quer me contar não é verdadeiro, nem bom e menos ainda útil, sinceramente prefiro não saber. Assim é melhor que o esqueça, aconselha o filósofo.

Fonte: Internet, reescrita.

Bambi encontra Godzilla

Originalmente criado em 1969, "Bambi Meets Godzilla" é um dos primeiros exemplos da cultura do remix, tendo sido feito inteiramente sem a permissão da Disney e da Toho.
É também notável por seus créditos que consomem a maior parte do tempo do filme.



Sobrou pipoca?
Assista outra vez a Um filme curto.

O Laboratório de Risos

-

Em 2002, Richard Wiseman, da Universidade de Hertfordshire, realizou um experimento chamado LaughLab, em que ele usou um site de classificar piadas. O objetivo da pesquisa era descobrir a piada de maior apelo entre diferentes culturas, regiões e países.
A piada vencedora foi esta:
Dois caçadores estão na floresta quando um deles desfalece. Ele não parece estar respirando e seus olhos estão vidrados. O outro caçador pega o telefone e chama o serviço de emergência. Ele suspira: "Meu amigo está morto! O que posso fazer?" O operador responde: "Acalme-se. Eu posso ajudar. Em primeiro lugar, vamos ter certeza de que ele está morto...". Há um silêncio, e então um tiro é ouvido. Aí, de volta ao telefone, o caçador diz: "OK, e agora?"
????????????????????
O segundo lugar:
Sherlock Holmes e Dr. Watson foram acampar. Eles armaram a tenda sob as estrelas e foram dormir. Em algum momento, no meio da noite, Holmes acordou Watson e disse: "Watson, olhe para as estrelas e me diga o que você vê". Watson respondeu: "Eu vejo milhões e milhões de estrelas". Holmes disse: "E o que você deduz disso?" Watson respondeu: "Bem, se há milhões de estrelas, e se alguns deles têm planetas, é bem provável que existam alguns planetas como a Terra por aí. E se há alguns planetas como a Terra por aí, pode também existir vida neles". Holmes reagiu: "Watson, seu idiota. Isso significa que alguém furtou nossa barraca."
A escolha da piada mais engraçada no Reino Unido deu nisto:
A mulher entra em um ônibus com seu bebê. O motorista do ônibus diz: "Orra! Esse é o bebê mais feio que eu já vi!" A mulher vai para a parte de trás do ônibus e se senta, furiosa. Ela diz a um homem a seu lado: "O motorista me insultou!" E o homem responde: "Você vai lá para dar uma resposta a ele, eu seguro o macaco para a senhora."
????????????????????
E a melhor piada, dentre as geradas por computador, foi:
- Que tipo de assassino tem fibra moral?
- Um cereal killer.

23 março, 2014

Clube do Cabelo para Cientistas

Roy Armstrong (foto) é o mais novo membro do Clube do Cabelo para Cientistas, onde foi recebido assim:
É uma honra e um prazer nomear o Dr. Roy Armstrong para os nossos quadros. Como se pode ver, as suas qualificações - acadêmicas e capilares - são impecáveis.
Roy Armstrong , Ph.D.
Professor Sênior
Centro de Conservação da Vida Selvagem
Campus da Universidade de Cumbria
Penrith, Reino Unido

Pergunta frequente
Sou um cientista, porém não tenho um megahair como o que Dr. Roy tem. Que devo fazer?
Resposta - Se tiver pelos faciais em abundância, pode tentar ser membro de uma associação congênere que reúne os cientistas barbudos. Pesquise-a no Google com o nome de The Luxuriant Facial Hair Club for Scientists.

Assim se divertem os russos

He tardado un buen rato en empezar a escribir este texto. Antes he dado muchas vueltas, yendo de aquí para allá. Al menos no he tenido que moverme de la silla. En la última hora el lector de feeds me ha avisado de que tenía noticias para leer. Las notificaciones de Twitter y Facebook me han seducido con sus cantos de sirena para a continuación ahogarme en un torrente de actualizaciones, fotos, enlaces, chistes malos (¡los mejores!), filosofía en menos de 140 caracteres… Y cuando he conseguido sacar la cabeza para tomar aire me llega el aviso de un vídeo en YouTube "sólo para mí". Sí, claro, sólo para mí. Pues no me ha gustado nada. Pero no sé cómo he llegado a otros vídeos que estaban mucho mejor. Accidentes de tráfico en Rusia. Me pregunto cómo hemos podido vivir sin los vídeos de los rusos. Sus grabaciones de accidentes y su pornografía son un soplo de aire fresco en internet. De aire fresco siberiano, claro. [...]
Nacho Palou, Revista GQ

Así juegan los rusos


A Marcha da Família em 2014

Foi um retumbante sucesso em todo o país:
No Rio de Janeiro, cerca de 150 pessoas caminharam da Candelária à Cinelândia, no centro da cidade. Carregando cartazes, os manifestantes pediram a volta dos militares ao poder.
Em São Paulo, os adeptos do movimento se reuniram na Praça da República com o objetivo de relembrar a marcha anticomunista e de apoio ao golpe militar em 1964.
Já em Belo Horizonte, cerca de 50 pessoas se concentraram na porta da 4ª. Companhia de Polícia do Exército, na rua Juiz de Fora, no Santo Agostinho, pedindo a volta da ditadura.


Os números acima divulgados sobre a Marcha da Família em 2014 devem ser considerados parciais. Até o momento em que publicamos esta notícia ainda não havíamos recebido os dados de Borá (SP), Serra da Saudade (MG) e Anhanguera (GO).

22 março, 2014

Retratos da Real Beleza

Imagine um mundo onde beleza é uma fonte de autoconfiança e não de ansiedade
Mulheres são as principais críticas em relação à própria beleza. Na verdade, apenas 4 por cento da população feminina mundial se considera bonita. Dove assumiu o compromisso de incentivar a auto–estima e inspirar mulheres a atingir o seu potencial máximo. Para isso, realizou uma experiência que comprova algo muito importante:
Você é mais bonita do que pensa.
Dove convidou um artista forense do FBI, daqueles que fazem retratos falados, e pediu para algumas mulheres se descreverem (e ele as desenhou sem ver o rosto delas). Depois, chamou outras pessoas, que conheciam essas mulheres, e pediu para que também as descrevessem. A diferença entre as duas visões é impressionante. Vale a pena assistir e parar para pensar um pouco.

Contando com os dedos

Não existe apenas uma forma de contar com os dedos como a gente equivocadamente pensa.
Em seu estudo Counting with the Fingers, Yutaka Nishiyama, professor da Universidade de Economia de Osaka, contou 27 diferentes formas de contar com os dedos. Isso porque o método pode variar bastante de acordo com fatores como região, etnia e período histórico.

Contando à japonesa:

Contando dinheiro

Monólogo Mundo Moderno

E vamos falar do mundo, mundo moderno
marco malévolo
mesclando mentiras
modificando maneiras
mascarando maracutaias
majestoso manicômio
meu monólogo mostra
mentiras, mazelas, misérias, massacres
miscigenação
morticínio, maior maldade mundial
madrugada, matuto magro, macrocéfalo
mastiga média morna
monta matumbo malhado
munindo machado, martelo
mochila murcha
margeia mata maior
manhazinha move moinho
moendo macaxeira
mandioca
meio-dia mata marreco
manjar melhorzinho
meia-noite mima mulherzinha mimosa
maria morena
momento maravilha
motivação mútoa
mas monocórdia mesmice
muitos migram
mastilentos
maltrapilhos
morarão modestamente
malocas metropolitanas
mocambos miseráveis
menos moral
menos mantimentos
mais menosprezo
metade morre
mundo maligno
misturando mendigos maltratados
menores metralhados
militares mandões
meretrizes marafonas
mocinhas, meras meninas,
mariposas
mortificando-se moralmente
modestas moças maculadas
mercenárias mulheres marcadas
mundo medíocre
milionários montam mansões magníficas
melhor mármore
mobília mirabolante
máxima megalomania
mordomo, mercedes, motorista, mãos
magnatas manobrando milhões
mas maioria morre minguando!
moradia meiágua, menos, marquise
mundo maluco
máquina mortífera
mundo moderno melhore
melhore mais
melhore muito
melhore mesmo
merecemos
maldito mundo moderno
mundinho merda!

Chico Anysio (Maranguape, 12 de abril de 1931 — Rio de Janeiro, 23 de março de 2012).
In PENSADOR

Pictóricas: 1 e 2

21 março, 2014

Pinturas clássicas animadas

-


Que é o Efeito 2.5D (também chamado de pseudo-3D) para animar fotografias?

Qual é o propósito evolutivo das cócegas?

Você provavelmente sabe que não pode fazer cócegas em si mesmo. E, embora você possa ser capaz de de fazê-las para agradar um desconhecido, o seu cérebro desaconselha a praticar algo tão socialmente desajeitado.
Estes fatos oferecem uma visão do propósito evolutivo das cócegas, segundo Robert R. Provine, neurocientista da Universidade de Maryland, em Baltimore, e autor do livro Laughter: A Scientific Investigation. Cócegas, diz ele, ajudam a estabelecer relações entre amigos, companheiros íntimos e membros de uma  família.

Reprodução de um óleo sobre tela de José Malhoa, 1904
Museu Nacional de Belas Artes - Brasil
Alguns cientistas afirmam que elas não só inspiram a ligação social como podem ajudar a aprimorar reflexos e habilidades de autodefesa. Em 1984, o psiquiatra Donald Black, da Universidade de Iowa, observou que as partes mais delicadas do corpo, como o pescoço e as costelas, são também as mais vulneráveis ​​em combate. E que as crianças aprendem a proteger essas partes durante as "lutas de cócegas", uma atividade lúdica e bem segura.

Traduzido resumidamente de What Is the Evolutionary Purpose of Tickling?, POPSCI

+ "coscas"
Um segredo de alcova e "Frei Cosquinha", personagem real de In illo tempore

Barcos contra a corrente


A gente vai contra a corrente
Até não poder resisistir
Na volta do barco é que sente
O quanto deixou de cumprir.
(Chico Buarque - Roda viva)


E assim nós prosseguimos, barcos contra a corrente, empurrados incessantemente de volta ao passado.
(F. Scott Fitzgerald - O Grande Gatsby)

F. Scott morreu em 1940, com 44 anos, sem dinheiro, fama e sem acreditar que um dia seu livro seria consagrado pela crítica e venderia 10 milhões de exemplares. Zelda (escritora e esposa de F. Scott) morreu em 1948, aos 48 anos, quando o hospital em que estava internada pegou fogo, matando-a e a outras oito pacientes. No túmulo dos dois, estão inscritas as palavras (item 2) que encerram “O grande Gatsby”. Zuenir Ventura

3
O barco virou e eu fiquei de bubuia, esperando alguém me salvar.
"Ficar de bubuia" - No Dicionário da Amazônia significa estar à mercê das águas, entregue à própria sorte.

20 março, 2014

leão + ovelhas + urso

Esta antiga foto foi enviada há três anos, por jordanofthehill, para o Reddit. Nos últimos tempos, vem fazendo a ronda na internet.
Seu avô (um dos ocupantes da carroça) criou estes animais desde pequenos e, como eles nunca tiveram de procurar a própria comida, nunca ocorreu ao leão nem ao urso que o almoço estava andando entre eles.


A eletrogustação

Foi por volta de 1752 que Johann Georg Sulzer decidiu (por razões mais bem conhecidas por ele mesmo) colocar a ponta da língua entre duas placas de metais diferentes cujas bordas estavam em contato. Os resultados foram, literalmente, chocantes. Ele, inadvertidamente, se deparara com uma das primeiras baterias eletrolíticas do mundo, a qual havia completado um circuito através de sua língua. Como se isso não bastasse, ao mesmo tempo, ele também participara do que foi, muito provavelmente, a primeira experiência de eletrogustação (a percepção eletricamente induzida de um sabor fantasma).
Foi sua suposta observação:
"A sensação pungente, me lembrou o sabor de vitríolo verde quando eu coloquei minha língua entre estes metais."

Entregar é preciso

Deu no The Piauí Herald:
95% dos moradores da Barra da Tijuca querem ser anexados a Miami
The Piauí Herald - A notícia inventada, plantada e fantasiosa. Nada que a grande mídia golpista não faça todos os dias.
Fernando Gurgel
N. do E.
1 Vibrai, ó "e-maileiros" e "facebookeiros" entreguistas! Tendo em vista a vontade de seus moradores, expressa em recente plebiscito, Barak Obama já se prepara para atendê-los, anexando a Barra da Tijuca a Miami. Ganha, portanto, um novo ânimo o velho Acordo Caracu Brasil-EUA, através do qual o Brasil costuma entrar com a segunda parte.
2 Recomendo um artigo de Ruy Castro, jornalista, escritor e um dos maiores biógrafos brasileiros (já escreveu sobre Nelson Rodrigues, Garrincha e Carmen Miranda). O artigo é Marcha a ré e deu na Folha.
3 "Abram alas, a Idade Média vai passar."

19 março, 2014

Perigo de morte!

Em 1908, um asteroide com o diâmetro estimado em 100 metros destruiu 2.000 km ² de floresta na Sibéria (foto). Felizmente, tais eventos são raros. Desde 1995, a NASA já identificou 9.600 objetos próximos da Terra, mas apenas 861 apresentam o diâmetro de um quilômetro ou mais. Destes, a maior ameaça para a Terra é o AG5, com 140 metros de largura, o qual tem a probabilidade de 1 em 625 de colidir com a Terra (mas não antes de 5 fevereiro de 2040). Coisas mais prosaicas continuam sendo mais perigosas, como raios, ataques por cães, picadas de vespas e abelhas etc.
Contraditório
La probabilidad de que una persona muera por impacto directo de un asteroide se ha calculado en 1 entre 74.817.414, algo a tener en cuenta estos días. Comparativamente la probabilidad de que acertar todos los números de los Euromillones es de 1 entre 117 millones más o menos. En otras palabras: es más fácil que te caiga el pedrolo encima el viernes por la noche a que llegues vivo y multimillonario al sábado.

As time goes by

Um teclado de piano pode ser usado como um calendário de meses mnemônico.
As doze notas na escala cromática de F a E representam os doze meses - de janeiro a dezembro.
A seguir:
As teclas brancas correspondem aos meses com 31 dias.
As teclas pretas, àqueles com 30 dias ou menos.


Outro processo mnemônico para os meses é feito com a mão fechada. Como o Ir. Abdon ensinava a seus alunos no Colégio Cearense.

Posições de leitura

Escolha uma destas e... boa leitura!



Ver também: Uma rede de leitura.

18 março, 2014

Piano para geeks

1 - ABRA O PIANO               2 - COMECE A TECLAR

Geek é gíria inglesa para se referir a pessoas excêntricas, obcecadas com a tecnologia eletrônica e da informação.

Uma tatuagem integrada

Não é todo dia que a gente vê isto:


Uma tatuagem que incorpora uma parte do corpo de seu portador.
Informa o Fashionably GEEK que se trata da imagem de um personagem de anime que tem poderes especiais. Como o de poder inflar uma parte de si próprio.

Na vida real isso é mais específico.

Pense mais, fale menos


Antipost
Calar é prata, falar é ouro

17 março, 2014

Por que mentir?

Heróis e santos sempre dizem a verdade. Mas nós, mortais comuns, precisamos mentir por incontáveis razões.
Mentimos para proteger a privacidade ("Não, eu não moro aqui."), para evitar ferir sentimentos ("Sexta-feira, à noite, já tenho compromisso."), para fazer os outros se sentirem melhor ("Como você está bem!"); para evitar recriminações ("Eu só perdi 10 no pôquer"), para evitar a dor ("O médico diz que você está ficando cada vez melhor"), para manter a tranquilidade doméstica ("Ela é só uma amiga"), para evitar estigma social ("Eu não encontrei a mulher certa."), para progredir na carreira ("Eu estou tão feliz de ter um chefe inteligente como você."), para evitar a solidão (" Eu amo ópera."), para eliminar um rival ("Ela já tem namorado."), para alcançar um objetivo ("Mas eu te amo tanto."), para derrotar um objetivo (" Eu sou alérgico a isso."), para encontrar uma saída (" Não é você, sou eu.") , para adiar o inevitável ("O cheque está no correio."), para comunicar desagrado ("Não há nada de errado."); para ter alguém fora de seu entorno ("Eu vou chamá-lo depois"), para encerrar uma conversa ( "Minha mãe está em outra linha"), para não receber visita ("Vê se aparece."), para criar uma festa-surpresa ("Eu preciso de ajuda para mover o piano."), para ganhar tempo ("Eu estou a caminho."), para manter as aparências ("Nós não estamos falando de divórcio."), para evitar tirar o lixo ("Minhas costas doem."), para se esquivar de uma obrigação ("Eu tenho dor de cabeça."), para manter a imagem pública ("A consulta é para ajudar um amigo."), para não ser inquirido ("Ich bin ein Berliner."), para livrar a cara ("Eu tinha bebido muito."), para ironizar ("Assíduo, como de costume, Rei Sexta-Feira." ), para evitar constrangimento ("Não fui eu."), para bajular ("Eu li todos os seus livros."), para obter um estágio ("Você é o maior jurista vivo."), para não pagar uma conta ("Deixei a carteira em casa."), para manter a inocência ("Há um cara com oito renas no telhado.") etc. etc. etc.
Como se pode desenvolver uma reputação se mentir não for uma opção?

Why Lie, Boing Boing

Mordidas

Uma mordida lenta (e uma mastigação, idem) deixa o organismo saciado com uma menor quantidade de alimentos.


Relembrando Kevin.

Como é que funciona o Slow Bite™?
Antes das refeições, o usuário insere o Slow Bite™, o Mordida Lenta, que é descartável, entre as arcadas dentárias superior e inferior com o auxílio de um aplicador. O dispositivo, limitando (moderadamente) a abertura da boca, obriga usuário a dar mordidas menores nos alimentos. É de pequeno tamanho, não estraga o prazer associado ao ato de comer nem causa embaraço para se alimentar em companhia. E pode ser facilmente removido após cada refeição.

A microcorrida

Dictyostelium discoideum é uma ameba conhecida por sua capacidade de navegar em labirintos. HL60 é uma linhagem de células cancerosas humanas, procedente de uma mulher de 36 anos com leucemia e que é conhecida pela velocidade com que suas células conseguem se mover.
Em 16 de maio, cientistas de todo o mundo vão levar versões melhoradas de ambas as células para disputar a Dicty World Race 2014, em Boston. Aquelas que forem mais rápidas e inteligentes certamente serão as vencedoras da "microcorrida".
O prazo para as inscrições infelizmente já está encerrado, mas deverá haver novo certame em 2015. Portanto, leia as regras e comece a treinar suas células e organismos unicelulares a partir de agora.

Vídeo

16 março, 2014

A taxonomia de Barney

Em um número da revista Alcade há um pequeno artigo sobre a taxonomia de Barney. AQUI
Para quem não sabe, Barney é o personagem-título de um seriado infantil criado para a televisão. Um Tyrannosaurus rex antropomórfico que, através de canções e danças, transmite mensagens educativas e uma atitude constantemente otimista com a vida.
Esta é a imagem do estudo original. ►
Os cientistas acham que Barney está mais para um ser humano ou um salmão morto do que para um dinossauro. E o fato de ser roxo não é o que faz filiar-se a nenhuma destas espécies.
Novos episódios com Barney não têm sido produzidos após 2009, mas os seus antigos programas continuam sendo reprisados na TV.
Uma crítica específica que se faz a ele é:
"Seus shows não ensinam as crianças a lidarem com os sentimentos e as emoções negativas O perigo real de Barney é a "negação". A sua recusa em reconhecer, com uma receita de risos e amor incondicional, que existem as realidades desagradáveis. Assim, Barney oferece a nossos filhos um mundo unidimensional, onde todos devem ser felizes e tudo deve ser resolvido imediatamente." AQUI
Outra crítica que se faz a Barney é:
Ser usado, ainda que involuntariamente, como um instrumento de tortura na prisão militar da baía de Guantânamo. AQUI

Divórcios acontecem

Para anunciar seus serviços, um escritório de advocacia publicou três vídeos no YouTube: o primeiro, de uma lua-de-mel, o segundo, de um casamento e o terceiro, de um aniversário.
Ao acessá-los, a gente se depara com esta mensagem:
Este vídeo foi removido pelo usuário.
(Também pudera! Os vídeos fazem alusão a casais famosos que já se encontram separados.)
Ao final, a gente lê a propaganda do Esteban Gergely, da cidade de Rockville, nos EUA, um escritório especializado em divórcios.

Um cartão criativo

Criando um esconderijo na biblioteca

É possível criar um compartimento secreto na biblioteca com apenas um livro (oco). Mas isso deixa muito limitado o espaço de armazenamento. O melhor é utilizar-se de vários livros para fazer o esconderijo.
Aqui estão as instruções para você criar um deles em sua biblioteca:
1. A altura e profundidade dos livros são as dimensões realmente importantes. Uma vez que você está usando vários livros, a espessura de cada um não importa tanto.
2. Os livros não precisam ser do mesmo tamanho, mas é conveniente que o sejam. Conjuntos de livros como enciclopédias funcionam bem porque eles são praticamente iguais. E são uma desculpa razoável para haver tantos livros grandes em um só lugar da estante.
3. Os livros de capa dura, depois de cortados, mantêm a forma melhor do que as brochuras, .
4. O compartimento permanece em segredo desde que ninguém tente ler qualquer um dos livros. Escolha livros desinteressantes para fazer o compartimento secreto.
Veja o vídeo de demonstração:



15 março, 2014

Tributo a Leonard Ball

1 banco de jardim com 5 descansos para braços e 1 placa que diz:


Em memória de Leonard Ball, que odiava as pessoas gordas.

N. do E.
Apesar do sobrenome em comum, Leonard não foi parente de Lucille Ball, a atriz da série de TV I love Lucy.

Papo literário


Através de filmes dos anos 80

Um cara persegue a garota de seus sonhos através de filmes de sucesso da década de 1980.



Fica a lição: emergir sensualmente de uma piscina não é tão fácil quanto parece.

14 março, 2014

Andando em círculos

A crença comum diz que as pessoas que se perdem em um terreno desconhecido acabam muitas vezes andando em círculos. É uma crença que está bastante arraigada na cultura popular.
Em um trabalho que publicaram no Current Biology (resumo), Jan L. Souman e colaboradores testaram a capacidade de seres humanos para caminhar em linha reta através de terrenos desconhecidos. Em dois ambientes diferentes - numa grande área florestal e no deserto do Saara - voluntários, com os olhos vendados, andaram por várias horas. Suas trajetórias, capturadas através do sistema de posicionamento global, mostraram que os participantes da experiência andavam em círculos quando não conseguiam ver o sol. Sob estas condições, eles caminharam em pequenos círculos, sendo estes muitas vezes extremamente pequenos (com diâmetros inferiores a 20 metros).
De maneira inversa, quando o sol podia ser percebido, esses participantes, por vezes, desviaram-se do caminho reto mas não andaram em círculos. A percepção de uma referência direcional externa lhes permitia recalibrarem o sistema sensório-motor para que pudessem caminhar em linha reta.

Humanos mortos por cangurus


42 mortes nas estradas da Austrália (período?) causadas ​​por colisões com cangurus ou desviando-se destes.
O único caso documentado de uma fatalidade por ataque de canguru ocorreu em Nova Gales do Sul, em 1936. Um caçador que foi morto quando tentava intervir numa luta de seus dois cães contra um canguru bom de briga.
Cangurus são excelentes boxeadores (vídeo), sabiam?


O Popol Vuh

Em 1701, um padre dominicano, Francisco Ximénez, chegou a uma pequena cidade chamada Chichicastenango, na Guatemala, localizada em território da antiga nação Quiché. Lá, um paroquiano lhe mostrou um manuscrito, cópia do texto fonético de uma recitação oral, criado logo após a conquista da América Latina pelas forças espanholas.
"Popol Vuh" se traduz por "O Livro do Povo", e suas primeiras linhas atestam que ele fora escrito após uma colonização violenta.
O próprio livro detalha a criação do mundo e explora vários outros mitos. Ele estava na obscuridade por muitos anos, até que foi redescoberto por Adrián Recinos e publicado. As pessoas têm discutido sobre a forma como Ximénez obteve o manuscrito, se alguma vez houve uma fonte original, e como ele teve permissão para acessá-la, já que era um segredo muito bem guardado etc.

15 Weird and Mysterious Books, Bussiness Pundit

13 março, 2014

A roupa faz o turista

Uma turista de visita à Islândia participou das buscas para encontrar uma mulher dada como desaparecida, até que percebeu que a «desaparecida» era ela própria.
Esta insólita notícia de uma mulher desaparecida que se juntou a um grupo de buscas para encontrar a si mesma  foi publicada no sapo.pt, edição de 12/03/2014.
(enviada por Fernando Gurgel)
Toda a confusão começou depois que a «desaparecida» trocou de roupa em uma parada de sua excursão de grupo.

Um robô mesa-tenista

O mecânico industrial Ulf Hoffmann levou dois anos desenvolvendo este projeto: um robô que joga tênis de mesa.
Atualmente, o robô só é capaz de jogar no modo passivo.

)

Robôs jogam para ganhar
(vídeo sobre um robô que ganha sempre no jogo pedra, papel e parede)

Imagina se pega no olho?


No Dicionário Brasileiro de Frases significa: Desce daí, menino!
As mães dizem isto como advertência aos meninos que brincam de formas perigosas. É uma frase de alerta para essas situações. Não precisa que algo venha a pegar exatamente no olho, pode ser em outra parte qualquer do corpo. Mas, mesmo nesta época de crianças hiperativas, é uma intimidação que ainda funciona: já pensou em alguém ficar cego por causa de uma simples brincadeira?
O citado dicionário foi/é um projeto meu. Destinado a preencher uma lacuna na área dos dicionários, interrompi-o, porém, depois de haver criado apenas dois verbetes. Mas é projeto que posso retomar a qualquer momento.
Entrementes, descubro que já houve no Orkut uma comunidade chamada "Imagina se pega no olho?", que chegou a ter 34.743 membros. Ressurgida, sob o nome de "Imagina se pega no olho" (sem o ponto de interrogação) no Face, recentemente.
Nihil novi sub sole.

Outros dicionários
Dicionário Brasileiro de Prazos, Um dicionário palavra-imagem e Dicionário de números

12 março, 2014

Tico-tico no ukulele

O ukulele ou ukelele tem sua origem no século XIX, tendo como ancestral do referido instrumento o braguinha. (1) Levado para o Havaí por portugueses madeirenses (nomeadamente um tal João Fernandes), quando colonos portugueses emigraram para lá, o braguinha sofreu modificações que o transformaram no ukelele.
No idioma havaiano, ukelele (2) quer dizer, dentre as várias interpretações possíveis, “pulga que salta”. Por causa do movimento das mãos de quem o toca.
(1) Oriundo de Braga, Portugal. O braguinha foi também antecessor do cavaquinho.
(2) No idioma havaiano esta palavra é oxítona.
Neste vídeo, a havaiana Taimane Gardner, uma expoente do ukulele, toca o "Tico-tico no fubá", do compositor brasileiro Zequinha de Abreu.



Tico-tico em Berlim

"Tico-tico no fubá" é uma das músicas que dão visibilidade musical ao Brasil em todo o mundo. Outras: "Aquarela do Brasil", "Garota de Ipanema", "Manhã de Carnaval", "Ave-Maria no Morro" ... ... ...

O motorista feliz

É preciso comentar?


Este cartoon é uma resposta a... O ciclista feliz.

Pirâmides alimentares


11 março, 2014

A noiva queria neve

Um casamento na Florida em que a noiva queria neve no local da cerimônia
Não existe isso por lá?
Au contraire, onde Susanne Grieve e Jeff Rawson se casaram havia neve, muitíssima neve. Foi no interior do setor de pinguins do SeaWorld, em Orlando.
O casamento foi um evento formal com todos os convidados usando smokings. (*)

Orlando Sentinel
(*) hábitos de freira, segundo as más línguas de sogras.

Bons exemplos

MORGAN FREEMAN
REZANDO PARA ELE MESMO

Polo [Norte] aquático


Ciência e Magia

10 março, 2014

Delito de opinião

por Fernando Gurgel Filho
A Revista Civilização Brasileira, dirigida pelo jornalista Ênio Silveira, talvez tenha sido a primeira e mais importante voz a se levantar contra a Ditadura Militar.
Há uns dez anos, mais ou menos, achei em um sebo de Brasília, um belo exemplar do Ano 1, nº 3, de julho de 1965, dessa publicação.
Folheando-a neste fim de semana, encontro o texto de abertura que se chama "EPÍSTOLAS AO MARECHAL - Primeira Epístola: SOBRE O DELITO DE OPINIÃO".
Achei muito interessante pela atualidade da argumentação, passado quase meio século. Exatos quarenta e oito anos e seis meses.
O texto foi escrito depois de o autor, conforme relata, a) ter seus direitos políticos cassados; b) ter sido submetido a cinco IPMs; c) ter sido alvo de um processo criminal, acusado de "crime de subversão"; d) ter sido preso preso pelo acusação do mesmo "crime de subversão"; e) ver seus livros e da editora Civilização Brasileira apreendidos.
Ao final, o autor resume a pergunta recorrente em todos os interrogatórios a que foi submetido: "A Editora Civilização Brasileira é subvencionada pelo ouro de Moscou?", ressaltando que esta "não parece ser outra a preocupação de vários oficiais de seu Exército, Senhor Marechal. E o que nos mostra tal preocupação? Que esses oficiais são dominados, como quase todo o seu governo, por um preconceito geopolítico: qualquer pessoa que, na defesa de posições nacionalistas, fira direta ou indiretamente os interesses norte-americanos está a serviço dos interesses soviéticos."
E conclui: "É, evidentemente, uma conclusão falsa e tendenciosa, muito útil e elástica. O chamado "delito de opinião" é o crime que devemos todos praticar diariamente, sejam quais forem os riscos. Se deixarmos de ser "criminosos" nesse campo, seremos inocentes... e carneiros."
Pois é, quase cinquenta anos se passaram e o discurso da direita - coisa que nem eles mesmos sabem definir, pois continuam apenas raivosos e preconceituosos - não muda absolutamente nada. Nem a criminalização de quem comete o único delito de acreditar no País, não importa se isto fira interesses da potência A, B ou C.
Para essa turma da direita raivosa, emitir opiniões a favor do Brasil, de suas políticas públicas que resultem em melhorias sociais, só pode ser coisa de comunista – coisa que, também, nem eles mesmos sabem definir, pois continuam apenas raivosos e preconceituosos. E continuam torcendo contra o País, como se isso melhorasse suas condições pessoais. Mesmo que seja em detrimento da Nação inteira.

As histórias em quadrinhos na internet

"O problema com as histórias em quadrinhos na internet é a dificuldade para identificar o verdadeiro autor." – Abraham Lincoln
Traduzi as legendas. O autor desta tirinha é Picture in Boxes.

Onde se esconde o unicórnio

O unicórnio existe?
Ele é citado nas lendas antigas e nos bestiários medievais. Sobre a existência dele, o multimídia  Leonardo Da Vinci escreveu o seguinte:
"O unicórnio, através da sua intemperança e incapacidade de se dominar, e devido ao deleite que as donzelas lhe proporcionam, esquece a sua ferocidade e selvageria. Ele põe à parte a desconfiança, aproxima-se da donzela sentada e adormece em seu regaço. Assim os caçadores conseguem caçá-lo."
A Bíblia também fala dos unicórnios, como se vê em Isaías 34:7: “E os unicórnios descerão com eles, e os bezerros, com os touros; e a sua terra beberá sangue até se fartar, e o seu pó de gordura se encherá”; em Jó 39:10 “Ou, querer-te-á servir o unicórnio? Ou ficará no teu curral?”; e em várias outras passagens como Salmo 22:21, Salmo 29:6 e Salmo 92:10.
Se o unicórnio existe por que eu jamais o vi?
Deixe de lado aquela história de que o unicórnio só aparece para os que são puros de coração. Se você ainda não viu um unicórnio não foi por isso, é porque está procurando-o em locais errados. Esqueça bosques, campos elísios e pradarias. Procure-o no mar gelado. É no interior de uma baleia narval onde o unicórnio gosta de esconder-se, apesar da grande dificuldade que tem para ocultar o chifre.


Este truque de esconder-se em outro animal só é praticado pelo unicórnio?
Não. A coruja também faz isso. A coruja sob plumas é na verdade um abutre.

09 março, 2014

Meu enxame fugiu!

Que devo fazer?
Se você possui um "monte de abelhas" (conhecido pelos especialistas em abelhas como um "enxame"), e um dia ele voa para longe e termina na propriedade de outra pessoa, quem é o dono?
É muito ruim que não se ensine mais a legislação sobre abelhas nas escolas (da Alemanha). Acontece que o Código Civil alemão tem um conjunto de regras sobre a propriedade de abelhas, o qual prevê todo uma gama de situações possíveis. Quando se relaciona com fuga de abelhas, por exemplo, o procedimento mais importante é buscá-las imediatamente. Caso contrário, qualquer reivindicação que você faça sobre o enxame fujão não será levada em consideração pelas autoridades.
Da perda de propriedade de enxames
Quando um enxame de abelhas levanta voo torna-se sem dono, se o proprietário não o perseguir de imediato ou se ele desistir da perseguição.
Código Civil alemão § 960-61.
Súmula
As abelhas não são realmente consideradas seres domésticos no sentido pleno da palavra. Uma vez que o enxame decida mudar de residência, não há muito que você possa fazer para impedi-lo. A não ser que você, ao ter pensado com antecedência na hipótese de deserção, haja colocado nelas uma porrada de coleiras de abelhas. (V. também coleiras para pênis e para cobras.)
Como na regra geral em vigor para os animais silvestres capturados, se o enxame for encontrado longe considera-se que voltou à vida selvagem. E todas as abelhas que integram o enxame ganham o status de animais sem dono.
Porém, enquanto você ainda estiver a persegui-las, há esperança.
Boing Boing. Traduzido por PGCS

Carona solidária

É o uso compartilhado do automóvel, por duas ou mais pessoas, para viajar juntas para o trabalho, para a escola ou simplesmente para passear. Em geral, os participantes da carona solidária são proprietários de carros, que alternam a utilização de seus veículos, porque, assim o fazendo, diminuem as despesas com as viagens (combustível e pedágios), e contribuem para a redução dos congestionamentos e da poluição atmosférica.
Em inglês, esta prática é chamada de carpooling e, nos Estados Unidos, há faixas exclusivas para o tráfego de automóveis com a carona solidária.

Em 8 de novembro de 2005, Candace Dickinson foi parada por dirigir em pista de carpooling na Interstate 10, em Phoenix.
Quando o sargento policial Dave Norton perguntou quantas pessoas estavam no carro, ela respondeu: 
"Dois", apontando para uma óbvia gravidez.
No tribunal, Candace argumentou que, desde que as leis de trânsito no Arizona não definem quando começa a existir um ser humano, o seu filho por nascer seria um carona.
Mas... o juiz Dennis Freeman, favorecendo o "senso comum" de interpretação da lei, segundo a qual a pessoa deve ocupar "um espaço separado e distinto no veículo", manteve a multa aplicada em Candace.

Slideshow CARONAS PERIGOSAS

O Monge e a Mosca

Algo assim já pode ter acontecido a você.
Você ser irritado pelo zumbido de uma mosca que não consegue golpear. Como o monge, neste curta de animação de Mateus Darragh, criado com a ajuda do Irish Film Board. Tudo o que ele quer é meditar um pouco ao ar livre, porém é constantemente interrompido pela mosca!
Para ver como ele resolve a situação, você tem que assistir à animação. Mas, quando ele pensa que resolveu o problema, algo mais começa a lhe estragar a paz e o sossego!


A Mosca-Minuto

Poderá também gostar de ver...
Mosca na sopa, Um relógio carnívoro, A entrevista da mosca, e o slideshow TÉDIO NO TRABALHO (Matando moscas...)

08 março, 2014

Mundo frango

Uma antiga e recorrente imagem na Internet é esta, na qual os continentes terrestres estão redispostos de modo a criar a silhueta de um frango:


Como crista do frango, a Austrália  até que ficou bem. Mas colocar a América do Sul para ser a barbela, essas pelancas que ficam logo abaixo do bico, foi uma forçação de barra e tanto.

O (sem) futuro da Internet



O crescimento da Internet irá diminuir drasticamente, como uma falha na Lei de Metcalfe - que afirma que o número de ligações potenciais numa rede é proporcional ao quadrado do número de participantes - por se tornar aparente que a maioria das pessoas não têm nada para dizer umas a outras! Por volta de 2005, ficará claro que o impacto da Internet na economia não será maior do que o do aparelho de fax.

Nobel de Economia de 2008 Paul Krugman, em 1998

♪A Internacional Socialista♪

O hino em 47 idiomas:

EM - Há 1 ano
L'Internationale em estilo Big Band

Andrij Harasewych compartilhou originalmente esta postagem:
Dia Internacional da Mulher Feliz!
https://plus.google.com/103008963082975341976/posts/eZ3BycYVYBB
Para comemorar, aqui estão alguns cientistas do sexo feminino que você pode não ter ouvido falar (mas, definitivamente, deveria tê-lo). Eu não incluí Marie Curie, porque ela é a mulher cientista, cujo nome, automaticamente, nos vem à mente. Acho, porém, que é hora de ampliar a lista: 1. Ada Lovelace, matemática e fundadora da computação científica. Leia mais sobre sua vida aqui: http://bit.ly/V3im | 2. Rosalind Franklin, biofísica e cristalógrafa de raios-X, que deu contribuições importantes para a compreensão das estruturas moleculares do DNA, RNA, vírus, carvão e grafite. Ela não recebeu nenhum crédito por suas contribuições para a descoberta da estrutura do DNA. Mais sobre sua vida: http://bit.ly/4CJMC0 | 3. Rachel Carson, bióloga marinha e conservacionista, cujo livro "Primavera Silenciosa" e outros escritos tiveram influência no avanço do movimento ambiental global. Mais sobre sua vida: http://bit.ly/16f4Hcm | 4. Lise Meitner, uma física que trabalhou em radioatividade e física nuclear. Ela fez parte da equipe que descobriu a fissão nuclear, mas foi esquecida para o Prêmio Nobel em favor de colegas do sexo masculino. Mais sobre sua vida: http://bit.ly/3js4zk | 5. Cecilia Payne, astrônoma e astrofísica, que, em 1925, propôs em sua tese de doutorado a explicação para a composição das estrelas. Mais sobre sua vida: http://bit.ly/n4RNqS | 6. Maria Anning, paleontóloga, que fez importantes descobertas de fósseis em leitos marinhos do Jurássico, em Lyme Regis, Dorset. Mais sobre sua vida: http://bit.ly/rGXKq.

Memórias - 08/03/2014
Ana Margarida Rosemberg compartilhou com seus leitores homenagem a Simone de Beauvoir, uma das pioneiras do movimento femininista.

Mancada é...
Esta imagem, originalmente publicada no site oficial de Macaé, mancada é, O numeral oito e uma tarja criam um desenho fálico na imagem. Junto com ela, a mensagem: "Os Direitos da Mulher não são uma Fantasia".

07 março, 2014

O cartão de visita do magnata chinês

Chen Guangbiao é um homem audacioso, e não apenas porque ele quer comprar o New York Times por US $ 1 bilhão ( ou US $ 2 bilhões, ou US $ 3 bilhões).
Uma visão interessante sobre a mentalidade de Chen torna-se possível apenas ao olhar para o seu cartão de visita (em inglês). É parte de uma série de materiais promocionais que ele dá para os jornalistas norte-americanos.
Não disponho de nenhuma prova de como ele conquistou todos estes títulos, mas o cartão de visita do magnata chinês é mesmo incrível:
A pessoa mais influente da China
O filantropo mais proeminente da China
O líder moral da China
O herói dos resgates no terremoto da China
O mais conhecido e amado modelo da China
O mais honorável voluntário dos 10 mais da China
O mais carismático filantropo da China
O grande advogado da proteção ambiental e da baixa emissão de carbono na China
O mais importante especialista em demolição com preservação ambiental na China

Um cartão criativo, Bem bolado e Um cartão de visita minimalista

Separados, mas em harmonia

Esta é In Orbit, a residência temporária de dois artistas em NY.
Numa roda de madeira, de sete metros de diâmetro e que gira em torno de um eixo, Ward Shelley e Alex Schweder fazem sua performance.
Há camas, cadeiras, mesas e algum tipo de vaso sanitário na estrutura móvel. Shelley está no exterior e Schweder, no interior. Os dois homens estão vivendo aí durante 10 dias. Esta performance vai durar até 9 de março.
Ambos estão vivendo separadamente, mas em harmonia. Para um deles ir a uma parte da casa precisa da cooperação do outro.



Menos do mesmo
Uma biblioteca móvel

No terreiro da fama

Boneco, o jumento apicultor de Manuel Juraci, que foi notícia aqui em 2008, está agora no terreiro da fama.
Saboreiem, pois, o mel destas palavras:
"Manuel Juraci is a beekeeper in Itatira, Brazil. There are a lot of beekeepers in the small town, but Juraci is one of the most successful, and one of the reasons is that he has Boneco the donkey to help haul the honey. Boneco can accompany his master on his rounds safely in his custom-made beekeeping donkey suit!" 
Boneco, de Itatira - CE, está no NeatoramaGizmodo, The Presurfer e no Everlasting Blört, tudo blog em inglês!

06 março, 2014

Preferiria não

Veja a resposta da socióloga Silvia Viana, autora de “Rituais de sofrimento” à revista Veja. Ao final ela conclui ao estilo do personagem de Bartleby (o Escrivão), do escritor Herman Melville.
Respondo seu e-mail pelo respeito que tenho por sua profissão, bem como pela compreensão das condições precárias às quais o trabalho do jornalista está submetido. Contudo, considero a ‘Veja’ uma revista muito mais que tendenciosa, considero-a torpe. Trata-se de uma publicação que estimula o reacionarismo ressentido, paranoico e feroz que temos visto se alastrar pela sociedade; uma revista que aplaude o estado de exceção permanente, cada vez mais escancarado em nossa “democracia”; uma revista que mente, distorce, inverte, omite, acusa, julga, condena e pune quem não compartilha de suas infâmias – e faz tudo isso descaradamente; por fim, uma revista que desestimula o próprio pensamento ao ignorar a argumentação, baseando suas suposições delirantes em meras ofensas.
Sendo assim, qualquer forma de participação nessa publicação significa a eliminação do debate (nesse caso, nem se poderia falar em empobrecimento do debate, pois na ‘Veja’ a linguagem nasce morta) – e isso ainda que a revista respeitasse a integridade das palavras de seus entrevistados e opositores, coisa que não faz, exceto quando tais palavras já tem a forma do vírus.
Dito isso, minha resposta é: Preferiria não.
Atenciosamente, Silvia Viana

Pescoço de galinha

Paulo,
Usando o tablet do Victor, estou mandando para você o mais sofisticado suporte estabilizador de câmeras do mundo (SteadyCam) . Insuperável por nenhuma tecnologia robótica atual.
Chama-se CHICKENNECK ou pescoço de galinha.
Nelson Cunha
Esclarecimentos do destinatário
Victor, de sobrenome materno Lupiañez, é o filho fotógrafo de Nelson. (1) (2) (3)
Nelson não me mandou um sofisticado suporte estabilizador de câmeras (nem ele a rigor disse isto), uma vez que o tablet do filho não teletransporta nada.
O que Nelson me mandou – por e-mail – foi exatamente um vídeo que se propõe a demonstrar as virtudes do SteadyCam.
Olha o risco: o e-mail chegou como spam.
Assistindo ao vídeo, não pude deixar de apreciar a precisão do sistema vestibular da galinha. Assim como já fiz com relação ao sistema vestibular da coruja.



Uma tradição ortodoxa

Quando as imagens choram é porque a coisa está ficando séria.


Nos últimas dias, uma dúzia de imagens sacras foram vistas chorando na Rússia e na Ucrânia.